Domingo, 06.01.19

Anda tudo muito excitado com o palavreado salazarista dum fascista.

Deve-se então proibir o homem de falar?

E estes membros duma organização terrorista?

 

 ¡¡(...)3 - Pertenceram à mesma organização terrorista, autopublicitada 'Forças Populares 25 de Abril - FP-25' os réus Luís Filipe Martins Gobern Lopes (1.º), Fernando Rodrigues da Silva (2.º), Alberto Teixeira de Carvalho (3.º), Manuel Maria do Couto Ferreira (4.º), Aldino Francisco Mendes Pinto (5.º), Álvaro de Sousa Monteiro (6.º), António Geraldo Fulgêncio Lopes (7.º), António Manuel Baptista Dias (8.º), António Manuel Pires Garrido (9.º), Daniel Horácio Martins Tavares (11.º), Fernando Manuel Calção Bernardes (12.º), Francisco Manuel dos Santos (13.º), João José Gomes Rola (14.º), Jorge Manuel Alves da Silva (15.º), José António Fernandes da Silva Pereira (17.º), José António dos Santos Jacob (18.º), José António de Sousa Moreira (19.º), José Henrique Marques de Oliveira Ricardo (20.º), José Manuel Moutinho Teixeira (21.º), José Ramos dos Santos (22.º), Manuel Joaquim Godinho Claro (23.º), Maria Susete Gonçalves Ribeiro (24.º), Virgolino Joaquim Rodrigues Cantanhede (25.º), Silvestre Estêvão de Freitas e Silva (26.º), Eduardo Alberto Águas Seiceira (27.º), Amândio Barros Ribeiro (28.º), Honório Alcalde Gonçalves Marques (29.º), Teodósio Maria Alcobia (30.º), Manuel Eduardo de Sousa Costa (31.º), José dos Santos Silva (32.º), José Valentim Melo de Sousa (33.º), Victor Manuel Duarte das Neves (34.º), Maria Manuel Alves de Lara Everard (35.º), António Oliveira Alves (36.º), Maria Helena de Lemos Oliveira e Carmo (37.º), Francisco Custódio Marques (38.º), José Manuel dos Santos Gomes (39.º), António Alfredo dos Santos Poeiras (42.º), Joaquim Dias Lourenço (44.º), José Joaquim Sequeira Linhas (45.º), João Aníbal de Aguiar Gomes (46.º), César António Sanches Escumalha (49.º), José Luís Martinho da Mouta Liz (51.º), Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho (53.º), Pedro Goulart da Silva (54.º), Manuel Alves Guedes Monteiro (55.º), Mário Maximino Peixoto Lamas (56.º), Manuel Jorge Alves de Magalhães (57.º), João Carlos Faria de Macedo Correia (58.º) e Natércia de Campos Pires (70.º). (...)

 

Alguns desempenham cargos políticos eleitos pelo povo.

O sr. Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho era o chefe da corja que tentou manu militari derrubar a democracia.

As FP-25 deixaram um regueiro de sangue e de infâmia, retrato duma corja de cobardes.

 O sr. Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho ainda ostenta os galões do exército que desonrou.

Quantas entrevistas já deu depois desta sentença?????

Ou.....se há censura para fascistas ....também deve haver para terroristas comunistas.

Ou não deve haver censura para ninguém......que é o preço da Liberdade.

Onde há censores não há Liberdade.

mn 

 

 



publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.06.12

O ex-cabeça de lista do PSD deste distrito diz preto no branco : Relvas mentiu.

 

 

A palavra de Pacheco Pereira é uma sentença de morte.

 

 

Antónia Costa disse que devassaram a vida do seu irmão, o director do Expresso.

 

 

Sousa Tavares diz que há um cheiro bafiento a PiDE no ar.

 

 

Ouçam-nos.

 

 

 

 

Ou o Primeiro-Ministro se livra do Relvas ou temos de nos livrar de Passos Coelho.

 

2+2= 4

 

 

Com a nossa liberdade não se brinca.

 

Nem com a segurança do Estado.

 

 

M.A.

 



publicado por porabrantes às 23:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.02.11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com o patrocínio da Loja Raul Rego

 

Saúde e Fraternidade!!!!!

 


 

 


Miguel Abrantes com a Loja Raul Rego

 

Às barricadas, meus senhores!!!!  



publicado por porabrantes às 22:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.07.10

Jota Pico atreveu-se outro dia a caluniar o Duque de Bragança, atribuindo-lhe palavras impróprias duma personalidade de indiscutível relevo e grande patriotismo.

 

Desmontámos a cabala!!!!

 

Jota Pico meteu a máquina de fabricar mentiras rurais na sacola de mestre-obras e calou-se.

 

Agora os nossos amigos monárquicos da linha dura   mandaram-nos isto:

 

Real Associação do Ribatejo - com sede na Rua D. Miguel de Almeida, 5 – 2º, em Abrantes,requer autorização para colocação de dois reclamos com 0,42 m x 0,30 m e 3 m x 0,90 m, noedifício da sua sede.Deliberação: Por unanimidade, deve proceder-se à audiência escrita da interessada, nos termos dos Artigos 100º e 101º do Código do Procedimento Administrativo, dando-se-lheconhecimento do sentido provável da deliberação final, que consta:Indeferir o pedido de licenciamento por não se enquadrar adequadamente no centro Histórico,nos termos em que é requerido.

 

Notificar a requerente, Real Associação do Ribatejo, que deverá proceder à remoção dossuportes publicitários, reclame não luminoso e bandeira, no prazo máximo de cinco dias acontar da data de recepção da notificação.A interessada poderá contactar o Gabinete dos Centros Históricos, deste Município, para estudo de uma solução urbanisticamente aceitável e com enquadramento no edificado do Centro Histórico da Cidade.Pode a interessada pronunciar-se no prazo de 10 dias, podendo consultar o processo nosserviços municipais, na Praça Raimundo Soares, entre as 9.00 e as 16.30 horas.Nada sendo dito, é esse o teor final da deliberação produzindo os seus efeitos definitivos após o decurso do referido prazo.

 

Deliberação tomada a 28-7-03 por unanimidade.

 

Criaturas presentes: Presidente Nelson Augusto Marques de Carvalho Vereadores Júlio de Jesus Bento, Isilda Manuela G. dos Santos Alves Jana, Pedro Manuel Dias F. Pereira Marques,João Baptista Pico, Isabel Maria das Neves Cavalheiro Ferreira.

 

 

Isto é colocar uma bandeira,esta :



numa associação política legal, num país democrático, com a liberdade de expressão garantida pela constituição era proibido!!!!!

 

Diziam os censores que colidia com a estética urbanística do Centro Histórico!!!!!

 

Todos eles, excepto a nossa amiga Drª Isabel Cavalheiro que nesse dia meteu o pé na argola, são defensores e em certos casos promotores do maior atentado ao património de Abrantes:

 

A MISERÁVEL E ASQUEROSA CARRILHADA!!!!!



Onde é que estavam os meninos quando Gonçalo Ribeiro Telles se candidatou pela CDE em 1969?



E Francisco Sousa Tavares em 61 pela Oposição Democrática?

 

E Pequito Rebello pela Oposição em Portalegre?

Pequito Rebelo na Guerra de Espanha onde combateu por Franco...como Spínola

Quando Francisco Rolão Preto, se sentava ao lado de Delgado no Chave de Ouro, com o monárquico liberal prof. Vieira de Almeida sabemos onde estavam.....?



Provavelmente a tomar o biberón......



Marcello de Ataíde

 




publicado por porabrantes às 22:15 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.07.10


Se os gays se podem casar, porque não posso eu ir aos touros em Viana?

 

Marcello de Ataíde, aficionado



publicado por porabrantes às 21:49 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.06.10

Comentámos aqui o beijo-mão do dr. Lacão à repugnante ditadura angolana e ao nepotismo que grassa em Luanda.

 

Dissemos que Lacão iria tratar, entre outras tretas, da comunicação social.

 

Disemos que Lacão faz parte dum governo que se dedicou a tentar dominar e controlar a comunicação social.

 

Esta é o sangue da democracia.

 

Pois bem, o António Ferro do Sócrates, já anda a fazer das suas. Conta  o Público.

 

Talvez seja um exagero compara Ferro com Lacão. Em abono de Ferro pode dizer-se que foi amigo e protector de Pessoa, deu apoio aos arquitectos e pintores da vanguarda e foi um grande jornalista até se transformar num cão.

 

Neste. A voz do dono. Que se chamava Salazar.

 

 

Em abono de Lacão que tenho de dizer????

 

 

Rien de Rien, como cantava Edith Piaf

 

 

 

 

Que diz o Público de ontem?

 

Docente convidada para provedora

da RTP ataca Lacão

Por Mariana Oliveira

Governo quer alterar forma de nomeação do provedor da RTP, numa altura em que o processo está em tribunal

 Governo quer alterar forma de nomeação do provedor da RTP, numa altura em que o processo está em tribunal

 

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, pediu uma reunião em Maio à professora da Universidade do Minho Felisbela Lopes, convidada pela administração da RTP para provedora do telespectador e vetada pelo conselho de opinião da empresa, tendo tentado convencer a docente a desistir da disponibilidade para exercer o cargo. 

Após a tentativa fracassar, o Governo avançou agora com uma proposta de alteração à lei que define o processo de nomeação do provedor, num momento em que a administração da RTP impugnou judicialmente o veto do conselho de opinião (CO). 

A proposta que foi aprovada a semana passada em Conselho de Ministros reforça os poderes do CO, que actualmente só podia vetar o nome escolhido pela administração da RTP. Se a alteração for aprovada na Assembleia da República, onde a proposta ainda não deu entrada, será o CO a propor três nomes para provedor e apenas caberá ao conselho de administração optar por um. 

"A RTP desconhece o diploma que reforça os poderes do conselho de opinião e não foi informada da sua alteração", diz a empresa numa resposta oficial enviada ao PÚBLICO. Um membro do CO contou ao PÚBLICO que o órgão também não foi ouvido pelo Governo.

Felisbela Lopes, especialista em assuntos de televisão e com uma vasta obra publicada sobre os media, ficou perplexa com a proposta de alteração apresentada pelo Governo "numa altura em que todo este processo ainda está por explicar". E pede transparência no processo de escolha do provedor do telespectador. Apesar da surpresa, a nova proposta é uma confirmação da interpretação que Felisbela Lopes fez da reunião com o ministro dos Assuntos Parlamentares. "A mim pareceu-me que ele me quis afastar desta polémica", disse a docente. "Mas eu não troco o meu bom nome por nada", sublinha. 

Após o CO ter rejeitado o nome da provedora (11 votos contra, nove a favor e três abstenções) em finais de Abril, a administração da RTP solicitou ao conselho a gravação da audição de Felisbela Lopes. Mas os conselheiros negaram esse pedido, argumentando que a gravação áudio apenas foi feita para ajudar a elaborar a acta, não tendo mais nenhuma finalidade. 

Os argumentos para o veto passaram pela idade e pouca experiência de Felisbela Lopes, nomeadamente na área da programação, o que, segundo uma parte do CO, poderia comprometer a força necessária para se impor ao conselho de administração da RTP, quando fosse caso disso. Mas houve quem tenha feito uma outra leitura, já que há algum tempo que uma facção do CO tentava promover um seu membro - José Rebelo - sem sucesso. 

Desde a passada sexta-feira que o PÚBLICO tenta obter esclarecimentos por parte do ministro Jorge Lacão, sem sucesso. A sua assessora, Joana Antunes, justifica o silêncio com a ausência do ministro.

Enquanto a RTP não escolhe o seu próximo provedor do telespectador, o actual, José Paquete de Oliveira, mantém-se em funções. Mas mantém suspenso o programa televisivo semanal que tinha a seu cargo. 

O conselho de opinião é formado por 29 membros que representam diversos sectores da opinião pública.

 

 

E a nossa pergunta?

 

Também irá Lacão fazer um decreto para alterar o resultado do Portugal-Costa do Marfim?

Talvez......

 

E a nossa dúvida

Será para que Portugal ganhe ou que perca?

 

Com políticos como Lacão nunca se sabe....

 

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 09:29 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Onde há censores não há L...

Da mentira

Era uma vez a liberdade

Pico e a Vereação de 2003...

Pela liberdade!

Público arrasa Lacão

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds