Segunda-feira, 19.08.19

A Guayabera do Sr. Dr. Fidel Castro Ruiz, falecido caudilho cubano, legada generosamente pelo Comandante Supremo, ao Museu Casa da Guayabera em Santi Spiritus, foi visitada pela Camarada Dalia Soto del Valle, mulher do falecido Líder Máximo e pelos netinhos do Pai da Pátria.

ECGdOo4XkAArgkk

ver aqui

Espera-se que o Museu cubano faça um protocolo com o Museu Salazar, de Santa Comba para a troca de peças de roupas e sapataria.

Eles mandarárão a Guayabera e os de Santa Comba as botas do austero líder lusitano para serem exibidas em Cuba.  

mn



publicado por porabrantes às 08:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28.12.16

Jorge Castro Lacão.png

 imagem legada por Mário Semedo

 

mn



publicado por porabrantes às 17:10 | link do post | comentar

Sábado, 03.12.16

enterro.jpg

 Bolas, quando deixarão de falar no Fidel????

 

ma



publicado por porabrantes às 16:59 | link do post | comentar

Sábado, 26.11.16

DC1AA620-35E5-4B40-AF94-D753D4056411_w610_r0_s.jpg

 



publicado por porabrantes às 23:30 | link do post | comentar

pepe abrantes.jpg

General José Abrantes, morto na cadeia por alegada tentativa de golpe contra Fidel.

 

Também esteve na Sierra Maestra. Como Camilo Cienfuegos morto em estranhas circuntâncias, que era anarquista. Mas Abrantes chafurdou na repressão como Ministro do Interior. Entretanto em Miami, dizem as notícias, uma empregada de café, Mirene Abrantes festevaja a morte de Fidel.

Porque haverá tanta gente que se chama Abrantes, em Cuba?

Vieram das Canárias, é a hipótese mais plausível.

mn



publicado por porabrantes às 18:17 | link do post | comentar

Faleceu em La Habana o sr. dr. Fidel Castro Ruiz, de excelente família de plantadores de açúcar e tabaco da província de Oriente. O falecido jurista destacou-se como revolucionário profissional, aplicando a Cuba uma estranha ideologia em que misturava alegremente as suas leituras juvenis de José António Primo de Rivera e de Karl Marx.

 

Teve um papel essencial na condução da Revolução armada que derrubou a ditadura do mulato Marechal Baptista, que se exilou em Portugal.

Arrancou a ilha ao colonialismo norte-americano, sendo por isso o seu país alvo de sanções económicas e dum bloqueio organizado pelos USA, com apoio dos satélites do imperialismo gringo.

O Portugal de Salazar e a Espanha de outro Caudilho recusaram-se a cortar relações com Cuba e mantiveram cordiais relações com a ditadura justicialista de Fidel.

O conhecido democrata John Fitzgerald Kennedy organizou uma invasão de ''gusanos'', com apoio da aviação ianque e da CIA. Fidel derrotou-a, mostrando que Kennedy era um ''tigre de papel'', metendo em ridículo a maior potência militar do planeta.    

 

Face à doutrina do ucraniano Nikita Kroutchev que pretendia aplicar a'' coexistência pacífica'', Fidel e o sr. dr. Ernesto Guevara Lynch de La Serna mandaram-nos passear e disseram que iam criar '' Um, dois, três, muitos Vietnames''.

Como resultado disto, Che meteu-se a fazer uma guerrilha na Bolívia, com um grupo internacionalista, mas sem o apoio do PCB e com a hostilidade de Moscovo. Os guerrilheiros não falavam quechua, e os índios não falavam castelhano. Um guerrilheiro tem de ser um ''peixe na água''. A água era o povo. Graças à falta de água, ou seja à franca hostilidade dos índios bolivianos, Guevara acabou nas mãos da CIA e foi fuzilado, para tranquilidade de Moscovo, Washington e dos reformistas.

Fidel dedicou-se a transformar a Ilha que libertara num laboratório de todas as originalidades que lhe passaram pela cabeça. Para ''reeducar'' os homossexuais abriu campos de concentração. Montou um sistema policial que matou a Liberdade e que era muito aplaudido por alguns bandalhos que em Portugal o quiseram imitar.

Conseguiu transformar um país que exportava açúcar no tempo do corrupto Baptista (que chegara a governar com o PC no Governo), no maior desastre económico da América, depois do Haiti.

Mas fez grandes exportações, há vários milhões de cubanos na Flórida.

Quando é que Fidel perdeu a cabeça?

Se bem me lembro, quando o escritor Padilla começou a ter problemas com a Ditadura.

heberto.jpg

 Padilla era um poeta que foi torturado por ser dissidente e obrigado a assinar uma asquerosa confissão, onde se retractava.

Numa violenta carta,'' Sartre, Simone de Beauvoir, e Claribel Alegría,  Fernando Benítez, Jacques-Laurent Bost, Italo Calvino, José María Castellet, Fernando Claudín, Tamara Deutscher, Roger Dosse, Marguerite Duras, Giulio Einaudi, Hans Magnus Enzensberger, Francisco Fernández Santos, Darwin Flakoll, Jean Michel Fossey, Carlos Franqui, Carlos Fuentes, Ángel González, Adriano González León, André Gortz, José Agustín Goytisolo, Juan Goytisolo, Luis Goytisolo, Rodolfo Hinostroza, Mervin Jones, Monti Johnstone, Monique Lange, Michel Leiris, Lucio Magri, Joyce Mansour, Daci Maraini, Juan Marsé, Dionys Mascolo, Plinio Mendoza, Istvan Meszaris, Ray Miliban, Carlos Monsivais, Marco Antonio Montes de Oca, Alberto Moravia, Maurice Nadau, José Emilio Pacheco, Pier Paolo Pasolini, Ricardo Porro, Jean Pronteau, Paul Rebeyrolles, Alain Resnais, José Revueltas, Rossana Rossanda, Vicente Rojo, Claude Roy, Juan Rulfo, Nathalie Sarraute, Jean Jorge Semprún, Jean Shuster, Susan Sontag, Lorenzo Tornabuoni, José Miguel Ullán, José Ángel Valente e Mario Vargas Llosa denunciaram a tirania.  ''

A partir daqui, Fidel foi um caudilho nacionalista e anti-imperialista, mas também um ditador policial.

pinochet-castro.jpg

Tinha a sua piada e o próprio Marcelo Rebelo de Sousa lhe prestou vassalagem.

 Mas a História não o absolverá. Mas ninguém retirará a Fidel Castro um lugar na História.

E os gringos aprenderam que um pequeno país os podia desafiar no seu pátio traseiro. E foi o antigo aluno do Colégio La Salle de Santiago de Cuba que lhes mostrou que o velho orgulho hispânico os podia fazer vergar.

 

  

ma

         



publicado por porabrantes às 12:31 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.10.16

fidel marcelo.jpg

O Caudilho da Revolução Cubana, dr. Fidel Castro Ruiz, recebeu Marcelo Rebelo de Souza, Presidente de Portugal.

O Camarada Fidel encontrava-se em plena forma e agradeceu a Marcelo o apoio português numa votação na ONU contra o bloqueio a Cuba.

A foto é do Gramma, o jornal que leva o nome do iate usado pelo Caudilho no seu desembarque em Cuba, para derrubar a ditadura de Batista, o seu antecessor ao leme do governo cubano.  Batista exilou-se em Portugal e alguma vez foi hóspede do Hotel Turismo de Abrantes.

fulgêncio madeira 1959.jpg

1959, o Marechal Batista, no Hotel Reids, na Madeira

fulgêncio madeira 2.jpg

batista 68 estoril.jpg

1968, Batista e a mulher dedicam-se ao golfe, neste hospitaleiro país. O General foi um dos maiores coleccionadores de Arte Moderna lusa, quando nem sequer a Gulbenkian tinha um Museu de Arte Moderna.

ma 



publicado por porabrantes às 09:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.05.16

avanteagro.png

A Quinta da Feiteira é propriedade municipal e esteve cedida à Ass. Criad. e Prop. de Cavalos do Alto Ribatejo ( ACPCAR). Não vou contar a história da compra, nem a relação do dono anterior com um processo judicial que atirou para  a cadeia o irmão da Leonor Beleza e um político do PSD.

Só direi que havia sócios da Associação referida ligados à política local (um deles com um lugar no topo da hierarquia local) e à sociedade civil e o projecto da Associação e a compra da Quinta pela CMA para favorecer esse projecto foi um enorme ''flop''.

Era tão evidente a ligação da ACPCAR à sociedade civil que ela fazia parte dos corpos gerentes da Tagus.

E a barracada começou quando a CMA concessionou a Quinta à Avantagro , com uma família brasileira lá a viver, sem o saber.

Por estas declarações do Valamatos concessionaram '' o espaço'' sem terem verificado se estava devoluto ou seja sem lá meterem os pés.

E depois a bronca aumentou. O brasileiro tinha um conflito com a ACPCAR.

roberto sousa.jpg

Conheci bem o Roberto Sousa e a família, o rapaz está agora no Brasil, certamente jurando que fez mal em abandonar Portugal para se meter na enorme confusão, desencadeada por uma Presidente irresponsável, pelo corrupto chefe dela, o analfabeto Lula da Silva,num país partido em dois e onde ameaça correr sangue.

Toda a saga do Roberto, um trabalhador estrangeiro, um emigrante contratado pela sociedade civil e depois abandonado nas circunstâncias descritas na ''peça'' da Margarida Cabeleireira, retrata o estofo moral do grupo que controla Abrantes.

Um grupo onde se interligam interesses políticos, económicos e partidários (mas onde há gente de todos os quadrantes políticos) e onde abundam discursos moralistas, mas que quando se desce ao concreto, surgem casos como o do brasileiro Roberto Sousa.

E então lavam as mãos como Pilatos ou fazem pior.

Quanto a serem os contribuintes que tenham de sustentar os clientes deste sistema de poder, essa é a regra abjecta que  transforma, muitos, de cidadãos, em súbditos. 

Fazer uma concessão duma propriedade municipal sem a vistoriar e sem saber que lá vivia um emigrante, é uma proeza digna do incompetentes,  que só por isso deviam abandonar a política, se lhes restasse alguma consciência.

Gente que trata dos nossos assuntos, do nosso dinheiro, com uma leveza que faria arrepiar os cabelos ao que foi o último autarca competente que esteve na Presidência desta terra, chamava-se João Manuel Esteves Pereira.

esteves pereira.png

Depois disso foi a mediocridade.

ma 

PS-A mãe do Roberto venera Orixá, a velha divindade yoruba que o tráfico negreiro plantou na Bahía. A Orixá prestava culto Jorge Amado e agora querem os fundamentalistas protestantes da Frente Evangélica, corroídos pela corrupção e pelo fanatismo,  proibi-lo. Já quis Fidel Castro proibir os deuses pagãos em Cuba, mas ele morrerá e a ''santeria'' permanecerá e o panteão africano continuará a reinar quer queiram ou não os burocratas do PC ou os pastores fanáticos do protestantismo.

orixá.png

 

fotos: Mirante, Jornal de Alferrarede



publicado por porabrantes às 10:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.08.15

 

 

Fidel faz hoje 89 anos!

 

 

 

 

La realidad y los sueños

El líder la Revolución Cubana precisa que no dejaremos nunca de luchar por la paz y el bienestar de todos los seres humanos, con independencia del color de la piel y el país de origen de cada habitante del planeta

Escribir es una forma de ser útil si consideras que nuestra sufrida humanidad debe ser más y mejor educada ante la increíble ignorancia que nos envuelve a todos, con excepción de los investigadores que buscan en las ciencias una respuesta satisfactoria. Es una palabra que implica en pocas letras su infinito contenido.

Todos en nuestra juventud oímos hablar alguna vez de Einstein y, en especial, tras el estallido de las bombas atómicasen Hiroshima y Nagasaki, que puso fin a la cruel guerra desatada entre Japón y Estados Unidos. Cuando aquellas bombas fueron lanzadas, después de la guerra desatada por el ataque a la base de Estados Unidos en Pearl Harbor, ya el imperio japonés estaba vencido. Estados Unidos, el país cuyo territorio e industrias permanecieron ajenos a la guerra, pasó a ser el de mayor riqueza y mejor armado de la Tierra, frente a un mundo destrozado, repleto de muertos, heridos y hambrientos. Juntos, la URSS y China habían perdido más de 50 millones de vidas, sumadas a una enorme destrucción material. Casi todo el oro del mundo fue a parar a las arcas de Estados Unidos. Hoy se calcula que la totalidad del oro como reserva monetaria de esa nación alcanza 8 mil 133,5 toneladas de dicho metal. A pesar de ello, haciendo trizas los compromisos suscritos en Bretton Woods, Estados Unidos, declaró unilateralmente que no harían honor al deber de respaldar la onza Troy con el valor en oro de su papel moneda.

Tal medida decretada por Nixon violaba los compromisos contraídos por el presidente Franklin Delano Roosevelt.Según un elevado número de expertos en esa materia, crearon así las bases de una crisis que entre otros desastres amenaza golpear con fuerza la economía de ese modelo de país. Mientras tanto, se adeuda a Cuba las indemnizaciones equivalentes a daños, que ascienden a cuantiosos millones de dólares como denunció nuestro país con argumentos y datos irrebatibles a lo largo de sus intervenciones en las Naciones Unidas.

Como fue expresado con toda claridad por el Partido y el Gobierno de Cuba, en prenda de buena voluntad y de paz entre todos los países de este hemisferio y del conjunto de pueblos que integran la familia humana, y así contribuir a garantizar la supervivencia de nuestra especie en el modesto espacio que nos corresponde en el universo, no dejaremos nunca de luchar por la paz y el bienestar de todos los seres humanos, con independencia del color de la piel y el país de origen de cada habitante del planeta, así como por el derecho pleno de todos a poseer o no una creencia religiosa.

La igualdad de todos los ciudadanos a la salud, la educación, el trabajo, la alimentación, la seguridad, la cultura, la ciencia, y al bienestar, es decir, los mismos derechos que proclamamos cuando iniciamos nuestra lucha más los que emanen de nuestros sueños de justicia e igualdad para los habitantes de nuestro mundo, es lo que deseo a todos; los que por comulgar en todo o en parte con las mismas ideas, o muy superiores pero en la misma dirección, les doy las gracias, queridos compatriotas.



publicado por porabrantes às 20:08 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.02.15

 

cuba.jpg

 Há novidades abrantinas, especialmente prós lados da Rua Grande e da CMA, e ainda pelo Castelo de Bode, graças a um construtor que costumava almoçar semanalmente com um presidente laranja, mas  bolas o regresso do Comandante Supremo é que é notícia.

Espero que Obama não se renda, como se rendeu já a Merkel ao Syriza para desgosto dos comentadores abrantinos que queriam invadir a Hélade.

Espero que o charuto que o Fidel quer dar ao Obama, seja entregue a Bill Clinton que lhe dará melhor uso

ma



publicado por porabrantes às 13:55 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Intercâmbio Cultural entr...

O espírito de Fidel conti...

O Funeral do Caudilho Inv...

Valha-nos o Charlie

Porque haverá tanta gente...

Morreu o Caudilho Invicto

Caudillo recebe Marcelo

Concessão municipal com b...

A realidade e os sonhos p...

O dr.Fidel Castro reapare...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds