Quarta-feira, 03.07.19

Cada militar do Rame ao serviço das autarquias, no combate aos fogos,  (neste caso da CMA ) passa a ganhar 25 € diários de ajudas de custo.

É justo e proporcional.

Trancrevemos a informação da ANBP/SNBP

''O Exército surpreendeu as autarquias ao aumentar quase 600% as ajudas de custo diárias pelo patrulhamento e vigilância nas florestas. O custo por cada militar passsa de 3 para 25 euros.
Os novos valores não foram negociados e há municípios que ponderam não renovar esses protocolos.
O Exército justifica com a necessidade de normalização dos valores''

 

 

 

ma

 



publicado por porabrantes às 17:25 | link do post | comentar

Sábado, 11.05.19

O Jornal Oficial da UE publica este anúncio abrantino a 27 de Março. Tem a ver com obras para corrigir o impacto de incêndios nas freguesias de Fontes,  Carvalhal, e União das Freguesias de Abrantes (São Vicente e São João) e Alferrarede.

A nossa pergunta isto já foi decidido em sessão camarária e a assunção de despesa assumida pela Assembleia Municipal??????

Foi ou não?????

 

Ler aqui o anúncio transcrito:

Portugal-Abrantes: Serviços de incêndios

2019/S 061-142149

Anúncio de adjudicação de contrato

Resultados do concurso

Serviços

Legal Basis:

Diretiva 2014/24/UE

Secção I: Autoridade adjudicante

I.1)Nome e endereços
Município de Abrantes
Praça Raimundo Soares
Abrantes
Portugal
Correio eletrónico: contratacaopublica@cm-abrantes.pt
Código NUTS: PT16I

Endereço(s) Internet:

Endereço principal: www.cm-abrantes.pt

I.2)Informação sobre aprovisionamento conjunto
I.4)Tipo de autoridade adjudicante
Autoridades regionais ou locais
I.5)Atividade principal
Serviços públicos gerais

Secção II: Objeto

II.1)Quantidade ou âmbito do concurso
II.1.1)Título:

Aquisição de serviços para intervenções de estabilização de emergência após incêndio

 

Número de referência: DF-CP-11/2018
II.1.2)Código CPV principal
75251000
II.1.3)Tipo de contrato
Serviços
II.1.4)Descrição resumida:

Aquisição de serviços para intervenções de estabilização de emergência após incêndio.

 

II.1.6)Informação sobre os lotes
Contrato dividido em lotes: sim
II.2)Descrição
II.2.1)Título:

Recuperação das infraestruturas afetadas

 

Lote n.º: 1
II.2.2)Código(s) CPV adicional(is)
75251000
II.2.3)Local de execução
Código NUTS: PT16I
Local principal de execução:

Concelho de Abrantes.

 

II.2.4)Descrição do concurso:

Aquisição de serviços para intervenções de estabilização de emergência após incêndio.

 

II.2.5)Critérios de adjudicação
Preço
II.2.11)Informação sobre as opções
Opções: não
II.2.13)Informação sobre os fundos da União Europeia
O contrato está relacionado com um projeto e/ou programa financiado por fundos da União Europeia: sim
Identificação do projeto:

PDR2020-814-030267

 

II.2.14)Informação adicional
II.2)Descrição
II.2.1)Título:

Controlo da erosão, tratamento e proteção de encostas

 

Lote n.º: 2
II.2.2)Código(s) CPV adicional(is)
75251000
II.2.3)Local de execução
Código NUTS: PT16I
II.2.4)Descrição do concurso:

Aquisição de serviços para intervenções de estabilização de emergência após incêndio.

 

II.2.5)Critérios de adjudicação
Preço
II.2.11)Informação sobre as opções
Opções: não
II.2.13)Informação sobre os fundos da União Europeia
O contrato está relacionado com um projeto e/ou programa financiado por fundos da União Europeia: sim
Identificação do projeto:

PDR2020-814-030267

 

II.2.14)Informação adicional

Secção IV: Procedimento

IV.1)Descrição
IV.1.1)Tipo de procedimento
Concurso aberto
IV.1.3)Informação acerca do acordo-quadro ou sistema de aquisição dinâmico
IV.1.6)Informação acerca do leilão eletrónico
IV.1.8)Informação relativa ao Acordo sobre Contratos Públicos (ACP)
O contrato é abrangido pelo Acordo sobre Contratos Públicos: não
IV.2)Informação administrativa
IV.2.1)Publicação anterior referente ao presente concurso
Número do anúncio no JO S: 2018/S 063-140053
IV.2.8)Informação relativa à rescisão do sistema de aquisição dinâmico
IV.2.9)Informação relativa à rescisão do convite à apresentação de propostas sob a forma de um anúncio de pré-informação

Secção V: Adjudicação de contrato

Um contrato/lote é adjudicado: não
V.1)Informação sobre a não adjudicação
O contrato/lote não é adjudicado
Não foram recebidas propostas ou pedidos ou foram todos rejeitados

Secção VI: Informação complementar

VI.3)Informação adicional:
VI.4)Procedimentos de recurso
VI.4.1)Organismo responsável pelos processos de recurso
Câmara Municipal de Abrantes
Abrantes
Portugal
VI.4.2)Organismo responsável pelos processos de mediação
VI.4.3)Processo de recurso
VI.4.4)Serviço junto do qual podem ser obtidas informações sobre os processos de recurso
VI.5)Data de envio do presente anúncio:
22/03/2019


publicado por porabrantes às 19:56 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.09.18

ver expresso



publicado por porabrantes às 23:31 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.07.18

tunel flávio

 Foto publicada no face pelo grande abrantino Flávio Rodrigues que escreveu:

''A EN118 no Concelho de Abrantes, desde a entrada Oeste após Santa Margarida da Coutada e o Pego é a imagem da má gestão por parte do Município de Abrantes e o Instituto Estradas de Portugal no que diz respeito ao cumprimento das Faixas de Gestão de Combustível na Prevenção aos Incêndios Florestais. Como é visível é uma vergonha o mato que ocupa as estradas.... 😡🌿🔥''

 

mato flávio

Com a devida vénia, título nosso...

 

mn

 

ps Quando multa a GNR esta tropa?



publicado por porabrantes às 10:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.07.17

maçao fogo.png

Vice-Presidente do Mação acusa Governo actual e anteriores de responsabilidades na tragédia do Mação

ver aqui

Imagens impressionantes no Público

 

20264600_1601832833222787_3054024770521988809_n.jp

Entretanto Marcelo foi ao Mação (foto roubada ao amigo António Colaço) e a Senhora Ministra continua sem se demitir  ...

O que a ''estadista'' merece é ser responsabilizada, ela e o Estado, nos tribunais.

ACosta_Macao.jpg

(Foto Trilho da Floresta)

Entretanto em  2016, lá por Abril, o Costa, escoltado pelo Capoula Santos, tinha ido ao Mação, no Dia Mundial da Floresta e bradou, com a insustentável leveza dum betinho que não sabe distinguir entre uma azinheira e um sobreiro, ''Hoje, temos um sistema de prevenção mais robusto. Hoje, temos um sistema de combate mais robusto. Mas aquilo que temos de ter, sobretudo, é uma floresta mais robusta, mais resiliente ao fogo e por isso mais suscetível de criar riqueza''.

 

Está-se mesmo a ver o sistema de combate ''mais robusto'', com  64 cadáveres calcinados em Pedrógão e com o centro do país devastado e com mais de uma dezena de boys, com cartão partidário na algibeira, espalhando o caos na Protecção Civil.

 

O Centro do País vai arder mais, designadamente nos distritos de Coimbra, Leiria, Viseu, Castelo Branco e Santarém. Estes distritos foram sacrificados à monocultura eucalipteira e entregues ao latifúndio das celuloses que controlam mais de 200.000 hectares de terra, quando a Constituição estabelecia a Reforma Agrária como princípio de política de ordenamento agrícola.

 

Diz Henrique Pereira dos Santos,  que os fogos são inevitáveis, mas que é preciso saber geri-los atempadamente. É actualmente o académico que melhor entendeu o problema e acusa uma série de interesses interligados, das autarquias aos bombeiros, de quererem manter esta situação e de fugirem da prevenção, como o Diabo foge da Cruz..... 

 

(....) Há uma responsabilidade da Administração Interna e obviamente das autarquias, porque isto tem na base uma aliança entre os corpos de bombeiros e as autarquias para manter esta situação, que recusam qualquer tipo de profissionalização, que recusam qualquer integração entre combate e prevenção. Aí há uma responsabilidade claríssima do poder autárquico e dos órgãos de bombeiros”, indicou.

“Quando há um secretário de Estado da Administração Interna que resolve dizer que ‘o fogo é imprevisível, o que há é uns académicos que têm umas teorias sobre isso’, é evidente que tem responsabilidade. Porque está a dizer que descarta o conhecimento que existe sobre a gestão de fogo porque acha que o problema é imprevisível. É a mesma coisa que a Assunção Cristas andar a rezar a Nossa Senhora por causa da seca“, criticou também.

E concluiu: “O senhor presidente da liga dos bombeiros há 30 anos que anda a dizer disparates sobre fogos e a manter esta situação e a lutar desesperadamente por esta situação em que os corpos de bombeiros vivem à conta do Estado.” (...)

 

ler a entrevista ao ECO, um novo jornal muito aconselhável  

 

mn



publicado por porabrantes às 11:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.07.17

vale de açor 1 fábio.jpg

vale de açor 2 sara fábio dias.jpg

vale de açor 3.jpg

 Imagens do fogo de Vale de Açor e a acção dos valentes Bombeiros de Alpiarça.

Fotos metidas no face por Sara Fábio Dias reproduzidas com a devida vénia.

 

Estamos fartos de ouvir os sábios explicarem que os eucaliptos ardem pouco....

 

abrantes v.g. hugo pereira 2016.jpg

mais eucaliptos a arder, era 2016, imagem de V.G. Hugo Pereira

 

por acaso é mais fácil encontrar imagens de eucaliptos a arder...que de sobreiros

 

ma



publicado por porabrantes às 20:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.07.17

chambel 3.png

chambel 1.png

cambel 2.png

leia o artigo todo no Expresso de sábado passado...

 

com a devida vénia

 

ma 



publicado por porabrantes às 23:53 | link do post | comentar

Domingo, 25.06.17

matagal.png

O apelo do Sr.Matos foi ilustrado com estas fotos:

matagal 1.jpg

matagal 2.jpg

matagal 3.jpg

matagal 4.jpg

Se este mato começa a arder é uma tragédia.

mn



publicado por porabrantes às 09:35 | link do post | comentar

louça.png

ler aqui

 

ma



publicado por porabrantes às 08:56 | link do post | comentar

Sábado, 24.06.17

 

Segundo o Plano Municipal de Defesa das Florestas é ao sábado dos meses de Junho a Setembro que há mais fogos....

 

Hoje é sábado

 

A pergunta é: está reforçada ao sábado a protecção civil e os bombeiros?

 

sábado fogos.png

19113978_10207600512970568_4457175803765381229_n.j

ma



publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Militares do Rame: 25 € /...

O Concurso europeu prós i...

Incêndio importante na Ma...

Quando multa a GNR esta ...

A ferro e fogo

Os eucaliptos não ardem

O fogo do Tramagal no Exp...

Bomba junta ao Tecnopolo

Medo de apurar responsabi...

Sábado, dia de fogos abra...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds