Segunda-feira, 01.04.19

ultimas-geracoes-462x605

apostilhas às Arvores de costados das famílias nobres de José Barbosa Canaes de Figueiredo Castello Branco, Volume 2

PND

só se publica isto para elucidar o Silva que faz histórias cronológicas a martelo....

 



publicado por porabrantes às 22:22 | link do post | comentar

Domingo, 24.02.19

roldao

O livro do sr. Gabriel Roldão aborda a genealogia duma velha família da Marinha Grande que se remonta há 300 anos. Aborda as raízes dessa família até às Mouriscas, Constância e Sardoal.

A Pereira Roldão foi uma das grandes fábricas da Marinha Grande. 

mn

 



publicado por porabrantes às 21:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.12.18

A cacique felicitou hoje, na reunião, o plumitivo Candeias Silva porque este ganhou um prémio por escrever uma monografia sobre a Orca.

Não se trata de uma obra sobre algum mamífero marinho em vias de extinção, mas sobre um perdido lugarejo nas berças.

Ou seja lá para a Beira Baixa.

Estamos ainda à espera que a cacique felicite o Sr.Dr. António Graça Pereira, que conquistou o Prémio Eduardo Campos com uma obra de genealogia sobre o concelho de Abrantes e edite o livro.

Recorde-se que o plumitivo da Orca, fez parte do júri que se recusou dar esse prémio ao insigne investigador Graça Pereira, que aliás era seu colega na Escola Manuel Fernandes.

Recorde-se que o júri do prémio Eduardo Campos foi corrigido por via administrativa, devido a uma reclamação do Dr.Graça Pereira e o plumitivo teve de engolir a decisão.

Vale a pena falar nisso?

Vale, e falaremos até que a CMA edite o livro do Dr.Graça Pereira. 

mn  



publicado por porabrantes às 18:56 | link do post | comentar

Domingo, 19.08.18

Disse-se aqui que ''salvo'' erro o escultor Pedro de Campos Rosado era bisneto do Dr.Ramiro Guedes.

Afinal era trineto.

Segundo o dr. Graça Pereira, mestre em Genealogias abrantinas, Prémio Eduardo Campos, malgré um seminarista, era:

''Era trineto do Dr. Ramiro Guedes e de D. Esperança da Conceição Guedes e Silva, pela filha D. Maria Adelaide da Silva Guedes que casou com António Augusto Corrêa de Campos. Os últimos foram pais de D. Maria Elisa Guedes Corrêa de Campos que casou com David da Silva Rosado que são os avós paternos de Pedro Campos Rosado.''

Recorde-se que os caciques não editaram o  livro premiado, enquanto desbarataram o dinheiro municipal, comprando 6. mil euros de livros do Carrilho da Graça.

ma

vamos rectificar o post



publicado por porabrantes às 12:22 | link do post | comentar

Sábado, 12.03.16

Despacho n.º 395/2016

1 — Ao abrigo do disposto na alínea d) do n.º 1 do artigo 3.º, nos

n.os 1 e 2 do artigo 11.º e no artigo 12.º do Decreto -Lei n.º 11/2012, de

20 de janeiro, designo para exercer as funções de secretária pessoal do

meu gabinete Luísa Cristina da Silva Bobela Motta.

Querem uma árvore genealógica?bobela no governo.png

 mn



publicado por porabrantes às 23:24 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.10.15

O abrantino Prof. Mendonça de Carvalho esteve em defesa do Património, no Mosteiro de Tibães, no  sábado passado

 

 

''Mosteiro de Tibães avança este sábado, dia 24 de Outubro, com um workshop dedicado ao estudo das plantas, sob a orientação de Luís Manuel Mendonça de Carvalho

 

 

(....)

 

Luís Manuel Mendonça de Carvalho, orientador do projeto, nasceu em Abrantes, licenciou-se em Biologia, é Mestre em Fisiologia e Bioquímica das Plantas, Doutorado em Sistemática e Morfologia e Especialista em Museus e Educação pela Universidade de Évora. Atualmente, é professor-adjunto no Instituto Politécnico de Beja e diretor-fundador do Museu Botânico de Beja.(...)''

 

Leia aqui a notícia completa

 

devida vénia a http://www.comumonline.com/

 

Mendonça de Carvalho tem vasta obra na área da Botânica

 

ma

 

 



publicado por porabrantes às 15:49 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.08.15

O intelectual João Pico, ex-colega do político e gerente comercial Armando Fernandes, faz um post de genealogia onde critica o historiador Traquina.

As nossas fontes garantem que o próximo alvo será outro primo dele, Martinho Gaspar

gaspar.png

A questão em causa é a luta anti-clerical no Souto:

'' Assinale-se a omissão de um "episódio " bastante divertido praticado pelo Martinho Galérias à saída da missa, cuja Igreja, como bom militante maçónico queria ver "destruída" e despojada dos apetrechos religiosos, incitando a populaça a entrar e destruir tudo.  Este gesto era feito levando as suas três filhas bem seguras pelas mãos, ao que a  cada sinal de avanço do pai incitando a populaça a avançar, imediatamente se seguia a repreensão deste às filhas, para que elas ficassem quietas e se chegassem para trás. E lá voltava ele a incitar a populaça, amos, vamos avancem e novamente puxava as três filhas entusiasmadas e delirantes para que ficassem quietas.'' (J.Pico)

 

E ainda a história genealógica do histórico Padre Baptista, caudilho da resistência do Pinhal à invasão francesa.

 

Agora dedicado à história, esperamos novas interpretações do Mestre e um convite da CMA para que integre a Comissão do Centenário da Cidade. 

 

mn

 


publicado por porabrantes às 11:02 | link do post | comentar

Domingo, 11.03.12

                                             

A Genealogia é uma das ciências auxiliares não só da História, como o é da Medicina, da Sociologia, da Antropologia, entre outras.

Esta ciência estuda as famílias de todo o planeta, contando as suas gerações ao longo dos tempos.

Desde remotos tempos que os povos tiveram necessidade de contar os seus familiares, para poderem tecer hierarquias e parentescos entre si.

Estudos históricos e não só históricos, são realizados com o auxílio desta ciência, cada vez mais com maiores adeptos em todo o mundo.

Universidades de todos os países evoluídos e civilizados criam disciplinas nos seus cursos, devido à sua importância enquanto  ciência auxiliar de diversos ramos do saber.

Já no seculo XX, nos E.U.A. e em todos os países anglófonos, usam a genealogia para realizar genogramas aos pacientes hospitalares, com o objectivo de estudar doenças congénitas em milhões de pessoas e grupos familiares , despistando doenças e salvando assim inúmeras vidas.

Por exemplo, o glaucoma ocular, se hoje é conhecida a sua origem mais arcaica, deve-se á Genealogia, que identificou o grupo familiar que originou o problema, ainda na idade média. Tal como para a doença dos pezinhos, é precioso o recurso à genealogia, para uma melhor compreensão do problema. Podíamos citar aqui outros casos clínicos.

Mas em Abrantes, desde o seculo XVI, que temos genealogistas exercendo esta árdua tarefa de investigação. O Infante Dom Fernando,

 

 

 D.Fernando, Duque da Guarda e Senhor de Abrantes, filho de D.Manuel I, enterrado em São Domingos, hoje nos Jerónimos, foi um importante genealogista e mecenas deste ramo da história

 

 

abrantino filho do Rei D. Manuel I, passando pelo fidalgo Bernardo Pimenta do Avelar Portocarreiro, que em 1719, compõe 16 volumes sobre as famílias nobres abrantinas e de todo o Reino.

Contemporaneamente, o  dr. Graça Pereira,

 

António Da Graça Pereirafacebook

 

 

 

 em 2012,  compilou e investigou muita genealogia burguesa e popular de gentes abrantinas, o que é de grande interesse para o estudo da história local e do município, uma vez que é um campo virgem na historiografia abrantina.

A genealogia é um estudo que abrange todo o tipo de pessoas, uma vez que não é apanágio de nenhuma classe em especial. Só conhecendo a família no seu conjunto podemos conhecer melhor uma cidade.

Existem hoje empresas especializadas, em investigar  qualquer família em qualquer país ou continente.

 

Paulo Falcão Tavares

 

 

NR- Publicamos com o maior gosto este texto de opinião, com o qual concordamos totalmente, que nos enviou o Sr.Dr. Paulo Falcão Tavares, Presidente da Tubucci e reputado investigador sobre o património de Abrantes, designadamente sobre a História do Convento de São Domingos, objecto da sua tese de mestrado, na Universidade de Évora. 

 

As fotos são da n/responsabilidade

M.N.



publicado por porabrantes às 16:23 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Bibliografia abrantina: a...

Bibliografia abrantina: '...

A obra fundamental do Dr....

Rectificação: Pedro de Ca...

Bobela no Governo

Prof. Mendonça de Carvalh...

Pico fuzila historiador T...

A IMPORTÂNCIA DA GENEALO...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds