Sexta-feira, 22.02.13

O Mirante atribuiu ontem no Teatro São Pedro desta terra vários prémios. O responsável dum jornal que não vive dos subsídios (como a gazeta gratuita da gazeteira ética Hália Santos) sendo portanto independente fez considerações importantes, deixou recados àqueles edis que combinam a política com a promiscuidade dos interesses instalados, como aquela  senhora que deu um edifício ao clube de que o marido era presidente até há dois anos, sublinhou a importância e a necessidade da imprensa viver do mercado e não do favor político.

 

 

Sábias e justas palavras.

 

 

Prémios bem atribuídos e nenhum melhor que o  Prémio Cidadania  dado ao nosso amigo, grande  abrantino, ex-Presidente e fundador do CRIA, Senhor Engenheiro José dos Santos de Jesus, a quem chamamos como o povo Zé Bioucas.

 

 

Personalidade que criticámos quando foi caso disso (e bastas vezes) e que elogiamos quando é o caso, como o é agora.

 

No combate por São Domingos que é o combate por Abrantes, que é o combate contra a escória do ajuste directo, encontrámos a solidariedade do Zé Bioucas, ei-la, clara, contundente e luminosa.

 

 

 

O combate pela honra de Abrantes também é a luta contra  a ralé enriquecida com contas bentas, contra a política de algum ex-presidente arrastado pela justiça em processo-crime depois de ter visto os Paços do Concelho visitados pela bófia, contra   quem aceita empregos do tipo a quem concedeu isenções fiscais e concedeu vastos terrenos quase grátis como o caso de Nelson Carvalho, ex-director de pequenos e grandes projectos contratado pela RPP  dos calotes mil......

 

 

E, é ainda como fez o Zé Bioucas e o Humberto Lopes continuar a trabalhar por Abrantes depois de perder eleições.....

 

Ninguém dirá deles que foram ''reintegrados'' como Isilda Jana e Pina da Costa,  que formaram empresas de consultadoria como Gomes Mor e Nelson Carvalho ou que foram contratados pelo grupo económico principal concessionário de serviços municipais caso do especialista em coaching Alves Jana e desse nome certamente próspero e impoluto chamado Júlio Bento, homem de estofo moral semelhante a José da Graça....

 

Quero referir outro amigo nosso que recebeu outro prémio, o ex-forcado Dionísio Mendes, Presidente de Coruche, dirigente da agremiação das cidades e vilas com tradição taurina. Caro Dionísio, sabes como é que se chama a edil que viola a lei, não agendando as propostas da Oposição, no prazo que marca a legislação, para não ter que reconhecer a tradição taurina desta terra????

 

 

É uma tal Céu Albuquerque !!!!! 


A redacção


créditos: vídeo do nosso amigo António Colaço



publicado por porabrantes às 13:06 | link do post | comentar

Segunda-feira, 10.09.12

 

A proposta de declaração da tauromaquia como património imaterial (que em França foi liderada pelo Ministério da Cultura) feita pelo dr. Santana-Maia e Belém Celho na sessão de hoje da CMA baixou por sugestão da Presidenta aos serviços para análise.

 

De novo a acutilância duma oposição indomada e indomável (que nesta proposta contava com o aval da Presidente da CPC do PSD de Abrantes, eng.Manuela Ruivo, grande aficionada e membro do Grupo de Amigos da tauromaquia, liderado pelo grande abrantino Sr.Dr. Joaquim Duarte dos Santos, filho do Sr.Presidente da Assembleia Municipal) encostou a maioria à barreira.

 

A proposta recolheu aos ''curros'', desculpem a metáfora taurina, e os serviços técnicos vão fazer um apurado estudo que só pode concluir pela relevância da tauromaquia na cultura portuguesa, como aliás se pode ver pela sua presença na poesia do maior escritor abrantino António Botto.  

 

 

Campino do Ribatejo!

 

Figura que nasce e morre

Nos campos da beira-mar!

Tão portuguesa e tão bela

Na sua simplicidade

Que até na sua pobreza

 Nunca sabe mendigar!

 

Entre cavalos e toiros

Na lezíria assoalhada

A sua figura esbelta

Tem um encanto infinito:

Barrete verde; o colete

Encarnado sobre a neve

 

Da camisa de algodão;

Jaleca bem recortada,

Meia branca, os albardões,

As esporas, o calção

Azul cobalto justinho

E a cinta escarlate quente

Da cor do sangue ou do vinho.

 

Além, naquele valado,

As papoilas e o junquilho

Fazem troféu, há mais luz!

 

Um harmónio no fandango

Vibra e salta no compasso

Magoadamente agitado!

 

Anda no ar o farrapo

Dolente de uma cantiga

Mordida pelo ciúme!

 

E o fandango vai dançado!

 

Ninguém se mexe. Só ele,

Bamboleado,

Desempenado, perfeito,

- E as pernas? Como ele as dobra?

 

E aquela curva do peito?

Trás um cravo na orelha,

E dança, dança, o harmónio

Vai-lhe graduando o alento,

A luz perturba, mulheres

Ficaram mudas a olhá-lo!

 

A garotada assobia

Acentuando o motivo

Musical, mas, a preceito;

E o Sol, apesar do dia

Nascer fosco e marralheiro,

Parece lume! O fandango

Com a graça de um campino

É Portugal verdadeiro!

 

 

Aqueles que acusam a tauromaquia de ser um resíduo dos valores marialvas, como podem explicar que um poeta que cantou o amor homossexual celebre a Festa como

 

O Portugal Verdadeiro????


Entretanto a importância da Festa no concelho e no seu tecido económico rural nota-se no facto da Presidente da Associação de Agricultores (parceira da CMA em várias iniciativas) ser a D.Paula Villaverde, prestigiada ganadera do Balancho.


Apostou a CMA (e bem) na promoção da tradição cavalar abrantina (representada pelas coudelarias do Dr.Fontes, Luís Bairrão ou da Casa Ramires) nas últimas festas da Cidade.


Podem os serviços estudar qual é a proporção de cavalos produzidos em Abrantes, que se destina a ser vendida para cavalos de toureio????


Portanto deste estudo só pode resultar o apoio unânime da CMA à Festa!!!!!


Entretanto, regressando à metáfora taurina, tenho de concluir que com esta proposta e algumas outras apresentadas na sessão de 20-8-12, a Oposição bandarilhou com maestria a maioria.


  

 

Marcello de Noronha (abrantino e aficionado)


PS-Ainda outra dia dei um grande abraço ao meu amigo Dionísio Mendes, ex-forcado valente e que é o Presidente PS da CM de Coruche e dei-lhe os parabéns por Coruche se ter adiantado a Abrantes. É natural, o Dionísio é muito mais culto e inteligente que Maria do Céu Albuquerque .....



publicado por porabrantes às 21:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30.04.12

com o melhor gosto dou a palavra ao meu amigo Dionísio Mendes, distinto aficionado, ex-moço de forcados, ribatejano de Coruche, e por acidente Presidente da Câmara de Coruche

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ribeiro Telles com Pablo Hermozo de Mendonza (gamado ao António)
Dr. Dionísio Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Coruche


No ano em que se completam 25 anos de alternativa do cavaleiro tauromáquico António Ribeiro Telles, vai ser dada à estampa uma fotobiografia que pretende ser o repositório dos momentos mais sublimes e marcantes da sua arte toureira.
A seu tempo (Agosto 2008), promoveu o Museu Municipal de Coruche, no espaço que albergará futuramente o Núcleo Tauromáquico, uma exposição que assinalou o início deste ano de bodas de prata taurinas. Mais tarde, em Novembro, realizou-se um colóquio evocativo da sua carreira.
Estas iniciativas foram coroadas de êxito, apreciadas e acompanhadas por muito público, aficionados distintos, colegas de profissão, familiares e amigos.
Este livro, com o apoio do Município de Coruche, vem fechar o ciclo de comemorações mas felizmente não significa uma homenagem de despedida nem um rematar de carreira.
O António, que conheço “desde sempre” aí está pronto para iniciar mais uma época de êxitos, à qual se seguirão muitas outras, como todos os seus muitos amigos e os aficionados desejam.
Será um lugar comum dizer que tem sido “um embaixador de Coruche” por todo o mundo taurino. Mas esse reconhecimento é-lhe devido. Herdeiro e continuador da tradição taurina sorraina e da dinastia Ribeiro Telles, atingiu enorme êxito nos duos com o seu irmão João e passa hoje o seu “testemunho” toureiro aos sobrinhos Manuel e João.
Clássico lhe chamaram alguns talvez por eufemismo ou, porque amantes de outra “escola”, lhes custa a reconhecer o triunfo continuado em mais de 25 anos de actividade taurina.
António, como toureiro e como homem, é sério e íntegro como poucos, talvez um tanto reservado, ou mesmo tímido, parco em palavras e em gestos de auto-elogio e promoção. É hoje um toureiro de grande maturidade, um toureiro de verdade, um “maestro” entre as grandes figuras do toureio a cavalo mundial.
Para ti António vai o meu olé de respeito e admiração que é também de todos os Coruchenses, que em ti vêem como eu uma grande figura da tradição coruchense.

Um abraço amigo.

Dionísio Simão Mendes
 
Pub por Miguel Abrantes
tamos pró PS hoje.....Ò Dioníso, é pá tem paciência com os comunas do Couço, abraço.....


publicado por porabrantes às 21:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Eng. Bioucas, inimigo do ...

Santana espeta 2 bandaril...

Tempo de antena do PS

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds