Quarta-feira, 14.07.10

Jota Pico atreveu-se outro dia a caluniar o Duque de Bragança, atribuindo-lhe palavras impróprias duma personalidade de indiscutível relevo e grande patriotismo.

 

Desmontámos a cabala!!!!

 

Jota Pico meteu a máquina de fabricar mentiras rurais na sacola de mestre-obras e calou-se.

 

Agora os nossos amigos monárquicos da linha dura   mandaram-nos isto:

 

Real Associação do Ribatejo - com sede na Rua D. Miguel de Almeida, 5 – 2º, em Abrantes,requer autorização para colocação de dois reclamos com 0,42 m x 0,30 m e 3 m x 0,90 m, noedifício da sua sede.Deliberação: Por unanimidade, deve proceder-se à audiência escrita da interessada, nos termos dos Artigos 100º e 101º do Código do Procedimento Administrativo, dando-se-lheconhecimento do sentido provável da deliberação final, que consta:Indeferir o pedido de licenciamento por não se enquadrar adequadamente no centro Histórico,nos termos em que é requerido.

 

Notificar a requerente, Real Associação do Ribatejo, que deverá proceder à remoção dossuportes publicitários, reclame não luminoso e bandeira, no prazo máximo de cinco dias acontar da data de recepção da notificação.A interessada poderá contactar o Gabinete dos Centros Históricos, deste Município, para estudo de uma solução urbanisticamente aceitável e com enquadramento no edificado do Centro Histórico da Cidade.Pode a interessada pronunciar-se no prazo de 10 dias, podendo consultar o processo nosserviços municipais, na Praça Raimundo Soares, entre as 9.00 e as 16.30 horas.Nada sendo dito, é esse o teor final da deliberação produzindo os seus efeitos definitivos após o decurso do referido prazo.

 

Deliberação tomada a 28-7-03 por unanimidade.

 

Criaturas presentes: Presidente Nelson Augusto Marques de Carvalho Vereadores Júlio de Jesus Bento, Isilda Manuela G. dos Santos Alves Jana, Pedro Manuel Dias F. Pereira Marques,João Baptista Pico, Isabel Maria das Neves Cavalheiro Ferreira.

 

 

Isto é colocar uma bandeira,esta :



numa associação política legal, num país democrático, com a liberdade de expressão garantida pela constituição era proibido!!!!!

 

Diziam os censores que colidia com a estética urbanística do Centro Histórico!!!!!

 

Todos eles, excepto a nossa amiga Drª Isabel Cavalheiro que nesse dia meteu o pé na argola, são defensores e em certos casos promotores do maior atentado ao património de Abrantes:

 

A MISERÁVEL E ASQUEROSA CARRILHADA!!!!!



Onde é que estavam os meninos quando Gonçalo Ribeiro Telles se candidatou pela CDE em 1969?



E Francisco Sousa Tavares em 61 pela Oposição Democrática?

 

E Pequito Rebello pela Oposição em Portalegre?

Pequito Rebelo na Guerra de Espanha onde combateu por Franco...como Spínola

Quando Francisco Rolão Preto, se sentava ao lado de Delgado no Chave de Ouro, com o monárquico liberal prof. Vieira de Almeida sabemos onde estavam.....?



Provavelmente a tomar o biberón......



Marcello de Ataíde

 




publicado por porabrantes às 22:15 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.07.10

A bandeira azul-branca voltou a drapejar na Torre de Menagem do Castelo abrantino, curiosamente em confraternização com o estandarte verde-rubro.

 

Para terminar a guerra das bandeiras que tal adoptar uma nova bandeira nacional que dum lado fosse verde-rubra e do outro azul-branca?

 

 

 

Roubámos o vídeo no blogue dos nossos amigos monárquicos.

 

Espero que eles gostem do título, mas não espero que a moda pegue: imaginem a Espanha ganha o Mundial e um tarado iberista hasteia isto:

 

Lá teríamos de chamar a Padeira e organizar um massacre.

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 23:22 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.06.10

A entrega ao senhor Secretário de Estado da Cultura, Dr. Elisio Summavielle, do dossier com a petição contra a construção do MIAA na cerca do Real Convento de S. Domingos de Abrantes.


Ao lado direito a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes e à esquerda o Presidente da Real Médio Tejo, Dr.Paulo Falcão Tavares, também em representação do grupo de cidadãos "PORABRANTES".

No fundo, os abrantinos peticionários (e de todo o mundo), querem o Museu noutro local e requalificar o que resta da cerca, horto, enfermaria, celas, cisterna e armazéns cenobiticos do século XVIII, para assim conseguir manter o único Convento abrantino visitável e inserindo-o numa futura rota dos conventos dominicanos, com uma serie de mais valias para a cidade e para a cultura, ganhando assim a cidade outro pólo de atracção.

E ficando na mesma,com o MIAA, noutro local gastando apenas 1 milhão de euros, em vez de 12 ou 20 milhões!!!

in http://nucleomonarquicoabrantes.blogspot.com/



publicado por porabrantes às 16:41 | link do post | comentar

Domingo, 06.06.10

Os monárquicos abrantinos passaram ao ataque!!!

 

 


Um popular convencido a passar de cidadão republicano a súbdito de el-Rei D. Duarte III

 

 

Felicitamos o nosso amigo Paulo Falcão Tavares por ter relançado o PREC em Abrantes  .....

 

PREC= PROCESSO REALISTA EM CURSO

 

QUANDO É QUE VÃO HASTEAR A BANDEIRA DO REI NA RAIMUNDO SOARES!???

 

AVISEM PARA QUE A PETIÇÃO VOS SUBCONTRATE PARA METEREM LÁ TAMBÉM UNS CARTAZES CONTRA  A CARRILHADA!!!!!

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 13:45 | link do post | comentar

Domingo, 16.05.10

Faz hoje 65 anos um grande português que nos habituámos a respeitar e que responde pelo nome honrado de D.Duarte de Bragança. Os nossos amigos do núcleo monárquico abrantino celebram jubilosos o aniversário do Duque de Bragança, e a petição que conta entre eles com bastantes apoiantes  compartilha com eles, a sua alegria

 

 

O Duque concede uma entrevista transcrita nesse blogue de que aconselhamos a leitura.

 

Há coisas que concordamos e outras que não aceitamos, ou que discordamos totalmente. E naturalmente dizemo-lo, porque essa é a tradição de Portugal, a de um  povo livre que foi muitas vezes capaz de dizer aos seus Reis, que a vontade da Pátria não se dobrava cortesã em preito de vassalagem à vontade do monarca, mas que as Cortes, expressão da Nação, tinham poder de limitar o poder régio e inclusive de aclamar novo Rei, se assim o impunha a causa nacional.

 

Foi assim, em Coimbra, no decorrer da crise de 1383-85, quando da Revolução saiu uma nova dinastia e um novo Rei, D.João I.

 

O Duque é um homem bom e gosta de perdoar. Por isso já é amigo outra vez de Saramago, mas não lhe gaba a escrita.

 

Este blogue defende o contrário gaba a escrita dum enorme prosador, mas não perdoa o censor e o gajo que despediu a D.Manuela de Azevedo do Diário de Notícias e agiu a soldo de interesses estrangeiros.

 

Um censor é um pulha onde quer que esteja, mesmo que tenha 90 anos.

 

E nós não perdoamos a pulhas, mas tiramos o chapéu à prosa de Saramago.

 

Para ser um grande escritor não é preciso ser boa pessoa, é necessário escrever bem, ter génio e talento.

 

E Saramago tem estas três virtudes.

 

Embora apostemos 10-1 que dentro de cem anos Lobo Antunes será considerado muito melhor escritor que Saramago.....

 

Marcello de Ataíde

 

PS- Há outra coisa em que discordamos do Duque, não estamos de acordo em nada com o ''eng'' Socrates. As coisas devem ser claras. D.Duarte é excessivamente boa pessoa....



publicado por porabrantes às 19:16 | link do post | comentar

Domingo, 09.05.10

Os monárquicos abrantinos continuam ultramontanos e têm uma aversão mórbida à velha e boa Maçonaria Portuguesa.

 

Esquecem os monárquicos que D.Pedro IV foi Grão-Mestre da Ordem.

 

Esquecem os monárquicos que D.Fernando II foi vulto importante da Ordem.

 

Esquecem os monárquicos que S.A.R. o Duque de Kent é o Grão-Mestre da Maçonaria Britânica.

 

Esquecem os monárquicos que a Maçonaria Inglesa é sempre chefiada por um membro da Casa Real.

 

Esquecem os monárquicos que o Presidente-Rei Sidónio Pais era maçon.

 

Esquecem os monárquicos que Sua Eminência o Cardeal Costa Nunes era maçon.

 

Os maçons autênticos portugueses isto é o Grande Oriente não têm nada a ver com as palhaçadas neo-maçónicas da Casa do Sino e doutras seitas irregulares que são a versão lusitana da P-2.

 

Os maçons autênticos portugueses isto é o Grande Oriente sustenta que sempre foi fiel à velha trilogia da Liberdade, Igualdade e Fraternidade, mas esquece que foi uma trilogia militar maçónica, isto é um triângulo como se diz na gíria, que impôs a Ditadura militar e o salazarismo a Portugal.

 

Os três oficiais generais maçons do 28 de Maio eram Mendes Cabeçadas, Carmona e Gomes da Costa.

 

Os maçons autênticos portugueses isto é o Grande Oriente têm como big boss este Senhor:

 

 

O Grão-Mestre veste-se como se fosse o Cardeal-Patriarca e no século XXI não há pachorra para trajes destes, a não ser nas touradas à antiga portuguesa quando o António Ribeiro Telles se veste de D.João V para fazer uma faena.

 

O Dr. António Reis é uma sombra de Grão-Mestres que representaram a honra e a luta pela liberdade.

 

Raul Rego ou Oliveira Marques estão a milhas do regresso ao anti-clericalismo mais reaccionário e às peregrinações rituais ao túmulo de Buiça, como se o gajo fosse a Nª Senhora de Fátima.

 

A nova fornada de maçons que entrou com o dr.António Reis é uma pandilha sem grandeza e sem alma.

 

Parte deles só quer poder e tachos.

 

Por isso velhos maçons. como Mário Soares, que só foi iniciado para fazer o frete ao Cher Ami François, não põem os pés na Rua do Grémio Lusitano.

 

E foi, ironia da história, foi o maçon não-praticante* Soares que transformou o casamento de D.Duarte de Bragança numa coisa com mais pompa que o casamento de D.Carlos I.

 

De forma que se roga à velha e boa Maçonaria Portuguesa que ponha o Reis com dono.

 

Isto é no olho da rua....

 

Marcello de Ataíde com o apoio da Loja Raul Rego

 

* O melhor das religiões é não as praticar. Porque a Maçonaria é uma religião como mostrou o abrantino Doutor Fernando Catroga



publicado por porabrantes às 23:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.05.10

Informa o blogue monárquico dirigido pelo nosso colaborador Paulo Tavares, lider monárquico do Concelho, que o herdeiro de Afonso Henriques, el-Rei D.Duarte III esteve em Beja apoiando a lavoura.

 

O que mais gostámos foi esta foto:

 

A paisagem que enquadra o monarca é magnífica. Estamos certos que o Rei, também produtor de vinhos nas suas terras de Santar, faz como o Dr.Eurico, quando tem de beber uma vinhaça nacional, nunca segue os conselhos do Armando Fernandes.

 

Finalmente revelamos que um peticionário com 98 anos nos acaba de informar, enquanto estreava o segundo maço de SG do dia, que atribuía a sua saúde de ferro a só tomar dois tipos de medicamentos: vitamina T e B.

 

Ou seja vinho Tinto e Branco.

 

O Verde é para gajos do Porto.....

 

Cada um com as suas manias, desejamos ao peticionário que continue com um tratamento intensivo por muitos anos...

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 14:32 | link do post | comentar

Domingo, 02.05.10

Os nossos amigos monárquicos do Núcleo realista de Abrantes queixaram-se com toda a razão da vandalização dos monumentos abrantinos pela brigada republicana local que depois de ter recebido um telegrama de Lisboa saiu à rua aos berros gritando ''Viva a República''.

 

E estavam muito felizes porque nas paredes do velho edifício da Raimundo Soares que foi Paços do Concelho durante centenas de anos e que devia continuar a sê-lo se houvesse respeito pela história de Abrantes encontraram isto:

 

 

Milagrosamente a Coroa dos Reis de Portugal teria sobrevivido!!!!

 

Porém os nossos amigos são demasiado ingénuos, acham que ferrabrases do género do Sr. Justo da Paixão deixavam ficar lá a coroa?

 

Deram cabo dela.

 

O Escudo actual foi lá mandado colocar pelo Major Machado, Presidente da Câmara lá nos finais do 40 ou inícios dos 50, diz-nos o nosso amigo João Nuno Serras Pereira.

 

E elogia o Major Machado que foi o homem que substituiu o monárquico integralista Henrique Augusto da Silva Martins, que viu a sua edilidade dissolvida pelo Ministério do Interior, depois da tutela ter realizado uma inspecção à CMA (1944).

 

O Relatório foi considerado secreto e nunca foi publicado.

 

Mais ou menos como às inspecções da tutela aos mandatos de Nelson Carvalho.

 

O segredo municipal tem destas coisas, é igual  no fascismo que em democracia.

 

E ser monárquico ou republicano não significa ser bom Presidente. Henrique Augusto foi tão mau como Nelson de Carvalho

 

Finalmente resta dizer que Presidente da CMA desde inícios da década de 30, o flamante integralista teve tempo para arquitectar a prisão do Dr.Manuel Fernandes (com o generoso apoio do Administrador do Concelho e do Governador Civil) mas nunca arranjou vagar para restaurar a coroa dos Paços do Concelho.

 

De N.Carvalho temos de dizer bem, porque deixou lá estar a Coroa e não teve arrebatos jacobinos para a sanear. Só teve arrebatos para, entre outros, processar o dono dum burro....

 

Fomos à procura de outra Coroa:

 

 

E demos com ela no alto do altar-mor de São João. Nas fotos disponíveis vê-se mal. Sugerimos aos monárquicos que têm mais pachorra para coroas que vão lá tirar uma foto com uma teleobjectiva e depois nos contem a datação das armas reais.

 

Esta foto é do Sr. Dias dos Reis que tem uma galeria on-line de fotos de monumentos do Distrito e da nossa Cidade.

 

Todas excelentes. Desde hoje passam a fazer parte dos nossos links, na secção Património.

 

O Sr. Dias dos Reis é fotógrafo profissional e quem quiser contactar com ele tem aqui o tel.

+351-960026262.

Finalmente pedimos emprestada outro foto ao Sr. Dias dos Reis:

 

 

E infelizmente temos de protestar dado o mau gosto pindérico e provinciano (à moda dos piores santeiros de Braga) destas Santas Mulheres.

 

Francamente!!!!

 

O Pároco ou o Igespar que arranjem este conjunto duma forma compatível com a dignidade artística do templo.

 

Marcello de Ataíde



publicado por porabrantes às 22:40 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.04.10

Acaba de se formar um grupo de monárquicos legitimistas em Abrantes. Alguns deles, como o nosso amigo Dr.Paulo Falcão Tavares são subscritores da petição e no caso do Paulo colaborador assíduo deste blogue.

 

O Por Abrantes divulga aqui também a aparição dum blogue ligado a este grupo, que a partir de hoje  faz parte dos nossos amigos, é http://nucleomonarquicoabrantes.blogspot.com/

 

Publicam uma interessante e incompleta cronologia da República cá na terra que termina com o ataque do carrilhismo ao Convento de São Domingos e denunciam ainda outros ataques ao património desencadeados pela administração do dr. Carvalho.

 

O POR ABRANTES recomenda a leitura deste blogue, um pouco demasiado católico e apostólico para o nosso gosto heterodoxo, e espera que a rapaziada que agita o estandarte azul-branco seja digna do velho PPM de Gonçalo Ribeiro Telles, Luís Coimbra, João Camossa de Saldanha, Francisco Rolão Preto, Barrilaro Ruas e tantos outros.

 

Claro que este PPM estava a milhas da associação folclórica do excelente fadista D. Gonçalo da Câmara Pereira, a quem desde já metemos uma cunha para ajudar na carreira do promissor fadista do Souto, Nuno Pico.

Foto Jota Pico

O Fadista Nuno Pico

 

Também escusam os monárquicos de nos virem contar que o Gonçalo não é D.Gonçalo, porque o é por decreto de el-Rei D.Manuel I.

 

Finalmente para guia da actuação monárquica abrantina, devemos recordar a velha máxima de Luís de Almeida Braga que dizia que para ''ser monárquico não precisava de licença do Rei, nem dos bobos da corte''

 

Marcelo de Ataíde

( o Abrantes é um descarado jacobino e por isso queria escrever aqui o elogio da Formiga Branca e recomendar a constituição duma abrantina para caçar clérigos pedófilos, mas lá o consegui acalmar).



publicado por porabrantes às 19:32 | link do post | comentar

Domingo, 28.03.10

O  padre rústico do Pinhal que dirigiu a campanha do CDS-PP e fez dizer a João Pico a maior série de barbaridades que a história de Abrantes regista, devia já ter-nos mostrado a licença do Bispo de Portalegre para poder fazer política partidária.

Ou ter a frontalidade de assinar as coisas que escreve como nós fazemos. E no entanto o padre-candidato parece que continua a dizer missa e a aproveitar-se de pobres ingénuos incultos como João Pico para insultar o regime democrático e os seus vultos mais brilhantes como é o caso do Snr. Eng. Marçal, nosso estimado amigo e futuro líder dos abrantinos, pessoa de excelente coração capaz de visitar   um arguido na cadeia, levando-lhe  certamente guloseimas, as obras completas de Alves Jana e uns maços de SG filtro.

 

 

 

Quando o Padre escreve no blogue Jota Pico não há erros ortográficos: por exemplo este texto é do Padre:

 

ENFIARAM A CARAPUÇA, os burros por Abrantes: o ciúme cegou-os!
''IGNORANTES, NEM SABEM QUE ESTE menino engº da foto nasceu em Alijó e tem como apelido: Pinto de Sousa. QUEREM UM ENGº PARA A DIREITA - ministro - mas para esse peditório já dei... EU QUERO É GENTE COMPETENTE! MAS DEIXO A PERGUNTA: TANTA PREOCUPAÇÃO COM UM CARGO do Engº É MUITO SUSPEITO, QUEM LHES PAGA o serviço?''.

 

 

Vemos um Jerico e o Padre a garantir o que todo o país duvida, se Socrátes é Engenheiro ou não. Esperamos que o Padre também diga que o Sócrates não sabia nada do negócio da TVI....

 

Ora bolas, o Reverendo devia saber que para o Sócrates ser Engenheiro tem de estar inscrito na Ordem respectiva, como é o caso do nosso amigo eng.Marçal.

 

Pediu o Padre uma certidão da inscrição do Sócrates na Ordem ou esqueceu-se como parece ter acontecido com a  licença episcopal para ser autarca?

 

Lembra-nos outro sacerdote muito popular que casou um noivo, vindo do Leste, sem pedir as certidões comprovativas do seu estado civil.....

 

Tanto fazia que o noivo fosse viúvo, casado, bígamo ou solteiro, o que era preciso era casá-lo rápido.....

 

 

 

Quando o texto é de João Pico a coisa é mais boçal, insultuosa e tem erros ortográficos, prova de que João Pico não levou as reguadas necessárias na quarta classe:

 

Eu sou insuspeito na defesa do Dr. Humberto. Todavia, fiquei muito curioso em saber como é que o então eleito presidente da câmara e o seu vice-presidente tinham que "obedecer" às ordens do menino engº. Sim na altura ainda era menino engº. , que quando muito, foi eleito por uma ou duas dúzias de votos dos militantes acantonados na Rua de S. Pedro. Às ordens do Sr. Engº e do Sr. Daniel, que nunca concorda com nada nem ninguém... (sic)

 

Pico volta a falar do ''menino engenheiro'' para se referir a Marçal :  e claro escreve Paços do Concelho com dois ss, coisa que faria dar uma síncope à grande pedagoga Alice de Brito, que por coisas dessas se recusou a levar a mãe do iletrado ao exame da terceira classe....

 

Naturalmente é mais bruto que o Reverendo, apesar de lhe copiar as ideias em calão e insulta o Sr. Daniel, estimado comerciante da Praça de Abrantes e grande bairrista. Manda outra martelada ao Dr. Humberto não se sabe porque obscuras razões......

 

Finalmente diz que não aceitaram a sua presença no Jantar Monárquico e acabamos de saber que queria levar  o Padre e celebrar uma missa campal por alma de D.Miguel I, que o cura considera o único estadista que houve em Portugal, por ter enforcado mais maçons por metro quadrado, que qualquer outro político lusitano.

 

Na homilia, o Padre parece que se preparava para explicar que no Souto nunca houve padres pedófilos, e que isso era só nas outras freguesias.

 

Face a isto, os monárquicos proibiram a entrada ao entrada aos dois...

 

Também seria conveniente que as Autoridades Eclesiásticas pusessem termo às aventuras políticas do ex-Vigário do Pinhal.

 

Marcello de Ataíde.

Nota: amanhã sorry no pic



publicado por porabrantes às 00:01 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Pico e a Vereação de 2003...

Real, Real, por el-Rei de...

Petição na blogosfera

Aqui d´el Rei

D. Duarte de Bragança

A maçonaria

O Rei apoia o tinto, o br...

A coroa dos monárquicos

Núcleo Monárquico de Abra...

Padre do Pinhal garante q...

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds