Quarta-feira, 17.04.19

LuísFThomaz.jpg

O Senhor Prof. Doutor Luís Filipe Thomaz tem neste texto

O «TESTAMENTO POLÍTICO»

DE DIOGO PEREIRA, O MALABAR,

E O PROJECTO ORIENTAL DOS GAMAS

 

uma análise fundamental do papel dos Almeidas na oposição à candidatura de Dom Manuel, Duque de Beja ao trono após a morte de D.João II. Os Almeidas conspiravam para elevar ao trono D.Jorge, o bastardo do monarca falecido, aliás natural de Abrantes e criado pelo clã Almeida, por indicação do seu Pai.

A designação de D.Manuel significou o começo do fim dos Almeidas.

E deixa uma nota crítica ao  livro de Candeias Silva sobre D.Francisco de Almeida:

 

Thomaz.png

Luis Fílipe Thomaz pela vastidão dos seus conhecimentos e pela sua obra, é hoje o maior especialista luso na Expansão no Oriente.

Aconselhamos vivamente ler o texto citado, para saberem quem eram os Almeidas e o que realmente fez D.Francisco.

O estudo foi publicado na revista Anais de História de Além-Mar, Volume V , 2004 e está disponível on-line.

 

mn

a foto do Professor Thomaz é da Faculdade de Teologia e publica-se com a devida vénia 

 

  

 



publicado por porabrantes às 08:03 | link do post | comentar

Sábado, 21.04.18

Francisco de Almeida  um post interessante



publicado por porabrantes às 17:25 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.11.17

Não é a falta de assunto que tem feito este blogue viver dos rendimentos (ou seja de posts passados), graças à fidelidade dos leitores. É a falta de paciência. Mas vá lá vamos dar um bitaite.

 

Em 2005 a CMA editou este livro sobre orientação do Candeias Silva.

 

O livro tem a colaboração de vários autores, uns especialistas e outros '''curiosos''.

 

A obra colectiva tem uma introdução  do Presidente da Câmara, que era o Nelson Carvalho.

 

Na página 8, Jaccques Theodor diz assim

theodor

e depois continua a dissertar sobre as façanhas do Almeida.....

 

Na página 7 vem um texto atribuído ao cacique Carvalho (a introdução)

carvalhoalmeida.png

que continua

carvalhoalmeida 2.png

 Os textos são iguais, alguém copiou alguém.

 

Há um ano ou dois a CMA editou uma obra em que uma tipa se apropriou duma obra de Eduardo Campos.

 

A honestidade intelectual é um valor em desuso nesta terra.

 

Passem bem.

 

ma 

 

 



publicado por porabrantes às 12:56 | link do post | comentar

Sábado, 04.03.17

É o que aponta Mestre Sanjay

Sanjay_Subrahmanyam_2014.jpg

 

sanjay 2.png

in The Career and Legend of Vasco Da Gama, Sanjay Subrahmanyam, página 49, com a devida vénia (há tradução lusa)

 

Garcia de Resende diz que o Duque de Viseu foi acusado de querer matar D.João II com ''ferro ou com peçonha''.

 

E se Sanjay sugere que o abrantino estava implicado na conjura aristocrática, haverá que juntar ao curriculum do Vice-Rei, o labéu de regicida frustrado.

ma 



publicado por porabrantes às 18:32 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.02.17

Um leitor pergunta-nos se a crítica (certeira) do Professor Luís Filipe Thomaz à obra de Joaquim Candeias Silva sobre D.Francisco de Almeida, não é excessiva.

Remetemos o leitor para outra crítica, esta da grande investigadora , Doutora Ângela Barreto Xavier, do ICS, que ao traçar as tendências da historiografia da expansão, na revista Pénelope (2000), neste artigo  

tendências.png

diz o seguinte:

folego.png

Nas biografias há que ter um certo distanciamento e não apaixonar-se pelo ''herói''

d.francisco jornadas.jpg

mn

o texto da Autora está disponível na net     



publicado por porabrantes às 13:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.10.16

O nosso querido amigo D.António de  Castel-Branco não lê obras de genealogia e heráldica e essa era a tradicional ocupação dum nobre, para saber quem são os primos e por onde andam os títulos...

Assim, essa falta de leituras heráldicas, nota-se na sua tese de doutoramento ''revolucionária'',onde dispara

dispara 2.png

pagina 45  

pensei que fosse um lapso isolado, mas li mais para a frente...

dispara.png

página 100,

 

acontece que, como devia saber D.António, que Francisco de Almeida não foi Conde de coisa nenhuma, apesar de ter sido 1º Vice-Rei da Índia....

 

quanto às terras se eram da família ou não a coisa fia mais fino, já temos no século XVI tombos de propriedades bastante exactos......e é uma generalização dizer que todo o Norte do Concelho era dos Almeidas, por exemplo a Quinta da Abrançalha, pertencia  ao Coutinhos, antes que houvesse Almeidas nesta terra, embora já cá existissem almeidas, porque sempre fomos uma terra limpinha..e asseada...

 

Portanto vimos pedir a D.António que corrija o erro, antes que isto seja publicado e talvez seja melhor assessorar-se com um historiador, para outras afirmações ousadas que faz......nesta obra académica....

 

Somos amigos de D.António, mas somos mais amigos da Verdade.

Se censurámos um ligeiro erro da Drª Paredes Cardoso, mal ficaria mal não chamar a atenção ao nosso catedrático amigo, não vá ele ser eleito Presidente e enganar-se em matéria de Almeidas.

mn

 

 



publicado por porabrantes às 15:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.06.16

sanjay.png

O maior especialista mundial em História da Índia Portuguesa,  Sanjay Subrahmanyam opina sobre uma biografia de D.Francisco de Almeida:

 

'(..)'Folha - Seu livro é permeado de críticas à historiografia portuguesa, nomeadamente ao excessivo nacionalismo que marca as análises da expansão marítima e dos seus heróis. Que prejuízos esse nacionalismo trouxe, se é que trouxe, para a historiografia dos descobrimentos?
Subrahmanyam - Não me parece verdade que o livro seja permeado de críticas desse gênero. Há, sim, algumas críticas, às vezes dirigidas às vacas sagradas dessa historiografia, tal como o Vitorino Magalhães Godinho. O fato é que a historiografia dos Descobrimentos é, quase por natureza e função, nacionalista. Entre os historiadores portugueses que trabalham com o assunto, quem utilizou outros arquivos, outras fontes, tentou ver com outros óculos? Alguns, mas poucos. O curioso é que são pessoas da esquerda que escrevem e raciocinam dessa maneira: tal o caso de Godinho, que contou umas bobagens sobre meu livro a uma revista portuguesa, porque não era capaz de responder sobre o conteúdo científico. Mas, felizmente, há uma nova geração em Portugal que tentou ultrapassar em grande medida esse tipo de visão. Mas ainda se pode ler numa biografia recente de d. Francisco de Almeida que era vergonha nacional que ele fosse assassinado por uns selvagens nus na costa da África ...(...)''

 

Entrevista antiga à Folha, da responsabilidade de Jean Marcel Carvalho França, sobre o seu livro imprescindível, Vasco da Gama, deve-se ler a entrevista toda. 

Já agora ouça o Doutor Sanjay

mn



publicado por porabrantes às 16:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.01.16

francisco3.jpg

Diziam que Francisco de Almeida teve o maior par de tomates do Índico. Este gajo resolveu reforçá-los. Não se viam bem?

Não seria melhor comprar-lhe um par de óculos?

Quanto à estátua é uma merda, como bem disse de forma mais delicada o Prof.Hermano Saraiva num programa de TV.

Quanto ao pintor de tomates, que se diz ''artista'', haveria que ter sido detido pela GNR por vandalismo.

A foto é gamada algures na geografia blogosférica. Não me lembro.

ma 

 



publicado por porabrantes às 20:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.04.15

 

A Presidente disse isto ao Mirante: ''

No dia anterior, técnicos da APA (Agência Portuguesa do Ambiente) estiveram no açude, que fica a um quilómetro a jusante da ponte ferroviária, e prometeram fazer uma “radiografia” à estrutura para averiguar o que se passou. Interrogada sobre o licenciamento do sistema “passa-peixe” existente no local e sobre o sistema de monitorização que ali devia ter sido instalado, Manuela Matos, da APA, disse que as estrutura estava licenciada e que a monitorização era da responsabilidade da Câmara de Abrantes.

A presidente da câmara reconhece que o sistema de monitorização previsto na fase de licenciamento nunca foi instalado. “A responsabilidade da monitorização é da câmara e nós nunca a escamoteamos. Há quatro anos tivemos reuniões para estudar essa possibilidade mas quando perguntámos ao ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) o que era o sistema de monitorização que aquela entidade tinha proposto e onde o podíamos adquirir, não nos souberam dizer. Iniciámos então contactos com universidades para avaliar a possibilidade de ser feito um estudo sobre o assunto”, explica.(...)

 

Ou seja, diz que não sabia onde podia comprar o malfadado sistema de monitorização e que por isso não o comprou.

 

Mas as contas da CMA/2013 parecem dizer o contrário:

 

açude monotorização.png

 Contas 2013 CMA

 

 

  Foram gastos 131,516 € em sistemas de monitorização.

 

 Não nos digam que a Presidente apresentou à Assembleia umas contas que não leu (são mais de 2.000 páginas) e que o sistema de monitorização está perdido num armazém de ferro-velho.

video.png

vídeo do crime ambiental

 

 

A estátua do D.Francisco de Almeida também estava perdida num armazém até que o Dr.Semedo a encontrou.

semedo discursamdo.jpg

Servia para pendurar bonés de trolhas, segundo contou o Mário Semedo.

D.Francisco almeida candeias.jpeg

Foto do Livro do Dr.Candeias, Abrantes na Expansão Ultramarina

 

 

O Advogado mandou metê-la no Castelo, com projecto paisagístico do arq. Duarte Castel-Branco.

 

Mas antes segundo me contou teve de enfrentar a cólera dum seminarista em estágio no Pego, que lhe foi dizer : como é que se atrevia a erguer estátuas a heróis colonialistas????

Respondeu-lhe: Ordena-te primeiro e depois fala comigo.

 

No Castelo, a estátua servia para historiadores e turistas se retratarem, caso do Candeias Silva.

 

Depois de mudada de sítio, serve para vândalos estrangeiros fazerem das suas.

 

Para que servirá o sistema de monitorização que não monitoriza?????

 

Estará encaixotado????

 

E que haverá em cima do caixote???

 

Os restos da edição dos 200 livros que a Câmara comprou ao Martinho Gaspar, o maior estudioso dos crimes clericais cometidos pelo Rev.Raposo durante a República, por exemplo?????

 

Quem sabe????.

 

a redacção

 

  



publicado por porabrantes às 17:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.02.15

francisco3.jpg

Este tipo, Florentijn Hofman é o tipo que vandalizou a estátua de D.Francisco de Almeida, alegadamente com patrocínio do município de Abrantes.

 

 

E se o gajo fosse vandalizar as estátuas prá Holanda, designadamente estes bustos, por exemplo pondo-lhes uns cornos ou escrevendo a vermelho o nome do manicómio onde o marido dela estava internado ou o nº da conta da Suíça onde o príncipe Bernardo (pai dela) recebeu uns subornos pela compra de aviões militares????

1the sculpture-beatrix.jpg

 

 

Recordo estas palavras do Armindo Silveira, sobre isto e tinha toda a razão. 

 

Porra estou a começar a ficar xenófobo!

 

MN

 

devida vénia para os bustos reais a http://royalisticism.blogspot.com.es/2014_01_13_archive.html 



publicado por porabrantes às 18:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Abrantes é melhor que Alh...

Francisco de Almeida

Quem plagiou quem?

Esteve implicado D. Franc...

O distanciamento

Um nobre lapso

D.Francisco de Almeida as...

Um par de tomates

Estará o sistema de monit...

O vândalo holandês

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds