Sexta-feira, 06.07.18

1895. Está no governo o Partido Regenerador dirigido por Hintze Ribeiro, com apoio de João Franco, que começa uma carreira política que dá que falar.

O político de Alcaide é Ministro do Reino e portanto controla os governadores civis e estes o aparelho caciquista, composto pelos padres, influentes e cabos de esquadra. Da sua cor, porque também há o aparelho do P. Progressista, que em Abrantes conta com a Família Abreu ( a de Solano), o padre Martins (Vigário de S.João e depois de S.Vicente), o banqueiro Visconde do Tramagal, uma poderosa família aristocrática de Alvega, a família Falcão etc.

Do lado do P. Regenerador, está omnipresente o major Avellar Machado e o seu homem de mão, o bacharel Emílio Segurado e quase todo o aparelho burocrático e eclesiástico do concelho,  que lhe obedece.

E o Visconde da Abrançalha, o riquíssimo morgado Ataíde, o rendeiro e feitor dele, o Álvaro Damas e o dr. António Bairrão, do Tramagal, Presidente da Câmara, mais outro tramagalense , o farmacêutico Motta Ferraz..

Hintze governa em ditadura (ou seja com as Cortes fechadas)  e anuncia que muda a lei eleitoral  restringindo o número de votantes, acabando com a representação das minorias, centraliza o poder com novo código administrativo, suprimindo concelhos, vai tentar também liquidar na prática a Câmara de Pares.

E ameaça aumentar os impostos.

José Luciano lança uma enorme campanha de protesto, que em Abrantes se traduz num comício em que falam o banqueiro do Tramagal, o dr. Zeferino Falcão, o padre Martins, o publicista republicano Magalhães Lima , o político e académico Frederico Laranjo (que seria Par do Reino em 1898)  e convidam o dr.Ramiro Guedes, líder da pequena formação republicana local.

Presentes representantes dos Lojistas de Lisboa e da Associação comercial dessa cidade

O ''meeting'' reúne umas 3 mil pessoas....,segundo  Eduardo Campos, que deve ter confiado demais na propaganda progressista.

correio da noite 2

Presidiu ao comício o morgado e banqueiro  João  Themudo de Oliveira Mendonça,   que no cartão de visita  gostava de exibir ''Visconde do Tramagal, bacharel formado em Direito e vice cônsul de Hespanha em Abrantes'', secretariado por Ramiro Guedes e pelo rico comerciante, residente no Largo de S.Julião (onde está o pátio traseiro do Palácio Falcão), José Pedro Machado, António Dias Estevinha e António Maria Santos.

Choveu mas parece que isso não assustou a assistência.

O Ramiro Guedes botou discurso e fez o  seu primeiro banho de massas, graças ao P.Progressista.

Disse o Visconde Mendonça  '' A nossa Constituição, que custou rios de sangue e lágrimas, está hoje calcada aos pés''.

Mas a estrela foi Frederico Laranjo, cabo eleitoral na região (era de Portalegre) dos progressistas:

frederico

 Tudo isto é a versão do P.Progressista no seu órgão jornalístico

correio da noite 3 fev 1895

De forma que convém avisar que em 3 de Fevereiro houve um comício progressista, do partido de José Luciano de Castro, em que o minúsculo PRP abrantino fazia de figura decorativa.

A imprensa regeneradora conta a coisa doutra forma e diz que só estavam 500 pessoas.

di 4-2-1895

Diário Ilustrado, órgão regenerador, 4-2-1895

 

 

Só para terminar convém citar o padre Martins, uns meses depois, na véspera das eleições de Novembro, quando Avellar foi  reeleito, depois duma burla eleitoral medonha, '' Não creio na eficácia das lutas de palavra, nem de imprensa, perdida como está a noção de lei, necessitamos além da abstenção um movimento enérgico e decidido ''.

(reunião de Lisboa do P.Progressista)

O Padre andava furioso com o dr.António Bairrão e companhia pela destruição do Convento da Graça, a medida estrela dos regeneradores locais.

Mas tudo se acalmou....o rotativismo ainda tinha pernas para durar e  a ''velha raposa'' ou seja José Luciano voltaria ao poder em 1897

mn

 

ver Eduardo Campos, Cronologia do Século XIX

http://maltez.info/respublica/portugalpolitico/eleicoes_portuguesas/1895.htm

     



publicado por porabrantes às 17:16 | link do post | comentar

Sexta-feira, 07.10.16

correspondencia-___0002-200x352.jpg

O político e leader do P.Progressista, José Luciano de Castro  recebe carta  do influente político abrantino Severino Santana Marques que lhe pergunta opinião acerca duma coligação eleitoral entre o PP e o PRP abrantino, cujo chefe era Ramiro Guedes.

severino carta.png

José Luciano...

O_sr__conselheiro_José_Luciano_de_Castro_no_seu_g

José Luciano, que tinha abandonado a chefia do governo em Março desse ano, dá uma negativa ao pacto proposto. Severino Santana Marques não seria candidato, e  a coligação não foi concretizada,

O Moreirinha

Manuel_Moreira_Júnior.jpg

colega de profissão do Ramiro Guedes, dirigente parlamentar do PP, que o médico abrantino queria fazer eleger em lista republicana... 

ramiro guedes - copia.jpg

 

A coligação esboçada entre o PP e o PRP teria consequências no pacto abrantino que levou à eleição de P. da Câmara de Solano de Abreu, em 1908

 

Falta retratar o Severino...que teria larga trajectória política e que deixaria de ser progressista para passar à Direita Republicana, depois do bambúrrio.

 

severino santana marques.jpg

(foto Tubucci)

ma

créditos: José Luciano ANTT/Torre do Tombo, dr.Moreira-Faculdade de Medicina de Lisboa

 

lá para os finais ds anos 20 o Severino e o Guedes andariam de novo juntos, órfãos de um Bonaparte chamado Sidónio



publicado por porabrantes às 23:33 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.11.15

A Barca destaca e bem uma exposição importante sobre o Conselheiro José Luciano, chefe do Partido Progressista que está na Chamusca. Sem grande tempo para analisar os bons serviços que José Luciano prestou a Abrantes ou a sonora patifaria que lhe fez João Augusto Silva Martins (Martins Júnior) à passagem dele pela Estação do Rossio ( nesse dia o João Augusto não estava aos tiros a alguém), ou ainda as suas relações com Solano de Abreu e Severino Santana Marques,

zé luciano.jpg

anota-se que o  Conselheiro na sua faceta de magistrado julgou o ''Caso Milho''

milho 4.png

 E dir-se-á que ele desaconselhou a coligação entre o PP de Solano de Abreu e Saverino Santana Marques e o PRP de Ramiro Guedes, como se mostrará outro dia.

Em resumo: o Milho não queria dar a massa aos abutres do fisco.

mn

créditos: A Barca



publicado por porabrantes às 18:07 | link do post | comentar

Domingo, 12.04.15

lamparina.png

Diário Ilustrado, 24 de Fevereiro de 1866, exactamente no mesmo momento em que José  Luciano de Castro assumia o governo, que era do PP-Partido Progressista e se despedia Fontes Pereira de Melo.

 

Quase de certeza o editor da'' Lamparina'' que se exibia  para festejar o triunfo do Zé Luciano era o dr. Francisco Eduardo Solano de Abreu, então com 27 anos, e que era o editor do Correio de Abrantes, a que os regeneradores chamavam depreciativamente a ''Lamparina''-

 

Quem é que pagara as 6 libras?

 

Certamente o influente do PP ou amigos destes que se tinham cotizado. Também podiam ter saído da farta bolsa do seu Pai, o médico Francisco Rodrigues de Abreu a quem o casamento dera grande fortuna. E Rodrigues de Abreu era o líder nominal do PP abrantino.

 

 

Em  1 de Abril  o Dr.Solano de Abreu era nomeado Administrador do Concelho, cargo que consistia em ser delegado do governo para manter a ordem pública e vigiar a edilidade que estava nas mãos da oposição regeneradora.

 

Não vou ver se nesse dia contratou a banda e comprou uns foguetes para festejar o evento, mandando-os atirar em frente da casa das Zitas, mansão do Visconde da Abrançalha, presidente da CMA, a quem chamava caridosamente ''analfabeto''.

 

Começa aqui a sua carreira política oficial que terminará em 5 de Outubro de 1910, quando os republicanos o saneiam da Presidência da Câmara, para que tinha sido eleito em eleições livres.

 

Eleições mais livres que as que elegeram Solano só se viriam a dar em 25 de Abril de 1975.

 

Talvez o dr. Rui André desencante no arquivo da Filarmónica o recibo das 6 libras.

 

Ou pode ser que a Filarmónica fosse do partido progressista, no Sardoal havia uma banda regeneradora e outra progressista.

 

mn

sobre Solano: Eduardo Campos, Solano de Abreu, vida e obra; Diogo Oleiro-notícia necrológica publicada  no Jornal de Abrantes e que foi aqui transcrita, etc   

 

 

 

   

 

 



publicado por porabrantes às 17:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.02.15

luciano.png

 e do Partido Progressista.

 

Um homem importante, um dia talvez se publique uma carta abrantina do Conselheiro.

ver mais aqui

 

mn



publicado por porabrantes às 21:57 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O primeiro grande comício...

O frustrado pacto entre R...

Zé Luciano julga caso Mil...

Solano chefia banda de Ri...

O chefe político de Solan...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds