Quarta-feira, 22.08.18

luís alves (2)

Em Janeiro de 2014 e meses antecedentes houve uma polémica enorme sobre a transferência da Farmácia Torres na Bemposta.

A cacique e os obedientes membros da maioria meteram os pés pelas mãos para não assumirem a obrigação legal prevista no art 26 do diploma que regula a matéria

Mas a Assembleia de Freguesia local pronunciou-se por unanimidade contra.

Porque é que o Alves não convocou a Assembleia de Freguesia para deliberar sobre o assunto????

 

mn

 

  



publicado por porabrantes às 22:01 | link do post | comentar

 

A CPC do PSD é contra a transferência da Farmácia do Rossio. A Lei diz que só pode ser transferida após parecer vinculativo da autarquia. A Vereadora laranja vota contra a posição da CPC.

Quem é que manda?

A CPC ou a Vereadora?

Estará ela em auto-gestão?

Se está, retirem-lhe a confiança política.

E mandem-na passear.

ma

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 18:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30.04.18

Deputado municipal PSD arrasa urgências abrantinas

 

Viagem à India dos autarcas no centro da polémica

 

Julgamento em Leiria



publicado por porabrantes às 19:44 | link do post | comentar

Sábado, 26.08.17
 
 
CDU Abrantes
· 27 de diciembre de 2013 ·

TRANSFERÊNCIA DA FARMÁCIA DA BEMPOSTA PARA ALFERRAREDE

O Executivo da Câmara Municipal de Abrantes foi convidado pelo INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) a pronunciar-se, de acordo com a legislação em vigor, sobre um pedido de transferência da Farmácia Torres da Bemposta para Aferrarede. O Assunto foi hoje, dia 27 de Dezembro, a Sessão de Câmara e foi aprovado com os votos da maioria PS, contando com o voto contra do vereador da CDU. Tal voto contra baseou-se no facto de esta transferência ser contra os interesses da população da Bemposta a qual é maioritariamente idosa e com dificuldade em deslocar-se ao centro de Abrantes. Consideramos ainda, que o encerramento destes serviços nas freguesias rurais são importantes contributos para o seu despovoamento e abandono.

 
 
 
 
Comentarios
Paulo Fernandes
Paulo Fernandes O que dirá a junta de freguesia de Bemposta sobre isto?
27 de diciembre de 2013 a las 22:53 ·
Me gustaMostrar más reacciones
· Compartir ·
11
Administrar
CDU Abrantes
CDU Abrantes Paulo fala sobre isto com o eleito da cdu na freguesia António Campos
27 de diciembre de 2013 a las 23:40 ·
Me gustaMostrar más reacciones
· Compartir
Administrar
Luís Lourenço
Luís Lourenço Paulo, acredito que o executivo da Junta de Freguesia da Bemposta tenha conhecimento desta autorização. Acho pouco provável que uma decisão destas tenha sido tomada pelo executivo da Câmara de ânimo leve sem antes ter consultado a opinião os responsáveis locais.
Até porque, segundo a legislação em vigor, a decisão da Câmara é vinculativa ou seja a transferência só é consumada com a autorização da mesma (pontos 3 e 4 do artigo 1º da Lei nº 26/2011 de 16 de Junho).
29 de diciembre de 2013 a las 22:28 ·
Me gustaMostrar más reacciones
· Compartir
Administrar
Santana-Maia Leonardo
Santana-Maia Leonardo Esta declaração de voto vem no mesmo sentido da denúncia que os vereadores do PSD fizeram na reunião da câmara de Abrantes de 25/10/10 sobre o "ENCERRAMENTO DAS FARMÁCIAS NAS FREGUESIAS":http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/228377.html
ENCERRAMENTO DAS FARMÁCIAS NAS…
amar-abrantes.blogs.sapo.pt
 
29 de diciembre de 2013 a las 23:12 ·
Me gustaMostrar más reacciones
· Compartir
Administrar
Jose Tavares
Jose Tavares Muito mau.''
 
devida vénia à CDU e ao poeta Tavares
 
mn


publicado por porabrantes às 19:34 | link do post | comentar

bemposta.png

Temos umas coisas sobre a Bemposta, sairão hoje ou amanhã. Mas para adiantar serviço: aqui vai o nome de quem nos Tribunais impugnou a transferência da farmácia local.

mn



publicado por porabrantes às 13:45 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.03.17

Há na net um anúncio que diz que farmácia de referência procura boticário.

Acontece que consultados os arquivos judiciais recentes, o dono da farmácia acumula sucessivas penhoras de muitas centenas de milhares de euros.

Será pois uma referência em dívidas.

 

mn    


tags:

publicado por porabrantes às 09:34 | link do post | comentar

Quinta-feira, 02.06.16

pharmacia.png

no site da Deco

mn



publicado por porabrantes às 19:53 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.11.14

cdu bemposta.jpg

 Face a isto o Presidente da Bemposta ficou muito indignado e a CDU respondeu

PRESIDENTE DA JUNTA DE FREGUESIA DA BEMPOSTA INCOMODADO COM COMUNICADO DA CDU

Na sequência do indeferimento, por parte do INFARMED, da transferência da farmácia da Bemposta para Alferrarede, a CDU emitiu um comunicado dirigido à população congratulando-se com tal decisão.

Foi com alguma perplexidade que na sessão ordinária da Assembleia Municipal de 14 de Novembro último, assistimos à intervençã...o do Sr. Presidente da Junta de Freguesia da Bemposta a condenar o referido comunicado.

O incómodo do Sr. Presidente não se prendeu com qualquer inverdade contida no documento, mas sim, segundo o mesmo, pela forma de fazer política da CDU, por falta de lealdade e pelo facto de o comunicado não ter sido assinado, critica que não se entende uma vez que o documento é facilmente identificado através do cabeçalho que exibe!

A CDU esclarece que não sente qualquer dever de lealdade para com o Sr. Presidente de Junta, respeita-o, uma vez que foi democraticamente eleito, mas isso não impede esta força política de expressar a sua opinião sobre qualquer tema em debate.

A CDU tem o dever de lealdade para com aqueles que lhe confiaram o seu voto e julga ter estado à altura do compromisso que assumiu, defendendo os legítimos interesses da população da Bemposta.

É verdade que houve falta de lealdade para com o Presidente da Junta de Freguesia e para com a população da Bemposta mas não por parte da CDU. A obrigação da maioria do executivo camarário PS, perante tal decisão, que caso tivesse sido concretizada teria forte impacto na freguesia, era, no mínimo ter informado e ouvido a opinião do executivo da Junta. Tal não aconteceu. Decidiram aprovar a transferência sem sequer informar os representantes da população, facto que parece não incomodar o Sr. Presidente uma vez que, publicamente, nunca o vimos insurgir-se contra tal. Prefere antes enveredar por manobras de diversão tentando escamotear a realidade. Neste ponto concordamos com o Sr. Presidente, esta não é a forma da CDU fazer política.

Abrantes, 15 de Novembro de 2014

A CDU Abrantes
Ver más
 
A CDU de Abrantes é muito bondosa.
 
O mínimo era meter uma moção de censura contra o incomodado, que não tem maioria nem na Assembleia nem na Junta.
 
Mas a CDU tem razão e o incomodado não.
 
Sugerimos à CDU, ou à vogal independente Srª Maria Fernandes que incomode mais o homem, peça-lhe toda a documentação relativa a isto:
 

''Em Bemposta, no concelho de Abrantes, o presidente da junta de freguesia, Francisco Bentes, aguarda para os próximos dias uma resposta do pai do jovem vítima de um grave acidente há 16 anos a uma proposta de indemnização que lhe fez há pouco tempo. A iniciativa de Francisco Bentes deu sequência à decisão da última reunião da assembleia de freguesia de procurar um entendimento com Carlos Luís, o pai do jovem a quem a autarquia deve cerca de 225 mil euros por danos físicos e psíquicos sofridos no acidente.Há sete anos, a junta foi condenada a pagar à família da criança sinistrada 15.700 contos (cerca de 78.500 euros), mas os juros acumulados já triplicaram praticamente a dívida. Na prática, a junta está quase impedida de actuar na resolução dos problemas da freguesia. É que, além de estar obrigada, desde Janeiro deste ano, a pagar à família de Carlos Luís cerca de 1500 euros por mês, a autarquia verificou agora, na preparação do orçamento e do plano de actividades para 2004, que a dívida no final de 2003 é superior à que se verificava no início do ano. "Qualquer dia é preciso vender a freguesia"Apesar de a junta já ter pago cerca de 18 mil euros da indemnização devida, a verdade é que os juros da dívida superaram a verba mensalmente paga e, virtualmente, o compromisso financeiro poderá tornar-se vitalício. Esta situação, que pode implicar a quase paralisação das actividades da freguesia abrantina, não agrada à assembleia de freguesia e muito menos a Francisco Bentes, face ao impasse que o problema coloca."Qualquer dia é preciso vender a freguesia para resolver o problema. Isto, naturalmente, é um desabafo meu, mas a verdade é que esta é a minha grande preocupação desde 1997, altura em que passei a presidir à junta", conta Francisco Bentes. "Ainda me disseram para colocar no orçamento para 2004 o valor da dívida, porque o Estado assumiria o seu pagamento. Mas, segundo vários pareceres que a junta já recebeu, isso não pode ser assim. As juntas têm autonomia financeira e as despesas que se fazem têm de ter contrapartidas nas receitas", esclarece o autarca.Tudo começou num domingo de 1987, na sequência de um torneio de tiro aos pratos organizado pela comissão das festas da Ascensão da Bemposta desse ano. "No torneio propriamente dito, realizado num sábado, tudo correu bem. Porém, no dia seguinte, um grupo de atiradores voltou para o local e levou a máquina de lançar os pratos para efectuar mais alguns disparos, à revelia da organização do torneio, que apenas teve lugar no sábado. Um dos tiros acabou por atingir o baixo-ventre de uma criança, então com sete ou oito anos, que, acompanhado pelo pai, fora ver os atiradores ao local", conta Francisco Bentes, admitindo que, depois do acidente, o jovem ficou afectado a vários níveis pela ocorrência de que foi vítima. E foram estes danos sofridos pela criança que motivaram o recurso dos pais ao Tribunal Judicial de Abrantes, tendo o processo judicial (e extra-judicial) sido arrastado até hoje. Para garantir o pagamento da indemnização mais os juros de 16 anos o tribunal de Abrantes chegou mesmo a penhorar o campo de futebol e um terreno para onde estava prevista a construção de um novo posto da Guarda Nacional Republicana. A junta contestou a decisão e, face ao reconhecimento da utilidade pública declarada pelos órgãos autárquicos, a penhora foi anulada. As sucessivas tentativas de acordo entre a junta e o pai do jovem têm sido infrutíferas, ficando os valores propostos por cada uma das partes para a compensação financeira muito distantes. Carlos Luís afirma que, como pai, não deve prejudicar os direitos atribuídos ao filho e, por isso, nas negociações, pouco tem reduzido a verba imposta judicialmente. Ao longo de 2003 a junta tem entregue regularmente ao Conselho Superior de Magistratura 15 por cento das verbas que a Bemposta recebe do Fundo de Fomento das Freguesias.''

 

Manuel Fernandes Vicente, no Público

 

O Presidente pode ficar muito excitado pela trabalheira e demitir-se.....Se resistir, que se lhe peça mais papelada, que tal sobre Cadouços??

 

E assim até que o homem incomodado se demita

 

PS

 

 

 
    


publicado por porabrantes às 14:29 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.07.14

 

 

Na sequência da discussão do famigerado caso da deslocalização da Farmácia da Bemposta, e da petição apresentada e discutida na Assembleia Municipal de Fevereiro passado, o Armindo Silveira fez esta declaração que pela sua firmeza, frontalidade e clareza merece todo o nosso apoio.

 

O que está aqui em jogo é naturalmente uma opção política que é decorrente do modelo de desenvolvimento escolhido pela maioria e secundado pelas forças do sistema: abandonar o campo e concentrar tudo no cabeço.

 

O que se esqueceram é que o feitiço se volta contra o feiticeiro, os chefes desta tropa, lá em Lisboa, aplicam a versão nacional deste modelo, concentrar tudo em Lisboa e em algumas capitais de distrito próximas ao litoral e abandonar o interior à sua sorte.

 

E naturalmente o cabeço começa a ver todos os serviços essenciais encerrados, como a Bemposta ou Alvega.

 

O Armindo peca apenas por caridade. Acha que os do poder actual municipal, e a sociedade civil organizada que os secunda, ''talvez'' não sejam incompetentes .

 

Ora são incompetentes em doses épicas.

 

Se houvesse uma epopeia da incompetência municipal seria uma epopeia cavaquista. A epopeia clássica, como a que Vergílio compôs (a Eneida) tem 10 cantos e foi este o modelo que seguiu Camões. Os Lusíadas segundo Cavaco têm 14 cantos. A epopeia da incompetência municipal deve ter pelo menos esses 14 cantos e mais alguns.

 

O Armindo diz que as posições laranjas e do PS não são claras. É natural.

 

Aliás que coligação tipo Bloco Central é que governa na Bemposta? PS/PSD.

 

Sustenta  ainda com razão que quem deve receitar os medicamentos é o médico. É assim que diz a Lei. E assim deve ser.

 

Porque se continuarmos a defender que os amadores se devem dedicar à medicina, podemos fechar todos os serviços médicos  do Pego  e deixar que seja a bruxa a passar receitas.

 

Finalmente sob a autoridade da Fábrica da Igreja de São Vicente são distribuídos medicamentos no Convento da Esperança. Uma botica para trabalhar precisa de boticário, diz, sensata, a Lei. No Convento da Esperança a botica para trabalhar só precisa dum sacristão.

 

Se a moda pega a distribuição de medicamentos na Bemposta terminará a ser feita na sacristia da Igreja, por algum fervoroso crente.Ámen.

 

MA

 

a acta desta Assembleia está on-line       



publicado por porabrantes às 12:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.02.14

Última Hora

 

 

O senhor Dr. José Amaral, Advogado do Movimento Popular contra o encerramento da Famácia da Bemposta, comunicou isto no facebook:

 

 

 ''Actualizo a notícia: na providência cautelar já foi preferido despacho liminar, a admiti-la, o que implica que, para já,

  o  caso fica em ''stand by''

 

 

Exactamente há 36 minutos.

 

Apresentamos os nossos cumprimentos ao ilustre Advogado

 

A redacção



publicado por porabrantes às 22:51 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A lição da Bemposta

A barafunda laranja

Breves

A farmácia da Bemposta (2...

A farmácia da Bemposta

Farmácia de referência

Bronca farmacêutica

Cacique da Bemposta está ...

A interminável saga da Fa...

Última hora

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds