Sexta-feira, 26.04.19

paulo livro 2

O Dr.Paulo Falcão Tavares vai fazer:

Conferência no auditório da Escola Sec. Dr. Manuel Fernandes (ANTIGO Colégio La Salle) , 11h dia 25 Maio (sábado), sobre a Ordem Dominicana e Abrantes. Entrada livre. Orador convidado: Paulo Falcão Tavares. Organização: Ordem de S. Domingos (O.P.)

 



publicado por porabrantes às 16:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.03.19

Diz o Médio Tejo que as hordas que criminosa e ilegalmente vandalizaram São Domingos sob o alto patrocínio da cacique, do Luís Dias e Cª regressam para novas façanhas.

Dessa forma reproduz-se o artigo do actual Presidente PS da Golegã, o lavrador e médico dr. Veiga Maltez  e faz-se um link para o requerimento do deputado comunista Doutor António Filipe condenando o acto ilegal

 

19937254_L2J92.png

19937265_kTi2V.png



publicado por porabrantes às 14:22 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.11.18

O Senhor Valter Santos dá-nos um interessante pormenor biográfico sobre um frade de S.Domingos de Abrantes.

walter

ilustra o post com foto da capela que o frade mandou restaurar

43828853_2579125262105126_2206785575715864576_n

Agradecemos a menção. Há uma gralha trocou-se Filipe II por III.

mn

 



publicado por porabrantes às 08:27 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.08.18

dcb s.domingos cavaco 91

Duarte Castel-Branco guia Cavaco Silva, em 1991, durante as obras em S.Domingos para instalar a Biblioteca António Botto.

Se bem me lembro, a tropa da Ordem dos Arquitectos queria ''uma prova'' de que o arquitecto abrantino era o ''autor'' da Biblioteca, para poder avançar com um processo a Carrilho da Graça, por questões de direitos de autor.

O sr.Arquitecto António Castel-Branco ficou de ''arranjar'' a prova. Se ainda não conseguiu aqui  vai ''a  prova''.

E se não bastar a foto (porque ficava muito caro tirar certidão dos documentos arquivados na CMA), pode requerer a prova testemunhal do Prof.Aníbal e do dr. Humberto Lopes, que está na foto.

Na foto também está o meu saudoso professor da 1ª classe, Marques Heitor, que era Presidente da Junta de S.João. Esse não pode testemunhar, porque estará no céu.

Agora o António já pode reabrir o processozinho...

ma  



publicado por porabrantes às 16:41 | link do post | comentar

Sexta-feira, 03.08.18

Sabemos muito pouco sobre a história da Oposição à ditadura em Abrantes. Boa parte do que se foi publicando, saiu neste blogue. Mesmo o que a Zahara publicou sobre o General Marques Godinho, foi em parte daqui retirado.

Aquilo que se publicou no blogue refere-se sobretudo à história da Oposição da campanha do General Delgado para cá (1958) e anda associado a nomes como o dr. Vergílio Godinho, dr.Orlando Pereira, dr.Correia Semedo, dr.José Vasco,

arq. Duarte Castel-Branco, drª Maria Fernanda Corte Real e Silva (que provavelmente teve mais importância entre 1960-1974 que muitos dos citados) e que com o marido passara já pelos cárceres da ditadura,  e que com Mário Soares e Salgado Zenha estivera na direcção nacional do MUD Juvenil.

Além disso fora clandestina nas redes do PCP.

Estas ligações propiciaram a que Salgado Zenha convidara o dr. Orlando Pereira para fundar o PS de Abrantes, em 1974, que ele recusou, por manter uma ligação ao PCP.

A história da Oposição nos anos 30 e 40 estava (e está por fazer) embora aqui se tenham evocado alguns nomes, como Fernando Farinha Pereira.

Saiu agora, da autoria da Drª Manuela Poitout, ''Raul Wheelhouse, médico, oposicionista e maçom - reviralho e maçonaria no Alto Ribatejo, ''publicado na revista Nova Augusta, nº29, que é um contributo muito importante para o estudo do ''reviralho'' na nossa zona e não só.

A autora, de créditos firmados na investigação regional, estuda o papel do prestigiado médico da Santa Casa sardoalense, na montagem (ou relançamento porque a informação que temos é que já havia outras redes maçónicas em Abrantes, a que esteve ligado por exemplo Diogo Oleiro) do Grande Oriente na região.

E o nome ao lado do médico que surge é o de Fernando Farinha Pereira

fernando farinha

A partir do triângulo 331 do Entroncamento, Farinha Pereira vai ficar responsável por montar a maçonaria em Abrantes.

No triângulo do Entroncamento vai filiar-se também o Alferes Lobato Falcão, já aqui referido.

As actividades maçónicas são em parte a cobertura para se montar uma rede conspirativa, dirigida  entre outros pelo dr.João Soares e por militares. Pretendia-se criar um levantamento militar nacional contra a Ditadura. 

Cria-se uma rede civil, particularmente activa no Rossio ao Sul do Tejo, inclusive com reuniões no Tramagal, em casa do médico da MDF, Correia da Fonseca, e ainda na do ex-deputado democrático dr. João Damas (Poitou,45)

Que no entanto na época estava já ligado ao grupo estado-novista do dr.Manuel Fernandes e em ampla discórdia com o cacique Henrique Augusto da Silva Martins.

Segundo a autora citada, o homem fundamental na conspiração na zona foi o guarda-livros da Casa Serrano, Manuel Jacinto, natural da Chamusca...., residente na Rua Avellar Machado, no Rossio....,

manuel jacinto

 que terminaria deportado para os Açores (como o médico) e e só foi libertado em 1939.

Sete anos de presídio em Angra do Heroísmo.

Na conspiração estava previsto que o major José Garcia Marques Godinho liderasse o golpe em Infantaria, aboletada em São Domingos. (Poitout,47)

Boa parte das actividades do Jacinto, passaram-se no Rossio . E aí é  ainda apontado o nome do dirigente comunista Manuel Alpedrinha, um dos poucos comunistas com filiação maçónica, na mesma loja lisboeta, a Rebeldia que Wheelhouse.

A autora refere ainda a posterior carreira do médico na tentativa de refundação do socialismo português.

Um dos primeiros autores a referenciá-lo foi o Doutor Jorge Santos Carvalho, in

''As Relações Jugoslavo-portuguesas (1941-1974)''. , Coimbra, 2012.

Só por curiosidade uma carta de António Sérgio em polémica com Wheelhouse

sérgio

sobre a refundação do socialismo democrático português (1)

 Portanto um estudo pioneiro e fundamental, o da drª Manuela Poitout para a História da Resistência ao fascismo na região.

A ler sem falta.

Aqui só se respigou o referente a Abrantes e muito resumidamente.

mn

(1) Arquivo António Sérgio

Foto do anti-fascista Manuel Jacinto, Torre do Tombo

 

 

 

         



publicado por porabrantes às 18:21 | link do post | comentar

Domingo, 22.07.18

Pedro Marques

 

Apresentou o documento que abaixo se transcreve:

 

“Existem outras dúvidas que temos e desejamos ver esclarecidas, pelo que nos termos da lei REQUEREMOS os seguintes documentos:

1 – Cópia do processo de licenciamento das obras ocorridas no Convento de São Domingos para instalação das várias oficinas da ESTA/IPT, designadamente parecer do IPPAR.

         2 –Informação sobre o nome do dono da obra.

3 – Caso tenha sido a Câmara Municipal de Abrantes, cópia do processo de concurso, modalidade de adjudicação, valor de concurso e valor final da empreitada, nome da empresa adjudicatária e visto do Tribunal de Contas.

É que, entre outras situações, a intervenção, realizada dentro da zona de protecção a imóvel classificado, promoveu alterações substantivas no aspecto exterior do imóvel, designadamente escadarias de acesso às oficinas a partir da rua lateral, alargamento de porta para portão no espaço confinante para o estacionamento, aumento da cércea do imóvel junto da escola pré-primária de São João, entre outras.

Não está em causa a necessidade de se realizarem benfeitorias no imóvel destinadas a melhor acolher aquela escola de ensino superior público, que igualmente acarinhamos e desejamos bem instalada entre nós. Mas é suposto agir-se dentro da legalidade e a lei aplica-se tanto aos particulares como aos poderes públicos.

 

Já agora, estando em curso, novamente obras no interior da ESTA/IPT, questionamos:

1 – Tem a Câmara Municipal de Abrantes alguma ligação directa ou indirecta ao assunto?

2 – A obra foi licenciada pela CMA?

3 – Quem é o dono da obra e a respectiva fiscalização?

4 – Existe projecto aprovado com parecer favorável por parte do IPPAR?”

 

acta de 8-4-2002

 

O homem tão preocupado com umas obrazinhas insignificantes (abertura dumas portas, que foram feitas sem liçença do IGESPAR) ficou calado mais os amigalhaços quando foi da torre do MIAA....

 

mn 



publicado por porabrantes às 13:49 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.05.18

Este estudo italiano da autoria de

Paola Nestola

OLHA!” IL NOME DELLA GÁRGULA, UN CONGRESSO

GIUBILARE, IL MEETING POINT A LISBONA:

TOPICI PORTOGHESI DA DISSODARE

 

 

destaca a obra de Paulo Falcão Tavares, sobre S.Dominhos de Abrantes.

 

Trata-se duma intervenção num Congresso em Lisboa, onde o historiador destacou o contributo dos dominicanos para a História de Abrantes, o valor patrimonial do convento de S.Domingos e as ameaças que pairavam sobre ele, por parte da autarquia abrantina e dum tal Carrilho da Graça.

 

mn

 

 



publicado por porabrantes às 19:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.02.18

Descrição

Dona de um passado associado à história local e nacional, no coração da Vila Poema de Constância, localiza-se esta distinta moradia.

Designada por Casa da Torre, devido à torre pertencente a uma capela demolida nos finais do século XVIII, onde mais tarde foi instalado o relógio público da vila.

Apresenta uma arquitetura de linhas sóbrias, cantarias na fachada e fantásticas varandas em ferro forjado. São de destacar especialmente, as portadas exteriores de madeira, que se diferenciam no Centro Histórico de Constância.

No interior, os tetos são em madeira talhada e as paredes revestidas por azulejos polícromos, tão característicos da época em que foi construída.

Para além dos diversos e elegantes salões, este imóvel dispõe de fantásticos quartos com ótimas áreas, uma deslumbrante vista sobre o rio e um acolhedor jardim privado, com piscina.
 
 

casa da torre

 (....)Cronologia Séc. 18, último quartel - data provável de construção no terreno ocupado pela capela de São Pedro, da qual resta a torre sineira, à qual a casa se adossou; 1837 - instalação do relógio na torre da capela; séc. 19 - o edifício pertenceu a Francisco Falcão, casado com uma senhora da família Themudo; séc. 19, finais - decoração da biblioteca com azulejos seiscentistas vindos do extinto convento de São Domingos de Abrantes e revestimento de pavimento e tecto em madeiras exóticas com motivos neo-árabes.

 

(...)

 

Observações A capela de São Pedro, cuja torre foi incorporada no edifício, existia ainda em 1758 (Memórias Paroquiais), não sendo referidos danos ocasionados pelo terramoto.(...)

 

 

Autor e Data Isabel Mendonça 2001 (SIPA/DG Monumentos Nacionais)

 

Sugerimos ao Vereador neo-liberal e à CMA que exproprie ou compre a casa e recupere os azulejos de S.Domingos de Abrantes e os ponha onde nunca deviam ter saído

 

casa da torre 2.jpg

 


 mn
 
 
 



publicado por porabrantes às 15:41 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.09.17

Faltou-nos uma breve achega sobre o ensino primário na Vila de Abrantes: a contribuição dos frades dominicanos de S.Domingos.

Tendo começado o blogue por dedicar-se à defesa do convento, ameaçado pela celerada torre carrilhista, e tendo a Isilda, como Vereadora e girl do MIAA, um papel essencial nessa sonora vergonha, papel herdado agora pelo Luís Dias, como se verá, quando houver engenho e arte, mal seria não recordar que os dominicanos asseguram parte do ensino primário na Vila.

A coisa foi assinalada pelo Dr.Paulo Falcão Tavares, neste livro

 

 

e reproduz-se

pft prof

 

 

Anexa-se ainda o sumário dos documentos da Torre do Tombo, com as somas pagas por ordem de D.Maria I aos frades.

s.domingos profs

 

 

ma

 

os frades são identificados pelo Candeias na História Cronológica do concelho de Abrantes



publicado por porabrantes às 21:12 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.06.17

Temos no nosso arquivo um papelinho em que o Sr.Dr.Luís Dias, Vereador da Cultura, hoje aqui citado, , diz  que o Doutor Oosterbeck não foi responsável por  escavações em S.Domingos

luis_dias_2.png

Acontece que este documento diz o contrário

escavações oosterbek.jpg

vejamos o que dizia o professor do IPT, e à época avençado da CMA, com pingue avença.....

miia ex.jpg

 

Era imprescindível calcular os impactos negativos porque haveria que remexer o subsolo onde há uma cisterna medieval.....era imprescindível estabelecer uma cartografia de risco.....

OOSTERBEEK-640x425 - copia.jpg

miia ex 3.jpg

Quem era a equipa????

miia ex 5.jpg

Pode explicar-nos o Sr.Vereador que trabalhos fez esta equipa?

Escusa de explicar-nos quanto dinheiro recebeu a Herity, de que o Doutor  Oosterbek é florão, para meter uma placa à porta do Convento, já sabemos.

Onde está o relatório disto???

Não nos diga que tudo se resumiu aos buracos feitos pela Drª Filomena, porque mesmo assim há buraco ou  mete-se V.Exa num buraco.....

miia ex 6.jpg

Onde é que está o plano de detecção remota????

Onde é que está a cartografia de risco?

É assim que se preserva um monumento?

É assim que se defende a memória desta terra?

ma



publicado por porabrantes às 12:32 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Conferência sobre o Real ...

O Regresso dos vândalos

A capela de Frei Sebastiã...

A prova de S.Domingos

Um estudo fundamental sob...

Obras ilegais no Convento...

Historiadora italiana des...

Vende-se palacete com os ...

A Isilda devia ler o dr. ...

As malditas escavações d...

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds