Sexta-feira, 15.03.19

Há gente que gosta de fazer desaparecer documentos ou de os ocultar, quando são em regra de livre acesso

As sucessivas condenações da CMA a entregar documentos por parte da Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos são sintoma desse gosto.

Em 23 de Novembro de 1807, para fazerem desaparecer as provas do colaboracionismo com o invasor francês, borraram as actas da CMA.

Os borrões continuam até 30 de Dezembro de 1807. (E.Campos, Cronologia do Século XIX, p.11).

Ver também aqui

Diz E.C. que os borrões ''impossibilitam uma leitura totalmente inteligível do que lá está escrito''.

acta 23

 

Acontece que houve quem fizesse cópias autenticadas na época.

acta invasões francesas de 23 de novembro de 1807

acta de 23 de Setembro de 1807 sem borrões......

Agora o autor da ''Guerra dos Sapatos'' já pode ver o que se passou sem a censura dos borrões, metidos nas actas pelos vendidos aos franceses, a quem D.João VI, que era um paz de alma e boa pessoa, poupou à forca.

Refiro-me a Diogo de Bívar.....

ma

1º gravura: E.Campos, Cronologia

2º gravura: vamos guardar reserva da procedência

 



publicado por porabrantes às 15:55 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.01.19

Luís Rosa no Observador


tags:

publicado por porabrantes às 10:02 | link do post | comentar

Domingo, 06.01.19

Anda tudo muito excitado com o palavreado salazarista dum fascista.

Deve-se então proibir o homem de falar?

E estes membros duma organização terrorista?

 

 ¡¡(...)3 - Pertenceram à mesma organização terrorista, autopublicitada 'Forças Populares 25 de Abril - FP-25' os réus Luís Filipe Martins Gobern Lopes (1.º), Fernando Rodrigues da Silva (2.º), Alberto Teixeira de Carvalho (3.º), Manuel Maria do Couto Ferreira (4.º), Aldino Francisco Mendes Pinto (5.º), Álvaro de Sousa Monteiro (6.º), António Geraldo Fulgêncio Lopes (7.º), António Manuel Baptista Dias (8.º), António Manuel Pires Garrido (9.º), Daniel Horácio Martins Tavares (11.º), Fernando Manuel Calção Bernardes (12.º), Francisco Manuel dos Santos (13.º), João José Gomes Rola (14.º), Jorge Manuel Alves da Silva (15.º), José António Fernandes da Silva Pereira (17.º), José António dos Santos Jacob (18.º), José António de Sousa Moreira (19.º), José Henrique Marques de Oliveira Ricardo (20.º), José Manuel Moutinho Teixeira (21.º), José Ramos dos Santos (22.º), Manuel Joaquim Godinho Claro (23.º), Maria Susete Gonçalves Ribeiro (24.º), Virgolino Joaquim Rodrigues Cantanhede (25.º), Silvestre Estêvão de Freitas e Silva (26.º), Eduardo Alberto Águas Seiceira (27.º), Amândio Barros Ribeiro (28.º), Honório Alcalde Gonçalves Marques (29.º), Teodósio Maria Alcobia (30.º), Manuel Eduardo de Sousa Costa (31.º), José dos Santos Silva (32.º), José Valentim Melo de Sousa (33.º), Victor Manuel Duarte das Neves (34.º), Maria Manuel Alves de Lara Everard (35.º), António Oliveira Alves (36.º), Maria Helena de Lemos Oliveira e Carmo (37.º), Francisco Custódio Marques (38.º), José Manuel dos Santos Gomes (39.º), António Alfredo dos Santos Poeiras (42.º), Joaquim Dias Lourenço (44.º), José Joaquim Sequeira Linhas (45.º), João Aníbal de Aguiar Gomes (46.º), César António Sanches Escumalha (49.º), José Luís Martinho da Mouta Liz (51.º), Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho (53.º), Pedro Goulart da Silva (54.º), Manuel Alves Guedes Monteiro (55.º), Mário Maximino Peixoto Lamas (56.º), Manuel Jorge Alves de Magalhães (57.º), João Carlos Faria de Macedo Correia (58.º) e Natércia de Campos Pires (70.º). (...)

 

Alguns desempenham cargos políticos eleitos pelo povo.

O sr. Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho era o chefe da corja que tentou manu militari derrubar a democracia.

As FP-25 deixaram um regueiro de sangue e de infâmia, retrato duma corja de cobardes.

 O sr. Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho ainda ostenta os galões do exército que desonrou.

Quantas entrevistas já deu depois desta sentença?????

Ou.....se há censura para fascistas ....também deve haver para terroristas comunistas.

Ou não deve haver censura para ninguém......que é o preço da Liberdade.

Onde há censores não há Liberdade.

mn 

 

 



publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

Sábado, 22.09.18

 

A CMA faz parte da Fundação Serralves onde meteu 100.000 euros.

Há dias foi inaugurada uma exposição local de Serralves pela cacique e pela Ana Pinho, Presidente da FS.

A expo tem fotos de abelhinhas e à Dona Pinho deram-lhe artesanato local .

Ao tom romântico e delicodoce da expo abrantina, faltam imagens fortes como estas

canzana

El Pais

 

O escândalo da Dona Pinho y sus muchachos armados em censores das obras dum dos maiores génios da fotografia mundial é manchete no Público e na Imprensa Internacional

'

O ''Público'' disseca bem o assunto e mostra como o argumento legal  invocado é absurdo e insustentável.

 

Trata-se de censura pura e dura, por isso se demitiu o director do Museu.

 

Quem faz censura a obra artística é o digno herdeiro da escória inquisitorial, do fascismo e estalinismo.

 

Proibiram menores de ver estas fotos, retiraram outras de publicação e ao mesmo tempo exibem a peça ''À Canzana'' (Red Doggy ) do marido da Cicciolina, Jeff Koons que a penetra analmente.

cicciolina

Nesta os menores só a podem ver acompanhados pelos papás.

 

A querida Cicciolina, antiga deputada italiana, do P.Radical, visitou São Bento onde mostrou as mamas aos deputados e deputadas.

cicciolina 2

 ver aqui

Que tal trazê-la à A.Municipal de Abrantes?????  

Apostamos que teriam casa cheia.

E a cacique

cacique

poderia decretar que as Assembleias municipais seriam para maiores de 18. 

 

mn

 

 

 



publicado por porabrantes às 12:48 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.09.16

censura abrantes.png

Esta e outras notícias do ''Século'', escritas pelo correspondente abrantino, foram estupidamente censuradas pela Velha Senhora. Ler mais aqui

 

Extracto dos anexos da tese de mestrado na UNL em Jornalismo  Guerra Colonial: Que Jornalismo? Como o jornal O Século abordou o início do conflito ultramarino português  da autoria de Sofia da Palma Rodrigues. (Outubro de 2011)

 

Outro dia li a lista dos censores e encontrei um bravo capitão abrantino da GNR que censurou um artigo porque terminava em reticências e estas eram o pior...podiam induzir coisas terríveis.

 

Dá-se o conselho de lerem a tese da Drª Sofia, que é muito boa, para descobrirem a estupidez da censura fascista. Reatada pela estupidez da censura gonçalvista e renovada pela censura caciquista.   

ma



publicado por porabrantes às 23:18 | link do post | comentar

Sábado, 16.04.16

foto Le Monde

 

le monde.jpg

ler aqui

e sacrifica a liberdade, a civilização ocidental e Jan Böhmermann, um dos mais célebres humoristas alemães, que entre outras coisas classificou o fundamentalista turco como: muçulmano do piorio!!!1

 aqui vai a canção que irritou o sultão

 

afinal a chanceler foi educada sob a chibata da Stasi

 

 

Screen-Shot-2016-04-13-at-14_33_02.png

Goatfucker: nome depreciativo para muçulmano, tradução  literal: fode-cabras foi o que Jan Böhmermann  chamou ao otomano!!!! O facebook não permitiu este desmentido:

 

 

 a redacção

  



publicado por porabrantes às 18:14 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.10.15

hália

 

hália 4.png

 A Joana Abreu aprendeu o que era o jornal com mais sucesso  e estudou-o.

Agora uma justiça inquisitorial regressa à censura prévia, própria da outra Senhora.

Esperamos a todo o momento que a Senhora Hália, referente moral da imprensa oficiosa e professora de mass medias se pronuncie contra a

censura.jpg

 

  a redacção indignada



publicado por porabrantes às 12:09 | link do post | comentar

Domingo, 23.08.15

postal censurado 1919.jpg

 à fidalga directora falta-lhe um carimbo, para carimbar as peças censuradas,como tinham os militares da censura de Leiria em 1919, como é dia do Senhor, roga-se ao beatério que faça uma quete para comprar um carimbo à pobre dama, não vá ela ter de  comprar um segunda mão à venda no Olix, que foi usado em 1940 por um sacerdote pidesco e analfabeto

ma 



publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

Segunda-feira, 16.03.15

armindo.png

PS- Primeiro censuram o nome do dr. João Augusto Silva Martins, depois censuram o Bloco, os que primam a vida pela Liberdade e pelo respeito da nossa História andam cada vez mais ausentes 

 

Escola Dr António Augusto da Silva Martins.jpg

 foto do blogue: as nossas escolas primárias

 



publicado por porabrantes às 09:22 | link do post | comentar

Sábado, 31.08.13

Estamos certos que nenhum abrantino, nem sequer um português de lei disse um piropo a esta enorme abrantina, coisa que fez com que a pobre senhora ficasse casta e fundasse um género de Opus Dei de esquerdas......

 

 

O caso dos piropos deve ser abordado dentro de um discurso de género e do mesmo género de problemática....

 

 

Bem, também pode haver outra leitura ( a filosofia dos fascistas e comunistas é sempre obrigar o Zé Povinho a uma leitura única, como o dr. Salazar tornou o Mattoso no livro único de História...) o único luso que disse um piropo à dama  podia ser o  o Zé Vilhena

 

 

mas estaria a dizer um piropo ou a injuriar????

Jose vilhena gaiola aberta em Lisboa

 

 

 

Ou estaria a fazer outro


género de discurso?????

 

 

O género de palermice beata, puritana, reacionária, neo-fascista e neo-estalinista (parte do Bloco vem da UDP e conheço algum/a  que veio da ANP) que se detecta (foda-se!!!!!) contida neste debate sobre o sexismo  que seria característico do  piropo,  está mesmo a pedir que chamemos as coisas pelo nome que o Zé Vilhena ou outro cartoonista as chamaria....

 

 

Censura, ou seja essa velha puta totalitária

 

PARECERESeDESPACHOS11_BRPARECERESeDESPACHOS12_BR

 

Ephemera

 

 

a redacção

 

 

aviso: por decisão do dr. Miguel Abrantes fica proibido dizer palavrões neste blogue



publicado por porabrantes às 18:22 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Desfazemos a censura dos ...

Um Governo que prefere a ...

Onde há censores não há L...

Parceira da CMA promove C...

A Dona Censura

As cabras otomonas proteg...

Quando a Prof. Drª Hália ...

Mais zelosos que a Direct...

Censura boçal para agrada...

que grande vaca temos, re...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds