Segunda-feira, 13.08.18

Autarquias que usam no Distrito o pesticida cancerígeno

 

Santarém

Abrantes – Sim

Alcanena – Não

Benavente – Sim

Cartaxo – Sim

Constância – Sim

Entroncamento – Sim

Ferreira do Zêzere – Sim

Rio Maior – Sim

Santarém – Sim

Sardoal – Sim

Tomar – Não

Torres Novas – Sim

Vila Nova da Barquinha – Sim

 

Retirado do Esquerda NET com a devida vénia

 

Depois da histórica sentença do tribunal ianque, que pensam fazer estes senhores???

 

ma


tags:

publicado por porabrantes às 21:50 | link do post | comentar

Sábado, 11.08.18

Enquanto a Junta do Tramagal e outras autarquias espalham glisofato, um Tribunal dos USA condenou a Monsanto a pagar 250 milhões de euros a um americano que apanhou cancro graças ao herbicida

 

monsanto

monsanto 2

 no Público

 

 

ma



publicado por porabrantes às 18:23 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.08.18

 

A Junta do Tramagal resolveu espalhar glisofato pela terra e sacou um edital

 

38942556_2128459820544515_2141936757866758144_n

O problema é que começou a aplicar o produto mais que duvidoso antes do administrativo edital.

 

Uma senhora protestou e alegadamente o funcionário respondeu

 

''onde está publicado o aviso que vão fazer estes trabalhos?”, sendo que a única resposta que obtive foi: “Nós nunca avisamos, e mais os animais é que deviam morrer por cagarem as estradas todas”, ''

 

ma

 



publicado por porabrantes às 19:31 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.12.16

O Governo vai fazer um decreto-lei pelo qual se proibirá o uso do pesticida cancerígeno nos "jardins infantis, jardins e parques urbanos de proximidade e nos parques de campismo", mas também "nos hospitais e noutros locais de prestação de cuidados de saúde ou lares e residências para idosos"

 

Além da CMA e das Juntas que usam abundantemente este veneno, também o Graça das seringas e outros responsáveis por lares de idosos e centros de saúde estarão proibidos de usar este produto mais que duvidoso.

 

O Público avançou a notícia e a Esquerda Net também dá a boa notícia. Recorde-se que por iniciativa do BE foi apresentada uma iniciativa legislativa neste sentido, que foi derrotada na AR .

 

Por um dia elogia-se o Governo.

 

O assunto foi aqui tratado várias vezes.

mn 

 

Quinze litros de veneno



publicado por porabrantes às 07:17 | link do post | comentar

Quinta-feira, 04.08.16

glisofato.png

Face à opinião científica hoje maioritária na comunidade académica, que este produto é cancerígeno, a CMA, sustenta:

 

3. “Caso se registe a utilização de glifosato, o plano da autarquia no sentido de abandonar esse uso e implementar outros
métodos.”
Apesar das notícias que têm surgido na imprensa, nos últimos tempos, de que o glifosato, substância ativa geralmente presente  nos herbicidas utilizados em meio urbano para controlo de plantas infestantes, ter sido classificado como “carcinogénico provável para o ser humano”, não foi emitido nenhum comunicado pela entidade que controla e autoriza a nível nacional a colocação de
produtos fitofarmacêuticos no mercado – DGAV, nem retirou do mercado esses produtos, com base no glifosato.
De referir que, tal como alguns produtos fitofarmacêuticos cuja substancia ativa é o glifosato, existem outros produtos autorizados pela DGAV, para aplicação em zonas urbanas, tais como, áreas industriais, vias de comunicação, arruamentos, campos
de jogos, cemitérios, entre outros, baseados noutras substâncias ativas que não o glifosato, mas cuja classificação toxicológica é “nociva” ou “irritante”, para o homem e o ambiente, razão pela qual não se tem optado por esses produtos.
Pese embora equacionar‐se o total abandono de produtos fitofarmacêuticos, o que é facto é que existem espécies infestantes ou invasoras, impossível ou dificilmente controláveis de forma diversa da utilização desses produtos, quer possuam eles como princípio ativo o glifosato, classificado como “isento” de toxicidade para o homem e para o ambiente, pelas entidades competentes, quer outro princípio ativo (que não o glifosato) mas com classificação toxicológica “nocivo” ou “irritante” para o
homem e para o ambiente.
Caso se deixem alastrar e proliferar certas plantas invasoras, elas tomarão gradualmente conta do território, conduzindo‐o à desertificação, comprometendo a biodiversidade.
Logo que as autoridades competentes em matéria de certificação dos produtos assim o determinem, indicando qual o produto ou técnica a utilizar, em alternativa, para controlo de espécies infestantes e/ou invasoras, será de imediato adotado esse
procedimento alternativo. (...)

 

Diz a CMA que se não se usarem herbicidas ''as plantas invasoras tomarão conta do território, conduzindo‐o à desertificação, comprometendo a biodiversidade.''

 

Ora como todos sabem, quem promove e incentiva no território abrantino a proliferação de espécies invasoras, '' comprometendo a biodiversidade'' é a CMA ao autorizar indiscriminadamente a plantação de eucaliptos, ao animar a fileira da celulose com a presença da cacique em actos eucalipteiros....Senão veja-se o resumo da última sessão da CMA, no Médio Tejo, com novas autorizações de eucaliptização.

 

A SrªEspadinha escrevia a mando do Vereador Valamatos, se ele está tão preocupado com a ''invasão'', porque não vota contra os eucaliptos?

 

É uma irresponsabilidade completa regar o concelho com 15 litros de veneno,  e nas contas dos litros de veneno derramado faltam os litros aplicados pelas Juntas, às quais através de protocolos vários foram transferidas competências nas áreas de jardinagem.

 

Quantos litros gastou a Junta do Bruno?

mn 

devida vénia Esquerda Net

 



publicado por porabrantes às 12:23 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Autarquias amantes do gli...

A praga cancerígena

Silly season no Tramagal

CMA vai ser obrigada a de...

Quinze litros de veneno

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds