Sábado, 08.10.16

foral 1966.png

1966.png

 ''Impresso nas oficinas da Livraria Bertrand. [Damaia e Lisboa]. 1968. De 28,5x18 cm. Com [38]+[3] fólios inumerados. Encadernação artística inteira de pele de carneira natural, gravada a seco nas esquadrias e nas conchas; e com aplicações das réplicas dos fechos e ferragens manuelinos, executado pelo mestre encadernador Frederico d'Almeida, em Lisboa. Magnifica encadernação, contendo a reprodução anastática do documento e dos averbamentos posteriores, sendo estes transcritos nos últimos 3 fólios inumerados; junto com a reprodução perfeita do belo selo manuelino pendente de uma fita de seda. Em colofon: « Este foral foi fac-similado na íntegra, segundo o original existente na Câmara Municipal, por ocasião do quinquagésimo aniversário de Abrantes cidade, sendo a câmara constituída por: Dr. Agostinho Rodrigues Baptista, presidente; Dr. João Manuel Esteves Pereira, vice-presidente; Eng. Luís Fernando de Almeida Velho Bairrão; Dr. Luís Gonzaga Moura Neves; Dr. Manuel Francisco Dias; Dr. Eugénio Pires Grosso; Fernando Tavares Dias Simão; e Armindo Augusto Tavares, vereadores. A leitura de todos os documentos apensos ao termo do foral foi feita pela Dra. Maria do Carmo Jasmim, conservadora do ANTT sob a orientação de João Paulo de Abreu Lima. Acabou de imprimir-se nas Oficinas de Bertrand (Irmãos), Lda. aos 30 de Março de 1968, com a tiragem de 1000 exemplar''

 

Na Livraria Castro Silva (Lisboa), donde se reproduz o texto e imagens com a devida vénia

 

Editado por ocasião da comemoração dos 50 anos de elevação de Abrantes a Cidade.

 

mn



publicado por porabrantes às 23:32 | link do post | comentar

Domingo, 31.01.16

postal de alvega.png

132_001.jpg

Mandado da '' pitoresca aldeia'  de Alvega em 1951. No postal, o Castelo Santana e o bom povo. Também lá está uma Igreja e nessa época 

1921 n.s remédios ardida na década de 60.jpg

 

1921

 

a imagem de Nossa Senhora dos Remédios ainda existia. Ardeu na década de 60.

Também lá esteve posteriormente 

Escola primária alvega agostinho baptisa e d.bern

Agostinho Baptista e D.Gonçalo Mesquitella (Gov. Civil e responsável por uma série sucessiva de eleições aldrabadas) que faziam o favor de inaugurar uma Escola Primária.

 

Não vi estas fotos na Galeria do Centenário, manhosa exposição de 100 anos de vida abrantina.

 

Quanto ao Mesquitella além de aldrabar eleições, assinou o Regulamento Policial do Distrito de Santarém que ainda há uma década estava em vigor.

 

Não foi o  Mesquitela que assinou o “Regulamento Policial das Meretrizes no Distrito de Santarém”, porque este saiu em 1896.

 

No tempo do Mesquitella as meninas já estavam em autogestão.

 

 

ma

 

sem um amigo nosso de Alvega estas fotos não veriam a luz. Preferiu ele o anonimato, mas aqui vai o nosso agradecimento. O postal é de nossa responsabilidade

  



publicado por porabrantes às 12:48 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.11.15

eica identificar.jpg

Fogoso, o sacerdote levantou-se para cantar as virtudes da Pátria e de Salazar. À civil o capitão Machado contém-se. João Duarte Marques, de uniforme militar (também podia ser o da Legião ou o de professor de ginástica), pensa que diria o meu conterrâneo, Rolão Preto, desta Igreja sempre pronta a lamber as botas ao Ditador?

A verborreia salazarenta do tonsurado não comoveu o Provedor da Santa Casa. O Dr.Agostinho Baptista não resistiu a uma soneca.

Mas uma senhora entrou em calores com a épica do Abade e vá de puxar do leque.

A foto é duma cerimónia na EICA. Talvez dos anos 50.

ma

O brigadeiro Marques era um dos mais divertidos homens que conheci. Vai à sua memória.Foi ele um dos que tirou este homem da cadeia

manuel fernandes.jpg

e quem o meteu lá  foi o pai político de  Agostinho Baptista.

João Duarte Marques foi o 1º professor de ginástica do Colégio de Fátima e da EICA, mas também foi Administrador das Fundições do Rossio, Comandante de Infantaria 2 e Deputado da Nação, bem como chefe da Legião   

 

mn



publicado por porabrantes às 18:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.10.13

 

Vista do  Hotel Turismo. Lá em embaixo à direita ainda não tinha sido aberta a modernista Azinhaga do Baptista, que sairia ao lado das instalações fabris da Apolinário Marçal e que a onomástica oficial consagraria como Rua de Angola, para consolo dos valentes mancebos que caçavam turras em Angola e para que os colonos brancos pudessem continuar a pensar que o sonho absurdo dum Portugal pluri-continental e multirracial seria alguma vez uma realidade....

 

Quem baptizou o arruamento como azinhaga do Baptista foi o Dr.Consciência e pretendia homenagear de forma irónica o dentista de Vale de Cambra, então Presidente da CMA, dr. Agostinho B.

 

Como o Correio de Abrantes não recebia subsídios da Autoridade publicou a ironia e como o distinto oficial do Exame Prévio tinha sentido de humor ou horror aos dentistas, a boutade do Dr.Eurico saíu na primeira página do semanário.

 

MN 



publicado por porabrantes às 17:47 | link do post | comentar

Sábado, 13.10.12




Um carro como este foi o a primeira viatura oficial da CMA, a dividir entre Presidente e Vereadores. Foi comprado em segunda-mão pelo dentista dr. Agostinho Baptista casado com a D.Céu Ruivo de Alvega. É o que conta o Eduardo Campos na 'Cronologia do século XX'', excepto a história do casamento abrantino do médico de Vale de Cambra. Era o que precisávamos agora. Em vez de austeridade, Presidentes austeros. Agostinho Baptista abriu a R. de Angola a que o dr. Consciência, pena ácida, chamou a Azinhaga do Baptista. Foi ainda Provedor da Santa Casa durante longos anos. O carro é um Peugeot 403






Foto: Um carro como estes foi o a primeira viatura oficial da CMA, a dividir entre Presidente e Vereadores. Foi comprado em segunda-mão pelo dentista dr. Agostinho Baptista casado com a D.Céu Ruivo de Alvega. É o que conta o Eduardo Campos na cronologia, excepto a história do casamento abrantino do médico de Vale de Campra. Era o que precisávamos agora. Em vez de austeridade, Presidentes austeros. Agostinho Baptista abriu a R. de Angola a que o dr. Consciência, pena ácida, chamou a Azinhaga do Baptista. Foi ainda Provedor da Santa Casa durante longos anos. O carro é um Peugeot 403






PS- A Tubucci está-se nas tintas para o Assis do Clio e para Presidentes delapidarores que gastaram 16.000 contos em BMWs.


E para moralistas que queriam fazer o mesmo. O carro foi comprado em 1963


Nota de Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 00:32 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Foral de 1968

Postal do Capitão Francis...

Provedor da Misericórdia ...

A Rua de Angola que ainda...

Homens austeros

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds