Quinta-feira, 15.02.18

edital.png

Podem explicar-nos se quem tem vínculo precário é a esposa ou a prima do tipo que assina?

 

Sobre o assunto remetemos para este artigo da Senhora D:Maria Fernandes que explica a coisa

mn

 



publicado por porabrantes às 14:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.10.16

Outdoor Bemposta.jpg

 Publica-se, como habitualmente, o artigo da Senhora D.Maria Fernandes, autarca independente da Bemposta:

 

maria fernandes.png

Dele se retira que o Bruno Tomás e o Presidente local são os únicos privilegiados que conseguem ter uma remuneração a tempo inteiro, como caciques de freguesias, neste concelho.  Enquanto isso parece que os trabalhadores da Junta não estiveram no quadro durante uma infinidade de tempo e quando foi para entrarem acontece que dois eram familiares directos do manda-chuva local.

Depois a edil relata mais uma infinidade de situações dúbias, incluindo a famosa história da condenação da Junta por ter organizado um torneio de tiro onde um menor foi alvejado, situação que deu origem a uma pesada condenação judicial. As artimanhas boçais organizadas pela CMA/Junta ao expropriarem terrenos e usarem-nos para pagar a indemnização,  são uma clara demonstração do nível moral desta gente.

Um grande artigo.

mn

 

sobre o assunto



publicado por porabrantes às 12:50 | link do post | comentar

Sábado, 31.10.15

rio de moinhos 1.jpg

15 de Junho de 1929

Oliveira Salazar dá licença à Junta de Freguesia de Rio de Moinhos para vender as oliveiras dispersas pelos campos, de que a dita Junta se apoderara e que eram resultado do saque republicano, chefiado pelo impoluto Justo da Paixão, grande republicano. As oliveiras eram da Paróquia e tinham sido oferecidas a ela, ou a devoções em regra marianas, ou a confrarias, pelo bom povo em pagamento de promessas.

Salazar prossegue o trabalho de desamortização já iniciado por tantos monarcas, por Pombal e por Joaquim António de Aguiar e Afonso Costa.

O dinheiro obtido pela venda das árvores ia em parte destinado à ''reparação do cemitério'' ou à compra de títulos da dívida pública.

Foi um presente do Mário Semedo ao nosso arquivo, vindo da família Esteves. Obrigado ao Mário.

 

ma.

     



publicado por porabrantes às 17:34 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22.06.15

 

Leia aqui a posição completa tomada pelo Bloco na Assembleia de Freguesia da União de F. de Abrantes e Alferrarede

 

 

(...)Esclarecimentos Sobre Projecto Edifício Millennium

-Não sei se é intenção de Sr. Presidente Da Junta elucidar esta assembleia, como o fez na Assembleia Municipal, sobre o projecto para o "Edifício Millennium", em Vale de Rãs, mas gostaríamos que o fizesse, pela importância que o assunto merece.

Nota: O Sr. Presidente já tinha intenção de informar a Assembleia sobre este assunto, e assim fez.
Informou que existe um projecto de reabilitação da zona, chamado "Bairro Convida", envolvendo a Camara Municipal, a Junta, várias Associações, a EPDRA, o IEFP, a Alma Lusa. A EDP é parceira e patrocinadora.
A 1ª fase do projecto será a demolição do edificio de apoio às festas, inacabado, que será substituido por uma zona de jardim, mantendo um ponto de Electricidade e Água, para futuras necessidades.
Numa 2ª fase será equipada a sala de cinema com projecção digital, permitindo manter a sala nas estreias nacionais; o funcionamento da Pastelaria em ligação com o curso de Hotelaria da EPDRA; a criação do ateliê da Alma Lusa, em cooperação com o IEFP, com uma vertente de formação profissional; a Junta de Freguesia reabilitará o espaço Polidesportivo e tem ideias para dinamizar o espaço, procurando e aceitando outras sugestões.


Recomendação Sobre Orçamento Participativo

-A (bom) exemplo da Câmara de Abrantes, que já fez aprovar em Assembleia Municipal as bases para o Orçamento Participativo, bem como recolha de boas ideias e práticas neste campo, recomendamos que, dada a muito boa relação entre esta Junta e a Autarquia, sejam beneficiados também os fregueses da mesma, com a inclusão de um Orçamento Participativo, num futuro próximo.

-Lembramos que o Orçamento Participativo é uma ferramenta que incentiva a inclusão dos cidadãos no funcionamento das instituições que gerem o bem publico e comum. Parece consensual e transversal a todas as forças politicas a vontade de incentivar a participação e compreensão, por parte dos fregueses, sobre os mecanismos que os eleitos vão utilizar para gerir meios muito significativos para a Freguesia.

Nota: Relativamente a esta recomendação, o Sr. Presidente da Junta informou que é intenção do executivo implementar esta ferramenta já no Orçamento de 2015. Para o efeito foram feitas algumas consultas a autarquias e freguesias onde já foram implementados Orçamentos Participativos. Atempadamente será disponibilizada mais informação sobre este assunto.

Ponto nº 5 da Ordem de Trabalhos –1ª Revisão Orçamental

O Bloco de Esquerda questiona:

-Evidenciando os mesmos problemas do Orçamento que lhe dá origem, esta revisão acrescenta dúvidas:
1)-Com um aumento global de cerca de 9%, existem aumentos nas Classificações Económicas que vão dos 9% aos 250%, e outras (2) que nem estavam contempladas no orçamento original. Qual a justificação possível para tal?
2)-A Classificação Económica "Prémios, Condecorações e Ofertas", tendo já sido objecto de esclarecimento aquando da votação do Orçamento, surge incrementada em 25%. Quais as premissas para este incremento, se diferentes das da pergunta anterior?
3)-Face á relação de proximidade com as populações e à responsabilidade da Junta, relativamente à sensibilização dos fregueses para assuntos como, por ex.: o ambiente, a cidadania e seu exercício, existe(m) algum(s) item(s) deste orçamento onde esteja prevista dotação para ações e materiais, apropriados para o efeito?

Nota: 1- Relativamente a este ponto, o Sr. Presidente informou que esta revisão foi, acima de tudo, provocada pela aplicação da Lei. Quanto ás classificações económicas novas, decorrem de necessidades relacionadas com a junção/união de freguesias, algumas das quais não estavam ainda previstas aquando do Orçamento inicial, dada a novidade do sistema das uniões de freguesias.
2- As premissas para o incremento da rubrica "Prémios, Condecorações e Ofertas" não diferem das referidas, mas elucidou o Sr. Presidente, o incremento nesta área tem o objectivo de dinamizar alguns eventos levados a cabo pela Junta, nomeadamente desportivos.
3- O sr. Presidente informou que, não existindo especificamente rubrica para materiais e acções de sensibilização, tudo o que a junta e o seu executivo fazem, vai no sentido de sensibilizar a população da sua área de acção para um melhor ambiente e cidadania.

Abrantes, segunda-feira, 28 de Abril de 2014
Pedro Grave

 

posto por redacção



publicado por porabrantes às 18:43 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Assim vai a ''empresa fam...

Aqui ganhamos mais

Salazar e as oliveiras da...

Junta de Abrantes 25% mai...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13

22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds