Quinta-feira, 20.08.15

Abrantes, Santarém, 20 ago (Lusa) - A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) disse hoje que os trabalhos de construção do novo centro de saúde de Abrantes, durante os quais morreram dois trabalhadores na segunda-feira, estão suspensos por tempo indeterminado no local do acidente.

Contactada pela Lusa, fonte do organismo explicou que os trabalhos nesta zona "vão continuar suspensos até a empresa cumprir com um conjunto de medidas determinadas pela ACT" (embora a construção se mantenha noutras partes da obra) e acrescentou que "o inquérito está a decorrer em segredo de justiça".

Ao final da tarde de segunda-feira, a queda de uma placa de betão de revestimento da fachada do edifício do novo centro de saúde de Abrantes, com um peso de cerca de duas toneladas, provocou a morte por esmagamento a dois trabalhadores, de 35 e 49 anos.''



Ler mais: http://visao.sapo.pt/obras-do-centro-de-saude-de-abrantes-parcialmente-suspensas-apos-acidente=f828458#ixzz3jMtHAbRe

 

Ou seja traduzindo:

a ACT descobre que a empresa não estava a cumprir as as medidas de segurança necessárias, porque manda implementar outras medidas e pára a obra até que a empresa as cumpra

a ACT já deve ter desencadeado um processo-crime (processo de inquérito) porque fala em segredo de justiça, que só se justifica em caso de processo-crime

 

usf 2.jpg

o comunicado da CMA que falava em cumprimento total das medidas de segurança, parece ser assim desmentido pela ACT

 

 

 

mn 



publicado por porabrantes às 16:08 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.08.15

 

A CIP SA, adjudicatária das obras assassinas da USF dos Claras tinha introduzido um subempreiteiro, a KO-MAT,LDA sem cumprir as exigências legais estabelecidas no artigo 385° do CCP (Código dos Contratos Públicos) e sem que estivesse fundamentada a necessidade da subempreitada.

Quando a adjudicatária enviou a cópia do contrato para a CMA a 17 de Julho, não houve autorização, que só foi dada a 27 de Julho.

A CIP SA voltou a fazer coisa semelhante com outro subempreiteiro a  Orona Portugal, Lda.

O Contrato só deu entrada a 20 de Julho, a autorização só foi dada a 27.Também tinha irregularidades.

A CIP SA usou pelo menos subempreiteiros para trabalhos no valor de  

711.207,42€, que representavam mais de 65% da empreitada total.

A CIP SA também foi a adjudicatária das obras do sinistro bunker da Praça da Feira

bunker ânimo.jpg

Foto ânimo

 

Nas resoluções da CMA declara-se que para sanar as deficiências na contratação se devia comunicar as suas decisões ao Coordenador de Segurança em Obra, nos termos do Decreto-Lei n° 273/2003, de 29 de Outubro.

 

Este avisa no seu preâmbulo:

dl.png

 

 

 

 cm usf  rui miguel pedrosa.jpg

 Foto do Correio da Manhã/Rui Miguel Pedrosa

A pergunta a fazer é, se havia irregularidades nos subempreiteiros, porque é que a CMA não parou as obras, até que as ditas estivessem sanadas??????

E ainda, houve trabalhadores dos subempreiteiros a trabalhar, sem que as subempreitadas estivessem autorizadas pela CMA? 

 ma



publicado por porabrantes às 16:45 | link do post | comentar

''O Sindicato dos Trabalhadores da Cerâmica e Construção do Sul (STCCS) quer ver apuradas as causas pela morte de dois operários na obra da nova unidade de saúde familiar em Abrantes -

 

RTP

 

Ouça aqui

 

Pedro Jorge denuncia que a generalidade dos patrões negligencia medidas de segurança

 

''Pouca vezes há punição para o crime de negligência''  

 

mn



publicado por porabrantes às 15:50 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.08.15

 

 

No 1º semestre de 2015 morreram 15 trabalhadores da construção civil em Portugal. A tendência é que esses números iam em crescendo, e que no final do ano Portugal bateria recordes de sinistralidade neste ramo.

Abrantes acaba de dar a sua contribuição com mais 2 mortos, tendo já no 1º semestre assistido a outra morte no Baralho.

''Albano Ribeiro culpa o Governo, o ministro da Segurança Social e a Autoridade para as Condições do Trabalho da escassez de apoio na promoção de segurança e saúde nos locais de trabalho. “Este Governo, e concretamente o doutor Mota Soares, é responsável. Por exemplo, em 2013 tivemos 33 acidentes de trabalho, em 2014, 41, se calhar, se não forem tomadas medidas, podemos chegar aos 50 trabalhadores”, preveniu o sindicalista, salientando que o sindicato “tudo fará para que não morram mais trabalhadores”.''. O Albano é dirigente  do Sindicato e deviam-no convidar a vir a  Abrantes, onde acabam de morrer 2 trabalhadores numa obra adjudicada à CIP.SA.

O contrato de empreitada está aqui.

A USF que a CMA adjudicou é uma obra desnecessária, despesista e absurda, porque o Centro de Saúde tinha instalações satisfatórias no Hospital e não era competência da CMA fazer essas obras, como bem salientou Avelino Manana.

Suponho que a CMA fiscalizaria as obras, digo isto, porque delegou na Junta do Rossio construir aí outra USF e é óbvio que a dita Junta não dispõe de meios humanos e técnicos para a fiscalizar.

Para director da USF dos Claras foi já indicado o simpatizante socialista e médico reformado José Falcão Tavares, sem que aparentemente tivesse havido  concurso público, segundo se apura destas declarações da cacique.

Neste vídeo da Hertz podem ver alguma coisa da obra

Alguém explica como é uma obra que está quase a terminar, produz uma catástrofe destas?

Onde andava a fiscalização?

 

a redacção



publicado por porabrantes às 22:01 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Deus não dorme: ACT susp...

Irregularidades nos subem...

Sindicato exige apurament...

Uma sinistralidade tercei...

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds