Domingo, 18.11.18

46457926_2130337683664017_3043263334586515456_n

Na 42.º edição do Cinanima. em Espinho, o filme ''Harmos'', ganhou o troféu para melhor obra por realizadores menores de 18 anos .

É uma obra colectiva, em que participaram alunos de várias escolas do Concelho, produzida pela Palha de Abrantes e pelo Espalha Fitas, clube cinéfilo proibido pela cacique e pelo obediente Dias de passar fitas no S.Pedro.

Os nossos parabéns à Lurdes Martins e a todos os participantes.

mn

foto enviada por um amigo, obrigado 



publicado por porabrantes às 15:35 | link do post | comentar

Sábado, 03.11.18

Para celebrar os 70 anos da empresa, o Metro de Lisboa tem vindo a exibir  vários filmes de animação na estação do Cais de Sodré.

O certame chama-se ''Mostra de Animação''.

Entre os filmes distinguidos um produzido por jovens ou melhor crianças de S.Facundo, que será exibido amanhã

   

Filme: O Lápis que não sabia escrever ; Autor: Alunos da Escola EB1 de São Facundo, Abrantes & Fotograma 24; Sinopse: A história de um jovem lápis irrequieto que aprende a desenhar com a ajuda dos seus companheiros mais velhos.; País: Portugal

 

O filme tem esta ficha técnica e é de 2011

DIRECTORS: Students from São Facundo Primary School, Abrantes
WORKSHOP COORDINATION: Joana Torgal . Rodolfo Pimenta
TEACHERS: António Tomás . Sónia Matos . André Lopes. Carla Martins . Cátia Feijão . Marina Alves . Mónica Marques . Octávio Vicente
CO-PRODUCTION: Associação Palha de Abrantes . Espalhafitas

 

Entretanto outro filme de animação produzido pelo Espalha-Fitas ganhou

o Prémio Nacional de Animação

43750612_1993769973978996_8115764408610717696_n

Os nossos parabéns.

 

mn

 

ver mais no colega Blogue de Lisboa



publicado por porabrantes às 16:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.06.18

Uma Fundação contactou os caciques, via delegado local, e ofereceu grátis à CMA o edifício do antigo Cinema S.António, no Rossio ao Sul do Tejo, para a edilidade recuperar e dotar aquela povoação duma sala para eventos culturais e espectáculos.

O referido Cinema já tinha sido oferecido (na época completamente equipado) à Junta de Freguesia (PS) , nos anos 90,que ficou aflita e recusou a oferta 

A cacique tem agora três cinemas para brincar às fitas e deixar de fazer fitas

E não terá autoridade moral para recusar a oferta e ir gastar dinheiro público para ir comprar as ruínas do Cinema de Alferrarede aos herdeiros de Fernando Simão e outros.

cinema  s.antónio

 

E se Abrantes e Alferrarede precisam duma sala de espectáculos, o Rossio também precisa.

Face a esta oferta, o delegado local do caciquismo ficou amarelo.

ma 



publicado por porabrantes às 17:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.06.17

O Diário de Notícias aborda a trajectória do cineasta José Vieira, que teve uma retrospectiva organizada em Abrantes, pelo Espalha Fitas.

Agora teríamos de ver a retrospectiva.....no Sardoal, graças à inteligência e cultura do Dr.Miguel Borges.

mn



publicado por porabrantes às 10:08 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.04.17

O Ministério já tem disponível informação sobre o acesso 2017 à Esta. Para exemplificar no curso de Vídeo e Cinema Documental as médias de acesso têm vindo sempre a diminuir....

 

esta est.png

 

E ainda neste curso só entrou um aluno da região

 

distritos esta.png

 A CAE fez as seguintes advertências sobre este curso:

cae.png

 

E ainda

cae 9.png

 

Quais são as habilitações do corpo docente?

cae 2.png

E ainda

cae 3.png

 

 E ainda :

''as bibliografias estão frequentemente desactualizadas''

 

Faz investigação científica o corpo docente?

cae 6.png

 

 

Conclusões finais

cae final.png

 Haveria mais a salientar sobre este e outros cursos do IPT/ pólo de Abrantes e sobre os cursos rupestres ministrados no Mação

Recomendamos uma leitura completa dos documentos citados, mas para terminar é inadmissível o que se passava sobre os estágios dos alunos

E devem corrigir estes pontos fracos, diz, bondosa, a CAE:

cae 10.png

Como é que querem fazer um curso de vídeo documental sem os alunos poderem ver cinema regularmente?

 

Já agora quem é a cacique que fechou o S.Pedro ao cinema?

cacique.jpg

mn

documentos reproduzidos: Ministério da Educação 



publicado por porabrantes às 12:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.11.16

O caciquismo, notificado pelo Ministério da Cultura, para limpar o lixo que fez em S.Domingos, replica publicando uns recortes do jornal castelhano El Mundo 

 

El Mundo

 

el mundo.png

que diriam que '' Desta vez foi o jornal espanhol El Mundo a destacar o trabalho do coletivo Boa Mistura.
Para além do trabalho realizado no Largo do Chafariz, destacado na noticia, este grupo de artistas castelhanos ainda esteve envolvido na pintura de um dos edifícios da praça Barão da Batalha, sob o mote de "Cidade Florida".''

 

Quando o El Mundo destaca jovens abrantinos e o grande trabalho que faz a Lourdes Martins, na educação cinéfila dos jovens da nossa terra, ficam calados....:

 

 

''''''NE | Experimento pionero

Una película de barrio con varios directores

Parece difícil creer que la elocuencia frente a la cámara se convierta en timidez ante al auditorio. Pero así fue el día del estreno absoluto de 'Hola, estás haciendo una peli', un proyecto en el que participaron cerca de mil personas, la mayoría entre 16 y 19 años, en puntos distintos como Madrid, Tánger (Marruecos) y Abrantes (Portugal).

Cuando las luces se encendieron después de carcajadas y sorpresas, pocos fueron los que quisieron tomar el micrófono para expresar algo distinto a lo que habían dejado plasmado en la pantalla.

Era el tradicional Cine Doré, ahora Filmoteca Española, donde se habían reunido la mayoría de participantes para ver, por primera vez, el resultado de este experimento. El estreno se vio en simultánea en La Cinémathèque (Cinéma Rif), en Tánger y se verá el 7 de junio en Portugal.

Días de rodaje en Lavapiés

Días de rodaje en Lavapiés

Entre varias de las características de este proyecto estaba que ninguno de sus participantes conocía la historia completa, pues el guión se escribió por partes en cada uno de los países. Y la cinta fue filmada por grupos que no tendrían más participación que una escena cada uno.

El objetivo, dice Lurdes Fernández, directora de Off Limits/Maelström, asociación que impulsó el proyecto en Madrid, era crear un producto a partir del sistema de trabajo horizontal en el que nadie tendría una jerarquía y todos participaran por igual. Además, importaba crear diálogos entre grupos sociales tan distintos para descubrir las particularidades del resultado.

Redouan Chabou, de la Asociación AREJ, dijo al EL MUNDO vía web desde Tánger, que "Marruecos aportó una parte muy grande sobre la cultura marroquí primero, y árabe en general, y sobre las condiciones de la vida de una zona mal construida, que sufre de muchísimos problemas".

Pese a estas dificultades, su nivel de compromiso fue asombroso. Según Lurdes, los chicos de esta región poseen mayor capacidad de concentración, diferente de los madrileños por esencia más dispersos debido a los nuevos medios que los rodean.

"Hay diferentes grados de madurez entre los chicos", agrega. "A la hora de contar es muy diferente la forma entre los grupos de Portugal o de Marruecos. Pero descubrimos que se puede crear sin importar los soportes o la calidad de la imagen. Lo importante es tener una historia y darle continuidad. Y el resultado se palpa y es a todas luces emocionante".

La película puede verse en holaestashaciendo1peli.org, con derechos para ser usada libremente.''''

 

lurdes_martins_003_57d943731c55c.jpg

 e pior que isso, expulsam o cinema do centro abrantino e do S.Pedro e mandam-no para o Vale das Rãs.

lourdes.png

ver aqui

doré.png

 

Um dia destes pediremos satisfações ao caciquismo e a algum medalhado da sociedade civil !

Quanto à identificação dos marginais que violaram a lei prostituindo S.Domingos, quem são eles????

cdu s.domingos.png

 O destaque ibérico da caríssima Lourdes Martins  e dos jovens abrantinos é de 2013, e o caciquismo só destaca vândalos subsidiados a peso de ouro.!!!!

 

Santa hipocrisia!!!

 

ma

 

devida vénia. El Mundo; Mirante, CDU., Holaestáshaciendounapeli;  A foto da Lourdes é da Antena Livre 

 

 


publicado por porabrantes às 15:11 | link do post | comentar

Sábado, 31.10.15

s.pedro 3.jpg

 E exige a lógica e o bom-senso que seja na catedral da sétima arte abrantina que é o S.Pedro (vista antiga quando tinha 999 lugares).

 

Leia aqui

 

mw-768.jpg

Prémio Nacional de Animação

D.R.

 

Obrigado aos bons abrantinos que a trazem.

a redacção

foto da Visão



publicado por porabrantes às 16:09 | link do post | comentar

Domingo, 13.09.15
''Portugal, 1929
Género: documentário
Duração: 00:17:50, 18 fps
Formato: 35 mm, PB, sem som
AR: 1:1,33
Descrição: Aspectos da excursão. Porto, Águeda, Caramulo, Viseu, Rio Dão, Mangualde, Gouveia, Serra da Estrela, Manteigas, Gardunha, Teixoso (romaria), Covilhã, Castelo Branco, Portas de Rodão, Rio Tejo, Arês, Abrantes, Constância, Escola de aviação de Tancos (Henrique Schreck e Plácido de Abreu), Almourol.
ID CP-MC: 2012182-006-01.30.51.01'' - ficha da Cinemateca
 
 
veja aqui o filme- a épica excursão dos estudantes e algumas imagens dos anos 20 da região. Agradeçam à Cinemateca Portuguesa
 

abrantes 1929 vista geral.png

santa maria 1929.png

santa maria 1829 vista geral 2.png

santa maria 1929 3a.png

 

abrantes 1929 vista s.vicente.png

mn



publicado por porabrantes às 22:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.04.15

baile.jpg

O Espalhafitas apresenta: O Baile | Sr. Chiado | 8 de Abril | 21h30
Sinopse: A dança do tempo no tempo da dança. Por um salão de baile, enquanto os pares dançam, desfilam 50 anos da história da França: desde a década de 30 do século passado, da euforia da Frente Popular, até aos anos 80

 

NR-Continua assim a promoção da cultura cinéfila pelo Espalha-Fitas, no centro histórico da cidade, dando um baile à maioria PS que gosta de cinema suburbano.



publicado por porabrantes às 17:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.02.15

Local

spacerSantarém » Abrantes   

Cinema em Abrantes

 
Morada:   Travessa do Chafariz, Abrantes
Não Aplicável
Nuno
goncalobronze@hotmail.com
04/03/2014
Boa tarde. Sou habitante do Centro Histórico de Abrantes desde 2011. Vim de Lisboa e arranjei nesta cidade trabalho na minha área. Tenho ouvido rumores acerca da abertura de uma sala de cinema com filmes actuais no centro histórico e gostaria de saber se existe mesmo essa possibilidade ou não passa de um rumor. Na minha opinião e de pessoas com quem falo, seria uma excelente forma de desenvolver a cidade e de puxar as pessoas da região para o centro histórico que se encontra bastante vazio. Com isso, todo o comércio vizinho poderia vir também a beneficiar desta situação. O cinema é algo que todos nós gostamos, é a sétima arte, mas neste concelho possui oferta quase nula.

 

 

A CMA disse que ''resolveu'' o assunto assim:

Resolvido em: 18/03/2014
Observações:
A situação reportada não se insere no tipo de assuntos a sinalizar através deste portal. De qualquer modo o assunto será encaminhado para análise, sendo que a sua tramitação e conclusão não se farão por via desta plataforma. Câmara Municipal de Abrantes, 18 março 2014

 

 

Como toda a gente sabe, como criticou na folha gratuita a Presidente da Palha de Abrantes, como denunciou na Barca o historiador Gaspar, como tem sido referido neste blogue, como em declaração dura e justa salientou o Grupo da CDU na Assembleia Municipal de Abrantes, como denunciou o Bloco de Esquerda na mesma Assembleia, o assunto foi resolvido com a expulsão do Espalha-Fitas do Teatro São Pedro e com o financiamento público (com voto contra do Vereador da CDU) a um empresário privado que explora um cinema comercial num bairro mal frequentado, caracterizado por uma frequente insegurança, fora do centro histórico.

 

A nossa pergunta é: já em 18-3-2014 estavam a delinear a expulsão do Espalha-Fitas do São Pedro e a planear a história do Vale das Rãs ????

 

MN 

 

fonte: a minha rua



publicado por porabrantes às 16:06 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Abrantes cinéfila ganha p...

Cinema de S.Facundo amanh...

Um terceiro cinema para a...

O Espalhafitas no Diário ...

Alunos da ESTA de vídeo d...

El Mundo destaca o trabal...

Festa da Animação vem a A...

Documentário de Abrantes ...

Espalha-Fitas dá baile à ...

Cinema no Centro Históric...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13

22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds