Sábado, 10.06.17

casa pintasilgo 4 armindo junho 2017.jpg

Armindo Silveira

 

Maria de Lourdes escreve sobre a  casa:

 

 

editado por Maria Antonietta Macciocchicasa.png

in  Le donne secondo Wojtyla: ventinove chiavi di lettura della Mulieris Dignitatem, editado por Maria Antonietta Macciocchi, Edicões Paulinas, Milão 92

 

mn

 

 



publicado por porabrantes às 22:52 | link do post | comentar

Domingo, 21.06.15

maria_lucilia_157_1294241593-174x131.jpg

antena do barrocas, o algemado

 

 

Quartel da GNR de Alcanena: requerimento do PS à Câmara de Alcanena

 
03 Novembro 2008
Exmº Senhor Presidente da
Câmara Municipal de Alcanena
Tendo em conta as declarações públicas do Sr. Presidente, relativamente à construção do Quartel da GNR de Alcanena, quer em Outubro de 2007 quando teve conhecimento da sua inclusão no PIDDAC -Orçamento de Estado para 2008, quer mais recentemente na reunião de Câmara realizada no passado dia 27 de Outubro, (coincidindo com a ausência da Vereadora Fernanda Asseiceira), os Vereadores do Partido Socialista vêm por este meio, solicitar os devidos esclarecimentos, sobre a matéria em questão.
Considerando que:
1- As condições do quartel da GNR de Alcanena, são degradantes e sem a dignidade que as forças de segurança merecem, para garantir adequada e eficazmente a segurança no concelho de Alcanena, situação que se arrasta há vários anos;
2-Em quase 10 anos, desde 1998, por sinal também no mês de Outubro, data em que foi assinado protocolo entre a Câmara Municipal de Alcanena e o Ministério da Administração Interna, nada foi concretizado, nomeadamente pelo Senhor Presidente e que o protocolo, documento oficial que é conhecido, consagra que a Câmara cede o terreno e o Ministério da Administração Interna elabora projecto e constrói o Quartel da GNR;

ps curtumes 2.png
3-Foi considerado pelo actual Governo do Partido Socialista que o novo Quartel da GNR de Alcanena é uma das intervenções consideradas prioritárias;
4- Conforme Requerimento da Deputada Fernanda Asseiceira, também agora requerente na qualidade de Vereadora, enviado ao MAI em Julho de 2008, com resposta em Setembro de 2008, da qual foi dado conhecimento à Câmara Municipal de Alcanena, o Ministério da Administração Interna confirma que «O Governo prevê lançar concurso do Posto Territorial de Alcanena no decorrer do próximo ano, possivelmente ainda no primeiro semestre.» (Contrariamente ao procedimento adoptado com requerimentos enviados por outros deputados, este não foi divulgado pelos restantes Vereadores).
5-O Partido Socialista assume e defende convictamente que o concelho e as forças de segurança merecem instalações modernas, com condições de funcionalidade adequadas, que seguramente a construção de um novo quartel, melhor proporcionará. Convém ter em conta que em 2007 o projecto existente foi reavaliado, considerando as novas exigências de uma esquadra do século XXI.
6-O Senhor Presidente repete, apenas agora, altura em que todos deviam estar unidos neste processo, pois não tive conhecimento de declarações idênticas nos anteriores 9 anos, que tem uma alternativa «melhor e mais barata», defendendo a aquisição e recuperação da casa da D. Maria Lucília Moita.
Nesse sentido, o Partido Socialista solicita que, dentro do prazo regimental, lhe sejam prestados os seguintes esclarecimentos, por escrito:
- Qual o valor de aquisição da casa da D. Maria Lucília Moita? Sendo considerada pelo Sr. Presidente uma alternativa mais barata, terá concerteza a informação do preço de venda do imóvel.
- Existe algum compromisso com o(s) proprietário(s) do imóvel em questão, considerando que a «disponibilidade do imóvel» para este fim tem sido apenas tornada pública pelo Sr. Presidente?
- Quem adquire o imóvel em questão? A Câmara Municipal de Alcanena? O Ministério da Administração Interna? Para o MAI será uma alternativa mais barata, se não tiver que adquirir o imóvel. Tem a Câmara condições financeiras para adquirir este imóvel?
-Qual a avaliação do imóvel quanto ao seu estado total de conservação, feito por técnicos especializados para o efeito? Importa considerar a totalidade do edifício e não apenas o seu interior.
- Qual o orçamento previsto para a recuperação do imóvel e espaços exteriores, considerando a sua adequação à correspondente funcionalidade? Será de ter em conta também o orçamento para a sua manutenção.
- Considerando o sobredimensionamento do imóvel para as funções em causa, qual o fim previsto para a área sobrante?
Importa salvaguardar que o Partido Socialista, reconhece o valor patrimonial do imóvel e é esse reconhecimento que o leva a defender a preservação do prédio com as suas características habitacionais, defendendo uma utilização, nomeadamente na área social, que não descaracterize todo o seu espaço interior.

É ainda e também posta em causa a prevista localização do quartel, sendo a que consta em documento oficial. O Partido Socialista até entende que, se a Câmara disponibilizar outro terreno, se faça essa avaliação.
No entanto urge perguntar:
Uma localização que, para além de ter potencialidades de enquadramento e desenvolvimento, já integra vários equipamentos públicos e habitacionais:
-Estádio Municipal
-Espaço Sede de várias colectividades: Associação ABC, Juventude Amizade e Convívio,…
-Pavilhão Desportivo
-Jardim Público com vários equipamentos de lazer
-Futuro Museu da Pele
-Piscinas Municipais;…
-Zona Habitacional, nomeadamente de Habitação Social
Considera o Senhor Presidente ser uma má localização. Assente em que pressupostos?
Considerando que o assunto é demasiado sério para o Partido Socialista e para o concelho para não ser levado com todo o rigor, agradecemos a resposta às questões colocadas para termos todos a necessária informação e então pudermos debater o assunto em causa, na posse de todos os elementos que entendemos serem fundamentais.


Alcanena, 03 de Novembro de 2008
Com os nossos cumprimentos,
Os Vereadores
Fernanda Asseiceira
António Menezes

 
 
 

casa moita.png

O Mirante
 
É uma barbaridade, diz-me um amigo de Alcanena que não enriqueceu nos curtumes ( que cheiram asquerosamente mal)  é um crime transformar esta  casa numa esquadra da GNR.
Não terão juízo os de Alcanena??????
Não sabem o valor do Património????
 
a redacção
porra metam a esquadra na casa do Mota


publicado por porabrantes às 19:39 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A casa por Maria de Lourd...

PS denunciou venda da cas...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds