Quinta-feira, 25.05.17

joao nuno serras pereira integralistas.jpg

 Gonçalo Ribeiro Telles, Mestre da Portugalidade faz 95 anos

 

Parabéns Mestre

mn



publicado por porabrantes às 21:28 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.05.17

mnHomenagem 25 de Maio de 2017.jpg

 



publicado por porabrantes às 20:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.05.16

gonçalo 3.jpg

Foi homenageado  o Arq. Gonçalo Ribeiro Telles nos seus 91 anos. Disse: o que faz falta em Portugal é liberdade. Foto de Nós Cidadãos.

Um dos raros políticos que merece uma homenagem.

Um lição de serviço público contra  a canalha que destrói Portugal.

mn

 



publicado por porabrantes às 17:28 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.05.15

gonçalo.png

 Paisagista Gonçalo Ribeiro Telles, lavrador de Coruche, ribatejano de gema, monárquico, Ministro da República, pai da ecologia lusa, Mestre de todos nós, que nos disse:

 

abrantes fidelidade.jpg

que a fidelidade à paisagem abrantina e à nossa história e ao bom gosto devia fazer-nos bater contra mamarrachos, sejam eles o miserável bunker

s .domingos.jpg

ou o calhau sinistro do Carrilho da Graça....

bunker artur  2.jpg

 

 Faz o Gonçalo 93 anos, que vá fazer uma almoçarada com Mário Soares, joaquinzinhos com arroz malandrinho e que brindem por Portugal!!!!!

 

a redacção

créditos: arq. Beatriz de Noronha do atelier António Castel-Branco   



publicado por porabrantes às 20:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.05.15

É bom ver que o sr. dr. Avelino Manana e o PCP aprende com o arq. Gonçalo Ribeiro Telles e o velho PPM.

Está o dr. Manana a dar em monárquico-ecologista?

Aprende o dr. Manana e o PCP com um latifundiário de Coruche?

 

gonçalo.png

Jornal I

Aprende com o democrata que se enfrentou ao fascismo e ao gonçalvismo, às multinacionais e ao betão?

 

Aprende, e é uma boa notícia.

 

Aprender é bom.

 

Mas também aprende com a Senhora Maria Fernandes, dos Independentes da Bemposta, que condenou a eucaliptização desenfreada no Brunheirinho, na última ''Barca''.

 

E na Bemposta há um triunvirato PSD/PS/PCP a governar.......

 

E os Independentes na Oposição.

 

E também aprende o PCP com o Bloco e com o valente Armindo Silveira, que condenou a monocultura suicida do eucalipto no discurso do 25 de Abril na AM, como se publicou aqui.

 

A CDU acaba de votar em sede municipal contra a monocultura do eucalipto.

 

Os latifundiários estrangeiros  das celuloses dominam mais de 50.000 ha de terra em Portugal. 

 

O eucalipto mata a terra, extermina a biodiversidade, arrasa os campos de Portugal, qualquer lavrador honrado, como o Gonçalo, sabe isso.

 

E o PCP de Abrantes aprendeu, isso. É hora de dizer bravo!!!!

 

CDU eucaliptos.jpg

Mas também é hora de dizer à Júlia Amorim, que a Caima costuma explodir de vez em quando.

 

 

mn

 

 

 

 

 

       



publicado por porabrantes às 17:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.05.14

 

 

 

Partido da Terra - Europeias 2014

 

 

''O Presidente Honorário do Partido da Terra, Gonçalo Ribeiro Telles, recebeu na passada Quarta-Feira, em sua casa,os candidatos do MPT ao Parlamento Europeu, liderados por António Marinho e Pinto, a quem desejou as maiores felicidades e deu todo o seu apoio

''

 

Comentários:

 

Votar Marinho Pinto e MPT é continuar o combate que travou Ribeiro Telles na CEUD e no PPM, é continuar a luta que se travou quando o MEC foi candidato às Europeias

 

 

é votar contra a Europa federástica, a gamela dos barrosos  e da plutocracia,

 

é votar contra Passos Coelho !

 

 

 foto sexto sentido

 

é votar contra este regime e contra este estado de coisas

 

 

é no fundo

 

 

votar pela 

 

 

 

NOSSA TERRA, VOTANDO NO PARTIDO DA TERRA

 

VOTAR MARINHO PINTO, É VOTAR GONÇALO RIBEIRO TELLES!!!!!!

 

A REDACÇÃO

 

 

ps- que nos desculpe o snr.Coelho do PTP que não é um mau voto e a Dona Abstenção



publicado por porabrantes às 09:25 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.04.13

Gonçalo Ribeiro Telles, lavrador de Coruche, resistente anti-fascista, Ministro de Sá Carneiro, fundador do PPM, amigo de Mário Soares, arquitecto, 90 e poucos anos ganhou ontem o Nobel da Arquitectura Paisagístiça.
Gonçalo é amigo da Tubucci.



Foto: Gonçalo Ribeiro Telles, lavrador de Coruche, resistente anti-fascista, Ministro de Sá Carneiro, fundador do PPM, amigo de Mário Soares, arquitecto, 90 e poucos anos ganhou ontem o Nobel da Arquitectura Paisagístiça.Gonçalo é amigo da Tubucci. Perguntado sobre o cubo do licenciado trovejou irado: assim se destrói a paisagem das cidades! Gonçalo á é dos nossos. .Parabéns Gonçalo!





Perguntado sobre o cubo do licenciado trovejou irado: assim se destrói a paisagem das cidades! Gonçalo  é dos nossos. .
Parabéns Gonçalo!




A Direcção da Tubucci-Associação de Defesa do Património da Região de Abrantes no facebook com a devida vénia.




Posto por MN 

 



publicado por porabrantes às 10:44 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.11.12

Foto: O desaparecimento da Reserva Ecológica Nacional (REN), ou o fim de uma ideia feliz, de um homem invulgarmente bom. O arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles é uma figura notável do nosso Portugal Democrático. Com uma extensa e rica obra pública, a ele se deve um conjunto de iniciativas no domínio da conservação da natureza, nomeadamente as leis sobre a Reserva Agrícola Nacional (RAN), a Reserva Ecológica Nacional (REN), diferentes projectos de lei sobre baldios e florestação, assim como a co-autoria da Lei de Bases do Ambiente. Este conjunto de normativos permitiu, apesar da tentação insidiosa de uma legião de pato bravos, manter inúmeras bolsas de terrenos que, pela sensibilidade ecológica ou agrícola, mereciam ser preservados. Ao longo de mais de três décadas, foi possível assegurar um conjunto de “tampões biofísicos” nas áreas de maior pressão urbana. Ora, parece que o governo de Passos Coelho decidiu eliminar este instrumento de gestão territorial, dizendo, citando a ministra do ambiente, assunção cristas, que “a REN por si, irá desaparecer (..) o  que resta de relevante ficará na Lei de Bases de Ordenamento do Território” (…), rematando com esta frase insólita e muito preocupante: “queremos eliminar redundâncias e burocracias excessivas”. Posto isto, são colocadas algumas questões no ar: “eliminar redundâncias e burocracias excessivas” é permitir uma passagem mais rápida para solos urbanizáveis? Se sim, não estaremos a acentuar um conjunto de fenómenos com potencial destruidor, nomeadamente movimentos de massa em vertente, inundações e erosão do litoral? Havendo uma crise imobiliária profunda, não seria preferível apostar numa estratégia concertada de reabilitação dos centros urbanos, mantendo inalterável este conjunto de parcelas territoriais de grande sensibilidade ambiental?De facto, ao eliminar estas eficazes “fortalezas de conservação da natureza”, o governo de passos coelho presta um desonroso ataque à visão territorial imaginada por aquele notável homem público. Este pedagogo vigoroso merecia muito mais respeito. Em suma, todos nós!

 

O desaparecimento da Reserva Ecológica Nacional (REN), ou o fim de uma ideia feliz, de um homem invulgarmente bom. 

O arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles é uma figura notável do nosso Portugal Democrático. Com uma extensa e rica obra pública

, a ele se deve um conjunto de iniciativas no domínio da conservação da natureza, nomeadamente as leis sobre a Reserva Agrícola Nacional (RAN), a Reserva Ecológica Nacional (REN), diferentes projectos de lei sobre baldios e florestação, assim como a co-autoria da Lei de Bases do Ambiente. Este conjunto de normativos permitiu, apesar da tentação insidiosa de uma legião de pato bravos, manter inúmeras bolsas de terrenos que, pela sensibilidade ecológica ou agrícola, mereciam ser preservados. Ao longo de mais de três décadas, foi possível assegurar um conjunto de “tampões biofísicos” nas áreas de maior pressão urbana. 
Ora, parece que o governo de Passos Coelho decidiu eliminar este instrumento de gestão territorial, dizendo, citando a ministra do ambiente, assunção cristas, que “a REN por si, irá desaparecer (..) o que resta de relevante ficará na Lei de Bases de Ordenamento do Território” (…), rematando com esta frase insólita e muito preocupante: “queremos eliminar redundâncias e burocracias excessivas”. 

Posto isto, são colocadas algumas questões no ar: “eliminar redundâncias e burocracias excessivas” é permitir uma passagem mais rápida para solos urbanizáveis? Se sim, não estaremos a acentuar um conjunto de fenómenos com potencial destruidor, nomeadamente movimentos de massa em vertente, inundações e erosão do litoral? Havendo uma crise imobiliária profunda, não seria preferível apostar numa estratégia concertada de reabilitação dos centros urbanos, mantendo inalterável este conjunto de parcelas territoriais de grande sensibilidade ambiental?

De facto, ao eliminar estas eficazes “fortalezas de conservação da natureza”, o governo de passos coelho presta um desonroso ataque à visão territorial imaginada por aquele notável homem público. Este pedagogo vigoroso merecia muito mais respeito. 
Em suma, todos nós!
com a devida vénia texto publicado no facebook por Aquilino Machado (geográfo)


publicado por porabrantes às 23:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.05.12

Noventa anos a idade de um jovem irado com o que fizeram a Portugal.

 

 

Noventa anos de juventude, raiva e lucidez.
Serviu  Portugal, no combate à Ditadura com Luís de Almeida Braga (o que dizia que para ser monárquico não precisava de licença do Rei nem dos bobos da Corte), com Francisco Sousa Tavares, com Rolão Preto,  com o filho duma abrantina,Barrilaro Ruas, com Mário Soares, com a CEUD e com os monárquicos populares. Serviu Portugal no Governo e na Oposição. Foi profeta no deserto. Mudou a Universidade e a nossa Cultura. 
O jovem rebelde de noventa anos foi Ministro da Direita e edil de Lisboa eleito pela extrema-esquerda e pelos monárquicos para crucificar um imbecil chamado Nuno Krus Abecasis.
 dn
Fustigou-o solitário em nome da Civilização, da Razão, da Honra, de Lisboa.
 F.Gulbenkian
Criou  alguns dos mais bonitos jardins de Portugal.
Levou quase setenta anos a barafustar contra um modelo de crescimento que arrasou o país, matou a paisagem, desertificou o interior e descaracterizou a sua Lisboa.
Continua a barafustar.
Outro dia Portugal e o Rei prestaram-lhe homenagem.
Hoje faz 90 anos.
Menos amargo que Herculano ou Pequito Rebelo, quando andavam pelos seus anos finais, lavrador   como eles,
 esc. camões.blogspot
num país arrasado, como era o deles, diz-nos que ainda há esperança, e que é preciso combater......

Parabéns Gonçalo !!!!!

 

a redacção

 

 


publicado por porabrantes às 23:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.12.11

Em 5 de Outubro de 1979 foram feitas eleições para o Parlamento.

 

Em 27 de Novembro a campanha da AD passou por Abrantes com direito a comício.

 

Os líderes da AD (que para os mais novos juntava o PPD de Sá Carneiro, o CDS que ainda não era popular nem popularucho de Freitas do Amaral e o PPM de Gonçallo Ribeiro Telles, hoje reduzido à liga de amigos do fadista Câmara Pereira  ). vinham falar aos abrantinos em pleno Largo Barão da Batalha.

 

 

 

 

 

 

Montepio Abrantino

 

Foto Dias dos Reis

 

 

Como se sabe o Largo foi ''modernizado'' pelo Sr.Carvalho

 

 

Em 1979, ainda havia o velho Pelicano. O Largo era o centro da cidade. A Rodoviária estava nos Claras e  e o muro em frente das velhas Lojas Gomez, Bruno e Águia de Ouro ainda existia.

 

O ajuntamento político foi convocado para a frente da Assembleia.

 

Com este panfleto

 

 

 

 

 

A gralha trocava o Gonçalo Ribeiro Telles por Mestre David, emérito cavaleiro de Coruche, promovido sem vontade nenhuma a líder político e obrigado a fazer uma faena em Abrantes.

 

  macroscópio

 

Olé, Mestre David!!!!!

 

 

Perguntei a um senhor baixinho onde é que havia gente do PPM na terra.

 

Disse o social-democrata: como não encontrámos nenhum resolvemos escolher o senhor Nuno Burguette que é de muita boa família e parece que tem um brasão para ser o nosso PPM local.

 

Vou mandar a reprodução do panfleto ao Dr.Pacheco Pereira para que fique imortalizado na Ephemera.

 

E depois  vem o Gaspar explicar-nos que não somos uma terra taurina.

 

Olé !!!!

 

 

Marcello de Noronha 



publicado por porabrantes às 23:41 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Gonçalo faz 95 anos

Homenagem ao Arquitecto G...

Parabéns Arquitecto!

Parabéns Senhor Arquitect...

Avelino Manana aprende co...

VOTAR MARINHO PINTO É VOT...

O Nobel para Gonçalo, o c...

O fim da REN-Reserva Ecol...

Em nome de Portugal

Ribeiro Telles nos papéis...

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds