Segunda-feira, 15.07.19

No discurso histérico anti-racista que ultimamente soa apareceu um que sustentava que o Professor Salazar conhecera poucos ''negros''.

Logo aos dez anos foi colega no Seminário de Viseu dum filho dum padre.

juvenal_cabral_3

 

Do mulatito Juvenal Cabral, o pai do Amílcar Cabral.

Juvenal António Lopes da Costa CABRAL, filho do Padre António Lopes da Costa, da Ilha de Santiago, duma família de lavradores remediados.

Graças às terras que herdou da madrinha tornou-se latifundiário. Deixou o ensino (tinha sido professor primário na Guiné) para administrar as terras que herdara. 

O casamento que fez foi com uma portuguesa ( mãe do Luís Cabral, primeiro Presidente da Guiné). Mas de várias relações teve cerca de 30 filhos.

Foi autor de obra escrita de mérito, sobretudo umas memórias., onde não surge como um nacionalista, mas sim como um defensor das gentes de Cabo Verde. 

 

 

mn 

 



publicado por porabrantes às 12:43 | link do post | comentar

Sábado, 02.02.19

O livro ''Portugal à Lei da Bala'' de António Luís Marinho e Mário Cordeiro, Ed Temas e Debates, 2018, pretende demonstrar a falácia de Portugal enquanto país decretado de ''brandos costumes''.

Há uma longa história de violência política no rectângulo, que muitas vezes esquecemos.

portugal à lei da bala

É uma leitura muito recomendável.

Os autores tiveram a bondade de citar este blogue, a propósito do atentado a Oliveira Salazar, de que foram protagonistas, entre outros, Emídio Santana, libertário, e o comunista abrantino Marques Granja

portugal à lei da bala 2

Algum plumitivo doutorado e não só cá do burgo já roubou daqui textos, aprendam com os autores de Portugal à Lei da Bala, o que é a honestidade intelectual.

A estes, o nosso obrigado.

mn  

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 15:23 | link do post | comentar

Domingo, 03.08.14

 

 

a 31 de Dezembro de 2012 a maior parte dos depósitos camarários (mais de 2 milhões de euros) estavam no BES

 

agora não sei, mas calculo que devem seguir a mesma política de confiar em falidos

 

a garantia de depósitos vai até 100.000€ por depositante

 

se continuam como estavam em 2012 e se o Governo deixa ir à falência o BES só receberiam 100.000€

 

pessoalmente acho que o Estado deve deixar falir o BES

 

não são neo-liberais e não defendem o livre funcionamento do mercado?????

 

finalmente diz o Noronha, que anda pela Direita, que o Dr.Salazar defendia que todos os depósitos de organismos do Estado tinham de estar na Caixa Geral de Depósitos

 

eu digo ao Noronha: olha que o professor Salazar não era burro, só era desconfiado

 

e por muito que fosse amigo do Ricardo Espírito Santo não fazia depósitos no BESCL ...

 

ao contrário desta tropa

 

ma  

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 20:13 | link do post | comentar

Sábado, 27.08.11

 

a medida tem a pinta rústica de Oliveira Salazar, o ditador que por aí em 1932-1933 fechou as Escolas Normais para diminuir o número de professores primários, baixou para as mulheres a escolaridade primária para a 3º classe e substituiu os professores com habilitações por regentes, criaturas sem preparação académica que deviam ''educar'' os rurais, fechando além disso imensas escolas no campo .....

 

tudo para cortar na despesa.....

 

mas Oliveira Salazar herdara um país arruinado pela crise de 29, posto a navegar à deriva pelo desvario anárquico da 1º República e a quem os militares golpistas do 28 de Maio, tinham metido a pique, género naufrágio do Titanic....

 

 

 

mas Oliveira Salazar não gastava dinheiro em coisas supérfluas, até o dinheiro para a PVDE-PIDE regateava....

 

 

a Maria. que fora governanta de Cerejeira e do ditador nos Grilos em Coimbra, onde o Professor do Sardoal, Serras e Silva

 

 foto http://www.eb1-panascos.rcts.pt/ (1)  

ensinara aos seminaristas a distinção entre o garfo de peixe e o da carne, sofria as passas de Santa Comba Dão na carne (2)porque o António era um furreta tanto na vida privada como no rígido controle da despesa pública.........

 

naturalmente praticou o clientelismo com os amigos políticos, por isso o seu amigo, o maçon Bissaia Barreto (tio do Presidente da empresa da Central do Pego, eng. Álvaro Barreto) pôde construir o Portugal dos Pequeninos  que a ainda estudante da Universidade de Coimbra, Maria do Céu Antunes deve ter podido visitar assiduamente na sua estadia em Coimbra e ter colhido amplas lições porque a sua política de vista-curtas

 

poderia ser caracterizada por tentar construir uma

 

Abrantes dos Pequeninos.....

como Oliveira Salazar, que também via pequenino....

 

que tornou este país numa nação castrada pela polícia política, pelo analfabetismo, pelo safanão a tempo, pela censura,pela entrega dos recursos económicos aos Melos (estimáveis patrões do eng.Marçal), aos Espírito e a três ou quatro famílias mais....

 

a licenciada Albuquerque entrega Abrantes nas mãos de gente da laia de Bento-17,

 

ao menos Ricardo Espírito Santo sabia comer à mesa e Sá Carneiro, o advogado do Porto, cunhado de Costa Leite (Lumbralles), a quem na gíria forense chamavam o ''Saca-Notas'', a cara tripeira do regime, era um Senhor....

 

podemos comparar

 

o incomparável????

 

Oliveira Salazar deixou os cofres-cheios (e naturalmente as prisões também e alguns espectros para servirem de aviso a navegantes, Dias Coelho, o amigo de Duarte Castel-Branco, Humberto Delgado, o General de infância abrantina, Marques Godinho, o fidalgo pedreiro-livre mandado matar por Santos Costa....) e uma guerra insolúvel....

 

Maria do Céu Oliveira Antunes Albuquerque,

 

 

esta,

 

   

presidente da câmara por acidente, ou melhor graças ao DIAP,    

 

ameaça deixar um centro histórico destruído pelo betão e pela rendição incondicional ao mau gosto e ao lobby da chefa, uma paisagem rural de aldeias artificialmente estranguladas por planos de ordenamento desenhados para favorecerem objectivamente interesses especulativos, um concelho em haraquiri demográfico, meia dúzia de incompetentes de profissão avençados, processos judiciais contra donos de burros herdados de um burro que pensava que era um Chavez de parvónia, um concelho com as finanças exaustas e delapidadas a favorecer ou projectos megalómanos ou homens como o barão e o licenciado alentejano

 

e que mais????

 

pode-se comparar este reino cadaveroso (obrigado Jorge de Sena!) com o Portugal do animal de São Bento????? 

 

pode e não pode.....

 

não pode porque o Cerejeira local não distingue entre um garfo de peixe e um de carne, apesar de saber distinguir entre uma nota de 500 € e outra de cinco.......

 

e o autêntico Cereijeira sabia comer decentemente......


pode, porque ao aplicar a política que o cartaz acima reproduzido representa, que foi a de Salazar dos anos 30, a de liquidar a instrução primária nos campos, num país com mais de 50% de rurais, se faz em Abrantes, agora, o mesmo fechando os


jardins das escolas das aldeias......

 

Miguel Abrantes, passando por acaso por este blogue...... 

 

(1) Esqueceram-se de dizer uma coisa, foi o Prof. Serras e Silva que pagou os estudos ao meu Amigo João Nuno Serras Pereira, que ficara órfão devido à morte precoce do seu Pai o dr. David Serras Pereira. Serras e Silva não fez mais que a sua obrigação. Era tio de João Nuno....

 

(2) Sofreu tanto na carne a Maria, o autor do livro esqueceu-se que não se chama dona a uma sopeira, que morreu virgem. Testemunho nas suas memórias do abrantino Rosa Casaco....  



publicado por porabrantes às 16:04 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O colega mulato de Salaza...

Deveres de cortesia: Port...

Os Depósitos da CMA no BE...

licenciada albuquerque fe...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds