Domingo, 22.11.15

 

p. milheiro.png

"La bonne religieuse est celle qui apporte dans le cloître quelque grande faute à expier."
(Denis Diderot / 1713-1784 / La religieuse)

 

 

Esta é a informação que consta no site da Diocese de Portalegre e Castelo Branco, sobre o Arguido Presbítero Joaquim Milheiro Valente, envolvido no  escabroso caso das noviças mal-tratadas no reduto do fundamentalismo apocalíptico, domiciliado na Rua do Convento, 437, em Requião, Vila Nova de Famalicão, terra onde Duarte Castel-Branco riscou a sede da Fundação Cupertino de Miranda e onde morreu o Visconde de Correia Botelho, cuja camiliana pena teria aqui matéria para prodigiosa novela .

ng2176888.jpg

Foto de Camilo, devida vénia ao D.Notícias

 

O génio de Seide  traduziu a ''Freira no Subterrâneo'', e uns cem anos depois, uma  religiosa  aparecia morta num poço conventual em Vila Nova, à beira de Seide.

 

Era  o convento do padre diocesano de Portalegre, Joaquim Milheiro Valente, que apesar de ter tido  uma  freira, decretada  suicida, a flutuar num poço, em 2004, e queixas múltiplas por maus-tratos a jovens escravizadas e ser sede duma organização sectária,  continuava a ser reconhecido como canónico pelo  Arcebispo-Primaz das Espanhas, D.Jorge Ortiga, apontado como ''progressista'' nos meios clericais e ainda pelo  Bispo de Portalegre, D.Antonino Dias, !!!!

anuário.png

 

harvard.png

O padre Milheiro que  é um fanático perigoso, foi honrado em actos litúrgicos na Diocese recentemente.

Jubileus 2015.jpg

 

 O tipo de propaganda apocalíptica do reverendo Milheiro Lopes encontra-se divulgado na net   em vídeos e a mensagem é a habitual na hagiografia católica, inclusivamente não anda longe das palermices difundidas em Fátima ou da promessa feita pelo  Cardeal Cerejeira, que levou à construção do Cristo-Rei em Lisboa.

 O convento liderado pelo arguido Milheiro Valente também se dedicava a actividades comerciais, através das Edições Boa Nova, sediadas neste local, aparentemente ''idílico'', na prática um antro de superstição e de supostos  maus-tratos.

requião.png

 

 Tudo isto não era novo e a Hierarquia já estava avisada desde 1999 para as façanhas do visionário Milheiro Lopes, como o prova este artigo, publicado então no Público , por Emília Lopes.

Segundo o ''Correio da Manhã'', foi D.Agostinho de Moura que saneou o fanático Milheiro Lopes da Diocese de Portalegre.

agostinho de moura.jpeg

 A seita tem ramificações internacionais, como é habitual, e sustenta que esta gaja está em contacto directo com Deus Nosso Senhor.

vassula.png

 A variante lusa, dirigida pelo Milheiro Lopes, andou a distribuir a propaganda pelas cadeias, afirma ter recebido um elogio da hierarquia prisional, e diz ter convertido  centenas de presos.

cadeia.png

O manual apocalíptico está aqui on-line.

 

O Milheiro Valente, que foi Professor de Música no Seminário de Alcains e no do Gavião, 

milheiro alcains (1 esq).jpg

é o 1º à esquerda. Temos outra foto actual. No blogue Ânimo 60, donde se reproduziu a foto, com a devida vénia, António Henriques retrata assim o calvário duma irmã sua que esteve no Convento de Requião: '' (...)Há depois um outro P. Milheiro que me toca de modo bem diverso. Como tenho uma irmã que esteve sete anos na congregação dele (a tal em que se encontra essa senhora que chateava o Colaço!), fiquei a perceber que as relações pessoais “intra muros” pautavam-se por um redobrado autoritarismo ditatorial, em que nada se podia discutir, pelo que quem tivesse dois dedos de cabeça não podia aguentar… Parece que só quem não tinha muitos sonhos de vida é que ia ficando… Depois, o P. Milheiro enveredou por ligar mais a fenómenos extraordinários (cruzes altas, aparições…) e eu há muitos anos deixei de ouvir falar dele.(...)

 

Moral desta história: porque  é que a Hierarquia não actua, face a queixas reiteradas, e fica quieta, lavando as mãos à Pilatos, enquanto flutua o corpo duma religiosa num poço????

Diz-nos o Arcebispo-Primaz?

Diz-nos D.Antonino ?

ma 

 

Nota: O Rev.Milheiro Valente também pode estar senil e dominado por uma corja de fanáticos, mas se assim é, o Arcebispo-Primaz que o interdite.

 

foto do B.Portalegre: diocese

 

para saber mais : Observador

 

   
 



publicado por porabrantes às 17:04 | link do post | comentar

Segunda-feira, 01.08.11

Intervenção do munícipe Artur Lalanda

 

Esteve presente o munícipe Artur Nogueira Lalanda, residente na Rua Nova, em Abrantes, que apresentou uma exposição relativamente à ponte na Ribeira da Abrançalha, fazendo algumas referências à actuação da Câmara Municipal e dos Serviços Municipalizados, no que toca a esta matéria. Fez também a entrega de um documento relativo a estas questões, que se anexa à presente acta.

.

A Presidente da Câmara disse que, face à gravidade e ao tom das acusações proferidas pelo munícipe, nomeadamente à sua pessoa, sob as quais obviamente não se revê, o assunto seria remetido para os serviços jurídicos da autarquia, para análise.  

 

in reexistir por abrantes

 

A petição agradece ao Sr.Lalanda o acto cívico de ir à Sessão da CMA reclamar sobre a situação calamitosa da ponte da Ribeira da Abrançalha.

 

A petição manifesta o seu espanto pela resposta da Presidente !!!!!

 

 

Nesta foto de propaganda camarária vemos a D.Maria do Céu, o cónego Graça (com a mão no nariz), Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo de Portalegre e Castelo Branco, D.Antonino  e mais alguns políticos profissionais socialistas.

 

A petição espanta-se com o tom de ameaça barata da responsável pela edilidade.

 

A petição recorda que o regresso à política idiota  de Nelson Carvalho de atirar com processos judiciais para aqueles que eram vítimas da desastrada e imbecil gestão do colega de Júlio Bento na autarquia e nos tribunais, é um tiro no mimoso pé da senhora edil e um acto que fará a CMA cair no rídiculo mais glorioso, regressando aos bons tempos em que o Jerico fez desatar uma enorme gargalhada na opinião pública e publicada nacional sobre a forma da CMA agir!!!!!

 

 

 

Em Portugal, os tribunais são independentes e sensatos e mandaram atirar para o cesto do lixo casos idiotas como os do Jerico!!!!

 

A petição usará todas as formas legais para manifestar a sua solidariedade ao grande abrantino Sr. Lalanda e por enquanto não assumirá a posição do Cónego Graça na foto publicada acima.

Este gesto do Vigário recorda-nos o conselho do senador Andriotti, papa da Democracia Cristã Italiana e conselheiro preferido de Paulo VI.

 

 

 Votem na DC, mesmo que o façam tapando o nariz......

.      

 

A referência à Santa Madre Igreja, de que Maria do Céu é fiel  e ao Sr.Bispo, leva-me a perguntar a Maria do Céu para seguir os conselhos da Hierarquia. porque não manda fazer uma comissão de inquérito à espectacular fortuna amealhada por um conhecido ex-Vereador.

 

Por exemplo, este sábio conselho:

 

 

''O enriquecimento ilícito é crime e é imoral", disse ontem o bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro, no terceiro debate promovido pelo Correio da Manhã..
O prelado adiantou que "é crime usurpar o bem comum para interesse próprio".

 

Estou certo que D.Antonino tem a mesma opinião que o seu colega de Viseu..... 

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 23:22 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sexta-feira, 23.04.10

A nossa Diocese esteve órfã durante longos meses em 2008. A orfandade da Diocese, a angústia dum rebanho sem Pastor deu  lugar a múltiplas especulações,entre elas a da sua supressão ou pelos a sua Divisão com a criação de 2 novas (Portalegre e Castelo Branco). Durante muito tempo os católicos abrantinos especularam sobre os motivos da sua orfandade e oraram pela vinda de um Pastor.

 

Desataram-se também especulações sobre se o Cónego Graça estava na rampa de lançamento para conseguir o seu grande sonho: conquistar um báculo....

 

Também se falou no Padre Emanuel, da nossa zona, destacado em Coimbra onde desempenha funções docentes no seminário local.

 

O período de orfandade decorreu entre 8 de Janeiro de 2008 quando D.José Sanches Alves, então Bispo, foi promovido por serviços distintos a Arcebispo de Évora e 8 de Setembro de 2008 quando foi nomeado D.Antonino pelo Papa.

 

Tentámos investigar as causas deste doloroso período em que o rebanho ficou sem Pastor e descobrimos no jornal da Diocese A Reconquista que se publica em Castelo Branco (e é um excelente periódico) as causas deste longo hiato temporal.

 

As férias dos Cardeais. Suas Eminências tinham ido a banhos......

 

O então Núncio Apostólico numa entrevista aclara o problema:

 

 

 

''A.E. - Qual a importância da “gestão” dos processos de nomeação de bispos no trabalho de um Núncio?

A.R. - A nomeação de um bispo é uma coisa delicada. Não é um concurso público!

Para nomear um bispo apresenta-se uma documentação ao papa, que a Nunciatura é responsável por elaborar. Para isso, são consultados bispos, padres, religiosos e religiosas, leigos e leigas. Isto não se diz, porque não se pode dizer publicamente. Mas eu posso assegurar que os fiéis, através, dos leigos e leigas, têm o seu parecer manifestado. E tenho de dizer que eles dão testemunho com muita seriedade e com precisão que me edificam muito.

Quero assegurar à opinião pública que o estudo para se chegar à nomeação de um bispo é conduzido com seriedade, com muita reflexão, para que o santo Padre possa tomar a sua decisão, com o conhecimento da realidade da diocese que o novo bispo tem de exercer.

A.E. - Mas há casos em que dioceses estão muito tempo sem bispo. Isso não é negativo?

A.R. - Às vezes acontece, porque é necessário tempo para preparar os processos.

A.E – Foi o que aconteceu com a Diocese de Portalegre-Castelo Branco, por exemplo?

A.R. – Para a Diocese de Portalegre-Castelo Branco, o dossier foi apresentado em Roma entre Abril e Maio, quando a Congregação para os Bispos tinha outros em análise. Entraram as férias do verão e tudo parou! Foi por isso o atraso, não houve outra coisa, em absoluto! E tempo de considerar também estas coisas…

A.E. – Quanto tempo é necessário para concluir um processo de nomeação de um bispo?

A.R. – Geralmente, para prover uma diocese, são necessários entre 5/6 meses e um ano. Isto em toda a parte do mundo!

A.E. – Também por isso, pelo tempo que o processo exige, será legítimo pensar em alterá-lo, fazendo-o depender mais da comunidade a que o bispo se destina?

A.R. – A nomeação não pode ser pública, porque é delicado! Posso assegurar que estamos muito atentos em escutar o ambiente da diocese, porque é importante escolher uma pessoa que possa responder às exigências da diocese. Por isso, escutar primeiramente os bispos, porque conhecem a realidade, depois os padres que trabalham e estão em contacto directo, e o povo que vive lá concretamente. Estas pessoas são consultadas.

Naturalmente que tudo isto faz-se com reserva, em segredo pontifício.

Outro aspecto: ao Papa são apresentados três candidatos. O Papa vai escolher um. Se eu faço saber que há nomes escolhidos, geram-se uma série de perguntas…

Além disso, o escolhido tem toda a liberdade de aceitar ou não. Quando o Papa designa um bispo, a primeira coisa que eu faço é falar com ele. Ele pode dizer-me: Não aceito! E isso aconteceu, várias vezes…

A.E. - … no tempo que esteve em Portugal?

A.R. – Bem, deste tempo não quero falar, mas noutros lugares aconteceu!

Ainda mais: é o Papa que nomeia, que faz as escolhas, independente de todas as considerações. A nomeação de um bispo exige muita seriedade, muita discrição e sempre foi o que mais senti com sentido de responsabilidade, que chegou mesmo a não me permitir dormir…

Porque é muito sério! É a coisa que mais responsabilidade tem um Núncio, onde a colaboração dos bispos é muito importante.''

 


 

O nosso Venerando Pastor (excepto dos peticionários ateus, jeovás e doutras religiões) esteve em Rio de Moinhos em Visita Pastoral.

 

Terão Armando Fernandes e a sua santa ido beijar o anel do Prelado,  segundo ordena a boa educação?

 

Esperamos que o blogue do Rui André nos explique.

 

Sobre a entrevista do Núncio anotamos sabemos a identificação do trio indicado ao Papa e não estava o lá o Senhor Cónego, coisa que devia levar as as forças vivas, a autarquia e os católicos a escreverem uma carta de protesto ao Papa.

 

Ou então uma manifestação de protesto em Fátima, aquando da visita papal, com cartazes dizendo:

 

Cónego Graça, Bispo Súbito!

 

 

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 08:18 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Presbítero Milheiro Val...

Chamem o jurista!!!!

As férias dos Cardeais

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

jornal de abrantes

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds