Domingo, 24.01.16

affiche petite.jpg

O Museu de Parthenay faz conferências sobre a vida local e a história dos ofícios que fizeram parte integrante de séculos da vida da comunidade.

No caso, da fundição e dos fundidores.

Com 2 freguesias onde este ofício foi motor da vida económica local desde prá ai 1880, ou seja no Tramagal e no Rocio, nunca aí mostraram a vida dos homens da fundição.

Em Parthenay, há museu e caciques.

Em Abrantes, há a cacique e uma legião de boys e girls e secretários e chefes de gabinete e contínuos desta gente.

Mas o único museu é uma Igreja onde Diogo Oleiro meteu os tarecos velhos da terra em 1921 (salvo erro) depois do povo ter impedido o Sr.Luís Keil dos levar para Lisboa.

O Keil ajudou muito depois o Museu D.Lopo. 

Nenhuma das freguesias dos fundidores tem museu.

Por isso não se pode saber a história deles.

Mas têm fundições onde continua a haver fundidores.

E têm ruínas, a dar com um pau na cabeça dos autarcas.

moagem emília marques rosa.jpg

foto da Senhora D.Emília Marques Rosa, com a devida vénia

 

Na cabeça dos autarcas ou na nossa, quando formos a passar e nos cair uma casa ou um calhau em cima.

mn



publicado por porabrantes às 09:24 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.11.15

 

'' . Ou aquelas que entretanto, submetidas a processos de gentrificação, passaram a ter o seu espaço re-estruturado para outros fins. São exemplos:

– a Fábrica de vidros da Matrena, as Ferrarias de S. Lourenço e do Prado; a Real Fábrica de Fiação e Tecidos, a Fábrica de Papel do Prado, a Fábrica de Papel Porto de Cavaleiros, em Tomar; entre outras,

– a Fábrica de Papel do Almonda (RENOVA); a Companhia Nacional de Fiação e Tecidos de Torres Novas; a empresa de camionagem João Clara e Companhia (Irmãos) – em Torres Novas; entre outras,

– a Metalúrgica Duarte Ferreira; a Fábrica da Fundição do Bom Sucesso; gerida pela sociedade Soares Mendes& Raul Gonçalves; a Companhia União Fabril (CUF) e UFA (União Fabril do Azoto); a Fábrica de Moagem Afonso III; a empresa Simão & companhia, Comércio e Industria, SA; a empresa Victor Guedes & Companhia; entre outras.''

 

Sónia Pedro

 

''Presidente da Associação Médio Tejo Criativo, Sónia Maria de Matos Pedro é licenciada em Antropologia - Ramo Antropologia Social e Cultural pela Universidade de Coimbra - Faculdade de Ciências e Tecnologia e Mestre em Cidades e Culturas Urbanas pela Faculdade de Economia também da Universidade de Coimbra. Já trabalhou em diversos projetos empresariais e atualmente desenvolve trabalho no Tagusvalley - Tecnopolo do vale do Tejo, um Parque de Ciência e Tecnologia localizado em Abrantes. Segundo diz a própria, "ideias e projetos para o futuro é que não faltam".

''

Duas notas:

 

A Fundição do Rossio resiste e está a fazer o que sempre fez, fundir

 

A Victor Guedes resiste e está a fazer o que sempre fez, azeite (deixou o sabão)

 

As Fundições resistiram graças a estes empresários

João José de Castro e Solla de Paim

Barreto Soares Mendes

 

 

Amadeu de Castro e Solla de Paim

Barreto Soares Mendes

 
 
 
Existe tanto a Fundição que o Avante se preocupa com ela (ainda....não bastou a bacorada de 1975)
 

avante.png

frasam.png

 

 

Quanto ao Sr.Raul Gonçalves deixou a Fundição para aí em 1940.

 

E se fossem ao local antes de escreverem teses????

 

ma

 

e a Renova também está a trabalhar no mesmo sítio, não há pachorra

 

 

 



publicado por porabrantes às 18:56 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Conferência em Parthenay

E se fossem ao local????

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds