Quarta-feira, 03.11.10

"A Estrela da Escola"
Guia polícias em vez de Reis Magos!

No dia 18 de Dezembro de 2009 acenderam-se as luzes da nossa "Estrela de Natal", colocada na fachada do lado Sul do edifício escolar de Rossio ao Sul do Tejo.
Quem por ali passe, não passará sem desviar o olhar para a escola. Na parede, dezenas de lâmpadas, dispostas em forma de estrela acendem e apagam, recordando aquela outra estrela, que na noite de Natal guiou pastores e Reis Magos até à manjedoura, onde se aconchegava o Menino Jesus.
No entanto quem a admira não sabe que aquela estrela esteve na base de uma história recambolesca e, só agora, engraçada.
Todos os anos a Comunidade Escolar de Rossio ao Sul do Tejo coloca no seu pátio, algo que simbolize o Natal. Este ano resolveu construir uma estrela com três metros de diâmetro na parede do edifício principal.
Da Junta de Freguesia, parceiro sempre presente veio o apoio para a sua colocação na parede.
Para este efeito foram colocadas buchas e camarões ao nível do primeiro andar do edifício. Posteriormente um dos professores colocaria as lâmpadas, pelo que a escada da Junta de Freguesia ficou no pátio da escola, aguardando por uma oportunidade para, no intervalo da feitura das fichas de avaliação, um professor desse continuidade a este trabalho.
Finalmente, a Estrela ficou pronta já a noite caía. O clarão das suas luzes iluminou o pátio e a rua provocando o efeito pretendido.

No entanto surgiu um problema: O que fazer com a escada!
Já era tarde para a devolver à Junta de Freguesia, mas também seria arriscado deixá-la por ali. Optou-se, então, por a deixar no quintal da Família Lamaroso, que sempre se tem mostrado disponível para colaborar com a Escola... com a Junta de Freguesia... com a Paróquia... com a Sociedade de Instrução Musical Rossiense ... com o Agrupamento de Escuteiros, ou seja, com toda a gente, a bem da Comunidade Rossiense (um exemplo a seguir).
Na altura porém o casal não atendeu à porta, pelo que se deixou ficar a escada, com a intenção de, mais tarde, o alertar para esta situação, o que nunca veio a acontecer.
Então, quando deram pela presença da escada, o casal, desconfiado e prendeu-a com correntes e cadeados vedação do quintal, alertando de seguida a polícia.
Veio a polícia e também não encontrou explicações para o estranho mistério da Escada "aparecida".
Nessa noite, Esperança Lamaroso não pregou olho e de vez em quando assomava-se à janela, para espreitar o movimento da rua. Dos ladrões nem uma sombra, mas por várias vezes viu passar o carro da polícia, que por ali fez rondas durante toda a noite.
Na manhã do dia seguinte, o mistério continuava por esclarecer e a escada por ali permanecia... acorrentada.
Alertado para esta situação veio o Presidente da Junta que procedeu à sua identificação, mas não chegou a nenhuma conclusão. Depois veio o Chefe VitorAlmeida dos Escuteiros, que normalmente também colabora em tudo e com todos e resolveu o mistério seguindo os sinais de pista, como é hábito no escutismo, ou seja fez alguns telefonemas e encontrou o responsável por todo este "reboliço".
As desculpas foram aceites por todos os envolvidos, como "manda" o Espírito de Natal, mas a história não pára de ser recontada, agora, de forma muito mais animada.
Feliz Natal para a Polícia que zela por nós, para a Família Lamaroso e para todos vós!
Para esta história já escolhemos uma possível moral: "Nem tudo o que parece é e nem tudo o que é parece!"
Bom Natal!

 

in Núcleo Escolar do Rossio

 

ou seja o excelente blog dos miúdos e professores da Escola do Rossio

 

Obrigado camaradas, hoje pouparam-nos o trabalho de emular o Sam do Guarda Ricardo !!!!

 

Obrigado PSP !!!!!

 

Só uma dúvida: perguntou a polícia ao casal Lamaroso se tinha procuração do dono da escada????

 

Ou o Chefe de então era anti-burocrata????

 

Miguel Abrantes

 

(a menina Suzy foi socializar-se. É esse o seu trabalho mas disse que se encontrasse a Lili Caneças, musa do Carrilho da Graça, lhe perguntava que tinha contra os heteroxessuais....)



publicado por porabrantes às 18:22 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A PSP de Abrantes no seu ...

arquivos

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds