Domingo, 04.06.17

agostinho baptista piscina.jpg

O dr.Agostinho Baptista inaugura a Piscina Municipal

 

IMG_2179.jpg

instalações da piscina sobre a égide preclara da cacique

 

piscinas noticias e fotos.jpg

abrantes e fotos

 

 

piscina oferecida por 6.000 Euros dizem-me à Star Hotéis

 

que diria Agostinho Baptista a isto?

 

suponho que o mesmo que a CDU

 

NEGOCIATA

 

mn



publicado por porabrantes às 13:48 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.06.16
 

 

O PSD, a CDU, o Bloco  e o povo abrantino protestaram contra a venda das piscinas velhas a preço da chuva à Star Hotéis, cuja figura de destaque,  é o Zé Procópio dos Santos, como lhe chamam em Albufeira 

josé procópio.jpg

Médio Tejo com a devida vénia

 

Apetecia-me dizer, mas investigaram quem  era o ''empresário de confiança''?

 

Em que negócios andou metido ?

 

 

 

Em 17 de Setembro de 2003 o Cavaco fez uma negociata que encheu as manchetes dos jornais.

9124850_3nWvC.jpg

O Cavaco vendeu as acções da SLN, dona do  BPN, que o insigne Oliveira e Costa lhe cedera a 1 euro por 2.40 euros.

 

No mesmo dia, o  Oliveira e Costa vendeu a José Procópio dos Santos, dono da Luna Hotéis (a dona do Barro Vermelho) 363.636 acções da SLN a 2,75 euros

 

sol 3.png

Felícia Cabrita no Sol

oliveira e costa.jpg

Correio da Manhã

 

 

 

Ficam a saber mais um bocadinho sobre o investidor a quem Nelson Carvalho vendeu o Barro Vermelho a preço de saldo.

nelson isilda 2009.jpg

Um homem que aparecera ligado ao Oliveira e Costa e ao BPN, banco que via SLN tinha o Cavaco e a filha como accionistas.

 

 

ma

 

 

 



publicado por porabrantes às 17:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.06.16

 

am 1.png

am 2.png

 Edital da Assembleia Municipal de hoje, onde estará em discussão a venda das piscinas do hotel por cerca de 6.000 euros ao José Procópio dos Santos ou melhor à sociedade controlada por ele.

O licenciado Gomes Mor não se deu ao trabalho de divulgar o Edital na página do facebook da AM

am 3.png

Estava a contar medalhas.....

O Procópio dos Santos recusou-se a entregar à CMA o terreno do Barro Vermelho e só o entregou depois de perder este processo judicial

procópio.png

Agora, como prémio leva as piscinas velhas, a preço da chuva, face à indignação popular

fartar vilanagem 3.png

procópio 3.png

Isto é, a Star Hotéis teve o supremo descaramento de vir dizer em Tribunal que não sabiam o que tinham assinado, nem sabiam das condições que pendiam sobre outra venda dum terreno municipal a preço simbólico.

E  é à Star Hotéis que o caciquismo quer ceder ou dar as piscinas!

A propósito, numa entrevista recente ao Mirante, disse Maria do Céu:

piscinas 4.png

Isto não é verdade!!!!!

 

A Câmara não podia fazer a reversão do terreno, porque o benemérito Procópio dos Santos se opunha, como se viu atrás, e porque o Dr. José Pedro ou os funcionários municipais dele dependentes, não conseguiram, pelas razões que a Conservadora de Registo Predial saberá, registar a favor da CMA, as condições estipuladas na escriturazinha de venda do terreno 

registo.png

 E tudo indica que a intervenção da Presidente a favor da Star Hotéis, no concurso da Fundo de Turismo, onde tanbém era concorrente o Dr.Ribeiro, tem algo a ver com esta história.

 

Só para acabar, tudo parece indicar que o Procópio dos Santos vai fazer um grande negócio e o Município de Abrantes vai sair largamente prejudicado  ...

 

E que a Presidente não é clara, as usual, nas entrevistas que dá.

 

mn   



publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.06.16

COMUNICADO

Perante a aprovação, na passada sessão de Câmara de 06/06/2016, da proposta da Presidente da Câmara para que esta seja autorizada a vender o terreno das antigas piscinas do hotel de Turismo de Abrantes por €5.856,25, quando este se encontra avaliado em €720.000,00, o PSD de Abrantes considera que é necessário explicar aos munícipes o que se está a passar e porque se opôs à mencionada proposta.

Antes de mais, o PSD de Abrantes afirma que defende a existência de políticas de atracção de investimento privado e de apoio às empresas, de modo a dinamizar economicamente o Município e criar empregos, não sendo qualquer preconceito ideológico que motivou o seu voto contrário, por intermédio da Vereadora Elza Vitório.

            O PSD de Abrantes avalia negativamente a proposta e reputa a sua aprovação de um péssimo exemplo de administração da coisa pública, potencialmente criador de problemas futuros.

Compreenda-se:

  • º - O negócio será realizado com uma empresa que demonstrou, no passado, não ser cumpridora dos seus deveres legais e contratuais;

Trata-se da STAROTEIS – Sociedade Hoteleira Unipessoal, Lda., empresa a quem foi cedida, por arrendamento, a exploração do Hotel de Turismo, e a mesma empresa que adquiriu o campo do barro vermelho pelo preço simbólico de €16,000, com a obrigação de construir um hotel nesse terreno, nunca o tendo feito;

Este assunto foi de tal maneira prejudicial para o Município de Abrantes, que culminou com um processo em tribunal;

  • º - Acreditando numa política de atracção de investimento privado, o PSD de Abrantes defende que as medidas para esse fim devem ser acompanhadas de garantias para o desenvolvimento do Município, tendo a criação de emprego como uma prioridade;

Naturalmente, a venda de um bem por €5.856,25, quando vale €720.000,00 e quando a empresa compradora não cumpriu o prometido no passado, tem de ser acompanhada de especiais garantias de dinamização económica e criação de emprego;

O negócio, como proposto, preocupa-se em que o terreno seja utilizado para fins hoteleiros e turísticos, mas não se preocupa com o essencial, ou seja, estabelecer o dever da STAROTEIS:

  • Reservar um número razoável de postos de trabalho para munícipes e residentes no Município;
  • Fixar a sede da empresa no Município;
  • Salvaguardar a contratação, com outras empresas de Abrantes, de uma parte dos serviços de que necessita para exercer a sua actividade;

Além do mais, o PSD de Abrantes pergunta-se se uma redução substancial do valor do terreno para venda, de maneira a cativar o interesse na exploração das piscinas, teria de ser tão gigantesca como esta é? Parece-nos que não!

  • 3 º - Estando a exploração do Hotel de Turismo entregue à STAROTEIS, por concessão, isso significa que este negócio potencia a hipótese de problemas futuros;

O contrato de arrendamento durará 15 anos, com a opção de compra;

IMG_2178.jpg

 

Assim, se a STAROTEIS não quiser comprar o Hotel de Turismo, o Município ficará com um hotel sem piscina e precisará de encontrar uma nova entidade interessada em explorar o espaço;

Isto poderá causar, entre outros, o desinteresse negocial dessas empresas, porque serão forçadas a pagar uma renda praticamente vitalícia à STAROTEIS, no valor que esta exigir, se quiserem beneficiar das piscinas, o que poderá obrigar o Município a ter de comprar o terreno para manter a exploração do hotel;

De certeza, a STAROTEIS não venderá o terreno por um preço simbólico!

              Por estas razões, por não estarem a ser acautelados os interesses do Município e dos seus munícipes, o PSD de Abrantes não poderia concordar com este negócio, pelo que, em Assembleia Municipal, se baterá vigorosamente pelo seu chumbo!

A CPS/PSD de Abrantes

Abrantes, 9 de Junho de 2016

IMG_2169.jpg

 

sublinhados nossos

fotos do blogue

a redacção



publicado por porabrantes às 14:37 | link do post | comentar

Segunda-feira, 16.02.15

 

No dia 12 de Março o nosso querido Município vai ter uma tentativa de conciliação com o conceituado empresário sr. José Procópio Lourenço dos Santos que ia construir um grande empreendimento hoteleiro no Barro Vermelho

 

O Jornal de Notícias contava assim as aventuras desta joint-venture entre o sr. Procópio e a autarquia:

 

Abrantes: Luna Hotéis and Resorts

investe 10 milhões em hotel de quatro

estrelas

 | 11/08/2007
 
 
 

Abrantes, Santarém, 11 Ago (Lusa) - Com uma rede nacional de 16 hotéis de três e quatro estrelas, sobretudo no Algarve, o Luna Hotéis and Resorts decidiu agora investir em Abrantes com a construção de um hotel de quatro estrelas num investimento a rondar os 10 milhões de euros. 

O promotor do investimento, José Procópio dos Santos, disse hoje à agência lusa que "o projecto está em fase de ultimação mas não queremos ultrapassar os 10 milhões de euros". 

Segundo explicou, "este é um investimento que comporta sempre algum risco mas Abrantes é um concelho com potencial, que está em franco crescimento e que ainda não tem suficiente capacidade hoteleira instalada para responder à procura". 

Na sequência do interesse manifestado, a câmara e a assembleia municipal aprovaram uma proposta com vista a destinar o terreno do antigo campo de futebol do Barro Vermelho para construção da unidade hoteleira, preconizando-se a venda do terreno a preço simbólico. 

João Carlos Pina da Costa, vice-presidente da autarquia, disse hoje à Lusa que "o preço é simbólico e ao mesmo tempo incentivador, porque 1,25 euros por metro quadrado é o mesmo que pedimos a quem se queira instalar no parque industrial". 

O autarca disse que este investimento "vem ao encontro das aspirações do município uma vez que temos crescido em oferta turística, nomeadamente desportiva e cultural, mas continuamos altamente deficitários em termos de resposta hoteleira". 

Com uma estimativa de custo na ordem dos 10 milhões de euros, o novo empreendimento hoteleiro criará 60 postos de trabalho directos. O novo hotel de Abrantes terá 99 quartos, 12 suites, healthclube, spa, piscina interior coberta, restaurante e salas de conferência, para além de uma cave com dois pisos de estacionamento. 

O empresário explicou à Lusa que as obras de construção deverão iniciar-se na próxima primavera e que que a inauguração do novo hotel decorrerá, "se tudo correr bem" no início de 2010. 

Segundo disse, "vai ser um ano importante em Abrantes em termos de organizações culturais e desportivas de âmbito nacional e internacional e era bom que a abertura do hotel ficasse ligada a um grande evento". 

João Pina da Costa confirmou hoje, em declarações à Lusa que "2010 será ano para organizar o Campeonato do Mundo de Pesca de Rio e para inaugurar o Museu Ibérico de Arqueologia e Arte". 

MYF

Lusa/Fim

 

luna.jpg

 

ma

 

631/14.1TBABT
Abrantes - Inst. Local - Secção Cível - J1
Ação de Processo Comum
Autor Município de Abrantes
Réu José Procópio Lourenço dos Santos
Réu Staroteis - Sociedade Hoteleira Unipessoal, Lda.
Tentativa de conciliação  


publicado por porabrantes às 18:14 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Negociata

Cavaco, BPN e o José Proc...

A negociata das piscinas ...

Última hora: PSD condena ...

aventuras hoteleiras no b...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds