Quinta-feira, 25.02.10

 

Este blogue cultiva as virtudes lusitanas de elogiar quem o merece ( por exemplo o padre Rosa, director espiritual de Jota Pico) e a da gratidão.

 

Somos gratos a quem defende ABRANTES, e por isso já elogiámos aqui Jorge Lacão e Nelson Carvalho, bem como os criticámos quando achámos que o seu comportamento era disso merecedor.

 

Da mesma forma procedemos com o Sr.Cónego Graça, e com duas valentes jornalistas locais.

 

Esquecemo-nos de agradecer ao Solicitador Anacleto Baptista, dirigente local e distrital do PSD o seu apoio ao Arq. Doutor António Castel-Branco.

 

O Solicitador também é Sub-Director da Nova Aliança e por isso participa na elaboração do quinzenário católico, devendo ser-lhe agradecido que publicasse o valente artigo de opinião do nosso amigo.

 

Fica aqui expresso o nosso OBRIGADO!!!!

 

mas também fica o aviso de que ninguém é livre de crítica numa democracia,

 

Como aliás se provou com a valente carta dirigida por Anacleto Baptista, enquanto dirigente local do PSD, à folha gratuita onde metia o ex-patrão político do Pico na ordem.

 

Naturalmente o visado  ainda está a pensar o que vai responder.....

 

Recordamos ainda que Anacleto Baptista foi durante bastante tempo Deputado pelo Distrito à Assembleia da República.

 

Noutra ocasião falaremos do que fizeram os nossos parlamentares e das agruras que alguns sofreram, por exemplo Manuel Dias que supomos que esteve cercado na Constituinte por um soviete de trolhas comandado pelos gonçalvistas e onde o Almirante Pinheiro de Azevedo despachou os golpistas com um sonoro '

 

'' B........para o fascista....''

 

''POR ABRANTES''

 

Nota: avisamos que já está on-line o artigo do António publicado na Barca.

 



publicado por porabrantes às 08:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.01.10

No blogue

 

 

Tiago Mota Saraiva faz uma interessante reflexão sobre a questão dos ajustes directos na encomenda pública, a posição envergonhada da Ordem dos Arquitectos sobre a coisa,  e faz-nos pensar.

 

Aconselhamos vivamente a leitura do texto

 

Do texto saiu um vivo diálogo de que retiramos vários excertos, com a devida vénia:

 

   (...)

Comentário de Carlos Fernandes
Data: 20 de Janeiro de 2010, 18:02

È escandaloso esta situação dos ajustes directos, o argumento da celeridade dos processos deveria ser só aplicado a casos declarada e justificadamente excepcionais, como escolas ou edificios em risco de cair. Igualmente escandaloso é o silêncio , distraído ou premeditado, da imprensa sobre isto, quando estão em causa dinheiros públicos.
Sobre o silêncio da Oposiçao, quais,… para nossa desgraça!,baratas tontas e intoxicadas pela desinformaçao dos mass.merdia manifestamente comprados, sobre isto nem vale a pena falar, tal é a vergonha, com a honrosa excepçao do PCP, e note.se que não sou comunista.

E já que o deputado J. Pacheco Pereira diz ler este Blog, esperemos então a sua opinião sobre este escandalo, naquele programa dele da SIC , esperando, claro está, que não lhe aconteça, o mesmo que ao Dr. Carreira Bom.

Comentário de ah
Data: 20 de Janeiro de 2010, 18:48

Pela leitura de comentários de professores por “dentro” do que se tem passado na designada requalificação das suas escolas, julgo existirem ainda outros problemas graves como sejam edifícios projectados perfeitamente desajustados aos fins (educativos) a que se destinam e problemas graves de construção.
Seria interessante o testemunho de quem está “no terreno” e sabe as “histórias todas” (.!) com todos os pormenores (!)

É seguramente um outro grande escândalo.

Comentário de Tiago Mota Saraiva
Data: 20 de Janeiro de 2010, 19:01

ah, esse é outro problema, que deve ser estudado caso a caso, para se perceber se tem uma única fonte.

 

 

 

 

 

 

 

Outro cubo!!!!! Ficou extraordinário!!!! Foto do blogue referido

 

Comentário de luís afonso
Data: 20 de Janeiro de 2010, 20:15

meu caro tiago e demais

a propósito dos pontos 1 e 3 deste teu post:
. carlos prata – presidente da mesa da assembleia regional do norte
vice-presidente da mesa da assembleia geral
8 escolas . 1.474.124,00€ (relativos a 2007 e 2008)
. bak gordon – suplente do conselho fiscal nacional
6 escolas . 404.088,00€ (relativos a 2 escolas)
. alexandre alves costa – conselho nacional de delegados
3 escolas . 333.347,02€ (relativos a 2 escolas)
. vitor mestre / sofia aleixo – vogal do conselho fiscal nacional
3 escolas . 229.934,00€ (relativos a 2 escolas)
. josé barra – conselho directivo regional sul
2 escolas . 191.976,00 (relativos a 1 escola)
. victor carvalho araújo – presidente do conselho nacional de admissão
2 escolas . 173.726,00 (relativos a 1 escola)
. fssmgn – suplente da mesa da assembleia geral
conselho nacional de delegados
1 escola . 175.782,00

a propósito de outros ajustes directos da parque escolar:
. camilo cortesão – 5 escolas . 614.614,00 (relativos a 3 escolas)
. joão lúcio lopes – 5 escolas . 393.483,00 (relativos a 2 escolas)
. qualidade urbana – 5 escolas . 303.752,00 (relativos a 2 escolas)
. ana roboredo / joaquim oliveira – 4 escolas . 402.827,00 (relativos a 2 escolas)
. inês lobo – 4 escolas . 411.394,00 (relativos a 2 escolas)
. manuel fernandes de sá – 4 escolas . 178.821,00 (relativos a 1 escola)
. atelier central – 3 escolas . 211.014,00 (relativos a 2 escolas)
. bjf arquitectos – 3 escolas . 216.921,00 (relativos a 1 escola)
. cândido chuva gomes – 3 escolas . 206.000,00 (relativos a 1 escola)
. joão paciência – 3 escolas . 600.693,00 (relativos a 1 escola)
. josé bernardo távora – 3 escolas . 205.989,84 (relativos a 1 escola)
. josé gigante – 3 escolas . 410.827,00 (relativos a 2 escolas)
. oficina ideias em linha – 3 escolas . 384.574,00 (relativos a 2 escolas)
. pedro botelho / maria beija – 3 escolas . 245.843,00 (relativos a 2 escolas)
. tall & taller – 3 escolas . 168.980,00 (relativos a 1 escola)

e ainda faltam as surpresas das fases 3 e seguintes, cuja lista ainda não é pública. mas que seguramente não se desviará deste modelo…

a propósito de outros ajustes directos e consultas ao mercado viciadas, várias autarquias como entidade adjudicante, período set 2008-dez 2009, 209 ajustes directos dos quais :
. inplenitus, arquitectura e soluções – 12 ajustes . 1.183.666,30€
. bernardo & bernardo, consultores associados, lda – 11 ajustes . 708.165,00 €
. arquitecto carlos nuno lacerda, lda – 7 ajustes . 532.350,00 € (6 escolas para o município de paredes)
. proengel – projectos de engenharia e arquitectura, ldª – 4 ajustes . 435.500,00 €
. luís neto – arquitectos & associados, lda – 3 ajustes . 466.500,00 €
. 75 ajustes entre 24.900,00€ e 24.999,00€

a propósito de outros ajustes directos, várias autarquias e outras entidades públicas como entidade adjudicante, equipamentos de vulto :
. aeroporto de alcochete – joão leal, hok international limited, arup, bmm e aviation solutions
. áfrica.cont – david adjaye
. campus da justiça, vila franca de xira, aveiro, nazaré, sesimbra, faro, leiria, ílhavo e coimbra
. centro cultural de quarteira – souto moura
. centro de arte, castelo branco – josep lluis mateo
. centro de artes e espectáculos, viseu – filipe oliveira dias
. centro de congressos – luís neto
. centro de socorro, monsanto, lisboa
. centro distrital de operações de socorro, viseu
. 10 centros de saúde, lisboa
. cm abrantes – carrilho da graça


. coliseu, viana do castelo – souto moura
. convento de s francisco, coimbra
. 400 creches, portugal
. escolas de hotelaria turismo, setúbal, viana do castelo, lamego, porto, santa maria da feira, setúbal e portimão
. estação de coimbra b – juan busquets
. expo 2010, shanghai – carlos couto
. hospitais, gaia-espinho, loures
. mercado do barreiro – juan busquets
. mosteiro de s bento, santo tirso – siza vieira e souto moura
. museu de arte sacra, évora – carrilho da graça
. museu dos coches, lisboa – paulo mendes da rocha
. museu joaquim manso, nazaré – siza vieira
. sede da pj, lisboa
. terreiro do paço, lisboa – bruno soares

ufff… e a lista e suspresas continuam…

Comentário de am
Data: 20 de Janeiro de 2010, 21:39

não escrevas mais nada que eu só de pensar que tenho que pagar cotas…

Comentário de Pedro Malheiros Fonseca
Data: 21 de Janeiro de 2010, 1:58

Portugal no seu habitual.
V. Exas. não pensaram ainda que podiam juntar-se e criar uma anti-ordem? Se são 80% dos arquitectos, força pelos números não iria faltar. Combater o mal no seu ringue, fazer-lhe ver a força da realidade, obrigar a mudar.
Mas isto sou eu que não sou daqui, nem percebo de nada disto…

Comentário de Tiago Mota Saraiva
Data: 21 de Janeiro de 2010, 11:09

Luís, muito obrigado pelo trabalho listado, que é de grande utilidade.
Acrescentaria uma peça que me parece fundamental. O Presidente do Conselho Fiscal da OA, de nome, Rolando Borges Martins, é Presidente da Parque Expo (http://www.parqueexpo.pt/vPT/Empresa/Mensagem/Pages/mensagem.aspx), director da representação portuguesa na exposição de Xangai (http://www.lusa.pt/lusaweb/user/showitem?service=310&listid=NewsList310&listpage=1&docid=9294822) e conhecido amigo dos ajustes directos.

 

(...)

 

O post e a discussão de 20 de Janeiro foram vivas, mas hoje   o debate continua!!!

 

 

Trata-se de saber porque é que este Senhor e mais um reduzido grupo de previlegiados têm a sorte de serem ajustados directamente ........

 

 

E qual a posição da Ordem sobre isto?

 

Não esquecendo que o actual Vice-Presidente da CMA é arquitecto e teve responsabilidades na vida da Ordem.....

 

POR ABRANTES

 

Nota da redacção deste blogue faz parte o abrantino honorário Miguel Serras Pereira



publicado por porabrantes às 22:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.01.10
ÚLTIMA HORA.PETRONILHO CARRAÇA ARQUITECTA TORRES EM MAÇÃO
300820091208

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mação, frente à Igreja Matriz, sim, ali bem na cara do povo maçanico, uma imagem captada pela nossa reportagem mas que tem os dias contados. A ânimo apurou que a autarquia maçanica, deslumbrada com o Pedregulho que se prepara para Abrantes, da autoria do arquitecto Carrilho da Graça, e na linha da importação das boas notícias - sim, é certo que se vier incêndio o presidente dirá aos media que o fogo veio importado de outros concelhos! - tratou de se meter em campo e acaba de contratualizar com o gabinete de um outro arquitecto, de seu nome Petronilho Carraça, para a implementação de projectos que visam substituir os velhos edifícios em ruínas por modernas torres concebidas segundo as mais nodernas linhas arquitecónicas.

A ânimo tem já na sua posse alguns dos projectos mais arrojados e que a seu tempo revelaremos. Por hoje, o estudo prévio previsto para a torre no Largo da Matriz. De facto, depois das  autorizadas reconstruções quer na Rua de Stº António, quer no Largo do Cineteatro, tudo vai ser possível. Nada vai ficar como dantes, quartel general.... em Mação! (Não rima mas, para o caso pouco importa! )

020920091226

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

antónio colaço

NR - Claro que, pelo sim pelo não, sempre adiantaremos que, "qualquer semelhança com a realidade é mera coincid....")
 
in ânimo 1 de Setembro de 2009


publicado por porabrantes às 12:07 | link do post | comentar

Domingo, 17.01.10

Os cabeças de cartel do MIIA são os ex-seminaristas da CMA e o afamado trio composto pelo museólogo Baptista Pereira, pelo arqueólogo Oosterbeck e pelo arquitecto Carrilho da Graça.

Dos do trio o primeiro é um célebre social-fascista perseguidor de democratas na Faculdade de Letras, o segundo um divulgador da pintura de Adolfo Hitler, o terceiro um expoente da arquitectura brutalista de inspiração nazi.

Bolas!

Será que ainda vão remodelar o conteúdo do museu e fazer um museu da Ditadura?

Naturalmente com uma secção para o Inspector Rosa Casaco e outra para a arquitectura do JOTA PIMENTA 

 

POR ABRANTES



publicado por porabrantes às 00:41 | link do post | comentar

Sábado, 26.12.09

 

 

João Pico diz que se vai retirar da política porque o eleitorado não o compreende.

 

É natural. Mas  também esta acção de limpeza

 

 

na vida política abrantina se deve à acção humanitária deste blogue pelo melhoramento da classe política local,  que também é PATRIMÓNIO.

 

HÁ nos políticos pessoas que como património deviam ser classificadas assim Mário Soares, Manuel Alegre, Sá Carneiro, Melo Antunes são património nacional.

 

Manuel Fernandes é património de Abrantes.

 

Outros são património do Souto como é o caso do Pico, apesar do bom povo preferir o Dr. Valentim, rapaz civilizado, culto, viajado e extremamente  dinâmico.

 

Estamos certo que na família alguém foi educado pela D.Alice. É essa fibra do Dr.Valentim que o faz ganhar eleições. 

 

E o Pico insiste a culpa é do Povo porque tem muitos defeitos....

 

A boa notícia a confirmar-se, só dá força a este blogue para mandar pelo mesmo caminho Saldanha da Rocha, outro espécime rústico da Zona do Pinhal....

 

E o que resta do nelsismo ainda no poder......

Mas confirmar-se-á o abandono do Pico?

 

Já prometeu várias vezes e não cumpriu.

 

Estamos preocupados com o seu futuro.

 

Montará uma sociedade comercial com os seus patronos políticos Armando Fernandes e Pedro Marques?

 

Dedicar-se-á ao Fado, como o filho?

 

Iniciará uma campanha para expulsar o Capitão Horácio da Misericórdia e candidatar-se-á a Provedor?

 

Ordenar-se-á Ministro da Comunhão para ser sacristão do Padre centenário que quis meter na política?

 

Pico é uma força do Souto.

 

Tudo se pode esperar.

 

Inclusivamente que se candidate a Presidente do PS de Abrantes apoiado pelo Albano.

 

Vamos aguardar.

 

Melhores notícias seriam o abandono do Carrilho da Graça, do Baptista Pereira e do divulgador de arte nazi.

 

Mas não se pode ter tudo.

 

O desenho como corresponde a um blogue castiço é de D. José  de Lencastre e Távora, Marquês de Abrantes.

 

POR ABRANTES 



publicado por porabrantes às 17:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.12.09

 

 

Manda a etiqueta que se desejem Boas Festas e assim o fazemos a todos os abrantinos e amigos de Abrantes ( mesmo os que não assinaram a petição, porque ainda estão a tempo de o fazer).
 
Também agradecemos aos partidos e instituições, políticos e personalidades  que foram capazes de tomar posições valentes em defesa do Património Abrantino e aqui destacamos o Dr. José Amaral, o Dr. Santana-Maia Leonardo, a Drª Isabel Cavalheiro, o Mário Pissarra, o incansável António Colaço, o ex-ministro Ferreira do Amaral, o dr. Rui André, ex-Presidente da Junta de Rio de Moinhos,  ao Cónego José da Graça, a Drª Ana Soares Mendes, a Nova Aliança, o Mirante e o Primeira Linha. No caso dos partidos destacamos o PSD e a CDU.
Daqueles que nos esquecemos deixamos aqui expressas as nossas desculpas.
 
Queremos ter uma palavra especial para os nossos amigos dos blogues, em especial para a Ânimo, que tanto fizeram para dar a conhecer a luta pela defesa da Cidade de Abrantes.
 
Queremos agradecer aos colaboradores mais assíduos deste blogue: Dr. Paulo Falcão Tavares, eng. José Albuquerque Carreiras ( que lançou a petição!), o António Colaço a quem rapinámos bastantes textos e todos os outros, não podendo faltar obviamente o Arq. António de Ataíde Castel-Branco.
 
Para todos Obrigado e um Bom Natal
 
Ah e como prendas o último livro da Luísa Costa Gomes e o último CD do Rui Veloso!
 
Naturalmente ambos apoiaram a petição!
 
POR ABRANTES

 



publicado por porabrantes às 18:12 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.12.09

 

''do ponto de vista urbanístico, e tendo em conta toda a envolvente parece-me que este edifício se agarra à escala das torres da central do Pego. o que até seria bom, não fossem aquelas torres se assemelharem ao skyline da springfield dos simpsons...''
 
Arquitecto Pedro Azeredo Alves, Porto, apoiante da petição a 25 de Junho de 2009
 
 
Ou seja para Pedro Azeredo Alves é isto que influenciou a obra de Carrilho:
 
           
 
 

 

 Torres da Central Nuclear de Springfield, émulas do monstro poluidor pegacho.......É com elas que o Carrilho quer dialogar.....

 

              Eis o mapa de Springfield que Carrilho gostaria que fosse o de Abrantes......

   

 

E eis Mr. Groening, um génio, pai dos Simpson....

 

 

Não sabemos se foi ele que criou o Simson rupestre:

 

Mas não temos a certeza  se foi o Indiana Jones do Pinhal, que parece que nem português sabe falar.....que já fez uma comunicação à Academia das Ciências, animada por Adriano Moreira provando que o Homer rupestre é uma mais valia para vender presuntos rupestres no Mação.....  

 

 Agradecemos penhoradamente ao Arq. Azeredo Alves a dica: Carrilho depois de ter sido Prémio Pessoa quer ser Prémio Simpson.....



publicado por porabrantes às 22:44 | link do post | comentar

 

Temos os comentários moderados neste blogue, isto é damo-nos o soberano direito de cortar a palavra a tipos que não merecem a nossa confiança, a não ser que um visado queira exercer o direito de resposta.
 
Não somos como a folha gratuita dos empreiteiros que negou ao Arquitecto António Castel-Branco o direito de defender a sua honra.
 
E chamamos os nomes às coisas.
 
Chama-se José Eduardo Alves Jana, a criatura que foi responsável editorial, porque é o Director da coisa, que permitiu dar a palavra a um tal Fernando António Baptista Pereira para agredir Castel-Branco e se recusou a deixar o António defender-se.
 
Este é o Baptista Pereira,  o homem que organizou o livro de homenagem a  Lucília Moita e insultou a petição onde o empresário Pedro Tavares Simão exerceu o seu soberano direito a dizer que o projecto do Carrilho ofende a cidade de Abrantes e naturalmente não é digno de alojar a colecção doada pela ilustre  Pintora.
  Foto da Presidência da República
 

Ai temos de novo o Baptista Pereira, que parece que irá depois do Natal passar uns dias a Paris, na sua faceta de cortesão implorando a atenção dum Presidente eleito democraticamente ,Cavaco Silva e naturalmente do tenente-coronel Putin, o sinistro tipo que enterrou a democracia na Rússia. 

Putin não passa da versão russa dum pide, era de profissão agente do KGB. Como se Rosa Casaco fosse o governante de Portugal......

 

 
Aqui temos o cónego José da Graça, sub-director da Nova Aliança. Da Drª Ana Soares Mendes, conhecida advogada e aristocrata, Directora do referido quinzenário católico   e membro do Secretário Diocesano das Comunicações  Sociais não temos foto.
 
 
OS DOIS DERAM UMA VALENTE LIÇÃO DE JORNALISMO AO EX-SEMINARISTA ALVES JANA PUBLICANDO A RESPOSTA DO ARQ. CASTEL-BRANCO
 
 
Que está na foto, lendo provavelmente palavreado beato sobre  qualquer matéria  esotérica enquanto o António Colaço, apoiante da petição, o contempla.
 
Numa foto do mesmo blogue, ano1963.wordpress.com.,  o professor Mário Pissarra, também apoiante da petição. 
        
 
O dito blogue tenta ser um forum dos ex-seminaristas da diocese de Portalegre e Castelo-Branco.
E lá também aparece Isilda Jana, uma das principais responsáveis pela adjudicação sem concurso público das obras do Convento.
 
Todas estas fotos são do António Colaço 
 
Mas a D.Isilda não é a principal responsável, porque é Nelson de Carvalho o responsável político da coisa, com a fraternal colaboração do VPC e do Albano Santos.
 
Foto da campanha de Maria do Céu Albuquerque
 
Gostávamos de saber se um dia o Mário Pissarra e o António Colaço terão o direito de dizer na dita folha o que pensam sobre o malfadado projecto do Carrilho.
 
Gostávamos de ler na dita folha o que tem escrito o António Colaço sobre o caciquismo rupestre no Mação e o desastre paisagístico que representa o projecto do Carrilho.
 
Ou aquele memorável post sobre o Menage a trois,em Abrantes, ou seja a teoria das três torres em erótica harmonia.... 
 
E se a dita folha será capaz de perguntar à ex-Vereadora Isilda Jana as circunstâncias precisas como foram assinados os contratos (porque há 2) com a empresa de Carrilho da Graça......
 
Deixando estes comentários para outro dia, porque se aproxima o Natal, que teoricamente é tempo de paz, e temos de ter tempo para homenagear um verdadeiro resistente à Ditadura e à hipocrisia clerical, Monsenhor Carvalheira que acaba de falecer, vamos responder ao amável comentário do nosso leitor José  Duarte, não sem dizer antes que já moderámos comentários ofensivos numa linguagem de carroceiro do Souto assinados por um tal Cachoeira.
 
O homem fazia ameaças para que não disséssemos o que pensávamos dum cacique batido miseravelmente nas eleições que insultava D.Alice de Brito, porque ela não tinha querido levar a mãezinha a exame....
 
Somos a favor de professoras como a D.Alice, se todos os professores fossem como ela foi haveria menos analfabetos em Portugal.
 
Depois disto vimos responder à sugestão do nosso leitor José Duarte para que faça um jantar de homenagem ao Dr. José Amaral.
 
Somos a favor, mas desde que à porta do restaurante se afixe um letreiro enorme:
 
Foto o Mirante
 
  
PROIBIDA A ENTRADA AO ALBANO!
E JÁ AGORA AO ALVES JANA, BAPTISTA PEREIRA E RESTO DA TRIBO!
  
  
 
 


publicado por porabrantes às 20:18 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.12.09
 
Num acto de verticalidade e corajosa coerência política, o Dr. José Amaral, subscritor da petição e deputado independente à Assembleia Municipal, demitiu-se do seu cargo, enviando uma violentíssima carta ao Presidente da Assembleia Municipal, o Ministro Jorge Lacão Costa, onde denunciava com frontalidade e valentia a cobardia política do Arq. Albano Santos, ex-cabeça de lista dos Independentes à C.M.A.
Desde sempre José Amaral se caracterizou por dizer o que pensava, tendo apoiado a contestação popular ao faraónico projecto de Carrilho da Graça de que Albano Santos foi um dos responsáveis e mais entusiastas defensores, só ultrapassado por gente que não tem sentido de humor nem é capaz de defender o património de Abrantes, como João Pico ou Nelson Carvalho.
Tiramos o chapéu a José Amaral, advogado que dedicou boa parte da sua vida profissional a sozinho defender nos Tribunais o povo de Abrantes contra o esbulho que foi a isenção de sisa concedida pelo governo a quando do negócio da Central do Pego.
Recordemos que tanto as edilidades de Humberto Lopes e Nelson Carvalho deixaram sozinho o ilustre Advogado num combate quixotesco contra o esbulho a que Abrantes foi sujeita.
Recordemos que os partidos políticos fizeram o mesmo e que os senhores rotários homenagearam agora o director da central pegacha em vez de homenagear o Advogado íntegro, o Homem de Bem e o herdeiro daquele que foi um cidadão exemplar, o médico José Amaral.
Recordemos que tarde e más horas, a edilidade de Nelson Carvalho resolveu apoiar José Amaral e patrocinar uma petição popular contra o negócio da sisa, quando a acção popular, um monumento à dedicação cívica e à ciência jurídica, já estava no Tribunal Constitucional, um dos mais veneráveis exemplos da partidocracia lusitana.
Agora que o Dr. Amaral já não é um político, contamos com ele para varrer o projecto do Carrilho da face honrada de Abrantes.    
   
Por Abrantes


publicado por porabrantes às 21:44 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sábado, 19.12.09

O Primeira-Linha e o Blogue da candidatura social-democrata publicaram (   no caso do amar-abrantes) em 25 de Junho, a entrevista que transcrevemos de 

 

Phil Hawes, arquitecto americano, discípulo do famoso arquitecto Frank Lloyd Wright, e arquitecto do conhecido projecto Biosfera 2, esteve em Abrantes, aproveitei para o entrevistar:
Mário Semedo: agora que teve contacto com o projecto para o Museu de Ibérico, qual a sua opinião sobre o projecto?
Phil Hawes: Estou completamente estupefacto com a arquitectura proposta para o Museu Ibérico. Caridosamente falando é uma abominação ego-maníaca. Está para além do meu entendimento como é possível que os residentes de uma cidade tão bela como Abrantes possam seriamente considerar uma úlcera como esta na paisagem de sua cidade. O impacto que este edifício vai ter irá negativamente mudar para sempre o aspecto actual da cidade de Abrantes, uma vez que irá abrir o caminho para a sua futura degradação visual.  
Para lhe dizer a verdade, nem sequer Speer (o arquitecto de Hitler) consideraria tamanha declaração ditatorial, contudo ... talvez Estaline estivesse mais inclinado para semelhantes declarações arquitectónicas! 
Mário Semedo: Considera por isso que o projecto tal como está não deveria ser construído?
Phil Hawes: Espero não ter deixado qualquer dúvida na sua mente; considero este projecto como um completo desastre arquitectónico. Não posso imaginar nenhum estudante do primeiro ano de arquitectura conceber algo tão ofensivo e destrutivo para o tecido da comunidade. Com efeito, tenho sido professor de arquitectura em 4 universidades diferentes na E.U.A. e na Europa, e posso dizer-lhe que eu nunca tive um aluno que me fizesse algo tão fora de escala, tão fora de contexto, e tão longe de qualquer realidade actual.

Foi autor da peça o nosso amigo Mário Semedo 

 



publicado por porabrantes às 18:31 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

AGRADECIMENTO

Do ajuste directo

A Torre Rupestre

Museu da Ditadura

Boas Notícias

Boas Festas e um Feliz 20...

Voz dos arquitectos

PROIBIDA A ENTRADA AO ALB...

Homenagem ao Dr. José Ama...

Hawes critica Carrilho da...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds