Segunda-feira, 25.03.13

Que pensa o licenciado Carrilho da Graça e os serviços de urbanismo fazer a isto?

 








 

Rui Claro

 

 

Moagem Silva Martins ao lado da Estação de Abrantes

 

 

é esta a única arquitectura industrial moribunda e ao abandono do concelho?

 

 

não e vamos ver outras empresas assim......

 

 

o nome oficial da empresa é COMPANHIA DE MOAGEM DE ABRANTES, S.A.

 

 

e entre outras participações detém 15,89% da 

 

 

 

 

UNIÃO PANIFICADORA ABRANTINA, LDA

 

 

e acontece que no dia 11-12-2012 a excelentíssima ''Dr.ª Maria do Céu Albuquerque, bem como da Sr.ª Vereadora da Cultura, Presidentes de Juntas de Freguesia, funcionárias do Departamento de Ação Social da CMA e dezenas de participantes inseridos no Projeto Social de ajuda a famílias carenciadas do nosso concelho.''a visitaram

 

 

Devo dizer que não sei quem seja a Vereadora da Cultura, porque não há, tais competências estão na posse da Presidenta  estando algumas suponho delegadas na ''reintegrada''

 

 

a gaja do MIAA....

 

 

na visita de S.Exa

 

upantina

 

podia ter pedido aos senhores da Upantina que dissessem aos seus sócios da '' Companhia Moagem Abrantes,'' cujo Presidente do Conselho de Administração é o Senhor Eng. António Silva Martins, cujos   cargos ao serviço do aparelho de Estado são conhecidos, e ainda à Srª D.Muazzez Sahiu Silva Martins, que o acompanha no CA, e que é viúva do Senhor Embaixador e grande português e abrantino, Dr. Henrique Silva Martins, que o edifício da Moagem não pode estar como está.


Isto porque me dizem que a CMA tentou contactar a Administração da empresa há tempos e esse contacto não terá surtido efeitos. 


Terá sido só isso?????


Será preciso ler o ''Sol?''



O sr. Eng. Silva Martins é filho do grande abrantino e antigo Presidente da Câmara de Abrantes, Henrique Augusto da Silva Martins, e decerto estará pronto a ajudar a solucionar o problema da moagem.


Não é à bruta que as coisas se resolvem, por isso venho pedir à Sr.Presidenta que meta uma cunha à Upantina para conseguir ser recebida pelo Sr.Eng.Silva Martins, que tive há tempos a oportunidade de reencontrar num Hotel termal de grande qualidade. 



A propósito esta empresa fez 50 anos de bons serviços à cidade de Abrantes, produz um pão excelente e aproveitamos para lhe dar os nossos parabéns.


Marcello de Noronha




publicado por porabrantes às 13:12 | link do post | comentar

Sábado, 23.02.13

 

 

Esqueceu-se a Dona Céu de tapar os buracos. De forma que o povo pegará não em armas, mas em pás para se proteger.

 

 

Entretanto a Céu.....

 

 

à sombra duma ........

 

 

 

 

 

Oliveira do Mouchão, árvore classificada, Mouriscas,foto sr. José Pascoal

 

 

parece que está a cantar 

 

 

....que está com os azeites....

 

 

enquanto o estado do olival no concelho é este

 

 

 

 

 

Vendo lenha de sobreiro e de Oliveira já rachada pronta a queimar na sua lareira ou salamandra faço entrega na zona de Abrantes 
Lenha de sobro 100€ a Ton. 
Lenha de Oliveira 90€ a Ton.



aqui



o povo canta no 



no teu rosto igualdade.......


O PS de Abrantes em coro traduz igualdade por ...........


há sempre uns que são mais iguais que os outros....



 Cidadão Abt


Suzy



publicado por porabrantes às 12:01 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sexta-feira, 11.01.13

 rede redional

 

O Sr. Augusto Mateus veio falar sobre regeneração do Centro Histórico, estando lá também o licenciado alentejano do projecto ilegal

 

 

antena livre

 

A Presidenta diz que não há dinheiro, por isso vai comprar totens (sic). Mas houve dinheiro para o Carrilho da Graça, muito, algum à margem de resoluções camarárias cuja legalização só foi possível porque a Tubucci alertou quem de direito,  mas esses peanuts não são nada comparáveis com o quase 1 milhão de euros doutro contrato ilegal onde andou a benta mão do Bento Pedro e dalguma arquitecta.....

 

 

provedor justiça MIAAA 2012.jpeg

 

mas vou deixar o António Castel-Branco tratar da nulidade deste contrato, quem sabe chamando o Guilherme Oliveira Martins como testemunha...

 

 

O aristocrata tem prioridade para o ajuste de contas com o alentejano que fez queixa dele à Ordem dos Arquitectos e eu assumo que ajudei o António a fazer ver a careca do alentejano, coisa aliás fácil como se nota....

 

 

 

Volto ao totem da Presidenta, cujo estado regeneratório é como o destas velhas

 

A mulher queria comprar uma torre e resta-lhe comprar uns totens  e outra quinquilharia para salvar o centro da cidade que a política dos seus camaradas assassinou devido ao extremo grau de incultura do isildismo.

 

 

Regresso ao camarada Mateus do tempo em que era controleiro-chefe do MES, transformou aquilo numa seita marxista-leninista de que se afastou a gente sensata como o Mário Semedo e o Jorge Sampaio que conta do Mateus as coisas mais cómicas nas declarações inseridas na sua biografia publicada pelo José Pedro Castanheira.

 

Mas o melhor é a descrição dos orgasmos marxistas-leninistas do soviete do Mateus feitas pela D.Maria José Ritta, mulher do ex-Presidente da  República, que diz que os ''zulus'' se excitavam tanto que ficavam (como é boazinha sugere o calor como motivo) em camisola interior com alças para discutir melhor..... (p. 477)

 

 

 

A pobre senhora ainda está alucinada 40 anos depois!

 

Foi o Nuno Bredorode, homem de pena sarcástica, que acaba de regressar às lides dos jornais ( bem-vindo seja!!!!!) que crismou o Mateus mais cinco proletas como a ''Zululândia''.

 

 

Em 21 de Dezembro de 1975, o Mateus, chefe dos zulus, ganha o I Congresso do Mes, enfrenta-se a Sampaio e a seita proclama como objectivo principal impedir a realização das eleições para a Assembleia Constituinte por essa coisas do povo escolher livremente os seus representantes ser um costume ''burguês''.  

 

 

Da comissão política do MES eleita nesse dia constavam 3 anónimos cujo nome não foi divulgado por se encontrarem a cumprir serviço militar. Um deles o Ferro Rodrigues animaria o golpe de estado comunista do 25 de Novembro num regimento de Abrantes. 

 

Volto ao ''zulu'', agora especializado em assessoria e na apresentação de planos milagrosos para salvar cidades moribundas.

 

Diz o ''zulu'' Mateus :  ''A estratégia tem de servir as pessoas e os territórios ou então não vale nada” sublinhou o consultor, acrescentando que “não posso vender uns sapatos 43 a quem calça o 37, por mais bonitos que sejam”.' (Rede Regional)


O Mateus antes de salvar cidades, queria salvar pátrias. E apresentou como plano para salvar Portugal a ditadura do proletariado (certamente com todo o povo envergando camisolas interiores  de alças para dar um ar de filme do neo-realismo italiano, à Rosselini)    

  

 

Portanto, temos o direito de desconfiar das soluções do Mateus. A nossa cidade é na Europa e não na Zululândia. O Mateus não sabia em 1975 que Portugal estava na Europa Ocidental. Saberá agora que Abrantes é uma cidade civilizada e não se melhora só com modificação de mobiliário urbano? Regressando ao paleio sobre sapatos do Mateus, que me parece conversa de vendedor de sandálias da saudosa Sapataria Janeiro....  

Que tal o Senhor Professor Doutor Mateus começar a fazer comparações destas?

 

Foto: O meu desejo para 2013 é poder comprar um Chinel preto, daqueles que ficam bem com tudo… CEPÖVOA

 

 

Só para terminar o único abrantino referido na biografia do Sampaio é o nosso amigo Mário Semedo....

 

Que nunca se sentaria ao lado do Carrilho da Graça, como o Mateus, por velhos motivos e por ser signatário da petição  da defesa desta Cidade  conta o cubo alentejano.

 

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 16:57 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Regeneração urbana (2)

Os buracos na aula de ca...

O ''zulu'' Mateus quer re...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds