Quarta-feira, 14.06.17

sabor lena.png

 e a cacique perora na Rádio da Lena

perora.png

Como não há duas....sem três...

Passa-se a palavra ao Dr.Eurico Consciência

cons.jpg

'' (..)

Outras referências extensas foram no Público, a propósito da prisão do administrador do Grupo Lena e da sua ligação ao Sócrates, porque Abrantes foi dos municípios do PS em que, nas obras públicas, a Lena tomou conta de tudo ou quase tudo quando o Presidente da Câmara era o devotado Nélson de Carvalho. Não contente com isso, a Lena roubou à Câmara de Abrantes o devotadíssimo vereador Júlio Bento, que era justamente o vereador das obras, e que se reformou da Câmara e foi dali para director ou administrador duma das empresas do Grupo Lena.

___________

Obs: Depois disto, que não é novidade na III República, apetece dizer uma coisa: é um fartar de vilanagem...''(...)

júlio bento.jpg

mn

 



publicado por porabrantes às 12:22 | link do post | comentar

brsao Abrantes.jpg

 Celebra-se o dia da Cidade.

 

É uma comemoração relativamente recente. Já se comemorou no dia 8 de Dezembro, data que a tradição dizia ser a da conquista de Abrantes aos ''mouros'' por Afonso Henriques.

Essa data foi escolhida por Henrique Augusto da Silva Martins por corresponder a um dia santo e assim fazia-se coincidir o feriado municipal com um feriado nacional, evitando-se a perda dum dia de trabalho.

mn  



publicado por porabrantes às 09:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.07.14

No dia da cidade botou faladura a ex-Presidente de Leiria, que foi arguida no caso Apito Dourado (a coisa terminou arquivada) em representação da CCR Centro.

 

A visitante além de dizer algum disparate, elogiou com entusiasmo a obra da CMA.

 

O modelo de desenvolvimento desta  autarca laranja em Leiria foi um enorme e faraónico Campo de Futebol, no Euro 2004, que não serve para mais nada que para criar despesa.

 

 

Assim sendo não nos admiram os desvanecidos elogios ao ''modelo de desenvolvimento municipal abrantino''.

 

 

Para definir essa política nada melhor que dar a palavra ao candidato PS abrantino que a varreu do mapa político local. Dê-se pois a palavra ao dr.Raul Castro: 

 

 

 
Candidato do PS denuncia “descalabro financeiro” da Câmara de Leiria 
 
O candidato do PS à Câmara de Leiria, Raul Castro, denunciou hoje o “descalabro em que está mergulhada a situação financeira da câmara” e acusou a actual presidente da autarquia e candidata do PSD, Isabel Damasceno, de “esbanjar dinheiros públicos” e de falta de transparência.
As palavras foram ditas durante o jantar de apresentação da sua candidatura, em Leiria, como independente, que reuniu mais de mil pessoas e teve a participação do secretário-geral do PS, José Sócrates.
As cidadãs e os cidadãos de Leiria “merecem um presidente de câmara que trate todos por igual, sem excepções. Merecem um presidente de câmara em quem possam confiar, que se importe com aquilo que é verdadeiramente importante: o bem-estar de todas as pessoas. Em vez de sorrisos, oferecemos obra. Em vez de charme, oferecemos acção. Em vez de hipocrisia, oferecemos competência. Em vez de palmadinhas nas costas, garantimos seriedade”, afirmou o candidato do PS, em alusão a Isabel Damasceno.
Raul Castro manifestou, contudo, consciência de que “não vai ser fácil”. “Os nossos adversários vão usar todos os meios ao seu alcance para nos impedir de vencer. Vão usar o poder para se manterem, a todo o custo, no poder, poder que têm usado para tudo, menos para beneficiar os leirienses. Essa pressão, esse vale tudo, essa ânsia de conservar o poder pelo poder, custe o que custar, já aí está. Todos os dias nos chegam relatos de pressões inqualificáveis sobre os cidadãos que querem juntar-se a nós”, garantiu.

in Publico

 

http://socialistas2009.blogs.sapo.pt/

 

a redacção

 

 

 



publicado por porabrantes às 17:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.06.12

Comunicado da Tubucci

 

A  Tubucci-Associação de Defesa do Património de Abrantes tem o grato prazer neste dia da Cidade de Abrantes, onde se comemora  a elevação da vila de Abrantes a cidade  de homenagear os grandes vultos da luta pela defesa do Património, que desde o início do século XX vêm lutando contra uma noção errada e provinciana de progresso e cuja meritória actividade impediu que o património artístico, monumental e cultural do Concelho fosse ainda mais vandalizado que o fora no século XIX.

Três grandes nomes sintetizam este combate que é o nosso: Diogo Oleiro, Solano de Abreu e Eduardo Campos, pai do Arquivo Histórico de Abrantes que leva o seu nome.


Lamentavelmente o combate pela defesa do Património encontrou frequentemente nos edis de Abrantes não aliados mas inimigos cujo nome não vale a pena estar a enumerar, mas que se pode sintetizar na pessoa de Nelson Carvalho,  que transferiu o Arquivo Histórico para o lado dum depósito de sucata, mandou ilegalmente despejar a Liga dos Amigos de Abrantes, instituição de referência na cidade, e desencadeou o ataque selvagem contra o Convento de São Domingos, animado por aliados políticos do calibre mental de Armando Fernandes e de João Pico, e abençoado pelo hissope do Pároco da Cidade Rev. José da Graça, cuja gestão na defesa do património religioso de Abrantes, se pode caracterizar pelo desleixo, ignorância e soberba preguiça.

No dia em que devia homenagear Eduardo Campos e Diogo Oleiro, a confraria do elogio mútuo tira a barriga de misérias. Bom proveito.

 cma

 

 

 

Nós com o apoio dos Abrantinos continuaremos a lutar por Abrantes.

 

A Direcção da Tubucci   

 

  ZZSAntos (panorâmio)



publicado por porabrantes às 13:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.06.11

Hoje é dia da Cidade.

 

É um feriado municipal recente imposto por razões políticas que celebra a elevação de Abrantes a Cidade.

 

Já houve um feriado municipal, celebrado a 8 de Dezembro, que comemorava um facto mais notável que a lei jacobina que elevou a Vila a Cidade.

 

Celebrava a conquista de Abrantes aos mouros por Afonso Henriques, ou seja a reincorporação do burgo na civilização ocidental e cristã, através dum prévio massacre de mouros e do derramento de sangue de soldados portugueses.

 

Celebrava pois a incorporação de Abrantes ao nascente Reino de Portugal, talhado à espadeirada contra Leão e o Islão, pelo caudilho filho de D.Teresa e do Conde D.Henrique.

 

   terras de santiago

 

 

O próprio brasão de Abrantes relata estas origens

 

 

Os negros corvos são uma memória de São Vicente, que o Rei depois de conquistar Lisboa, se encarregou de tornar num dos patronos das novas conquistas.

 

As festas são necessárias e fazem parte dum ciclo vital, mas os festejos não nos devem afastar das nossas obrigações, especialmente quando o país está falido graças a José Sócrates e quando os seus camaradas abrantinos se preparam para destruir o património da Cidade com a mesma a inconsciência com que o dito  arruinou as finanças portuguesas.

 

Por isso, os responsáveis dos atentados ao património devem ser sentados no banco dos réus, da mesma forma que José Sócrates devia responder perante um Tribunal, como salientou o abrantino Eduardo Catroga.

 

 

Como responde, o ex-primeiro-ministro islandês.

 

A negligência é punível em Direito Penal.

 

Resolvemos contribuir para a moralização da política abrantina, neste novo ciclo político que se abre e se deve caracterizar por um esforço  de regeneração pátria.

 

Com o apoio do grande jornalista abrantino Mário Semedo, vamos contar o que o DIAP apurou sobre algumas contas bancárias dum ex-autarca abrantino, eleito pelo PS e hoje ao leme duma empresa que é parceira estratégica dos Serviços Municipalizados.

 

 

Uma grande investigação do Mário, que sem medo, explica a Alves Jana, que foi ou é docente de métodos de investigação jornalística, na ESTA, naturalmente sem concurso público e responsável de vários medias locais, como se faz investigação.

 

Uma contribuição indispensável deste blogue para a clarificação da política abrantina, para a comemoração da elevação a cidade, para a defesa duma política em que a informação deve ser transparente, onde os conflitos de interesses desapareçam do cenário abrantino e que a Honra seja a divisa dos homens públicos.

 

Estejam hoje pois atentos àquela que será a mais importante relevação jornalística em Abrantes desde o 25 de Abril de 1974.

É esta a nossa contribuição para que os nossos filhos não nos digam que nos calámos!!!!

 

Miguel Abrantes

Marcelo de Noronha

*com Mário Semedo

 

   



publicado por porabrantes às 12:48 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Construtora do Lena anima...

Dia da Cidade

A palavra a Raul Castro

O Dia da Cidade

Pela honra de Abrantes

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds