Quarta-feira, 31.03.21

No amplo currículo do investidor Guilhermino da Ofélia, esquecemo-nos de recordar o pedido de extradição feito pela República Francesa, contra o capitalista que ia investir 60 milhões de euros, para mudar a face de Abrantes, com o alto patrocínio da CMA, presidida por Nelson Carvalho:

 

''

  • Burla simples, prisão
  •  
  • Número:11787/2005 - AP
  •  

Aviso de contumácia n.º 11 787/2005 - AP. - A Dr.ª Ana Paramês, juíza de direito da 3.ª Secção da 5.ª Vara Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, faz saber que, neste Tribunal, correm uns autos de processo comum (tribunal colectivo), n.º 397/93.7JDLSB.2, separados por força do disposto nos artigos 335.º, n.º 4, e 30.º, n.º 1, alínea d), ambos do Código de Processo Penal, do processo comum (tribunal colectivo), n.º 180/01-C da 6.ª Vara, 1.ª Secção, Lisboa, 5.ª e 6.ª Varas Criminais, onde foi declarado contumaz desde 31 de Outubro de 2001, o arguido António Guilhermino Baltazar Reis, (...) , natural de Portugal, Sabugal, nascido em 28 de Novembro de 1950, solteiro, (...) recluso n.º 1993/01308, preso no Estabelecimento Prisional de Lisboa, aguarda extradição para França, por se encontrar acusado da prática de um crime de burla simples, previsto e punido pelo artigo 217.º do Código Penal, praticado em Agosto de 1990, por despacho de 20 de Outubro de 2005, proferido nos presentes autos, foi dada por finda a contumácia, com cessação desta a partir daquela data, nos termos do artigo 337.º, n.º 6, do Código de Processo Penal, por se encontrar preso.

24 de Outubro de 2005. - A Juíza de Direito, Ana Paramês. - A Oficial de Justiça, Natalina Pereira.

in Diário da República 



publicado por porabrantes às 14:22 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.06.17

jorge dias.jpg

O grande abrantino Jorge Dias foi condenado, no processo-crime que lhe metera Maria do Céu Albuquerque, a uma pena única de um ano e dois meses de prisão, suspensa pelo período de 2 anos.

A sentença cujo último passo processual data do dia 13 ainda não transitou em julgado. E naturalmente há recurso para a Veneranda Relação.

O processo era este

 

402/15.8T9ABT
Juízo Local Criminal de Abrantes
Processo Comum (Tribunal Singular)
Autor Ministério Público
Demandante Maria do Céu de Oliveira Antunes Albuquerque
Arguido Jorge Manuel da Costa Ferreira Dias
Interveniente Acidental Direcção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais
Julgamento ou Audiência final Realizado

  

Continuam em litígio em várias instâncias diferendos entre Jorge Dias (e as suas empresas) e o município. Tudo começou com o caso Ofélia.

 

E com o Carvalho a vender terrenos a preço da chuva a empresários duvidosos

ofélia carvalho.png

ler aqui

Esta funesta mania de ceder terrenos a preços da chuva, cuja grande barraca foi o caso RPP, foi continuada por Maria do Céu e acaba de culminar no terreno da Basílica.....da Barata....que o Município terá de recuperar porque ...o Sr.Bispo não deixa construir o barracão.

mn



publicado por porabrantes às 15:41 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.12.16

sentença.png

 

Jorge Dias foi condenado em 1ª instância pelo Tribunal da Comarca de Santarém. Desta condenação,há possibilidade de recurso para a Relação.

O resultado da refrega no Tribunal resume-se a que Jorge Dias terá de pagar 600 euros de multa e mil euros de indemnização à Presidente, se não houver recurso.

Maria do Céu terá de pagar 60% das custas da parte cível do processo, pois havia pedido 2.500 euros de indemnização e o Tribunal só considerou que devia receber mil.

Maria do  Céu foi dizer ao Tribunal que tinha medo que as expressões usadas pelo Sr.Jorge Dias afectassem os resultados eleitorais, mas o Tribunal considerou que tais temores não se verificaram, porque ganhou as eleições

prova.png

Maria do Céu pediu em Tribunal uma perícia à sanidade mental do Senhor Jorge Dias, o Tribunal apurou que estava bom da cabeça

perícia.png

 Muito interessante o depoimento das testemunhas, que esclarece coisas que andaram a esconder aos abrantinos, como que  Albano Santos, ex-Vice-Presidente PS da Câmara de Abrantes, trabalhou com Jorge Dias.

albano.jpg

ofélia.png

 

É o fantasma do caso Ofélia, a que voltaremos.

Não vamos fazer análise jurídica do processo, mas em termos políticos a queixosa ficou muito fragilizada. Recordemos que a senhora acusara o empresário de múltiplos crimes, que o Tribunal já anteriormente achara não existirem,  o '' Ministério Público já tinha antes determinado o arquivamento dos autos relativamente ao “crime de ofensa a organismo, serviço ou pessoa colectiva” por entender que “o arguido se limitou a emitir juízos de valor ou uma opinião pessoal sobre o que considera ser a razão da sua situação económica actual, razão que levou as suas várias empresas à falência e de hoje estar praticamente na miséria”. O Ministério Público também já tinha determinado o arquivamento do crime de difamação agravada por Jorge Dias ter referido que “há muito gente burra na câmara”, dado que “em nenhum momento identificou as pessoas a quem imputava os factos supra referidos”. ( in o Mirante) 

cacique.png

 

Tão fragilizada que a comunicação social amiga está caladinha

mn  



publicado por porabrantes às 14:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O caso do recluso n.º 199...

Caso Ofélia continua a re...

Jorge Dias estava bom da ...

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds