Sábado, 30.06.18

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/quase-26-mil-doses-de-haxixe-apreendidas-em-operacao-contra-trafico-de-droga



publicado por porabrantes às 23:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 30.06.15

Se a Senhora Dr Ana Soares Mendes, que é eborense, fosse directora dum jornal católico em Évora, publicava isto na primeira página ou não? 

 

évora.png

E já agora (pergunta complementar) identificava que os factos se passaram sobre a gestão do ex-presidente José António de Oliveira?

 

Ou ia perguntar a um diácono se transcrever informação oficial da magistratura é fazer linchamentos na praça pública?????

 

a redacção  

 



publicado por porabrantes às 22:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.04.12

O Reexistir por Abrantes publicou isto:

 

''

No ponto nº1 da Ordem de Trabalhos, encontra-se presente a resposta aos esclarecimentos solicitados pelos vereadores eleitos pelo PSD sobre a RPP Solar.

.

Os referidos esclarecimentos são prestados pelo notário privativo da Câmara Municipal.

.

Da sua leitura, pode-se concluir duas coisas: 1º) que não existiu qualquer garantia bancária mas apenas uma declaração de “faz de conta” para justificar o adiamento sine die pela senhora presidente da câmara da declaração de caducidade do licenciamento pela não conclusão das obras objecto de licenciamento no prazo fixado; 2º) que o senhor notário privativo não só não teve qualquer interferência na redacção do protocolo como também desconhece quem o elaborou.

.

Aliás, o senhor notário empurra expressamente para a Assembleia Municipal a responsabilidade da aprovação do protocolo sem a referida cláusula de compensação, no caso de incumprimento parcial ou total, afirmando mesmo que desconhece o motivo por que razão não foi a mesma inserida no documento após ter sido colocada a questão na Assembleia Municipal pelo deputado Belém Coelho, hoje vereador. (...)

 

 

Ao que sabemos o Sr. Notário municipal é o Sr. Dr.José Bento Pedro.

 

Ora nós já publicámos isto

 

 

 


 

 

 

E retirámos as conclusões óbvias.

 

Perguntámos por que Bento Pedro não processava por difamação Nelson Carvalho.

 

A verdade é que Bento Pedro se ficou nas ''encolhas''. Poderá ser por 2 razões: ou porque Nelson Carvalho dizia a verdade na conversa escutada pela polícia ou por comodismo. Estranho comodismo como se verá.

 

 

Ora nestas declarações de Bento Pedro ao Diap há uma coisa estranha,  ele  diz ''não  chegando a ser concretizada nenhuma hasta pública'' em referência aos lotes 33 e 34 da Colina do Tejo. 

 

Refere-se a um despacho de Nelson Carvalho de 4-6-2007, citado nos autos. Nos autos há um lapso, certamente uma gralha porque também se menciona 4-7-2007.

 

Ora ao contrário do que disse ao Procurador Bento Pedro, houve uma deliberação em 30 de Setembro de 2008 da CMA que mandou proceder à hasta pública.

 

E foi publicado o anúncio da hasta pública como se prova: 

 

 

   

 

 

 

 É uma coisa completamente  ''sui generis'' a memória do Sr. Bento Pedro.

 

 

E estava a depor como testemunha, sob juramento, com obrigação de dizer a verdade, sob pena de ser processado por perjúrio.

 

 

Esqueceu-se ou

 

ficou-se nas encolhas?????  

 

O assunto é ainda mais interessante, porque segundo os autos do DIAP, supra reproduzidos, Bento Pedro contra a regra geral do art. 442 do C.Civil despachou a favor de Samanta Teixeira em 11-10-2006 para que lhe devolvessem o sinal do contrato-promessa (  despacho ratificado pelo Sr.Carvalho) ''porque a realização da creche-jardim infantil não era economicamente viável''.

 

E...... !!!!!!

 

 

Os dois, Carvalho & Bento Pedro, mandam, depois disso,  fazer uma hasta pública em que o terreno deverá ser destinado a um equipamento deste tipo.

 

Se era inviável para a dear Samanta,era inviável para todos............

 

Bento negócio........

 

 

Agora o Bento Pedro está nas encolhas.......

 

 

Também estava quando testemunhava, sob juramento, perante o Procurador do DIAP.......??????

 

Rogo aos Senhores Vereadores do PSD que possuem a documentação sobre a escritura da RPP que a ponham on-line.....

Porque há certamente coisas bentas e divertidas.....

 

Muita gente se terá de encolher......

 

Começando pelo chefe da bancada PSD na Assembleia Municipal que votou a favor do Bento negócio do Alves.......

 

 

Estou à espera que na Imprensa de Abrantes haja alguém capaz de escrever um artigo sobre a RPP que comece assim

 

 

 

Então começaríamos a poder começar a pensar na necessária e higiénica mudança.......

 

 

Mas temo que não haja folha capaz de a publicar.....

 

Por isso temos jornais falidos ou vendidos....

 

 

E estamos como estamos....

 

 

M.Abrantes

 

PS-Obviamente Bento Pedro é uma benta personagem secundária nesta história. A benta personagem principal é Maria do Céu Albuquerque.   



publicado por porabrantes às 13:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.11.11

Os municípios em terra portucalense são largamente anteriores à nacionalidade. Não vou chatear o leitor, que terá muito que ler, com uma digressão histórica sobre as origens do municipalismo português.

Vou só recordar que já Henrique da Borgonha e  a Rainha D.Teresa passaram forais onde estavam garantidos os direitos e deveres das vilas e cidades portuguesas e a liberdade dos povos de escolherem os seus edis, que deviam ser homens-bons.

É essa governação por homens-bons que caracterizou o municipalismo lusitano ao longo de séculos, até que se chegou à governação por Isaltinos.

 

A governação dum município deve caracterizar-se pela defesa dos interesses dos munícipes, pelo respeito pela suas  liberdades e direitos, pelo escrupuloso acatamento da Lei e não deve ser caracterizada pela monopolização das instituições municipais a favor de interesses dúbioss,seita, ajuntamento partidário, igreja ou de grupos económicos, mas pelo serviço ao bem comum .

 

 

Vamos ver agora como tratava de assuntos municipais ao telefone o então Presidente de Abrantes, Nelson Carvalho, a inocente criatura a quem o Moreno & Marques queriam premiar com o nome duma rua   

 

      

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A criatura que como edil assumia que a cma, a que presidia, estava a fazer uma sacanice a um grupo de pegachos!!!! Que diria a isto a Dona Isilda, a Pasionaria do Pego ou o Mor ????

 

 

 o mirante

 

 

 

 

Quem é o dr. Bento Pedro?

 

 

Além de ser uma criatura que no Primeira Linha se atreveu  a discutir direito com Eurico Consciência que o mandou à fava.... e das responsabilidades que tinha e tem na CMA é curiosidade, também ex-seminarista!!!!!

 

 A Samantha Mara Teixeira foi autorizado por deliberação da CMA de 23-10-2006 e proposta de Nelson Carvalho, segundo o DIAP precedida de informação do Bento a devolução  do Sinal no valor de 18.750  € com retenção de encargos de 1.165,97€.

 

Como bem diz o  Procurador a decisão foi tomada contra a regra geral do art 442 do C.Civil porque a pobre Samantha só lá foi estudar os lotes, depois de assinar o contrato-promessa, coisa tão absurda como eu assinar um contrato-promessa para comprar a Torre Eifell sem ter ido a Paris vê-la....

 

 

 

Pelos vistos a CMA do Sr.Carvalho  não queria ''sacanear'' a Samantha, como aos pegachos, mas trazê-la nas palminhas......

 

Tenho aqui a foto da Samantha mas vamos poupá-la....., não é feia a rapariga....

 

 

 

 

aqui tenho uma ligeira dúvida, diz o Bento Pedro,  ''não chegando a ser concretizada qualquer nova hasta pública nem ajuste directo'',  e isto causa-me perplexidade.

 

Suponho que falarei neste assunto outra vez e no aparente envolvimento, segundo o Bento Pedro,  em declarações que constam nos autos, de Maria do Céu Albuquerque nesta história.

 

 

 

 

 

 

 

Moral da história: o Procurador não apurou ilícito criminal, mas há aqui coisas demasiado curiosas para não serem discutidas.

 

Vou só ficar-me pelo que diz o Procurador : ''sacanice'' é uma frase que inexoravelmente aponta no sentido de conduta indevida, ao nível jurídico, moral ou outro.

 

Não há melhor retrato para a Câmara do Senhor Carvalho que este.

 

Não é o retrato da Câmara do meu falecido amigo Esteves Pereira, do nosso amigo Zé Bioucas, do Humberto Lopes.

 

É o retrato da Câmara do ex-seminarista Nelson Carvalho.

 

Não é o retrato duma Câmara governada por homens-bons no sentido a que os abrantinos se habituaram.

 

Os homens-bons dos municípios portugueses não fazem sacanices.....

 

Miguel Abrantes

Marcello de Noronha

 

Agradecemos a colaboração do Mário Semedo a este blogue colocando à disposição ao autos do DIAP. O Mário fez o que deve fazer um cidadão e um jornalista, ajudar-nos a fazer o retrato do Sr.Carvalho.

 

 



publicado por porabrantes às 18:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.06.11

 

Os nossos colaboradores que fazem o folhetim DIAP

 

 

 

 

informam-nos que vão a banhos, amanhã e que hoje pensam fazer outra coisa, o folhetim regressa sexta-feira

 

 

 cidadão abt

 

informam ainda que os banhos não serão feitos nesta água que o movimento Protejo garante ter a qualidade da duma cloaca

 

 

O meu querido Cidadão Abt traz-nos novidades sobre a barraca  e naturalmente merece uma visita à sua tenda dos milagres!!!!

 

Finalmente refere-me o dr. Abrantes que foi requerida no Tribunal desta Comarca a insolvência da histórica Construtora Abrantina, outrora orgulho da família Marques dos Santos e hoje nas mãos duma tal Lena, onde o Júlio Bento tem funções executivas em algumas sociedades!!!

 

604220

Entrada: 
21-06-2011
Distribuição: 
22-06-2011

Requerente: L.G.O. – Decapagens e Metalização de Lucindo Gomes de Oliveira, Lda., 
Requerido: Construtora Abrantina, S.A.

1º Juízo

 

 

 

 

729/11.8TBABT

Valor:
25.739,35 €

Insolvência pessoa colectiva (Requerida)
Entrega Electrónica - Refª 7546801

 

 

estamos certos que será um processo com meritória alegria!!!!!

 

Há pelo menos outra acção por dívidas num montante muito mais elevado!!!!

 

 

Para evitar problemas do género na imprensa e rádio municipalizada requer-se à D.Maria do Céu que despeça o gajo que faz o frete de administrar aquilo e faça lá uma

 

 

de capital......

 


 

mas por favor sem pedir mais empréstimos e sem recorrer ao bolso dos contribuintes.....

 

Suzy de Noronha



publicado por porabrantes às 19:44 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.06.11

A mansão é um dos ex-libris da pataria e do político que saído do pé descalço arrimou grosso património à conta do erário público.

 

Foi por isso que, Abílio Curto que era suficientemente curto para cair numa esparrela dessas, foi para ''dentro''.

 

 

 

O ex-Presidente da Guarda não resistiu ao apelo da ''maison'' algarvia e não só, própria dum distrito em que a maior produção são os emigrantes.

 

Por isso não podia faltar na denúncia apresentada ao Diap contra Nelson Carvalho e Júlio Bento referências a ''casinhas''....

 

 casa cúbica para autarcas carrilhistas

 

 

Passa-se a reproduzir mais uma peça do processo onde este senhores foram ilibados, mas onde o Bento foi severamente admoestado pelas autoridades sobre o seu espectacular património, isento de impostos, acumulado enquanto  autarca das Obras abrantinas.

 

Tudo o fazemos para ajudar a

 

LIMPAR ABRANTES 

 

 

 E naturalmente não podia faltar uma referência ao Grupo Lena!!!!!

 

 Para onde saltou o Bento que se demitira de Vereador por motivos ''estritamente familiares''.

 

''Estritamente familiares'' para aqueles que conhecem as formas de enriquecer enquanto Vereador, não pagando impostos!!!!!  

 

O Pina dos decotes conhece bem isto:

 

          wikipedia

 

 Era aqui se atavam, para  serem açoitados os almoxarifes ou os meirinhos que roubavam El-Rei!!!!

 

 É um pelourinho em Sernancelhe !!!!

 

 O DIAP salvou o Bento de se sentar como o Abílio Curto no banco dos réus.

 

 Mas não o safou de estar atado ao Pelourinho da Opinião Pública que exige ser governada por políticos honrados!!!!     

 

        Marcello de Noronha e Miguel Abrantes

        * com Mário Semedo (jornalista)

 

 



publicado por porabrantes às 22:22 | link do post | comentar

 

continuará a saga do DIAP

 

 

 

 

posto por suzy de noronha


tags:

publicado por porabrantes às 15:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.06.11

Em 14 de Fevereiro houve uma cerimónia tocante na Capital do Vinho ou seja no Cartaxo. A cerimónia não teve a ver com o carrascão, símbolo do município, mas com o negócio da moda, a água e infelizmente com a gestão dos dejectos.

 

Com a clareza e a transparência, que o caracteriza, que conhecemos desde os tempos em que era empregado da empresa do peticionário (por enquanto) e político abrantino José Eduardo Marçal,

 

 

 

o administrador da nova empresa,  Cartágua, detida a 60% pelos espanhóis  da Aquália e a 40% pela Lena Ambiente – Gestão de Resíduos S.A. (Grupo Lena), Júlio Bento declarou  “a empresa será uma parceira fiel do Município do Cartaxo”.

 

Júlio Bento demonstrava a sua simplicidade não se fazendo tratar por Engenheiro, num país inflacionado de licenciados desempregados.

    

 

A verdade é que o administrador não era Engenheiro, mas Engenheiro Técnico, ou seja o equivalente àquilo que os ''fascistas'' chamavam antes do 25 de Abril ao Zé Bioucas, Agente Técnico.

 

 foto CMCartaxo

 

 

Como se sabe, Júlio Bento entrou na política abrantina pela mão de Nelson Carvalho, e terminaria com dissabores (o DIAP tece-as) a meias com o ex-Presidente da CMA.

 

Foi Vereador de Obras em Abrantes e em Março de 2004, anunciou a sua demissão por motivos ''estritamente familiares'', segundo o Mirante, de

18-3-2004. A sua saída deu lugar à entrada na política abrantina de Manuel Valamatos, até então assessor do Sr.Carvalho para o desporto.

Lena Ambiente, S.A.

Tempos depois, motivos certamente familiares levaram o homem a assumir o cargo de Administrador da Lena Ambiente,  empresa com origem abrantina, na velha Solurbe,  e depois disso tem sido um ver se te avias, na acumulação de cargos em conselhos de administração.

 

Por exemplo, Júlio de Jesus Bento, nome quase tão piedoso como José dos Santos de Jesus, foi um dos que assinou o contrato entre a CMA e a Abrantaqua em 1 de Agosto de 2007, como administrador às ordens dos espanhóis da Senhora Koplovitz. Quem quiser ler o contrato aceda ao link anterior.

 Siguiente

 

 A marquesa Ester Koplovitz, verdadeira dona do Império das Águas 

 

 

 

No mesmo ano, Júlio de Jesus Bento foi o herói salvador desta descarga poluente em Alcanena

 

191080_rio.jpg foto público.

 

Deve dizer-se que pelas declarações em que de novo foi  pródigo pareceu assumir as responsabilidades da descarga para a empresa que administrava.

 

Tudo isto estaria muito bem se não fossem os documentos que revelamos a seguir, conseguidos numa perigosa e emocionante investigação da responsabilidade do temerário e destemido jornalista abrantino e resistente anti-fascista Mário Semedo, peticionário, defensor do património de Abrantes, de excelente família e sobretudo nosso amigo,

 

 

 

 

          

  

 

    

 

 

Face a estes documentos devastadores para a imagem do Sr. Júlio de Jesus Bento, conseguidos pelo jornalista Mário Semedo, só me apetece dizer:

 

 

 

Face a estes documentos devastadores para a incúria demonstrada por Nelson Carvalho enquanto Presidente da Câmara, só posso dizer: 

 

Ainda tem cara este tipo

para falar de política????

 

Os documentos são o resultado das buscas da PJ à CMA e são o que são. O processo foi arquivado pelo DIAP, não foi possível incriminar nenhum dos arguidos (os mencionados são Nelson Carvalho e Júlio Bento), mas foi apurado que Júlio Bento acumulou um património volumoso enquanto Vereador. 

 

Júlio Bento tão pródigo em declarações, chegou ao tribunal e recusou-se a falar (direito que assiste ao arguido) !!!!!

 

Nem sequer contou que lhe saído a Sorte Grande com um ritmo anual espectacular!!!!

 

O processo está arquivado à espera de melhor prova, ou seja pode ser reaberto no caso de aparecerem novos dados.

 

Quais as consequências, sobretudo políticas, dos documentos que o Mário nos revelou ?

 

É coisa que analisaremos nos próximos dias.

 

Mas uma ilação tiro, Nelson Carvalho por  demasiado crédulo nunca mais devia exercer um cargo público!!!!

 

 

 Tenho o direito de fazer esta afirmação? Tenho.

 

 A responsabilidade política disto é toda dele e do PS de Abrantes..... 

 

 

Marcello de Noronha

Miguel Abrantes

*com  Mário Semedo (jornalista)

 

(continuará)



publicado por porabrantes às 23:04 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A operação anti-droga do ...

Somos muito curiosos

Esqueceu-se ou ficou-se n...

A Càmara que fazia sacani...

O Diap e a barraca

As casinhas ( Limpar Abra...

ainda hoje o diap

Pela limpeza de Abrantes ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds