Sábado, 15.02.14

um país onde o amianto provoca 39 mortes por ano diz o Público

 

 

 

 

 

foto do Público

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e nas Escolas de Abrantes e Tramagal há amianto.....

 

 

O Embaixador Jorge Ritto que sucedeu a Lourdes Pintasilgo na Unesco e era amigo dela vai deixar de estar de cana e virá pra casa.....O Ritto foi condenado por pedofilia e a Embaixadora Pintasilgo, inacessível à vida sexual do Ritto, nunca deu por nada. Contudo o MNE do Reino de Marrocos solicitara às Necessidades que afastassem o Ritto das crianças marroquinas.

O Ritto não foi demitido ainda compulsivamente da carreira diplomática nem o Cavaco lhe retirou as condecorações que outros Presidentes lhe deram.

 

  

Former Portuguese ambassador Jorge Ritto at Lisbon's court
Os caciques do Médio Ribatejo resolveram propor uma acção popular contra Paulinha Teixeira da Cruz, advogada de negócios lisboeta,  actualmente a desempenhar o cargo de M. da Justiça ou para ser mais sério contra o Governo devido ao nefando mapa judiciário. Estranha-se que a CIMT tenha deliberado fazer isso por unanimidade, porque são totalmente opostas as posições defendidas pela CMA, presidida por Céu Albuquerque e da CM Tomar, presidida pela Srª Freitas e subpresidida pelo Serrano. Também se estranha e não se entranha (obrigado divino Fernando António Nogueira Pessoa)  que caciques proponham uma acção popular porque o que deveriam fazer seria uma acção cacical...
Finalmente a comunidade académica constitucional (ou o que isso seja), presidida por Marcello Duarte Nuno Rebello de Souza já fez saber que está no âmbito dos poderes governamentais redesenhar o mapa judiciário, pelo que é uma estupidez abissal contestá-la nos tribunais.Pode ser contestada politicamente, no Parlamento ou na rua, mas não nos tribunais.
Passo aos blogues: é imprescíndível ler na Coluna Vertical este extraordinário post do Sr.Artur Lalanda  sobre o bento negócio da Abrantaqua. Podia distrair os leitores comentando que a Hola já falou dos amores da verdadeira dona da Abrantaqua, mas isso seria fazê-los distrair do essencial ou seja da forma ruinosa para o concelho e desastrosa para o ambiente como os intereses instalados vêm tratando deste assunto. Ainda no blogue do dr. Santana-Maia não se deve perder este artigo do dr. Eurico Consciência, que num português digno dos deuses, fuzila e repristina a Ministra da (In)justiça. Aí e na Imprensa também se dá nota da tomada de posse da nova direcção da Ordem dos Advogados. Vai um abraço pró Dr.Santana-Maia e bom trabalho
       
 Mirante
No Expresso também sai o António Colaço.
MA


publicado por porabrantes às 13:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.09.10


in http://ex-ku-malha.blogspot.com/

 

O humor negro é a especialidade do magnífico blogue donde reproduzimos esta caricatura.

 

Temos a certeza que o Embaixador Ritto e a Santa Lurdes achariam imensa piada à caricatura acima reproduzida!!!!





A Senhora DrªIsabel do Carmo é que não, sempre foi uma mulher muito séria que se dedicou full-time à ditadura do proletariado, até se passar a dedicar à ditadura da dieta !!!!!

 

O problema é que há pessoas como a nossa musa, Senhora de Baptista Pereira que são contra as ditaduras e se recusam a aceitar a dieta proletária da drª Isabel

foto da Senhora de B.Pereira.

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 20:39 | link do post | comentar

Vamos provar qual foi o grau de intimidade entre o Sr. Embaixador Jorge Ritto e a Santa Abrantina Maria de Lurdes Pintasilgo. Fazemo-lo com documentos, ao abrigo da lei, partindo do princípio que a Fundação Cuidar o Futuro que conserva o espólio (todo ou parte?) da política e santa abrantina possui autorização das pessoas que enviaram correspondência particular à Santa, para a sua divulgação na Internet como o faz a dita Fundação.

 

Supomos portanto que tal autorização terá sido concedida nos termos do art. 78 do Código Civil.

 

 

O telegrama de Jorge Ritto

 

 

 

O Sr. Embaixador Ritto muito bem acompanhado. Foto Reuters

 



A biografia oficiosa de Maria de Lurdes Pintasilgo de que falaremos um dia destes.

 

De que trata o telegrama do Embaixador?

 

De dar os parabéns à Santa Abrantina, que fazia anos a 18 de Janeiro.

 

Um cavalheiro e um diplomata, o sucessor de Pintasilgo na Unesco....

 

Desde já requeremos à Paróquia de São Vicente que a casa de abrigo de criancinhas em risco animada pela Paróquia referida, chamada Casa de São Miguel se passe a chamar Casa Embaixador Jorge Ritto.

 

A Santa ficaria contente.

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 19:15 | link do post | comentar

 

Finalmente ditou-se justiça. Dirá o leitor que mais vale tarde que nunca. Mas uma justiça que demora cinco anos não é justiça. Por isto este processo obrigará a uma revisão dos códigos de processo e penais.

O que não se admite num Estado de Direito é a modificação atabalhoada feita no Código Penal quase começou a investigação e foram envolvidos no caso alguns políticos socialistas.

Como não se admite a actuação da generalidade dos Provedores da Casa Pia que desempenharam mandatos durante os longos anos naquela que foi a Casa dos Horrores.

Um harém de efebos para gozo e desfrute de personalidades da jet.

Houve autoridades a fazer a vida impossível a um professor da Casa Pia que vinha denunciando a situação e a quem foi movida uma perseguição implacável.

Também não se percebe que a Procuradoria não tenha sentado no banco dos réus, neste ou noutro processo, os vários Ministros que ao longo dos anos que durou o cálvario dos menores tutelaram a Casa Pia.

Houve Ministros que tiveram conhecimento das queixas e nada fizeram, levando os dossiers para casa para os fazer sair no momento oportuno.

A Ministra da Saúde Leonor Beleza viu-se envolvida num processo devido à responsabilidade da tutela num caso de transfusões de sangue contaminado.

Parece que há na Justiça Portuguesa duas varas de medir.

E restam as consequências políticas. Quem nomeou Manuel Abrantes para a Casa Pia foi Ferro Rodrigues.

Pensamos que se devia demitir de todos os cargos públicos e terminar a sua carreira política. Como pensamos que são verdadeiras as afirmações feitas sobre ele no Relatório do 25 de Novembro de 1975, acerca da sua actuação no Regimento de Infantaria de Abrantes, nunca deveria ter começado uma carreira política num regime democrático.

Porque essas acusações sustentam que ele participou num levantamento militar contra o

regime democrático.

Da mesma forma, vários Ministros e a abrantina Lurdes Pintasilgo trabalharam e deram lugares de relevo ao embaixador Jorge Rito.

Não sabiam que no Ministério de Estrangeiros havia queixas de pelo menos 2 países contra Rito por questões relacionadas com menores?

Desculpem mas não acredito. A diplomacia portuguesa é um mundo demasiado pequeno para não se saberem essas coisas.

E no Tribunal de Cascais já constavam queixas contra Rito a que não foi dado seguimento.

E houve na diplomacia pelo menos mais um caso que terminou tragicamente na morte de um diplomata luso por um menor no Brasil.

E houve um Presidente da República que deu uma alta condecoração a Rito. Não foi Cavaco.Que pensará agora fazer o Conselho das Ordens Honoríficas que funciona em Belém?

inhttp://cuscasdasgajas.blogspot.com


Expropriar a condecoração ao alegado pedófilo condenado? Ou esperar 10 anos para que haja uma sentença transitada  em julgado?

Resta a Dona Lurdes Pintasilgo, essa Santa, que conseguiu trabalhar intimamente com Rito na Unesco e nunca terá suspeitado que o Embaixador era um  pedófilo. Perdão, um alegado pedófilo porque haverá esperar que a sentença transite em julgado e isso demorará anos.

Portanto só me resta sugerir que a CMA quando abra a casa natal da D.Lurdes para acolher as vítimas do machismo abrantino, coloque logo à entrada uma fotografia da Engenheira com o Embaixador Rito na Unesco.


O Embaixador Ritto é o primeiro. in AP Photo/Armando Franca

 

Adérito Abrantes



publicado por porabrantes às 16:56 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Revista de Sábado

Humor negro

Pintasilgo, a Santa e o E...

A Casa Pia e Dona Lurdes ...

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds