Terça-feira, 03.04.12

 

 

 

 

A mediadora ''cultural'' cigana Tânia Sousa deu uma entrevista à Folha Gratuita.

 

 

   

 

 

cujo texto é este:

 

 

A funcionária municipal por escolha étnica ( não se escandalizem, é muito mais grave a escolha do boy Pina ou da girl Isilda, é uma escolha apenas por camisola partidária e no caso da Isilda recrutada para fazer uma coisa onde não tinha experiência nenhuma) diz nesta entrevista

coisas inadmissíveis numa funcionária pública.

 

Diz a Dona Tânia que é habitual na comunidade cigana as raparigas casarem com 14 anos e os rapazes com 15.

 

Ora prevê o Código Penal

Crimes contra a autodeterminação sexual
Artigo 173º
 

O casamento consumado significa que houve relação sexual com 
menores ou entre eles e que adultos (pais, parentes ou outros)
que o fomentem podem ser punidos com prisão de 1 a 8 anos.

A lei é geral e abstracta e a sua abstracção é tal, que quem a fez não deve ter tido em mente que há 500 anos vive em Portugal uma comunidade (a cigana) que pratica e continua a praticar um tipo de casamento, que é um crime, segundo a Lei.

Pode o leitor pensar que com a ''modernização'' e a ''urbanização'' a comunidade cigana deixará de praticar estes costumes bárbaros.

 

Mas o problema dos casamentos de menores, ''arranjados'' pelos pais está a generalizar-se, não entre os ciganos, mas entre a nova vaga de emigração muçulmana, onde a coisa é  ainda mais bárbara. Crianças de 12 anos, do sexo feminino, são casadas à força com adultos de 30 ou 40 e ''exportadas'' para Marrocos ou para o Paquistão.

 

E os ulemas que chegam são fundamentalistas e defendem esta prática.

 

A Tânia diz que conhece famílias ciganas onde se pratica este costume (o casamento entre menores). A sua obrigação legal, enquanto funcionária municipal (se o fôr) é apresentar queixa ao MP.

 

Tal obrigação coloca-a num dilema difícil, se denuncia perde a confiança da comunidade, se não denuncia comete um delito.

 

No fim da entrevista há uma coisa pavorosa, a Telma defende a ancestral prova da virgindade,  como ''valor cultural cigano''.

 

Parece-me que a Telma antes de ser nomeada mediadora, tinha ela própria de ser assimilada,isto é convencida que isso é uma prova degradante para a condição feminina.

 

E em termos de estratégia grupal, umas das formas da comunidade cigana  combater a assimilação, ou seja a adopção dos costumes que eu, sem pudor pelo politicamente correcto, digo que são superiores na nossa cultura, é constituída pela prova da virgindade e pelo casamento endogâmico (às vezes quase consanguíneo). 

 

E como disse, também sem pudor, este senhor

 

Le ministre de l'Intérieur Claude Guéant / 05-09-2011 / MIGUEL MEDINA / AFP

 

Claude Guéant, Ministro do Interior da republicana França:

 

“contrairement à ce que dit l’idéologie relativiste de gauche, pour nous, toutes les civilisations ne se valent pas”.

 

O relativismo cultural é a política que perfilha Maria do Céu Albuquerque e que gera tal imbróglio, a política que meteu  a Tânia a ter de fazer estas inadmissíveis declarações...onde..... o mínimo que se pode dizer caridosamente é que mete os pés pelas mãos.

 

 A culpa disto tudo nem sequer é da Céu, é.....dessa mente prodigiosa da Isilda Jana....

 

 

Marcello de Noronha  

 

 



 
 

 



publicado por porabrantes às 22:16 | link do post | comentar | ver comentários (1)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A integração cigana

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds