Domingo, 10.07.16

Esta magnífica tese A bomba explosiva no Porto 1920-1927 retrata o boom bombista na Invicta e o papel dos amigos do abrantino e grande empresário João Augusto Silva Martins, conhecido por Martins Júnior, no uso do dinamite como forma de acção política. As acções bombistas visaram sobretudo padarias e indústrias de moagem. Mas houve azar, em 11 de Setembro de 1923 foi pelos ares a sede portuense do P.Radical porque os incautos enganaram-se a dosear as doses de pólvora.

martins jínior 1910.jpeg

 Martins Júnior com Afonso Costa, 1910, foto Josua Benoliel, ANTT

O autor, Rui Miguel Lamas Pais,  salienta que foram apreendidos explosivos, propaganda revolucionária e houve 3 mortos e foram feitas várias prisões. Objectivamente o bombismo tripeiro não pode ser só atribuído aos amigalhaços do poeta Martins Júnior. Andaram por esse campo sindicalistas revolucionários, anarquistas, membros da Legião Vermelha, etc.

As ligações entre o Partido Radical, Martins Júnior e o PCP de Carlos Rates aliás já estão estudadas.

Um dos atentados bombistas tripeiros mais curiosos foi contra a Santa de Arcozelo, já agora toda a bibliografia sobre a miraculosa, citada na Wikipedia,  é obra dum ex-colunista do Jornal de Abrantes,Humberto Pinho da Silva.

O mais divertido de tudo é que o milionário Martins Júnior era um dos donos da Companhia de Moagem de Abrantes, a meias com o mano Henrique Augusto.

moagem rst.jpg

O que resta da moagem Afonso XIII da família Silva Martins

mn

 

finalmente: a tese citada faz um levantamento exaustivo dos bombistas tripeiros a partir de fontes primárias: os arquivos policiais, os nossos parabéns ao Autor 



publicado por porabrantes às 15:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.12.15

solano  rates.jpg

Solano, monárquico de esquerdas, ficou monárquico liberal toda a vida. O Carlos Rates que era sindicalista revolucionário, passou a comunista e terminou Procurador à Câmara corporativa do fascismo.

Entretanto os seus camaradas apodreciam no Tarrafal e o homem fazia pareceres para o Prof. Salazar ao lado da milionária Clemência Dupin

clemência 2.jpg

Clemência quando acamaradava com os trabalhadores e defendia o anarquista Ferrer, executado por um governo espanhol. Certamente injustamente.

 

Entre liberais e exaltados, é sempre preferível aqueles que desconfiam de Messias.

 

ma

 

livro: Fina d' Armada: Republicanas Portuguesas (extracto) 



publicado por porabrantes às 23:44 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Amigos de Martins Júnior ...

Solano de Abreu com futur...

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds