Terça-feira, 20.02.18

Em 2010 a CMA permutou o 2 º andar do Palácio Falcão com a Nersant (que era a dona) por uns terrenos em Alferrarede.

Quais foram os valores praticados?

19226599_edaDn

Antes disso, tratava-se dum edifício do século XVIII, remodelado por Raimundo Soares Mendes no dezanove e que em 1902 já tinha este aspecto.

 

av casa falcao

 A CMA avaliou o 2º andar dum palacete oitocentista em 250.000 € e comprou-o por mais 90.000 €

 

Ou seja pagou 340.000 € por uma construção do XVIII com 656 m2

 

Agora ofrece 270.mil euros pelo S.Pedro, que é uma construção de 1949, restaurada no ano 2000 (gastaram-se lá uns 500.000 €) e tem 1000 M2 (todo o edifício e não uma fracção)

 

Se o leitor examinar friamente isto, terá certamente a ideia que a autarquia deve achar que os das Iniciativas devem ''filantropicamente'' (palavras dum edil) andar a financiar uma autarquia....que

 

a) doa bens imóveis à Associação de Agricultores

 

b) vende piscinas avaliadas em 800.000 € por 6.000

 

 e faz outros negócios do género.

 

Fomos ver as condições do negócio , depois de ler isto, onde se alertava para o negócio da Nersant

 

ma

 

PS-não tenho o preço de venda desta fracção pela CMA à Nersant anteriormente 



publicado por porabrantes às 13:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.05.17

A CIMT contratou a NERSANT, associação patronal, para dar cursos para patrões aos miúdos das Escolas. A coisa custa uns 67.000 €.

Este e outros contratos da CIMT e das autarquias deviam ser escrutinados pela Imprensa e pela Oposição, mas não o são geralmente.

Também andamos com falta de pachorra. Há quem escrutine. O Tomar na Rede escrutina hoje o contrato entre a Rádio Hertz e a CM da Anabela.

Sobre este contrato só temos a sugerir, se a CIMT paga cursos para patrões, também devia pagar cursos para sindicalistas prás criancinhas.

E contratar a CGTP-IN.

A UGT não, que é uma central sindical amarela.

Bem dado o seu apoio à Geringonça, a CGTP também caminha para se amarelar....

mn


tags: ,

publicado por porabrantes às 10:07 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.09.15
1647746 Entrada:
09-09-2015
Distribuição:
09-09-2015
Autor: Sofia Isabel Duarte Rodrigues Furtado
Réu: Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém
Réu: Maria Salomé da Conceição Rafael
Réu: António Manuel de Campos
Réu: Pedro Miguel Madeira Tó Rodrigues Félix
Tomar - Inst. Central - 2ª Sec.Trabalho - J1 1130/15.0T8TMR

Valor:
60 000,00 €
Tutela da Personalidade do Trabalhador
Transferência electrónica

 

a redacção



publicado por porabrantes às 15:22 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.07.15

A família que sustentou a criação da fábrica de seringas João Guilherme foi das maiores doadoras  da campanha do Cavaco

 

''Só com a família do empresário José Guilherme, a campanha de Cavaco Silva contou com 100 mil euros. Esta família, aliás, já tinha feito donativos na primeira campanha presidencial de Cavaco, em 2006. Nessa altura, porém, deu menos dinheiro. José Guilherme ofereceu 20 mil euros, o filho doou 15.000 euros e a mulher 20 mil euros.''

 

i

Entretanto o empréstimo ao filho do Guilherme coloca o Montepio a caminho de ser um BES

 

O único conselho sério retire as poupanças do Montepio.

 

seminario_ru.jpg

Entretanto o Montepio é o parceiro da  Regeneração urbana da Nersant, onde acorreram disciplinados e sebastianistas os autarcas do Médio Tejo

 

''

Na sessão de abertura, estará presente a Presidente da Direção da NERSANT, Maria Salomé Rafael, Maria do Céu Albuquerque, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Pedro Ribeiro, Presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e Pedro Ferreira, Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas.

A sessão prossegue com algumas intervenções relacionadas com a temática, nomeadamente "As oportunidades da regeneração urbana no Médio Tejo – o caso de Tomar", pela Presidente desta Câmara Municipal, Anabela Freitas, e "As oportunidades da regeneração urbana na Lezíria do Tejo – o caso de Santarém", por Ricardo Gonçalves, Presidente deste município.''

 

Há outras câmaras envolvidas como a do o Sardoal

 

A ligação destas entidades ao Montepio para criar um ''cluster'' de regeneração urbana ameaça ir ao ar, com a bomba Montepio prestes a saltar

 

Destas entidades e doutras, dessa coisa chamada ''economia social'', que move milhões, tem bastantes empregos mal-pagos e em condições laborais críticas, e que vive sobretudo de subsídios e não do mercado.

 

Uma economia tem de estar sujeitas às regras e exigências do mercado e não ao critério político da dependência dos fundos europeus, porque  caso contrário só gera despesismo, caciquismo e termina sempre à grega.

 

MN

 

aqueles que acharam que um banco que faz operações à BES, é parceiro seguro para os novos projectos de recuperação urbana estão a sonhar...

 

ps- nos candidaturas aos novos fundos e planos está inserida a Assembleia de Abrantes e o Hotel Turismo que a CMA ajudou a falir?  quer a CMA comprar o S.Pedro baratex e de um dia para o outro para o candidatar à famigerada regeneração urbana?  

 

 

 



publicado por porabrantes às 08:38 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.10.14

Por causa daquelas infra-estruturas inúteis nas margens do Tejo a CM da Barquinha e a de Constância sentam-se no banco dos réus, acompanhadas pelo Parque Almourol, LDA

 

 

Entrada: 30-09-2014 Distribuição: 30-09-2014

Autor: Almourol Aventura-Centros Náuticos, Lda Autor: Diverlanhoso, Atividades Desportivas, Lda Réu: Parque Almourol – Promoção e Desenvolvimento Turistico, Lda Réu: Câmara Municipal de Constância Réu: Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha

Santarém - Inst. Central - Secção Cível - J2

271/14.5T8STR Valor: 323 350,27 €

Ação de Processo Comum Entrega Electrónica - Refª 17682218

Naturalmente o jornal Novo Almourol, de que me dizem ser director o Luiz Oeesterbeck não noticia isto....

 

Deve ser porque o director está ocupado a preparar uma comunicação rupestre sobre as pinturas nas margens do Tejo, que dará no Carmo, na Sociedade dos Arqueólogos, ao lado do quartel da GNR  

 

Na aventuras da Parque Almourol andou metida a Nersant

Contrato de prestação de serviços

Para interpretarem a contenda é aconselhável lerem isto, de que se reproduz a imagem. Lerem algumas notícias no Mirante. Lendo a publicação citada ficam com uma clara ideia de que relações empresariais há e de como caminhamos para um flop monumental e de como desperdiçamos os fundos comunitários em coisas inúteis como o Tagus Valley e o Aquapólis.  

nersant.png

 Ah ! E finalmente apareceu um credor esquecido da RPP Solar

172480

Entrada: 09-10-2014 Distribuição: 09-10-2014

Requerente: Sogipe – Sociedade de Aluguer e Comércio de Equipamentos, S.A., Insolvente: Rpp Solar - Energias Solares S.A.,

Santarém - Inst. Central - Sec.Comércio - J1

405/12.4TBABT Valor: 1 900,00 €

Insolvência pessoa coletiva (Requerida) Transferência electrónica

MA



publicado por porabrantes às 22:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.08.10
Ataques ao director da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes
Tendo tomado conhecimento do teor da notícia publicada no semanário regional "O Mirante", na sua edição de 29-07-2007, em que são feitos graves ataques às capacidades pessoais e à competência profissional do director da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, dr. Miguel Pinto dos Santos, e em que lhe são imputadas declarações com sentido pejorativo relativamente aos empresários da região, que teria proferido num seminário realizado num dos auditórios do CNEMA, não pode a presidência do Instituto Politécnico de Tomar deixar de afirmar publicamente o seguinte: 
1.º - É do conhecimento da presidência deste Instituto o exacto teor e a contextualização das declarações proferidas pelo dr. Miguel Pinto dos Santos no seminário referido na notícia de "O Mirante"; 
2.º - Em face de tal conhecimento a presidência deste Instituto repudia as acusações feitas naquela notícia contra o dr. Miguel Pinto dos Santos e afirma categoricamente ser infundado e falso o sentido pejorativo que é atribuído na notícia às declarações por ele proferidas no seminário em questão; 
3.º - A presidência do Instituto Politécnico de Tomar reitera a sua plena confiança nas capacidades pessoais e na competência profissional do director da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, dr. Miguel Pinto dos Santos. 


O presidente do Instituto Politécnico de Tomar 
António Pires da Silva


in cidade de Tomar

 

A primeira nota é a seguinte: o licenciado reformado (era professor do ensino liceal) Pires da Silva conseguiu dar aulas numa instituição do ensino superior sem que nunca lhe tenha passado pela cabeça actualizar-se. Isto é como o conhecimento científico evolui a toda a velocidade, um docente universitário tem de investigar, publicar e progredir na carreira alcançando graus superiores à licenciatura e chegando  pelo menos a Doutor.

 

No IPT não é assim, o licenciado reformado Pires da Silva foi Presidente com  um magníco C.V......e vai despedir-se com uma magnífica reforma com o mesmo estilo que o marcou ao longo da vida.

 

Um estilo que o levou a escolhido para Delfim pelo extremista de direita Bayolo Pacheco de Amorim!!!!

 

Dizer salazarista, como já se disse neste blogue, de Bayolo é insultar Salazar!!! Que foi um conservador autoritário mas não um exaltado.

 

O licenciado Pires da Silva não desmente uma linha do que disse o Mirante dizendo apenas que o P. da ESTA (que já se devia ter demitido por uma questão de dignidade institucional) disse o que disse, mas foi sem sentido pejorativo!!!!!

 

Lembra-me um alemão a que eu chamei filho da p. ! Disse-me o Fritz : ''A minha mãe era muito séria, nunca exerceu esse comércio, portanto eu não sou aquilo que tu dizes, é impossível cientificamente.''

O alemão era formado em Físico-Quimíca, Doutorado por Heildeberga (uma chafarica da treta ao pé do IPT) e fora professor visitante na Sorbone, Oxford e Harvard. Mas não conseguia perceber o carácter pejorativo do meu insulto!!!!

De maneira que me desculpei  junto do Herr Doctor Fritz von Neuman, autor do clássico ''Os gases alemães, os mais eficazes do mundo'', ''é pá só disse filho da p. em sentido carinhoso, como estudei no Porto o vernáculo está-me sempre na ponta da língua.....

O Fritz, que era um poliglota,  encontrou um académico português  daquela vez que o levei a visitar a Biblioteca Joanina, e largou:'' ò meu filho duma valquíria, who are you?

O catedrático coimbrão tentou logo agredi-lo, enquanto deseperado,  Herr Doctor Fritz von Neuman lhe tentava explicar que estava a ser muito carinhoso, quase tanto como quando escrevera o seu clássico e ficara surpreendido por o terem declarado ''persona no grata em Israel''.

 

Portanto este licenciado:

foto
quando disse isto:

definiu os empresários como ''ladrões', que ''que só sabem gastar dinheiro em carros novos e casas no Algarve, e que para além de não terem formação superior, não estão nada sensibilizados para as parcerias com as escolas de ensino superior da região, entre outros mimos.''

 

Estava naturalmente a falar em tom carinhoso, como eu, quando chamei filho duma meretriz ao maior especialista mundial ( o doutor Mengele já morreu) em gases alemães.....

 

Para fazerem uma ideia do licenciado reformado aqui fica o seu CV ''oficial'

António Pires da Silva, actual Presidente do Instituto Politécnico de Tomar, nasceu em 1941, na freguesia de Figueira e Barros, no distrito de Portalegre.

Fez a instrução primária na escola da freguesia de Figueira e Barros, tendo feito o exame da 4ª classe na escola primária do concelho de Avis e o Exame de Admissão aos Liceus em Portalegre. Enquanto que, para concluir o ensino secundário frequentou o Liceu Normal D. João III, na cidade de Coimbra

Mal terminou o Ensino Secundário, ingressou na Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra onde pretendia tirar a licenciatura em Engenharia Química. Contudo, dois anos volvidos, pediu transferência para o curso de Ciências Físico-Químicas, a sua área de eleição.
Teve que interromper a vida escolar para cumprir o serviço militar, tendo integrado uma Comissão de Serviço em Angola.
Regressado a Portugal terminou a licenciatura na área das Ciências Físico-Químicas. Contudo, começou a leccionar ainda antes de efectuar a profissionalização no Colégio Nun´Alvares, em Tomar.

Desde que se iniciou como professor passou por diversas Instituições de Ensino, desde Tomar a Fátima. Sempre leccionou as disciplinas de Matemática e Ciências Físico-Química no Ensino Secundário enquanto que, no Ensino Superior as disciplinas leccionadas foram sempre Física e Química.

Desde que está ligado ao IPT, António Pires da Silva, além de dar aulas no Politécnico de Tomar aos cursos de Tecnologia de Celulose e Papel; Engenharia Química Industrial; Engenharia de Construção Civil; Engenharia Eléctrica Industrial, Tecnologia e Artes Gráficas, Engenharia Electrotécnica, Engenharia Informática, Engenharia Civil, foi também professor na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, leccionando a cadeira de Física aos cursos de Engenharia e Gestão Industrial e Engenharia Mecânica.

Para além de dar aulas, António Pires da Silva, desempenhou vários papéis ao longo da sua vida, foi membro da Comissão e da Direcção Pedagógica do Colégio de Nun´Alvares de Tomar; membro dos Júris Regionais dos Exames Finais do Ensino Particular e Cooperativo, das zonas de Santarém e Santarém – Leiria; fez parte das equipas de elaboração das provas de exame da disciplina de Ciências Físico-Químicas, do Ensino Particular e Cooperativo, das Zonas de Santarém e Santarém – Leiria; foi corrector de provas de Exame da disciplina de Física do 12º ano e da disciplina de Ciências Físico-Químicas, do Curso Complementar e desempenhou, durante vários anos, a função de Director de Turma.

Desde que integra o Instituto Politécnico de Tomar foi representante da área de Química da Escola Superior de Tecnologia de Tomar; integrou a Comissão de Análise, no concurso público para fornecimento de equipamento, para os laboratórios de Física e Química, das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia de Tomar; coordenou a Comissão “Politécnico 97”, no inicio do ano lectivo 1996/97, para promoção e divulgação do Instituto Politécnico de Tomar e Abertura Solene do ano lectivo; coordenou, ainda, o Gabinete de Divulgação e Dinamização Cultural do IPT; presidiu a Comissão Organizadora dos Colóquios de Física do Politécnico; dirigiu o Gabinete de Divulgação e Áudio Visuais; foi nomeado Vice – Presidente do Instituto Politécnico de Tomar, em Agosto de 2002 e eleito Presidente do IPT, no dia 6 de Junho de 2005, tendo tomado posse dia 13 de Dezembro de 2005.  (ver mais aqui)

 

Miguel Abrantes, especializado em relações luso-brasileiras (exceptuando a Lurian)



publicado por porabrantes às 22:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.07.10

“Incompetente e analfabeto” é como os empresários da região classificam Pinto dos Santos, director da Escola Superior de Abrantes

foto

Pinto dos Santos terá chamado ladrões aos empresários da região na presença de membros da direcção da NERSANT. José Eduardo Carvalho vem agora pedir que o homem seja afastado do lugar por falta de competência para ocupar o cargo.

Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

Arrogante, incompetente e analfabeto, foram alguns dos mimos de que foi alvo o presidente da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA), Miguel Pinto dos Santos, numa reunião de empresários associados e dirigentes da NERSANT que se realizou recentemente. José Eduardo Carvalho, aproveitando uma deslocação da direcção do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) a Torres Novas, à sede da associação (ver notícia da edição anterior no caderno de Economia), pediu, inclusive, que o presidente do IPT retirasse o professor da direcção da ESTA. “Ele não tem perfil nem competência para um cargo daqueles. Não temos nada contra o homem mas ele é mau gestor e uma instituição como a ESTA não pode ter à sua frente um indivíduo incompetente e mal-educado, que chama ladrões aos empresários quando somos nós que lhe pagamos o vencimento com os nossos descontos e os lucros das nossas empresas”.

José Eduardo Carvalho assumiu as críticas a Miguel Pinto dos Santos em nome dos empresários da região depois do director da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes ter vindo recentemente a Santarém afirmar, num seminário sobre emprego, que os empresários da região, na sua grande maioria, são ladrões, que só sabem gastar dinheiro em carros novos e casas no Algarve, e que para além de não terem formação superior, não estão nada sensibilizados para as parcerias com as escolas de ensino superior da região, entre outros mimos.

No seminário, que se realizou num dos auditórios do Cnema, estavam presentes dois membros da direcção da NERSANT que ainda ouviram criticas idênticas do presidente da Escola Superior de Gestão de Santarém, Jorge Faria, mas um pouco mais brandas e subtis na forma como foram proferidas, disse a O MIRANTE Salomé Rafael, vice-presidente da NERSANT, que estava acompanhada por Lopes de Sousa também membro da direcção.

Segundo apuramos junto da direcção da NERSANT, o tom duro das declarações de Pinto dos Santos gelou o ambiente mas o facto de o seminário se ter realizado numa sala que leva apenas uma centena de pessoas, e a maioria dos participantes serem alunos, terá evitado a polémica durante a sessão uma vez que ninguém defendeu a classe empresarial depois das declarações dos dois responsáveis.

Salomé Rafael, contactada para comentar estas declarações, disse a O MIRANTE que nunca tinha ouvido nada parecido, apesar de já andar nesta vida associativa há muitos anos. Assumiu ainda que este comportamento do presidente da ESTA e da Escola Superior de Gestão de Santarém não é habitual entre responsáveis pelas escolas da região nem tão pouco entre a classe dos professores .

Curiosamente, estas declarações de Pinto dos Santos e Jorge Faria, contrariam ainda o discurso oficial do Instituto Politécnico de Tomar e de Santarém que, nos seus relatórios, elogiam a excelente colaboração das empresas da região e os seus contributos importantes para o êxito das escolas e da formação dos seus alunos.

 

in Mirante

 

Pasmem?

 

O Gajo tem a escola e a lata doutro tipo do IPT, o Luís Oeesterbeck!!!!!

 

Até dá ideia que quem nomeia o corpo docente  é o Pico!!!!

 

É o resultado da brilhante gestão à frente do IPT do professor liceal reformado Pires da Silva!!!!

 

A herança do fundador, o salazarista Bayolo a quem os gajos homenagearam baptizando  um anfiteatro com o nome do agitador extremista que chorava por Salazar!!!!

 

Quem é que contratou o ''esposo'' (1) da Chefa para a Esta? Quem foi?

Houve concurso público?



A única saída da Nersant distrital, fundada por um homem excepcional, o nosso amigo eng.Marçal, da Associação Comercial Abrantina e de todos os homens de bem é processar por difamação e injúrias o burocrata que se atreveu a pôr em causa a honradez dos empresários de Abrantes!!!!



E a direcção do IPT que tem permitido coisas incríveis, incluindo a apologia da pintura hitleriana por Oeesterbeck, tem de tomar medidas!!!!


Pires da Silva (à esquerda), o professor do ensino secundário imposto à frente do IPT pelo voto dos representantes da sociedade civil abrantina ou seja os vereadores do PS da altura (é preciso uma ''granda lata'' !!!!), herdeiro do salazarista Bayolo e protector de Oeesterbeck

 

 

E o partido dos  empresários, o CDS-PP, preocupado com as obras na casa dum amigo do trolha......

É a visão política tipo mister Magoo do porta-voz do carrilhismo

 

Miguel Abrantes, abrantino essencialmente

 

(1) Tinha escrito primeiro marido mas o livro de estilo diz que tem de ser ''esposo'', porque senão a Chefa ofende-se.

ESPOSO deve dar mais ''glamour'' como diz a Suzy.....



publicado por porabrantes às 06:56 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.05.10

Do Mirante, líder da informação regional e do apostolado pela canonização do Sr.Pico, retiramos:

 

Nersant dá formação a entidades da economia social

Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

''A Associação Empresarial da Região de Santarém - Nersant tem aprovado o plano de formação financiado para activos das entidades da economia social. Animação em lares e centros de dia, crianças com necessidades específicas de educação, Primeiros Socorros – Tipos de acidentes e formas de actuação, Folha de Cálculo, Acompanhamento em creches e jardins de infância – Técnicas pedagógicas, Planeamento e Desenvolvimento de actividades de tempos livres, Acolhimento e encaminhamento, Higiene e Segurança Alimentar, Plano de Emergência – Definição, Gestão da Qualidade – Evolução e Normas do sistema, Plano de Emergência – Implementação, são os cursos aprovados.

A frequência destas acções permite o cumprimento do novo Código do Trabalho relativamente à obrigatoriedade da entidade patronal proporcionar ao trabalhador acções de formação profissional, num mínimo 35 horas anuais certificadas. Para mais informações e inscrições, deve contactar aceder ao sítio da Nersant em www.nersant.pt.

De referir que estas acções se realizam não só na sede Nersant em Torres Novas, mas também nos núcleos Nersant de Ourém (nucleo.ourem@nersant.pt), Abrantes (nucleo.abrantes@nersant.pt), Santarém (nucleo.santarem@nersant.pt), Cartaxo (nucleo.cartaxo@nersant.pt) e Sorraia (nucleo.sorraia@nersant.pt).''

 

A petição saúda vivamente esta iniciativa benéfica da Nersant e recomenda aos gestores de organismos sociais, por exemplo ao Sr.Provedor, que aproveite a caridosa acção da associação patronal.

 

 

Recordamos que a Nersant foi fundada por dois grandes empresários que foram respectivamente os seus 1º Presidente e Vice-Presidente, eng. José Eduardo Marçal e eng. Fernando Osório Soares Mendes (Graciosa ) e os dois grandes abrantinos, amigos da sua terra e defensores do património são apoiantes da petição.

 

 

O nosso amigo José Eduardo Marçal levou a sua solidariedade até ao ponto de defender, nas páginas do Ribatejo, o Arq.  Doutor António de Ataíde Castel-Branco, que como aristocrata e professor universitário foi vilipendiado na sua honra por um tal Fernando Baptista Pereira, que o atacou em termos injuriosos mas sobretudo  num péssimo português impróprio dum professor universitário, e duma queixa injustificada por delito de opinião por parte do licenciado Carrilho da Graça.

 

Esperámos que o Fernandinho (como diz a nossa amiga Lucília Moita) Baptista Pereira fosse capaz de repetir a brincadeira respondendo ao Zé Eduardo, mas a criatura cortou-se metendo o rabo entre as pernas.

 

Sabia que o Ribatejo é um Jornal decente e não publicaria artigos injuriosos ( ao Fernandinho não restam ideias mas apenas chavões pseudo-intelectuais e palavreado aprendido no Diário do Miguel Urbano Rodrigues, quando esse pasquim passava o tempo a insultar Sá Carneiro) e daria direito de resposta ao visado.

 

Coisa que não fez, para proteger o Fernandinho a folha gratuita do seminarista.

 


Ainda o veremos como articulista no blogue Pico do Zêzere.....

 

Finalmente recordamos que os senhores e senhoras inscritos nas acções de formação da Nersant devem visitar a Sala de Retratos onde figura um artístico óleo homenageando o peticionário eng. José Eduardo Marçal, fundador da Instituição e inspirador do seu espírito solidário.

 

Miguel Abrantes

 




publicado por porabrantes às 18:42 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Quando a CMA comprou meta...

Cursos juvenis para patrõ...

Nersant processada

Uma bomba chamada Montepi...

Batalha judicial à beira ...

Pires da Silva ilumina-no...

O Pinto & os empresários ...

Nersant ajuda necessitado...

arquivos

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds