Terça-feira, 14.08.18

sa e meneses

Foi divulgado pelo publicista Candeias Silva, na última Zahara, estas armas dos Sás, como usadas por D.Rodrigo de Sá e Meneses, 1º Marquês de Abrantes

No texto figura uma data (1718) que parecem corresponder à mercê de D.João V que cria o marquesado.

Ora o Livro do Armeiro-Mor...data de 1509.....Ou seja de 200 anos antes.

 

marques de abrantes tesouro da nobreza

 As armas do marquesado abrantino foram retratadas por   frei Manuel de Santo António e Silva, no ''Tesouro  da nobreza de Portugal'' em 1783, da forma reproduzida.

.

escudo de d.rodrigo

 

 

In A heráldica da casa de Abrantes : Sás e Lencastres alcaides-móres do Porto desde o séc. XIV : selos de armas da Casa de Abrantes, devida vénia à CM Porto.

 

 

E D.Rodrigo, todo contente, por ser Marquês de Abrantes, no selo de armas lá tinha a coroa de Marquês.

 

mn

 



publicado por porabrantes às 13:19 | link do post | comentar

Sábado, 04.08.18

Na última Zahara, o Candeias Silva lança mais umas achegas para a canonização do Marquês de Abrantes, D.Rodrigo de Sá e Meneses, seu confrade na Academia Portuguesa de História, que o nobre fundou.

silva d.rodrigo

 

Já se teceram aqui loas ao magnífico Marquês que conduziu as esplendorosas Embaixadas do Rei Magnânimo.

Mas foram dirigidas ao político e de algum forma ao mecenas e não ao académico, que pelos vistos deixava bastante a desejar.

Num estudo relativamente recente (2004) , Alicia M. Canto coloca em causa a sabedoria arqueológica do aristocrata, enterrado em Santa Maria do Castelo.

Em ''Los viajes del caballero inglés John Breval a España y Portugal: novedades arqueológicas y epigráficas de 1726'', estuda-se a visita a Portugal do autor britânico Breval,   que arrasou o Marquês e as suas veleidades arqueológicas e académicas.

Alicia M.Canto defende as opiniões de Breval contra a sabedoria arqueológica do Sá e Meneses e diz:

breval 4

(p. 339)

 

Achamos que o Candeias devia ter lido Charles-Frédéric de Merveilleux, Breval e a autora citada, para mitigar os seus meritórios desejos de incensar o fundador da Academia.

 

 

 

mn    

 ps-

como se sabe há um novo ornamento na Academia, Santana Lopes



publicado por porabrantes às 10:26 | link do post | comentar

Domingo, 22.04.18

marquês de abrantes.png

Como se aproxima o Mês de Maria, convém recordar a opinião do grande artista plástico que é o José Abrantes.

mn



publicado por porabrantes às 16:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.03.18

Homenagem ao Marquês de Abrantes, D.Luiz Gonzaga de Lencanstre e Távora, eminente historiador e um dos responsáveis pela exposição dos 50 anos da Cidade.

Veja as comunicações no youtube.

D.Luiz foi o maior entendido em Heráldica e temas associados.  

Estaria lá o Luís Dias????

Se não esteve devia ter estado.

mn



publicado por porabrantes às 13:29 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.02.18

IPH Conf Figueroa Rego 2

Presta-se homenagem ao eminente historiador que foi o Senhor D.Luiz de Lancastre e Távora, Marquês de Abrantes.

ver aqui

D.Luiz deu um extraordinário apoio científico e gracioso à Exposição, em S.Domingos, do cinquentenário da elevação de Abrantes a Cidade.

mn

 



publicado por porabrantes às 08:43 | link do post | comentar

Domingo, 17.12.17

 

Qual era o impacto do tráfico negreiro na fortuna dos homens poderosos de Abrantes no século XVIII?

Os ''historiadores'' locais não o conseguiram apurar.

Mas alguns  cantaram a grandeza de D.Rodrigo, o grande Marquês, diplomata e intelectual ilustre, que jaz em Santa Maria do Castelo.

O aristocrata tinha fartos interesses no Brasil e bastantes escravos.

escravos

A historiadora brasileira Denise Vieira Demetrio, nesta tese da Universidade Federal Fluminense, aborda com muita profundidade o assunto.

denise.png

 

   Ler a tese é um bom presente de Natal.

 

E temos de agradecer à Doutora Denise Demetrio esclarecer-nos sobre a dimensão atlântica da poderosa Casa abrantina e ainda o gráfico que lhe roubámos.

ma    



publicado por porabrantes às 22:58 | link do post | comentar

Domingo, 21.08.16
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sexta-feira, 22.07.16

''Elogio ao ilustríssimo e excelentíssimo Senhor Marquês de Abrantes D. Rodrigo Annes de Sá''

 

pelo Marquês de Valença D. Francisco de Portugal *

 

 

1745''

 

 

no blogue de D.João Távora



publicado por porabrantes às 09:49 | link do post | comentar

Sábado, 09.07.16

Retrato do Marquês de Abrantes, Dom Rodrigo entregue pela família em depósito ao Museu dos Coches 

 

leia aqui a explicação por Dom João Távora

 

o retrato do marquês.png

 Dom Rodrigo repousa em campa rasa em Santa Maria do Castelo.

 

família de abrantes.jpg

O Marquês de Abrantes e a sua família depois deste acto de mecenato em prol da Cultura de Portugal. Uma fidelidade à nossa Cultura que data de há muitas gerações.

 

13645217_10210265619862081_4937638123442689312_n.j

fotos de Nuno Albuquerque com a devida vénia

 

 

ma

 

quanto ao palerma da Lego anda à caça do ajuste directo



publicado por porabrantes às 23:14 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.06.16

deportados por miguelistas.png

Justiça d'El Rei D.João VI contra os conspiradores miguelistas

 

Retrato_de_D__Joao_VI_-_Gregorius,_Albertus_Jacob_

retrato de Albertus Gregorius (Wikipedia)

 

Entre outras coisas D.José era suspeito de matar o Marquês de Loulé 

loulé.jpgAgostinho Domingos José de Mendonça Rolim de Moura Barreto, 1.º marquês de Loulé, dirigente da Maçonaria e íntimo do Rei.

 

Tanto o Rei como o Marquês de Abrantes morreram em estranhas circunstâncias, suspeita-se que através de envenenamento.

 

D.João VI ficou conhecido como o ''Clemente''. Outro galo teria cantado  para ele e para Portugal, se em vez de perdoar aquela corja, os tivesse pendurado numa forca.

 

mn 



publicado por porabrantes às 16:25 | link do post | comentar

Domingo, 05.06.16

vitor serrao.jpg

 

CONVITE. Il Rettore dell’Istituto Portoghese di Sant'Antonio in Roma, Mons. Agostinho da Costa Borges, sotto l’alto patrocinio di S. E. L’Ambasciatore del Portogallo presso la Santa Sede Dott. António de Almeida Ribeiro ha il piacere di invitare la S. V. alla presentazione del libro ARTE E DIPLOMACIA A VIVÊNCIA ROMANA DOS EMBAIXADORES JOANINOS di Teresa Leonor M. Vale (ARTIS-Instituto de História ...da Arte - Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa). L’opera sarà presentata da S. E. R. Mons. Carlos de Azevedo Delegato del Pontificio Consiglio della Cultura nella stessa occasione l’autrice terrà la conferenza Gli ambasciatori di Giovanni V e le committenze d’arte italiana: Fonseca Évora per Mafra e
Sampaio per la Cappella di S. Giovanni Battista di Lisbona
giovedì 16 giugno 2016, alle ore 18.00 nel salone nobile dell’Istituto Portoghese di Sant'Antonio in Roma Via dei Portoghesi, 2
 
(gamado ao Prof. Victor Serrão)
 
O mais importante diplomata joanino em Roma foi D.Rodrigo  de Sá Almeida e Menezes, 1.º Marquês de Abrantes, que jaz em Santa Maria do Castelo.
 
Compre o livro aqui
 
A sinopse da FNAC é esta: ''Esta obra da autoria de Teresa Leonor M. Vale tem como objectivo principal efectuar uma aproximação aos embaixadores da Coroa portuguesa em Roma durante a primeira metade do século XVIII através de uma abordagem não centrada na actuação política, mas sim na sua vivência romana e na forma como tal experiência - e em concreto o contacto com a arte da cidade pontifícia daqueles anos - os marcou e, eventualmente, determinou o seu interesse pela produção artística italiana convertendo-os em adquirentes de obras de arte, que depois trouxeram, ou não, para Portugal.Assim, ocupamo-nos das quatro figuras que ao mais alto nível representaram Portugal junto da cúria pontifícia durante o período joanino: André de Melo e Castro (1668-1753), conde das Galveias; D. Rodrigo Anes de Sá Almeida e Meneses (1676-1733), marquês de Fontes e depois marquês de Abrantes; Fr. José Maria da Fonseca Évora (1690-1752), religioso franciscano e mais tarde bispo do Porto e o comendador Manuel Pereira Sampaio (1692-1750). ''
 
mn

 



publicado por porabrantes às 21:55 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A coroa do marquês de Abr...

A outra cara do fundador ...

Dia do Senhor: Opinião do...

Homenagem ao Marquês de A...

Um grande historiador, o ...

Os escravos do Marquês de...

D.Rodrigo Annes de Sá

O retrato do Marquês

Deportação do Marquês de ...

O Marquês de Abrantes em ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds