Quarta-feira, 28.04.21

Em 2015, a CDU desmascarou toda a política da autarquia em relação ao IPT e os sucessivos incumprimentos do IPT e da Administração Central.

Volta-se a publicar a correctíssima declaração de voto do Vereador Comunista, Dr.Avelino Manana e ainda a referir que é mais uma machadada no centro histórico, retirar a Esta da Cidade.

'' 

DECLARAÇÃO DE VOTO DA CDU (CONTRA), SOBRE UM PROTOCOLO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES E O INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR - IPT, APRESENTADO NA REUNIÃO DE 24 DE FEVEREIRO.

A CDU tem votado, desde sempre, favoravelmente os apoios da Câmara Municipal de Abrantes ao Instituto Politécnico de Tomar - Polo de Abrantes, concretamente no que diz respeito a vários investimentos, nomeadamente por intermédio da Tagus Valley – Tecnopolo.

É agora proposto um protocolo com o IPT, bem como a aprovação de uma série de novos cursos a serem ministrados em Abrantes, em relação aos quais os quais a CDU nada tem a obstar. Embora anunciado como sendo uma intervenção supletiva, vem consignado no protocolo, como deveres da CMA, a sua responsabilidade no que respeita às infraestruturas necessárias à lecionação desses mesmos cursos, bem como o suporte financeiro relativamente à energia, manutenção e adaptação dos espaços e ainda as
despesas com o pessoal técnico-administrativo.

A CDU sempre entendeu que o apoio ao IPT seria uma situação temporária, porquanto o Instituto Politécnico de Tomar faz parte da rede do Ensino Superior Público e, pertencendo a sua tutela ao Poder Central, cabe a este exercer as suas competências na implementação e desenvolvimento de todos os Institutos Politécnicos.

Porém, não é isto que se tem verificado nos últimos anos; além do aumento da uma enorme carga fiscal que este Governo tem feito recair sobre os cidadãos, temos assistido a um desinvestimento na Saúde, na Educação - nomeadamente nos Institutos Politécnicos -, e também no Poder Local.

Perante esta situação, a Câmara Municipal de Abrantes tem tomado uma atitude, por um lado, de reconhecer que está a substituir as competências e funções que são devidas ao Poder Central, mas, por outro lado acaba por colmatar com financiamento municipal os buracos deixados por esse mesmo Poder
Central.

Assim, as verbas que poderiam e deveriam ser canalizadas para concretizar competências do Poder Local, são utilizadas para colmatar as falhas do Poder Central. Tem sido assim no campo da Saúde, no campo dos Espaços do Cidadão, etc.

Porque consideramos que a Câmara Municipal não deve continuar a assumir as competências que pertencem ao Poder Central, a CDU vota contra a ratificação deste protocolo.

Abrantes, 24 de Fevereiro de 2015

O Vereador da CDU

 

 

 



publicado por porabrantes às 22:39 | link do post | comentar

Sábado, 13.03.21

O filho da extremosa D. Blandina, o José Bayolo denuncia os irmãos, ou seja Diogo Pacheco de Amorim, João Saturnino e Fernando porque querem vender a Biblioteca do Pai. Em carta a Guilherme Braga da Cruz, do Rio, em 14-10-1976

chega-pacheco-de-amorim (1).jpg

 

Ora bolas, estavam no seu direito de fazer partilhas.

Parte da biblioteca está no IPT ( vamos ver se há pachorra para fazer a história, foi alojada à borla em instalações deste organismo, catalogada grátis por gente desta instituição e o Bayolo dizia que a dava, mas à última hora retirou o melhor e vendeu-o em leilões, à Torre do Tombo e a alfarrabistas.)

Eis um dos livros à venda

11229405023.jpg

Constituições Sinodais do Arcebispado de Braga

 

Ora se o Bayolo se desfez deles, porque não podiam os manos fazer o mesmo?

ma

  

 

 



publicado por porabrantes às 09:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 09.02.21

O vereador Armindo Silveira acaba de interrogar os caciques se há algum estudo de viabilidade do MIAA.

O Valamatos atirou bolas fora e não falou deste estudo de viabilidade encomendado pela CMA.

Porque seria?

 

Foi feito pelo IPT, que para o realizar teve de contratar a ''empreitada'' com uma consultora externa.

Quantos funcionários lhe devem ser adscritos?

13  em 2021

miaa pessoal.png

Quais sãos os custos previstos?

custos.png

O estudo está prejudicado pelos atrasos sucessivos, por uma delirante estimativa de receitas, mas mesmo assim mostra que o MIAA será um elefante branco. E espera receitas que estão inflacionadas

receitas.png

Para elaborar o delirante projecto final (a torre) haveria que recorrer ao crédito

sensibidade.png

 

crédito.png

 

 

Naturalmente o claro, o frontal, o correcto, seria entregar este estudo ao Vereador e tê-lo on-line para que os abrantinos estivessem informados.

ma

PS- o estudo não indica, por o compromisso ser posterior, os 50.000 € anuais que a CMA tem de entregar a obras sociais no concelho, a indicar pela Fundação Estrada, em troca da disponibilização da colecção, nos termos do protocolo assinado 

   



publicado por porabrantes às 10:23 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23.11.20

As cunhas da família    do fascista Pacheco do Amorim, 1º Director do IPT ao Professor Salazar 

pacheco-de-amorim.jpg

"Se me dirijo hoje a vossa excelência é para ter a certeza de encontrar no senhor doutor o amigo que sempre foi para nós, lembrando-me das boas relações que tínhamos em Coimbra e a amizade que tivemos sempre de vossa excelência."

Blandina, lambendo as botas ao homem que ergueu o Tarrafal 

Pacheco de braço erguido saúda a barbárie

As  eróticas  cartas da D.Blandina, a extremosa mãe do nacional-salazarista, ao Ditador são tocantes, cheias de amor  

 

Só não percebemos porque não montou uma cadeira para negar o Holocausto e explicar a ''conspiração judaica''  na tasca.

ostra.jpg

 

O tipo que dedicou um livro ao fascista 

Resilience and transformation in the territories of low demographic density : studies in honnour of prof. José Bayolo Pacheco de Amorim, on occasion of the establishment of the UNESCO-IPT chair on humanities and cultural integrated landscape management

Autor:Luís OosterbeekLaurent Caron
Editorial:Mação Instituto Terra e Memória 2019
Serie:Arkeos. Perspectivas em diálogo, 48

 

ma

Prova Torre do Tombo 



publicado por porabrantes às 21:11 | link do post | comentar

Sábado, 31.10.20

Os doutores do IPT estão indignados porque os funcionários não os tratam pelos títulos académicos, alguns adquiridos na peculiar Universidade do Alto Douro, diz o colega Tomar na Rede.

Um dos protestantes foi o Mendes, aquele que quando era Deputado, fez um requerimento para saber se tinham vendido a Janela da Sala do Capítulo e uma casa do Pego aos japoneses, era uma peta do 1º de Abril

mendes ipt 5.png

O Mendes é muito dado a protestar, ei-lo noutro protesto há anos..... 

mendes ipt 1.png

Vimos sugerir que passem a passear pelo IPT em traje regional,  para evitar confusões com o pessoal menor, apesar daquilo estar muito longe de ser uma Universidade....

 

ostra.png

 

 

 

  


tags:

publicado por porabrantes às 18:13 | link do post | comentar

Sábado, 03.10.20

Tomar

 

Gestão da Edificação de Obras 27 vagas-0 colocados

Tecnologia Química                    28 vagas-2 colocados

 Engenharia Electrotécnica e de Computadores 43 vagas -2 colocados

 

Abrantes

Engenharia Mecânica 25 vagas 0 colocados

Informática e Tecnologias Multimédia 33 vagas 0 2 colocados

Na ESTA 123 vagas, 41 colocados  


tags:

publicado por porabrantes às 09:12 | link do post | comentar

Sábado, 25.04.20



publicado por porabrantes às 09:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.10.19

Divulga-se por interesse público o protocolo assinado em 1999 entre o IPT e a CMA

ipt 1

ipt 2

Da sua análise verifica-se que a construção duma residência de estudantes era competência do IPT e foi a CMA que a pagou.

E ainda, que competia e compete ao IPT a construção e o pagamento duma sede própria e que não o fez.

E que parece que querem que a autarquia o faça.

A isto, junta-se quase 1 milhão de euros gasto a comprar o edifício Milho para ceder ao IPT

Portanto verifica-se que o IPT não cumpriu o protocolo e que os sucessivos caciques não exigiram esse cumprimento e que se dedicaram a financiar uma Escola que se vê grega para ter alunos.

É este o balanço de 30 anos de Esta.

O incumprimento generalizado dos compromissos assumidos por parte do IPT e a autarquia transformada em vaca leiteira destes cursos de terceira.

ma     


tags: ,

publicado por porabrantes às 16:56 | link do post | comentar

Domingo, 08.09.19

Engenharia Mecânica na Esta- 25 vagas.

Nenhum aluno de Portugal solicitou qualquer vaga.

25 vagas às moscas.

Informática e Tecnologia Multimédia na Esta -30 vagas.

Nenhum aluno de Portugal solicitou qualquer vaga.

30 vagas às moscas.

Cinema Documental- 22 vagas na Esta

12 vagas às moscas

Jornalismo na Esta-35 vagas

5 vagas às moscas

Média de entrada neste curso-9,75

Os alunos que entraram têm em geral média negativa

Nem chegam a um mísero dez.

Vale a pena gastar uma pipa de massa para renovar as instalações para uma Escola com estes resultados ou seria melhor fechá-la?

 

A falta de sucesso da Esta a que se deve?

Naturalmente ao corpo docente.

Outra alternativa seria mudar de corpo docente.

Mas pagar uma escola destas, que não atrai alunos, nem tem cursos relevantes, é demasiado caro.

Vale a pena ver mais números do IPT?

ipt col

 

Houve um tempo em que Abrantes tinha Escolas que atraiam alunos de todo o país.

Chamavam-se Colégio de Fátima e La Salle.

Agora é uma cidade universitária que não consegue atrair estudantes.

Outras hipóteses, atrair alunos do Terceiro Mundo que queiram cursos de terceira e pagar-lhes para que estudem na Esta.

Aposto que estão a pensar nisso, em vez de pensarem em criarem cursos decentes.

mn

fonte: Público

 

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 09:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.05.19

Os medíocres resultados do IPT (o Politécnico com menos estudantes do país) no Tomar na Rede


tags:

publicado por porabrantes às 21:05 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando a CDU desmascarou ...

A estranha história da bi...

A viabilidade do MIAA e o...

As cunhas da Blandina, mã...

No IPT docentes devem an...

IPT às moscas

Camarada Pacheco do Amori...

Os vinte anos de incumpr...

Alunos chumbam Escola Sup...

Leia os colegas

arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
16


31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds