Sexta-feira, 28.10.16

 

Uma série de profissionais médicos e empresas de saúde têm sido multadas, pela ERS, por estarem a exercer actividades neste ramo sem estarem licenciadas pela tutela. O mais irónico é que o Montepio Abrantino, que exerce essas actividades desde 1860....também não estava licenciado....

 

 

Processo de Contraordenação n.º 291/12

 



publicado por porabrantes às 12:57 | link do post | comentar

Segunda-feira, 14.12.15

telhado do montepio 2.jpg

O olho clínico do Artur Falcão acaba de mostrar mais uma miséria do nosso Centro Urbano, tão degradado e abandonado, por culpa das edilidades que nos pilotaram desde que Nelson Carvalho começou a lixar Abrantes.

O telhado do Montepio, a quem Solano de Abreu deixou bens relevantes, mete água e qualquer dia cai.

Que fez a direcção do Montepio para o reparar ou para alertar a opinião pública para salvar o telhado?

Que fez a Câmara ????

Que fez a Sara Morgado para classificar o edifício?

Que políticas há para ajudar as nossas instituições centenárias, que são a alma deste velho burgo?

Não sei quanto custa um novo telhado, mas os 16.000 euros delapidados numa excursão à China seriam um bom presente de Natal para ajudar a reparar o telhado daquilo que foi uma das mais relevantes instituições de Abrantes.

 ma

 

créditos: do caríssimo Artur Falcão é a foto! Boas Festas Artur! 

 



publicado por porabrantes às 09:23 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.07.15

 

Houve um encontro de cooperativas no Castelo com patrocínio da CMA

ritmos 2.png

Entre os que peroram estava um da Caixa do Montepio Geral, podia ter explicar o empréstimo, via Angola, ao filho do José da Conceição Guilherme para....investir no Montepio...

Das cooperativas abrantinas ou do Mutualismo abrantino.....nada.....

 

Não podiam ter convidado a engª Manuela Ruivo para falar duma das mais velhas instituições mutualistas de Portugal, o Montepio Abrantino ????

monte.png

in Dicionário de História Empresarial Portuguesa, vol I, de Miguel Figueira de Faria e José Amado Mendes

 

Ou não podiam ter reflectido sobre a falência de projectos como o da Abrantejo (que substituiu o Grémio da Lavoura,) da RAL, ou da Rádio Tágide?

tágide.png

 E que a CMA apoiou empresas privadas como os mass media da Lena (a Hália está muito agradecida) e só apoiou a Tágide que era uma cooperativa, tarde e a más horas?

Outra associação quase cooperativa é a Palha de Abrantes, e porque não convidaram a Lourdes Martins?

Falou o Saraiva da Tagus  que não passa duma associação dos municípios (com uns ''civis''' a figurarem, para mostrar que a sociedade civil existe) e depois música....

Ah! e publicidade ao Creativ Camp, que de cooperativismo não tem nada, porque foi vendido à CMA, tipo entrega do projecto chave na mão, por uma empresa do Porto

  

camp.png

Quem organizou o evento?

Uns senhores, que até há pouco geriam uma horta no Cabrito, em Abrantes, mais exactamente a Verdeperto que em Outubro de 2014, alargou o seu âmbito de actuação a mais áreas.

 

A Verdeperto está sem actualização nenhuma na página do facebook.

 

Os membros são estes:

 

ÓRGÃO(S) DESIGNADO(S):

DIRECÇÃO:

Nome/Firma: TERESA MARIA NUNES PEREIRA ALMADA
NIF/NIPC: 219547084
Cargo: Presidente
Residência/Sede: Rua Papa João XXIII, nº. 2
2200 - 264 Abrantes

Nome/Firma: CARLOS ANDRÉ GENEBRA FREIRE
NIF/NIPC: 233138609
Cargo: Vice-Presidente
Residência/Sede: Rua de S. José Operário, nº. 64 - Rossio ao Sul do Tejo
2205 - 033 Abrantes

Nome/Firma: PAULA ALEXANDRA SANTOS DO VAL
NIF/NIPC: 192306090
Cargo: Tesoureiro
Residência/Sede: Avenida Cardoso Lopes, nº. 38, 1º. dtº.
2700 - 160 Amadora

Nome/Firma: NUNO MIGUEL GRACIO FERREIRA CARDOSO MENDES 
NIF/NIPC: 210556803
Cargo: Suplente
Residência/Sede: Rua João Dinis, nº. 56
2200 - 114 Abrantes

CONSELHO FISCAL:

Nome/Firma: PAULO ALEXANDRE PIRES GIL
NIF/NIPC: 220304211
Cargo: Presidente
Residência/Sede: Rua do Outeiro, nº. 34
2200 - 080 Abrantes

Nome/Firma: ANA CRISTINA CASTANHO RUIVO MARTINS RIBEIRO
NIF/NIPC: 110491882
Cargo: Suplente
Residência/Sede: Rua Padre António Lopes Marujo, nº. 4, r/c
2200 - 262 Abrantes

Prazo de duração do(s) mandato(s): 2014/2015
Data da deliberação: 04 de Novembro de 2014

 

O Carlos Freire foi Candidato PS no Rossio

 

Também se associou ao evento, produzindo os conteúdos web uma cooperativa, constituída também em Novembro de 2014,: a Persona

  NIPC: 513316833
NATUREZA JURÍDICA: COOPERATIVA
SEDE: Largo do Peralvo, Edifício 13 - Rossio ao Sul do Tejo
Distrito: Santarém Concelho: Abrantes Freguesia: São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo
2205 - 025 Abrantes
Ramo do sector: cultural
OBJECTO: O objeto social da sua actividade é a produção, divulgação e comercialização de conteúdos multimédia e/ou preservação de arquivos digitais; Design, multimédia e arquivo digital ou outras; Inclusão social através de práticas artísticas ou outras; Produção de eventos.
Capital mínimo : 250,00 Euros  

 

DIRECÇÃO:

Nome/Firma: JORGE ALEXANDRE GUERREIRO CARRANÇA
NIF/NIPC: 213615185
Cargo: Presidente
Residência/Sede: Av. Defensores de Chaves, Bloco 1, 3º Esq.
2200 - 301 Abrantes

Nome/Firma: JOSE BERNARDINO MOREIRA BANDOS
NIF/NIPC: 195753291
Cargo: Secretário
Residência/Sede: Av. 25 de Abril, nº 374, 2º andar
2200 - 299 Abrantes

Nome/Firma: MARTA ROSALINA MONTEIRO ESTEVES
NIF/NIPC: 236845748
Cargo: Tesoureira
Residência/Sede: Rua do Monte, Nº 30, Cabeça das Mós
2230 - 102 Sardoal

CONSELHO FISCAL:

Nome/Firma: PEDRO MIGUEL MOREIRA DE OLIVEIRA RAMOS
NIF/NIPC: 234442484
Cargo: Presidente
Residência/Sede: Rua do Chafariz, Nº 21, r/c esquerdo
2330 - 135 Entroncamento

Nome/Firma: SORAIA DA MOTA AFONSO
NIF/NIPC: 226827275
Cargo: Vogal
Residência/Sede: Rua Rafael Bordalo Pinheiro, Nº 74
4710 - 347 Braga

Prazo de duração do(s) mandato(s): 2014 a 2016
Data da deliberação: 24 de novembro de 2014

 

Segundo a Rádio Oficial a Persona vai agir em Setembro. Vamos ficar à espera. Mas isto cheira a Sociedade Civil...

mn



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.03.15

montepio diogo oleiro.jpg

moomtepio diogo oleiro.jpg

 Como prometido publica-se artigo histórico de D.O. sobre o Montepio Abrantino.

Refira-se que Oleiro diz que em 1941 já estava feito o catálogo e o inventário do Arquivo do Montepio por Joaquim Maria Correia.

É uma pena que um Inventário deste arquivo  nunca tenha sido publicado e as edições municipais deviam tratar disso.

Oleiro salienta que até 1941 o Montepio foi das únicas instituições abrantinas donde foi escorraçada a ''porca'' da política e que por isso conseguiu sobreviver (bem a Santa Casa que sempre esteve dominada pela política e era nesta época feudo de henriquistas também sobreviveu.)

Oleiro não resiste em fazer humor negro acerca dos ''ginastas'' do Montepio.

Deve salientar-se que ele foi dos corpos sociais nos inícios do século XX e conhecia bem a casa.

No Jornal assinala-se com delicadeza a participação do seu director ,o saudoso dr.Armando Moura Neves, na qualidade de legionário, acompanhado pelo ''chefe'' do Terço, Manuel Lisboa e D.Luís de Albuquerque no funeral da filha do Tenente-Coronel Costa, comandante distrital da LP.

Assinala-se a formatura em Farmácia do futuro militante do MUD, Dr. Álvaro Passarinho, que depois seria do CDS e Presidente do Sardoal nos finais da ditadura.

Magnífica a local sobre a Travessa do Teatro, onde o cacique fascista Henrique Augusto da Silva Martins, tio do Inspector Rosa Casaco, tinha instalado um mictório que provocava escândalo.

Imagino a cara de gozo do Diogo Oleiro quando verificou que a censura não cortara a local do mictório e se dedicou a imaginar a fúria do França Machado e do capitão Andrade ao ler a notícia.

MN

nr- transcreve-se recorte do Jornal do Solano, de 1885, onde este acusa os regeneradores de só multarem os pobres que infringiam as posturas, poupando os ricos. Coisa habitual.      



publicado por porabrantes às 19:14 | link do post | comentar

Domingo, 15.02.15
 
Muito bom dia!
 
Tive conhecimento desta informação online...
 
A ser verdade, é um assunto que me diz muito como presidente da direção desta associação.
 
Poder me à permitir a visualização deste documento?
 
 
Cumprimentos
 
Manuela Ruivo
 
 
 
 
A vergonha de Abrantes: a nossa memória por 5 euros

Graças a um amigo comprei isto on-line por 5 euros

 

 

Cara eng. Manuela Ruivo,

 

Começa mal V.Exa, pondo em causa a minha  palavra, e depois pedindo um favor.

 

Tendo em conta que a petição inicial está prejudicada pela falta de educação com que foi feita, a resposta só pode ser negativa.

 

Mas tendo em conta o papel importantíssimo do político e cacique regenerador José Pimenta do Avelar Machado, no apoio à Associação de Socorros Mútuos Soares Mendes, que foi fundada , em 29 de Setembro de 1856, sob o nome de Sociedade Filantrópica Abrantina e que esse papel só pode ser comparado ao de Solano de Abreu e de Egídio Salgueiro, daremos o devido destaque a esses bons-serviços do fidalgo do Rossio de Abrantes, a uma instituição muito importante da Cidade.

 

E como os sócios do Montepio não têm culpa da sua falta de habilidade para fazer petições, oferecemos-lhe vista panorâmica para algumas peças que deviam estar (mas nunca estarão) num Arquivo Histórico de Abrantes, porque um Arquivo Histórico não deve estar num parque de sucatas camarário.

 

Cumprimentos

MN

revista de abrantes.png

montepio.jpg

 notas: a informação aqui transcrita deve-se a Diogo Oleiro e o livro acho que foi dele, homem honrado, maltratado por uma edição camarária que o acusou infundadamente dum crime infame para um Homem de Cultura, plágio. Quando saíu o libelo difamatório  um  Humberto Lopes era Vereador da Cultura e o Zé Bioucas, Presidente.

 



publicado por porabrantes às 21:35 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A multazinha ao Montepio ...

O telhado do Montepio

Cooperativismo à abrantin...

O Montepio por Diogo Olei...

Um pedido da eng.Manuela ...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds