Terça-feira, 30.08.11

     

 

Recentemente o deputado do PS Luís Gonelha declarou em Abrantes que o Sr. Eng. José Eduardo Marçal era uma ''referência nacional'' em matéria de segurança laboral.

 

Ficamos orgulhosos com esta distinção atribuida a um peticionário, mas lamentamos que na falecida Apolinário Marçal as condições de segurança laboral fossem deficientes, tão deficientes que levaram o benemérito dono dessa empresa a sofrer o infausto acidente que relata a notícia.

 

Por outo lado, o  Sr. Eng. José Eduardo Marçal pode ser uma referência nacional em matéria de segurança laboral mas não ó é matéria de referência política porque não consegue ganhar uma eleição e as posições que toma (excepto a de defender S.Domingos) em política são desastrosas para o concelho, para o seu partido e por arrastamento para a pátria.

 

Da mesma forma quem administrou a Apolinário Marçal enquanto aquilo foi uma empresa de referência prestou um grande serviço a Abrantes na criação de riqueza e emprego, e por isso a petição manifesta a sua gratidão ao Sr.Apolinário Marçal e ao seu genro Sr.Dr. Eduardo Ruivo da Silva porque foram eles 2 que conduziram a AM na rota do êxito.

 

Quando os 2 sairam dessa empresa começou o caminho desastroso que levou a Apolinário a pique, com prejuízo para o concelho, para os trabalhadores, para os clientes, para a fazenda pública, para os pobres credores e para o Sr.Dr. Eduardo Ruivo da Silva que viu com amargura como a obra da sua vida e do seu sogro era arrastada por incompetentes e ineptos para o abismo.

 

Não sabemos quem foi, nem estamos para ir à Conservatória de Registo Comercial para ver a composição da gerência que afundou a Apolinário Marçal.

 

Mas vimos paternalmente aconselhar essa malta a inibir-se de conduzir empresas ou qualquer outro tipo de actividade económica para evitar mais desastres.

 

Vimos também aconselhar o peticionário José Eduardo Marçal a reconhecer a supremacial intelectual moral e política do Dr.Santana Maia como líder natural do PSD no concelho.....

 

 

a apoiar disciplinadamente a sua acção enquanto Chefe da Oposição, a aplaudir sem restrições a acção notável do Sr.Dr.Belém Coelho como Vereador e nº 2 do PSD de Abrantes e a trabalhar ardorosamente pela recandidatura de Santana-Maia à Presidência da CMA não só pelo PSD mas apoiado por um bloco alargado de forças políticas e sociais que sejam capazes de escorraçar os amigos de Júlio Bento do Poder.

 

Naturalmente é esta a mensagem que deixamos também a todos os amigos da Cidade.

 

Finalmente enviamos os nossos cumprimentos ao grande abrantino Sr.Dr. Eduardo Ruivo da Silva e à sua mulher e desejamos as maiores felicidades ao eng.Marçal na sua meritória tarefa de ser um militante santanista disciplinado e um técnico de acidentes no trabalho.

 

Marcello de Noronha



publicado por porabrantes às 13:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 19.07.11

Serralheiros do hospital abriram furos

 

de broca implantes ortopédicos

Por: Redacção / Carlos Enes  |  (TVI)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

283Share
A notícia foi comunicada à blogosfera abrantina pelo Dr.Jota Pico, duma ilustre família de carpinteiros do Souto, e homem enciclopédico sempre atento aos progressos da Ciência, em especial no ramo da carpintaria.
É uma pena que o peticionário José Eduardo Marçal Ruivo da Silva também ele com antepassados no ramo da carpintaria mecânica, não esteja tão atento  aos progressos da Ciência, em especial neste ramo.
A notícia revela-nos que o Eng.Baltazar, destacado militante PS de Abrantes, , sócio do Rotary Club, hoje presidido pelo dr. Albuquerque, destacado dentista na nossa cidade e primeiro cavalheiro do concelho por afinidade presidencial, patrocinou uma importante experiência científica no ramo da carpintaria hospitalar, que colocou a medicina lusa na vanguarda do uso do Black and Decker
black and decker cartoons, black and decker cartoon, black and decker picture, black and decker pictures, black and decker image, black and decker images, black and decker illustration, black and decker illustrations
 
Damos a nosso apoio e propomos o Sr.Eng. Baltazar para o Prémio Nobel da Medicina como digno herdeiro de Egas Moniz, o inventor da lobotomia ou seja da técnica cirúrgica de tratar doentes psíquicos através da retirada de parte do cérebro.
 
à esquerda a Exma Sra D. Teresa de Barros Caetano no dia do seu casamento com o promissor jovem Marcello Caetano, que mais tade seria sujeita a uma lobotomia ou seja sacrificada em prol da Ciência lusitana (a melhor do mundo!!!)
 o prof Egas Moniz, o Nobel da Medicina lusitano

Infelizmente nos anos em que o Prof. Egas Moniz lobotomizava os seus doentes ainda não havia Black and Deckers senão ele teria tido o seu trabalho superfacilitado !!!!!!

O Eng. Baltazar, o candidato abrantino ao Nobel da Medicina graças à Black and Decker terapêutica !!!!!!!!

(foto retirada do blogue Carreira do Mato, feito pelo melhor amigo de João Pico, Sr. Manuel Maça !!!!)

Acham absurda a ideia que o Prof. Egas Moniz podia ter usado  Black and Decker para as suas operações????

Te hubiera servido un casco como este 

 

Este miúdo,Nicholas Ross, foi salvo porque não havendo nada mais à mão  para o tratar, o médico dr.Rob Carson lhe fez uma trepanação usando uma Black and Decker.

 

ligera molestia... puje!

 

Leia aqui no 

 

MailOnline - news, sport, celebrity, science and health stories 

 Miguel Abrantes     

 

PS- Sugerimos que Jota Pico se ofereça como cobaia para a primeira lobotomia lusa com Black and Decker!!!!



publicado por porabrantes às 14:07 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.06.11

Parece mentira, mas é verdade!!!!

 

A Chefa

 

 foto PS de Abrantes

 

 

hoje superior hierárquica de Nelson Carvalho, a quem o vimos nesta foto propiciando um carinhoso amplexo à Líder, de Céu Carvalho, Pina dos Decotes, do pegacho dos Hospitais e de numerosos burocratas colocados a dedo em cargos de nomeação política, e provavelmente do milionário Júlio Bento, aparentemente desconsiderou a Tia Mary Lucy a maior pintora de Alcanena!!!!!

 

Já os nossos abalizados críticos de arte, depois de uma consulta ao maior especialista em pintura de Abrantes, o coleccionador Dr. Jorge Moura Neves Fernandes, tinham colocado a Tia Mary Lucy no seu sítio exacto no ranking da pintura abrantina.

 

 

Um bocadinho inferior à talentosa Maria Águeda, recentemente falecida, madrinha do sr. eng.Marçal (estimável rapaz, mas que continua em más companhias políticas e a quem aconselhamos acolher-se  ao paternal patrocínio político do Dr. Santana-Maia que estará pronto a perdoá-lo e a reciclá-lo politicamente, quem sabe através de explicações grátis dadas pelo peticionário dr.Belém Coelho) e que testou a favor da Santa Casa da Misericórdia, para grande desgosto da Paróquia de São Vicente....

 

  

 

Esperando que a Santa Casa faça o que deve ou seja uma grande retrospectiva da obra de Maria Águeda, de que um dos melhores quadros é uma tela que estava na Casa de Saúde e que ela ofereceu ao Dr.Manuel Fernandes, voltamos ao assunto desta crónica....

 

  

 

Parece-nos incrível que a Chefa, que nos dizem chefiar o MIAA (além da sua família, do PS, da autarquia por interposta pessoa e da imprensa e rádio municipalizada através da sua indiscutível autoridade conjugal) desconsidere aparentemente a doadora dum importante acervo artístico e atire os quadros da Tia Mary Lucy, uma das senhoras mais finas da nossa sociedade, para o sótão da III Antevisão do MIAA.

 

foto cma

 

Isso explica a perplexidade do intelectual e grande fotógrafo Miguel Tavares Simão ao estar aqui melancólico e perdido na cerimónia da abertura da expo, sem ter sequer um burocrata municipal a fazer-lhe as honras da casa.

 

O intelectual Miguel Simão ter devia acabado de descobrir que os quadros da Tia Mary Lucy tinham sido escondidos no coro alto de Santa Maria do Castelo, um sítio quase inacessível para os visitantes e sem condições para se poder gozar a beleza e o drama interior que ecoam nas telas da nossa querida e inspirada poetisa.

 

não se faz !!!!!! 

 

Esta falta de chá da Dona Isilda é monumental, quase tanta como a deselegância da sua subordinada Maria do Céu quando acusou o representante do povo dr. Santana Maia de trabalhar para a acta..... 

 

Manifestamos a nossa solidariedade à Família Simão e ao seu patriarca, o incansável e venerável benemérito Fernando Simão face a este acto de grosseira deselegância.

 

Marcello de Noronha, amigo da Tia Mary Lucy 



publicado por porabrantes às 10:24 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.05.11

Estar a escrever sobre uma coisa que segundo o interessado, este,

 

 

não existe,  é aparentemente um dilema difícil.

 

Nisto o Engenheiro Marçal parece Jesus Cristo, com algumas diferenças, o Pai adoptivo do Senhor era carpinteiro e o Avô do Engenheiro também era carpinteiro. (1)

  colecção de ''santinhos'' de Marcello de Noronha

 

 

 

Jesus tem 30 anos de vida misteriosa, antes de encetar os 3 anos de vida pública, relatados pelos Evangelistas.

 

O Eng.Marçal tinha segundo as suas palavras 15 anos de vida misteriosa (em termos políticos), que eu estou  a desvendar.

 

Este folhetim pode pois equiparar-se aos evangelhos  apócrifos (para a Santa Madre Igreja) que relatam a infância do filho do carpinteiro de Nazaré. 

 

O folhetim como género literário não obedece às regras convencionais da ficção, está a todo o momento a enveredar por caminhos tortuosos, a inventar atalhos, tudo para obedecer às técnicas inventadas por Ponson du Terrail ou por Camilo, para criar suspense e fazer com que o leitor espere o próximo episódio com ansiedade.

 

No fundo é uma técnica igual à das histórias aos quadradinhos em continuação.

 

 

 in blog

 

Hoje enquanto aguardamos se o Eng. Marçal desafie para um duelo o Moita Flores, faremos uma breve e rocambolesca excursão sobre o passado do Senhor João Moura   que o Eng.Marçal acompanhou numa frustrada candidatura à distrital laranja em 2007.

 

Como no PSD parece que há nobreza, a coisa mete a família. Reproduz-se pois um comunicado da JS de Ourém:

 

''Familias de Ourém...

 

 

A Concelhia de Ourém da Juventude Socialista, ao encontrar na passada semana, na imprensa escrita nacional, referências às ligações familiares existentes no Concelho de Rio Maior, destacadas pelo líder do PSD Marques Mendes, entende dar a conhecer a realidade existente na Câmara de Ourém, relativamente às ligações familiares dentro da Câmara e na Escola Profissional de Ourém. Para nós, os casos de Rio Maior são uma gota de água, quando comparados com aquilo que tem acontecido na Câmara de Ourém, gerida pelo PSD ao longo das mais de duas décadas.

 

Família Catarino: o Presidente da Câmara David Catarino tem como Chefe da Divisão Sócio Cultural o seu irmão. O outro irmão de David Catarino também trabalha na Câmara Municipal na área dos jardins…

 

Família Albuquerque: o actual Adjunto do Presidente da Câmara, Luís Albuquerque, é filho de Mário Albuquerque que foi durante 4 mandatos Presidente da Câmara. Aliás, foi durante a Presidência de Mário Albuquerque que a sua filha Sofia entrou para a Escola Profissional de Ourém, onde até à data exerce funções de docência e outras. De Luís Albuquerque não também não se conheciam ligações políticas, até à sua nomeação, porque o referido foi durante muitos anos guarda-redes do Desportivo de Fátima. Clube, aliás, fortemente apoiado pela Câmara ao longo dos últimos 20 anos. Agora que Luís Albuquerque deixou as balizas, tornou-se técnico e dirigente do Clube Desportivo de Fátima e é nomeado adjunto de David Catarino.

 

Família Serrano: já a família Moura/Serrano é extraordinária na detenção, ocupação e passagem de lugares… João Serrano, foi vereador da Câmara de Ourém durante vários mandatos. No último mandato exerceu as funções de vereador, enquanto que o seu filho, pela subida na lista da Câmara, exercia, também funções de vereador. Pai e filho. Aliás, no anterior mandato foi curiosa a situação de João Moura ter votado no pai, João Serrano para a Administração de uma Empresa Municipal… Para o presente mandato, João Serrano não constava nas listas. João Moura, o seu filho foi em lugar elegível e é hoje vereador da Câmara Municipal. Presentemente, o seu pai, exerce a Administração da Empresa Municipal Verourém… Importa ainda referir, que a esposa de João Serrano, Amélia Serrano trabalha na Câmara Municipal há muitos anos... João Serrano tem ainda uma filha, que enquanto exercia as funções de vereador, entrou para a Escola Profissional de Ourém, também há largos anos...

 

 

Família Neto: Armando Neto foi vereador durante 2 mandatos, até ao último acto eleitoral. Nestas últimas eleições autárquicas foi em lugar ilegível, mas recentemente foi nomeado para a Empresa Municipal Ambiourém. A sua mulher é a tesoureira da Câmara…

 

Além destas situações que envolvem o ex e o actual Presidente da Câmara, os vereadores e famílias, existem algumas pessoas que trabalham na Câmara e que são familiares de fiéis Presidentes de Juntas de Freguesia do PSD…

Em Ourém, o poder tem passado e é partilhado por 4 famílias, que na Câmara gerem os destinos de um Concelho há décadas…

Vale a pena reflectir sobre a moralidade e a ética política nesta situação. Se o caso de Rio Maior leva um eurodeputado a falar na SIC Notícias e a saírem notícias em órgãos de comunicação social escrita, esta situação em Ourém dá.... nada…

Estamos ao lado de Marques. Achamos que é preciso credibilizar a política. Ele devia era começar pelos casos mais flagrantes, como o de Ourém, que até são do seu partido....

Nada nos move pessoalmente contra estas pessoas. Porém, achamos estranho que num concelho com mais de 40 mil habitantes esta situação se vá desenrolando, desta forma, sem que seja denunciada ou equacionada…

 

Ourém, 10 de Junho de 2006

 

Comissão Política Concelhia da Juventude Socialista''

 

 

Por hoje chega.....Amanhã veremos porque via sinuosa derrapa o folhetim....

 

Marcello de Noronha, com apoio documental do Dr.Abrantes, uma espécie de Abranhos da maçonaria  

 

 

(1- Nesta página do Jornal de Alferrarede pode ver uma foto da carpintaria mecânica do benemérito Apolinário Marçal. João Pico berrou outro dia que não era trolha mas duma distinta família de carpinteiros.

Como o foi Apolinário Marçal.....

Ou Luís Marques dos Santos que foi carpinteiro e fundou a Construtora Abrantina.....que rivalizava com a construtora do Sr.Apolinário nas obras em Abrantes, mas que graças ao trabalho de Armando Boavida (fundador do PSD de Abrantes), Amadeu Vasco e de Simão Marques dos Santos ganhou expressão nacional.....  )



publicado por porabrantes às 18:27 | link do post | comentar

Regressa hoje devido aos inúmeros pedidos da ''afición'' um dos pratos fortes

 

deste blogue

 

o folhetim ''aventuras políticas 

 

do  eng. José Eduardo Marçal

 

nos últimos 15 anos''

 

Para quem não sabe quem é diremos também que às vezes também usa

 

RUIVO DA SILVA, APELIDO PATERNO QUE NÃO COSTUMA USAR

 

 

pela óbvia razão de que um dirigente, mesmo ''oculto'' da direita  abrantina ,

 

 arquivo do Núcleo neo-fascista ''Lurdinhas, Duce da Mocidade Portuguesa''

 

 

não quer ser confundido com a prima-direita do seu papá, o eng.Ruivo da Silva, braço direito do saudoso Apolinário Marçal na firma do mesmo nome, antes daquilo ser entregue aos tipos que a arrastaram para o buraco,

 

 

e cujas contas continuavam até há pouco pendentes nos tribunais, porque a Lurdinhas foi o típico exemplo da carreirista política sem demasiados escrúpulos, saltitando da direita extrema para o criptocomunismo.

 

UM ARMANDO FERNANDES DE SAIAS MAS SEM SE CHAMAR 

 

 

EDITE.....

 

a senhora dona redacção

 



publicado por porabrantes às 11:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.04.11

O ditador ex-proletário e ''Presidente da Bielorrússia, Alexandre Lukachenko, insultou Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia, considerando- o culpado da sua não participação nas cerimónias de Chernobyl.

“Ele (Durão Barroso) é simplesmente um canalha! Por isso não quero falar de diferentes Barrosos, de outros cabrões (козли), touros, etc. No que respeita aos cabrões (козли), tais como Barroso e outros, quem é ele, esse Barroso? Conheço um tal Barroso em Portugal, foi corrido e arranjou emprego na Comissão Europeia”, declarou Lukachenko, enfurecido.''

in 

 

Da Rússia

 

 

Não vou usar as expressões vernáculas do ditador nacional-comunista sobre o Sr.Barroso, mas recordarei que o homem fugiu às suas obrigações,

resultantes de um mandato popular e nacional, em troca dum tacho em Bruxelas.

 

O Barroso celebrizou-se por berrar '' nem mais um soldado para as colónias'' ao serviço da seita maoista-arnaldista.

 

 

Quem votou nele deve ter ficado com uma cachola semelhante à do  Lukachenko e com vontade de lançar pragas e insultos ao gajo que preferiu as mordomias de Bruxelas à honra de governar Portugal. E certamente não se esquecerá que enfiou o barrete

Somos a favor de que quem é eleito para um cargo não engane o eleitorado e que cumpra as suas obrigações enquanto eleito. Em democracia é tão honroso servir o povo no Poder como na Oposição.

 

Por isso exprimimos a nossa admiração por Belém Coelho e Santana-Maia Leonardo por terem assumido que um lugar na Oposição é tão honroso como no Poder e por terem vindo a realizar uma oposição eficaz à maioria, exactamente o contrário do que fizeram Pedro Marques e um tal Moreno no mandato anterior.

 

A esses yes-men do Sr.Nelson Carvalho, a esses profissionais da unanimidade, ao valoroso excursionista ao Japão, Pedro Marques ninguém lhes retirou a confiança política.

 

Especialmente Nelson Carvalho que tinha muita confiança neles e que precisava que as criaturas estivessem de boca fechada para que não se falasse no seu processo no DIAP.

(ou havia mais alguém envolvido do bloco central de interesses?)

 

Finalmente o chefe da seita deve ser barrosista de alma e coração.

 

O engenheiro ético Marçal insultou o povo de Abrantes que votara nele para Vereador

 

e fugiu para um cargo de Governador Civil.

 

Que ganda ética! Digna da Edite a maior admiradora do Marçal!

 

Miguel Abrantes

 



publicado por porabrantes às 12:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.04.11

        

 

 

Diz o nosso caro amigo eng. Marçal que não interfere nos destinos do partido haverá 15 anos.

 

Hora, essa pérfida blogosfera, onde segundo o eng. Marçal proliferam os ''gnomos'' ( magnífica indirecta para qualificar a baixa estatura do)

 

 

tem boa memória.

 

Vejamos o Mirante de 25-10-2007

 

 

 

O Mirante - Diário Online

 

 

Arquivo: Edição de 25-10-2007

Política

Candidato à distrital de Santarém do PSD diz que partido precisa mudar de rostos 
João Moura quer pôr deputados a trabalhar mais no distrito 

foto
  Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

 

O candidato à liderança da distrital de Santarém do PSD, João Moura, afirmou esta terça-feira que caso ganhe as eleições vai obrigar os deputados social-democratas a deslocarem-se regularmente ao distrito para um “contacto verdadeiro com o eleitorado”. “É para isso que são pagos e até têm um dia por semana, a segunda-feira, destinado a esse contacto”, afirmou na apresentação da sua candidatura, no hotel Alfageme, em Santarém.

Numa sala completamente cheia de apoiantes, João Moura, que é vereador na Câmara de Ourém, garantiu ainda que consigo a distrital “laranja” vai ter uma postura mais activa na “denúncia do desinteresse do Governo” pela região. Como exemplos deu o encerramento de extensões de saúde e de escolas, devido a uma “visão economicista”. “Queremos efectivamente mudar”, acrescentou, ressalvando que a sua candidatura é “pela positiva” e não dirigida contra nada nem ninguém.

Do outro lado da barricada está a candidatura de Vasco Cunha, líder demissionário e deputado que tem nas suas listas os outros dois deputados do PSD por Santarém, Miguel Relvas e Mário Albuquerque. Como trunfos, João Moura apresenta nomes como os de José Eduardo Marçal, ex-governador civil e candidato a presidente da mesa da assembleia, Paulo Calarrão, (militante de Santarém candidato à liderança do Conselho de Jurisdição, ou Paula Carloto, ex-vereadora na Câmara do Entroncamento e recém-eleita para a comissão política nacional do partido.

A lista vai ser abrangente em termos geográficos, embora os lugares ainda não estejam todos distribuídos. Entre os apoiantes que estiveram presentes na apresentação contam-se também o vereador da Câmara de Torres Novas Nuno Santos, Aurelina Rufino (presidente da Junta de Freguesia da Chamusca), João Lucas (membro da Assembleia Municipal de Santarém), Armando Fernandes (Abrantes), Ana Pessoa (Salvaterra de Magos), Nuno Cardigos (Santarém), José Peres (Santarém), João Brito (Alpiarça), Rui Sardinha (Golegã) e Rui Presúncia (Santarém).

João Moura criticou mais uma vez a demissão da anterior comissão política distrital sem auscultar a assembleia de militantes - na sequência da vitória de Luís Filipe Menezes sobre Marques Mendes, que Vasco Cunha apoiara -, recordando que estava “legitimamente eleita” e tinha condições para terminar o mandato, que expirava daqui a um ano.

“Conseguiria entender essa demissão se tivessem considerado que tinha chegado o fim de um ciclo. O que efectivamente não sucedeu, pois se tivesse acontecido não se recandidatariam”, declarou João Moura, defendendo que o PSD no distrito “precisa de novos rostos”. Foi nesse sentido que prometeu igualmente mudanças na estrutura dos Trabalhadores Social-Democratas (TSD), que disse “estar instalada há muitos anos” e a quem “não reconhece trabalho visível para o exterior”. Isto “num momento em que os trabalhadores sofrem grandes pressões e dificuldades”.

 

 

Sustenta,o meu caro amigo, que não interviu nos destinos do Partido

 

Sustenta, o jornal citado,  que José Eduardo Marçal além de apoiar o Moura, era candidato a Presidente da Mesa da Distrital do Partido.

 

Isto não é intervir nos destinos do Partido?

 

Anda o meu amigo com falta de memória?

 

Que tal Fósfero-Ferrero?

Já se esqueceu da carta em que Moita Flores espancou e reduziu essa lista ao ridículo mais absoluto?

 

Como, parece que sim, teremos de a reproduzir.

 

Finalmente, para terminar por agora o folhetim, que tenho de ir ler o blogue daquele de que o meu amigo tinha obrigação de ser fiel e obediente apoiante, ou seja do Dr.Santana-Maia Leonardo, deixo aqui a constatação de que o Fernandes de Vinhais estava entre os seus fiéis.

 

Mau sinal, o Fernandes quando apoia numa lista, dá azar e leva-a ao abismo.

 

O Dr.Pedro Marques pode esclarecê-lo sobre o mau olhado que recai nas listas que  são apoiadas por essa criatura que se fazia chamar Edite (para os íntimos).

 

 

Marcello de Noronha com Miguel Abrantes

PSD

 

 

 

(próximo capítulo: Moita Flores esmaga os amigos do Moura)



publicado por porabrantes às 17:38 | link do post | comentar

Sábado, 16.04.11

O nosso amigo Sr. Artur  Lalanda disse sobre Notas de Sociedade :Eng.Marçal regressa ao jornalismo na Sexta-feira, 15 de Abril de 2011 às 18:31:

 

     

''Regressou ao jornalismo ou quis dar sinal de vida ? 
O momento era propício, mas o que escreveu 
prova que os valores que defende, não o recomendam para representar as populações
da sua terra. Para isso, precisava chamar-se Apolinário.''

 

 

Comentário:

Como é regra e timbre dum blogue que se rege pelo pluralismo e que crê que o contraditório é o princípio donde nasce a luz, embora ache uma pirosada isso do contraditório, posto em moda  por Santana Lopes para expulsar Marcello Rebelo de Sousa, grande jornalista, eminente jurisconsulto, o maior especialista luso em Direito Administrativo, fundador do PPD, do Expresso, ex-Ministro, ex-líder do dito partido, actual Conselheiro de Estado e Catedrático da F.D.L, da TVI porque os comentários de Marcello lhe desagradavam e preferindo o popular ''da  discussão nasce a luz'', publicamos o comentário do nosso amigo Artur Lalanda.

 

Para esclarecimento dos leitores recordamos que Apolinário era o nome do Avô materno do Eng.Marçal, o construtor civil e benemérito, e sobretudo homem de honra, Sr.Apolinário Marçal.

 

Miguel Abrantes 

 

créditos: foto retirada do Jornal de Alferrarede

 

 

 

 







publicado por porabrantes às 16:12 | link do post | comentar

Domingo, 27.03.11

 

 

A folha gratuita resolveu competir com os editoriais da Drª Ana Cabral Soares Mendes ( aristocrata e fidalga que respeitamos muito e da confiança do nosso Venerando Prelado) e com os escritos católico progressistas do Senhor Dom António Marcelino, Bispo Resignatário de Aveiro e antigo Dirigente do Movimentos dos Casais Católicos cá da Diocese.

 

Se bem me lembro fazia parte dum grupo dirigido por D.António o nosso falecido amigo grande lavrador Luís Bairrão, o Octávio Duarte Ferreira (também já falecido), o Nuno Simão, etc e as respectivas mulheres.

 

Estes meus amigos devido à sua condição social tinham mulheres e não esposas, como é o caso do subchefe da família Jana (ramo do betão).

 

Porque há outro ramo da família que admira a paisagem, a nossa história e cultura e que nos deram a honra de assinar a petição.

 

Enfim, o Dr.Jana é da condição social do estimável Buiça que tem esposa e pseudónimo feminino. (o Buiça)

 

Teoriza na folha gratuita o admirável ex-seminarista sobre o que vem aí em relação ao casamento.

 

Segundo ele é admissível que o casamento se transforme não no que o meu estimado Zé Vilhena chamava a prostituição legalizada e considerava, como bom boémio como o dr. Abrantes, que o ilegal é sempre mais apetitoso que o instituído pelo braço secular ou pela Santa Madre Igreja, mas numa rebaldaria geral coisa que o eng. Marçal denunciou quando apelou a um referendo contra o casamento gay.

 

 

 

 

Pelo tom do artigo o ex-seminarista e católico praticante Alves Jana admite que o catolicismo venha a abençoar uns pombinhos do mesmo sexo.

 

É uma pena que não tenha sido ordenado porque já seria Papa decerto

 

 

in picasaweb.google.com

 

e Sua Santidade Alves Jana I teria

Ex Cathedra

 

fulminado o povo católico com um novo dogma de fé:

 

''A sodomia é uma condição essencial  para o que casamento católico entre 2 homens seja válido''.

 

Infelizmente, Alves Jana não é Papa.

 

Tenho de me contentar com Ratzinguer que não gosta dessas liberdadezinhas.

 

 

Finalmente também posso admitir que Alves Jana só tivesse chegado a Monsenhor e a Director do Ossevartore Romano  

 

 

 

 

Transformaria o centenário jornal numa folha gratuita ao serviço duma construtora?

 

 

Como a construtora andasse em graves confusões económico-financeiras, desataria numa orgia de promoção de publicidade à indústria casamenteira, como fez na folha que dirige???

 

E o mais divertido, se na que dirige só encontrou uma venerável avó pegacha para contar como foi o seu casamento com os peculiares ritos dessa freguesia, isso significa que não encontrou um gay em Abrantes????

 

Abençoada cidade!!!!

 

Não havendo gays casamenteiros ( o talentoso gay António Botto preferiu casar com uma senhora).....:

botto1

 

 

moral da história: vão à página da folha gratuita ver a orgia de anúncios a cabeleireiros, fotógrafos, restaurantes ( entre eles a nossa querida Dona Cristina), modistas tudo ao serviço do bom e velho casamento tradicional.

 

E esperem pelo puxão de orelhas da Chefa ao promotor da canonização das bodas gay em época eleitoral!!!! 

 

Viva a Chefa!!!!

 

Marcello de Noronha, assinante da Voz de Fátima



publicado por porabrantes às 20:07 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.03.11
O nosso amigo Cidadão disse sobre Santana-Maia bate com a porta na Quinta-feira, 24 de Março de 2011 às 23:45:

 

     

Que tristeza!

Admiram-se que em Abrantes ganhem invariavelmente os tais?

As pessoas de bem e com visão são usadas e escorraçadas desse PSD, por não alinharem com os pactos de silêncio instituído. 
E quem resta? Os engrupidos!

Enfim, é este, o PSD selectivo, elitista e algo acachopado com que os Abrantinos podem contar!

Decerto que com atitudes destas não chegam lá, não senhor!

 

Dizemos nós:

 

Com este gajo não vão a lado nenhum

 

 Armando Fernandes que assina como a menina Edite

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:31 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Conselhos paternais a um ...

Petição propõe o eng.Nels...

Chefa desconsidera Tia Ma...

5º fascículo: as aventur...

o regresso do desejado

a falta de confiança e o ...

2º Fascículo : os últimos...

A opinião do Sr. Lalanda:...

O casamento por alves jan...

A crise laranja

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds