Quarta-feira, 26.04.17

carlos_v_340c.jpg

Escrevia o Imperador a sua mulher D.Isabel de Portugal, filha de D.Manuel I, em 1532.

carta de carlos V.png

Quando o Imperador mete uma cunha  (está em Ratisbona, hoje Regensburg)  está a defender um amigo seu, D.João de Almeida, herdeiro da Casa Condal abrantina, perseguido por D.João III, que atribuirá o senhorio da terra ao Infante D.Fernando..

Já se falou aqui do fidalgo abrantino exilado.

Deixa-se o documento como mais uma peça para elucidar o que foi a queda em desgraça dos Almeidas, após a morte de D.João II.

E só se faz um comentário não se pode andar a mandar bocas nem a escrever estudos académicos sobre este período histórico, sem ter ido vasculhar o Arquivo de Simancas, ou pelo menos sem ter lido a bibliografia estrangeira sobre esta época.

A carta do César germânico foi publicada in ''Corpus Documental de Carlos V'', vol II, por Manuel Fernandez Álvarez, Univ. Salamanca, 1973.

Fernandez Álvarez é imbatível a tratar do Imperador. A ele se tira o chapéu.

ma

 

o retrato imperial é de Ticiano



publicado por porabrantes às 10:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.12.15

O Senhor Doutor Candeias Silva sustenta que D.Lopo de Almeida, que  seria o representante (embora por linha ilegítima) da Casa Condal de Abrantes, desapossada desse título por D.João III , estudou na prestigiada Universidade de Alcalá (de Henares), situada na terra onde terá nascido o autor de  .

don-quixote_picasso.jpg

 

Picasso

 

 

Isto vem neste livro

 

661_big.gif

 em pequena nota (24)

a páginas 43 onde atribui acerca duma discutível degradação da Casa de Abrantes, ao exilado em Castela, D.João de Almeida, um filho bastardo, D.Lopo de Almeida, o qual ''consta ter sido teólogo e doutor, reitor da Universidade  de Alcalá''.

 

Fazer a história com ''consta'', é perigoso,especialmente quando há vasta bibliografia, sólida e erudita, sobre um homem crucial nas letras espanholas, que levava um nome abrantino.

 

Foi de facto ilegítimo, mas não se chamava Lopo, chamava-se João e foi legitimado, era filho de mulher nobre, e foi muito rico e honrado, pelas heranças que teve do pai e do tio, D.Estevão que foi Bispo de Cartagena e da confiança da Imperatriz Isabel, mulher de Carlos V.

 

Não estudou em Alcalá, estudou em Salamanca.

 

A ''degeneração'' dos Almeidas produziu coisas como esta

Detalle_de_la_ventana.jpg

e foi sob armas destas que cresceu D.João de Almeida (foto de Jaima, em Múrcia) 

 

Mas o que a nós nos importa, é que foi  editado por Francisco de Quevedo  e que foi amigo de Fray Luís de León 

 

Também foi um bom poeta

Há muito que pelo menos Jorge de Sena explicou isto....

 

sen1.png

d. joao de almeida.png

Tudo isto é uma recensão ao monumental livro de Jorge de Sena, onde em 1974, começou a estudar o assunto.

 

Leia o artigo completo na Colóquio  Letras

 

Não  é o melhor para a biografia do importante poeta de Salamanca, porque há mais pormenorizado, que fica para quando houver pachorra.

 

João de Almeida, poeta e mecenas, foi amigo de gente importante do seu tempo, e a sua voz chegava à Corte e ao Rei

 

Protegeu académicos que estavam nas masmorras inquisitoriais, foi lente de Teologia em Salamanca e Reitor e trovou

 

Encontrou um tradutor à altura em José Bento, o melhor luso para se aventurar à poesia castelhana de seiscentos e está nesta antologia

bento.gif

 Lê-lo é o melhor que podemos fazer. E também decifrar o enigma, quem foi Francisco de La Torre?

 

Quevedo sabia-o, mas ocultou as pistas

 

250px-Quevedo_(copia_de_Velázquez).jpg

a melhor pena do seu tempo, mordaz e implacável, retratado por  Velásquez, eis o aventureiro, diplomata,  polemista imbatível, espadachim, que prestou um grande serviço salvando D.João de Almeida do esquecimento.

 

Para terminar o livro do Doutor Candeias é interessante, mas tem lapsos.. É preciso lê-lo com espírito crítico. O livro do Candeias saiu em 2000 e em 1974 já Jorge de Sena nos tinha contado quem era D.João de Almeida. 

mn

 



publicado por porabrantes às 22:42 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Carlos V mete cunha para ...

D.João de Almeida, o amig...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10



25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds