Segunda-feira, 18.01.16

Permitam-me chamar a vossa atenção de que há uma destruição dum rio em curso-RIO TEJO. Quer dizer temos uma DAC em curso... Desregulamentação Ambiental em Curso , tipo PREC ambiental......Tal, recordo a todos os que me lerem bem como aos snrs deputados e ao Parlamento e incluo a 11ª COMISSÃO DO AMBIENTE, que é anti-constitucional, pois pelo menos 4 Leis da nossa Constituição, e que deveriam estar em vigor são e foram adulteradas, esquecidas e espezinhadas! Um governo e seja ele qual for, ou uma industria, não são donos e nem podem aprisionar um rio, pois isso significaria privatização encapotada, o que nunca-as populações ribeirinhas, o aceitarão. QUE SE FAÇA UM REFERENDO A QUESTIONAR O DISTRITO DE SANTARÉM DADO SER O MAIS SACRIFICADO EM TODO ELE.As populações teem direito a ser consultadas e a democracia parlamentar está-se a esquecer deste pormenor, pois já morreram demasiadas pessoas e o PIB não pode ser um fim absolutista. fiquem bem e obrigado aos que lerem.

de mattos sébastien

 

 

Caro amigo Mattos:

Já vimos e estamos a lutar contra isso. E continuaremos a lutar! 

 

 

 

 

 

ma



publicado por porabrantes às 16:23 | link do post | comentar

Sábado, 19.12.15

415943_461547627235595_1487321503_o.jpg

uma grande entrevista a um homem do Tejo Manuel Pires Fontes

 

mn

devida vénia ao Mação em Movimento prá foto do Sr.Fontes



publicado por porabrantes às 14:23 | link do post | comentar

Segunda-feira, 10.08.15


'' Fazendo um pouco de retrospectiva para os novos aderentes deste Grupo Ambiental....... o dia grande aqui na Ortiga 16/6/2015 ou seja um mês depois do rio ter implodido e explodido, enviando-nos a mensagem de aque tinha chegado ao fim e não aguentava mais. Era o fim dum ecossistema que deveria ser intergeracional e de sustentabilidade. (ainda por cima em tempos de crise e a precisarmos dele-do rio)
Dia da visita das televisões e de diversos jornais
REPUBLICAÇÃO DO MEU ARTIGO DE 16/JUNHO/2015.......
iNFELIZMENTE PARA TODOS NÓS DAS POPULAÇÕES RIBEIRINHAS TUDO O QUE ESCREVI MESMO A QUENTE naquele dia ESTAVA CERTO E CONTINUA ACTUAL...........................................................................
..................................................................................................
Boas. Obrigado a todos os que estiveram presentes hoje neste acontecimento com os média junto à nossa barragem de Ortiga no Rio Tejo. Houve uma em especial da Ferraria-Gavião Jose Manuel Acates Rodrigues a quem eu endereço um abraço e obrigado de novo.
Sobre as novas notícias e os vídeos que foram feitos está tudo por publicar e sê-lo-á feito ao longo do dia de hoje e seguintes. Este problema é intergeracional e irá prevalecer durante alguns anos, logo este assunto/tema AMBIENTAL, será TEMA-QUENTE DURANTE MUITO TEMPO
Uma das novidades de HOJE mas se calhar não, foi o facto do rio Tejo estar parado pois as fábricas de Vila Velha de Ródão sabendo de antemão deste evento cancelaram as descargas e ao mesmo tempo também se confirmou que há um acordo secreto conforme eu já tinha falado diversas vezes que suplanta há muito a CONVENÇÃO de ALBUFEIRA, OU SEJA, O CONTROLE DO CAUDAL JÁ É FEITO DE COMUM ACORDO ENTRE OS POLUIDORES, AS BARRAGENS E A PRÓPRIA APA. Aqui entre nós eu até aceito isso só que tal deve ser assumido publicamente e não efectuado com tanto secretismo e como se as populações fossem secundárias nesta hierarquização de valores . O Decreto Lei 226-A de 2007 que regula os meios hídricos, logo os rios, tipifica isso mesmo. Mas também alude a certas medidas cautelares sobre estas fábricas e que não foram vistas nem achadas até agora.
Também alude a um prazo de 24 horas para as populações ribeirinhas serem avisadas em caso de acidente/incidente o que também não tem acontecido. Inclusivé nós aqui na Ortiga ainda estamos à espera da PROTECÇÃO CIVIL que é gerida em Mação. A PROTECÇÃO CIVIL DE ABRANTES TAMBÉM AINDA NÃO AVISOU AS PESSOAS DA NOSSA VIZINHA FREGUESIA DE ALVEGA SE SE PODE REGAR COM A ÁGUA DO TEJO E SE PODEMOS COMER O PEIXE DO TEJO e se podemos tomar banho. Quer dizer nós até já descobrimos que as substancias químicas DESCARREGADAS são cancerígenas,só faltando descobrir a rapidez da implantação dentro da cadeia alimentar..Quer dizer do corpo humano
Sobre esta notícia e que segue aqui o link permito-me discordar dum parágrafo e que faz toda a diferença.....>>>.e um programa de medidas de minimização para quando não pode ser evitado(!!!!.............mas isso é o quê?)..) que os casos ocorram quer de forma acidental quer natural....!<<< Quer dizer a poluição é admitida intrinsecamente pelo PSD e de resto eu não aceito e nem me recordo disto ter sido dito pelos deputados presentes!. Portanto se foi convinha que este assunto fosse rebatido e reanalisado. Infelizmente tempo talvez o tenhamos.!
A MINHA OPINIÃO É DE QUE SE NÃO HÁ CAUDAL NÃO PODE HAVER DESCARGAS E ISSO PASSA PELO ENCERRAMENTO PONTUAL DESTAS INDUSTRIAS, MESMO QUE NUMA FASE EXPERIMENTAL. Sim porque não haverá sempre caudal para disfarçar a poluição!. Além de que também já possuímos a previsibilidade de chuva para os próximos anos e joga tudo em desfavor. O ENCERRAMENTO DESTAS EMPRESAS TEM DE COMEÇAR A SER ENCARADO AO ABRIGO DO NOVO QUADRO COMUNITÁRIO PORTUGAL 2020. A Portucel comprou a AMS na semana passada pelos tais 80 milhões e eu já comuniquei à CMVM que a sua intenção de duplicar o tratamento da pasta de papel de 80.000 toneladas para as 160.000 tons foi baseado num erro de análise de contextualização, ou seja, de que podem e pretendem servir-se do rio Tejo como um esgoto, e eu digo não, este RECURSO NATURAL É DE TODOS E NÃO DUMA INDUSTRIA...........................
Já agora no decreto -Lei 226 também diz que cabe as empresas fazer o monitoramento, mas já se viu que estas NÃO SÃO DIGNAS DE TAL CRÉDITO e terá de ser efectivamente a APA a assumir essa obrigação ou até eventualmente ser criada uma nova entidade. Está de novo tudo em cima da mesa e nós cidadãos reequacionamos (de novo) tudo isso.
Já estou a chegar ao fim dizendo que eu não recuso este tipo de iniciativas, pois serão sempre louváveis, mas permito-me recordar aos senhores deputados que já existem diversos estudos de requalificação da sustentabilidade do Rio Tejo e inclusive houve verbas que foram usadas, mas no geral os resultados finais nunca foram os esperados....... Quer dizer os esperados pelas populações, pois visto do lado destas industrias estes dirão que os resultados foram espectaculares.
E também para quem não sabe eu sou um técnico ambiental e com uma especialidade curiosa: escadas passa peixes e até moro na Ortiga. A Câmara de Abrantes já foi posta ao corrente e até moro perto. A desmontagem do tal açude( que não o é) em Abrantes é uma possibilidade real ao abrigo do Portugal 2020 e depois sim aceito um novo açude de 2m de altura no máximo e não de 20 conforme está actualmente. Eu estou disponível para ajudar, assim o queiram.
Passem bem''

 

Sebastien de Matos, no Grupo Tejo do facebook com a devida vénia

 

título nosso

 

a redacção



publicado por porabrantes às 21:05 | link do post | comentar

Sábado, 11.04.15

Como o açude mata os últimos pescadores do Médio Tejo. Uma reportagem da SIC  Veja aquisic.png

 No vídeo Maria do Céu dizia que a culpa era dos pescadores. Agora diz que é de Espanha. Por algo usa às vezes capote, para sacudir a água.

 

mn 



publicado por porabrantes às 18:49 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O Tejo a saque (2)

Visite os colegas

Defender o Tejo

Matar os últimos pescador...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds