Quinta-feira, 29.11.18

 



publicado por porabrantes às 23:02 | link do post | comentar

Domingo, 28.08.16

chamava-se ''Pilinhas'' pelo sr dr. António Lobo Antunes



publicado por porabrantes às 18:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.11.10

 

posto por adérito abrantes



publicado por porabrantes às 12:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.08.10

Um tipo da Câmara de Tomar parece que chamou ''cobardolas'' a Lobo Antunes, juntando-se ao chefe da brigada do reumático, o heróico general Chitas.

 

Um leitor do Mirante fez este comentário que se transcreve pela sua sensatez:

 

Insultar por este meio (1) é um acto de cobardia. Face a face e civilizadamente é que esse senhor, de quem ninguém se vai lembrar daqui a uns anos, o deveria de ter feito. É lamentável tudo o que se está a escrever sobre o assunto, desde a Liga dos Ex-Combatentes até a alguns mais mal informados. O que Lobo Antunes disse tem muito de verdade e só não querem assumir essa verdade porque lhes dói a alma (?).Acaso esqueceram como eram pagos os mercenários catangueses acantonados no leste de Angola? Eu lembro-lhes. Era por objectivos. Sabem em linguagem militar o seu significado? Por certo não é marcar o golo da vitória. Quem escreve estas palavras é alguém que se encontrou em Chimbila leste de Angola, local onde se encontravam centenas de mercenários e onde permaneceu por 18 meses de castigo por baixa produção.

Augusto Sousa

 

(1) O insulto foi feito via facebook. O tomarense entretanto pediu desculpa nas páginas do Mirante. Bolas! Estou certo que o antigo Vereador da Cultura, aquele amador das ''pombinhas, não meteria uma argolada destas.

Os gendarmes catangueses continuaram a sua ''batalha de produção'' por objectivos depois da ''independência'' agora ao serviço do MPLA

foto //angonoticias.com/



(quem quiser saber mais sobre os catangueses, leia aqui

Posto por Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 15:32 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.08.10

A brigada do reumático das forças armadas (neste momento de bengala) resolveu ''partir o focinho'' ao maior escritor português vivo, o Dr. Lobo Antunes.

Tudo porque o Dr. Lobo Antunes descreveu num romance a crueza da guerra colonial em Angola onde participou.

O grupo de idosos e jarretas que queria partir a cara a Lobo Antunes, teoricamente pensava aproveitar a ocasião dum ''evento''  promovido pelo Turismo de Tomar, para mostrar o seu heroísmo.

Era fácil desatar a lembrar aos bravos aspirantes a justiceiros o rol de façanhas das forças armadas lusitanas nos últimos 50 anos.

E perguntar-lhes onde estiveram......

E se sabem onde estava Wiriamu.......

E que contas pediram a um Tomé......

Sei o que fez pela Pátria Lobo Antunes, como sei o que fez Eça ou Fernando Pessoa.....

Não sei o que fez a brigada do reumático.....

 

nem quero saber....

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 14:16 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.06.10

[ler2.jpg]

 

 

Estas declarações do maior prosador vivo de língua portuguesa são uma amostra da rivalidade literária e política entre os dois escritores.

 

Somos contra a beatice de começar a choramingar duma forma piegas quando morre um grande vulto

 

 

Aqui, um jornalista do Tal e Qual (grande jornal nos seus bons tempos!)  Frederico Duarte de Carvalho conta a história da prenda a Saramago e do equívoco que levou Lobo Antunes a fazer as declarações acima reproduzidas.

 

Continuemos com má língua (que eu não estou a trabalhar para a Santidade como o Ataíde), a ver o que diz de Saramago a (má) língua do V.P.V.,

sigla que traduzimos para que algum leitor não ache que estamos a falar dalgum inculto, Vasco Pulido Valente:

Está a referir-se a Saramago, por exemplo?

Interessa-me menos do que o Miguel Sousa Tavares. Porque o Miguel Sousa Tavares, ao menos, é genuíno. Tudo o que se possa dizer dele, eu disse.Mas é genuíno. O Saramago é uma derivação da literatura da América Latina.Mas ele não nasceu nas Caraíbas! É uma pena.

Considera-o um sucedâneo da literatura latino-americana em que sentido:pela componente de fantástico de alguns dos romances dele?Se fosse pelo fantástico era o menos.Ele tem romances muito distintos.

É pela prosa.Aquilo era uma prosa admissível nas Caraíbas.É admissível nas Caraíbas ou num português que tivesse vivido a vida inteira nas Caraíbas. Mas assim não faz sentido nenhum...

O facto de ele ter ganho o Prémio Nobel não tem para si importância?

Nenhuma.Leia a lista dos prémios Nobel.

in Revista Ler  (Entrevista de Carlos Vaz Marques -aqui

 



Os Senhores Bispos mandaram um comunicado a dizer que Saramago era um grande escritor.



Serão críticos literários?

 

Quem eu gostava de ouvir era a D.Manuela de Azevedo despedida por Saramago por  ''fascista'' do Diário de Notícias, quando toda  a vida foi uma democrata (e por isso mesmo não queria uma nova ditadura) e que está viva e com uma óptima cabeça, que diria?

 

Como Vasco Lourenço sobre Costa Martins: ''Não vou ao enterro desse gajo''!!!

 

Evidentemente, que não, porque a D.Manuela é uma Senhora!!!!

 

Por uma vez, acato as opiniões dos Senhores Bispos: era um grande prosador.

 

Mas espero que  a Pilar não seja nomeada  como Viúva Oficial da Pátria

 

Finalmente termino : que dirá a Nova Aliança?

 

Morreu o ateu bolchevista?



Miguel Abrantes

 

Rogamos à Comissão Concelhia do PCP que mande dizer uma missa por alma dele ao Sr. Cónego. Não vão ao vigário que os fulmina e ainda vos faz um exorcismo....



publicado por porabrantes às 19:01 | link do post | comentar

Domingo, 16.05.10

Faz hoje 65 anos um grande português que nos habituámos a respeitar e que responde pelo nome honrado de D.Duarte de Bragança. Os nossos amigos do núcleo monárquico abrantino celebram jubilosos o aniversário do Duque de Bragança, e a petição que conta entre eles com bastantes apoiantes  compartilha com eles, a sua alegria

 

 

O Duque concede uma entrevista transcrita nesse blogue de que aconselhamos a leitura.

 

Há coisas que concordamos e outras que não aceitamos, ou que discordamos totalmente. E naturalmente dizemo-lo, porque essa é a tradição de Portugal, a de um  povo livre que foi muitas vezes capaz de dizer aos seus Reis, que a vontade da Pátria não se dobrava cortesã em preito de vassalagem à vontade do monarca, mas que as Cortes, expressão da Nação, tinham poder de limitar o poder régio e inclusive de aclamar novo Rei, se assim o impunha a causa nacional.

 

Foi assim, em Coimbra, no decorrer da crise de 1383-85, quando da Revolução saiu uma nova dinastia e um novo Rei, D.João I.

 

O Duque é um homem bom e gosta de perdoar. Por isso já é amigo outra vez de Saramago, mas não lhe gaba a escrita.

 

Este blogue defende o contrário gaba a escrita dum enorme prosador, mas não perdoa o censor e o gajo que despediu a D.Manuela de Azevedo do Diário de Notícias e agiu a soldo de interesses estrangeiros.

 

Um censor é um pulha onde quer que esteja, mesmo que tenha 90 anos.

 

E nós não perdoamos a pulhas, mas tiramos o chapéu à prosa de Saramago.

 

Para ser um grande escritor não é preciso ser boa pessoa, é necessário escrever bem, ter génio e talento.

 

E Saramago tem estas três virtudes.

 

Embora apostemos 10-1 que dentro de cem anos Lobo Antunes será considerado muito melhor escritor que Saramago.....

 

Marcello de Ataíde

 

PS- Há outra coisa em que discordamos do Duque, não estamos de acordo em nada com o ''eng'' Socrates. As coisas devem ser claras. D.Duarte é excessivamente boa pessoa....



publicado por porabrantes às 19:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Lição Magistral

Dia do Senhor : O Pedófil...

A protecção do génio

A sensatez

Os valentes

Saramago

D. Duarte de Bragança

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds