Domingo, 01.07.18

Podemos confiar na memória, ou ela prega-nos partidas?

Para escrever o que vai sair sobre o acolhimento a refugiados em Abrantes, procuro na net e vejo esta entrevista do Mário Pissarra, que vou guardar.

A entrevista é de 2016 e contradiz esta versão do ex-Vereador comunista Manuel Dias, de 2018.

Como conheci pessoalmente o que se passou, anoto um lapso evidente no que diz o Dr. Pissarra, afirma que negociou com a Iniciativas de Abrantes, LDA as questões do La Salle.

Impossível, a Iniciativas era em 1974-1975 apenas dona (como agora, por muito que isso desagrade à  cacique) do Teatro S.Pedro.

O edifício do colégio era propriedade da Sociedade Estabelecimento de Ensino S.João Baptista de La Salle, SARL que tinha alguns sócios comuns à Iniciativas e outros não.

Foi esta Sociedade que vendeu o edifício ao Estado, depois de o ter cedido à borla uns anos para aí funcionar o Liceu.

 

E já agora, como a Imprensa tem falado na desorganização das gerências anteriores a 2017 da Iniciativas, em grande parte devido ao desleixo dum conhecido médico abrantino, amigo da cacique, deve dizer-se que isso nunca aconteceu na Estabelecimento de Ensino S.João Baptista de La Salle, SARL, porque era dirigida por pessoas que não andavam a aparicar caciques todos os dias em inaugurações.

José Rosa de Sousa Falcão ou Armando Boavida, que geriram a sociedade, tinham mais que fazer que ser compagnons de route....

mn

 

nota: convém anotar que os Irmãos das Escolas Cristãs mantinham um curioso contrato de cessão de exploração com  Sociedade Estabelecimento de Ensino S.João Baptista de La Salle, SARL, tal como as Doroteias mantiveram até meados da década de 60......com os donos do colégio de Fátima, antes destes lhe venderem quase à borla o edifício, com o compromisso assumido pelas Freiras de manterem o ensino católico nesta terra, poupo comentários à forma pouca edificante como isso terminou...



publicado por porabrantes às 18:24 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.09.16

ARTE.jpg

O professor Mário Pissarra, conhecido intelectual abrantino e subscritor da petição contra o cubo carrilhista, faz uma crítica demolidora à inauguração desta exposição, no blogue Animus Semper  

 

'' Mas a cereja no topo do meu desagrado veio da apresentadora da exposição. Um exposição colectiva cujo critério é a pertença pelo nascimento ou pela vida a uma cidade nos últimos 100 anos, exclui, ipso facto, qualquer discutível critério de valor ou estético. Os convites, tanto quanto me é dado aperceber, não tinham por base qualquer critério estético de qualidade. A Sra. apresentadora tem todo o direito a ter os seus critérios estéticos e de valoração das (pretensas) obras de arte. Ninguém discute isso e todos sabemos que os juízos de gosto e estéticos são problemáticos. Mas isso não lhe dá o direito de fazer uma apresentação de alguns artistas, esquecendo os restantes, com um critério de um elitismo bacoco e desfasado no tempo e que pode ser critério de pertença ou de posse, mas nunca de criação ou valor estético. Desastroso o remoque perante a falta de silêncio do público. Sempre me incomodaram estes comportamentos, mas não se resolvem com a promessa de falar pouco ou estar a terminar para continuar a falar e muito menos com expressões: «já vão às tigeladas!...»''  com a devida vénia

 

O que é uma exposição em que se convidam artistas sem base em ''qualquer critério estético de qualidade''?????

 

O Autor destaca a qualidade da obra do António Colaço e do Mário Rui Cordeiro e o empenho da Paula Dias na organização da mostra. 

 

Tem toda a razão quando denuncia o elitismo bacoco do caciquismo.

 

mn 



publicado por porabrantes às 09:01 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.11.15

Isto já tinha sido escrito aqui. Volta-se a escrever. O Zé Bioucas foi imposto como Vereador por oficiais spinolistas que exigiram a saída da Comissão Administrativa da CMA de Abílio Monteiro (reputado anti-fascista) e do Dr. Mário Pissarra porque eram ''perigosos''.

Eram muito perspicazes, como me comentou um empregado abrantino do General  Carlos Galvão de Melo, ''sanearam' dois cidadãos ordeiros e capazes e deixaram lá ficar o Afonso Campante que foi apanhado com as mãos na massa.

Sobre isto há uma curiosa entrevista feita ao Zé Bioucas pelo Jorge Lacão. Não tenho à mão o recorte.

Perguntava porque deixavam a mulher do Vereador preso usar a boleia dum veículo da CMA ,para ir a Lisboa, ver o marido na cadeia.

A pergunta inserida numa campanha eleitoral, era feita para criticar este homem

semedo discursamdo.jpg

 que tinha sido suficientemente generoso para deixar a mulher dum preso político apanhar umas boleias para matar saudades.

O Zé Bioucas naturalmente safou-se da pergunta e não criticou a acção do Dr.. Correia Semedo.

Um dos spinolistas  está vivo. Acham que há segredos em terras pequenas? Nasceram ontem.....

 

ma 

 

 

As malhas que o Prec teceu (e tece) 

 

Correio atrasado (1): O velho PREC abrantino

 



publicado por porabrantes às 19:17 | link do post | comentar

Domingo, 13.03.11

É bom o Senhor? Se o é, porque permite  barbaridades do mais variado tipo desde os desmandos contra a lógica do Pico, os ataques ao património do licenciado alentejano Carrilho da Graça ou coisas bem mais graves,

 

como os massacres de Kadafi.....

 

 

ou que  hajam canalhas ou incompetentes na UE que pactuam ou fecham os olhos a coisinhas destas???? 

 

Para não falar em tsunamis ....

 

Esta pergunta é essencial na formação dos sacerdotes católicos e os seminários trabalham muito sobre ela.

 

Os da Obra e os outros.

 

Na diocese de Portalegre esta pergunta chegou a ser feita assim aos nossos seminaristas, ''Num exercício perguntou: como pode Deus ser bom e criar os piolhos que tanto nos chateiam? (não posso garantir as palavras do enunciado.)'' conta o prestigiado peticionário

 

IMG_5905.JPGFoto ânimo

 

Dr.Mário Pissarra aqui

 

Rogamos hoje ao Venerável Cónego Graça que responda à questão na homilia dominical.... 

 

Marcello de Noronha, acabado de chegar da missazinha da Obra.

 

Laos Deo

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 11:38 | link do post | comentar

Sábado, 05.06.10

A ânimo foi uma saudosa revista de intervenção cultural publicada e dirigida pelo António Colaço vocacionada para o que ele chamava a área ''Grémio da Lavoura'' (Abrantes, Mação, Sardoal e Constância). Muitos dos seus colaboradores são hoje juvenis cinquentões e nomes conhecidos em muitos campos de actividade.

O blogue ânimo, militante de intervenção cultural, é o herdeiro natural do dito fanzine e tem-nos prestado a sua colaboração amiga na luta

contra o pedregulho do Carrilho. ( Colaço dixit).

 

A ânimo resolveu premiar uma série de personalidades pela sua actividade em prol da cultura que foram estas:

 

''

VASCO LOURENÇO(ASSOC 25ABRIL)

PE ANSELMO BORGES

MARIO PISSARRA(FILÓSOFO)

CARLOS ALEXANDRE(JUIZ)

JORGE AFONSO(ANTENA 1/O DIA SEGUINTE)

GENTE(Expresso)

ANTÓNIO SÁ(ASSEMBLEIA)

FERNANDO NEVES (CGD AR)

WILLIAM BUKHENYA/UGANDAPROJECTO(BLOG)

MANUEL CARRILHO DELGADO(IN MEMORIAM)

RUI CERDEIRA BRANCO(BLOGUE ADUFE)

CARLOS JÚLIO(TSF/SEMANÁRIO REGISTO.ÉVORA)

JUVENAL GARCÊS/COMPANHIA TEATRAL MÁRIO VIEGAS

JOAQUIM SOARES(GRUPO CANTARES DE ÉVORA)

ANTÓNIO REIS(EX SEC ESTADO DA CULTURA)''

 

Naturalmente gostamos mais duns que doutros preferindo os da casa, ou seja os peticionários:

 

 

Mário Pissarra, ele mesmo um dos laureados com um ânimo de Ouro,no final da sua brilhante "oração de sapiência" sobre o artista..."adolescente"!Voltaremos ao assunto.Para já, Mário, um colaborador da ânimo desde os primeiros tempos,é bom não esquecê-lo, um imenso Obrigado. (texto e fotos da ânimo)

 

fotos da ânimo

António Colaço mostrando o cobiçado galardão

 

fotos da ânimo

O Arq. Luís Carvalho, autor do célebre post ''Carrilho  encaixota Abrantes'' com o Colaço.

O Arq. Carvalho anima entre outros o ''Instante Fatal'' onde fatalmente desancou no Carrilho....

 

 

E finalmente, um dos homens a quem o Portugal democrático mais deve:

fotos da ânimo


O coronel Vasco Lourenço, herói de Abril e de Novembro, que publicou há tempos

umas ''Memórias'' de imprescindível leitura para perceber o PREC.



A festa foi um reencontro de muitos maçaniços mas não estava o Saldanha da Rocha nem

mais nenhum dos Flinstones.

 

Porque seria?

 

Terminamos com um abraço para o Colaço

 

Miguel Abrantes e Marcello de Ataíde

 

Esperamos que os outros premiados aderiram à petição



publicado por porabrantes às 13:13 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Estabelecimento de Ensino...

Uma crítica demolidora à ...

Nasceram ontem

O Dia da Bondade do Senh...

Prémios ânimo de Ouro

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds