Sexta-feira, 08.11.19

Américo Tomaz em S.João

 

PT_AHM_FE_CAVE-CFE-A27-0794_046_dissemination

 



publicado por porabrantes às 18:04 | link do post | comentar

Quarta-feira, 20.03.19

padre catarino nucha

O artigo leva o título ''Resgates'' e foi publicado no JA em 2002  pela D.Nucha Soares Mendes, que também assinava Tereza de Mello, como escritora.

Tudo o que diz é o retrato dum homem bom.

ma



publicado por porabrantes às 23:19 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.03.19

s.joao tomaz

Américo de Deus Rodrigues Thomaz em S.João, aquando da inauguração do monumento a Nuno de Santa Maria. No altar-mor D.Agostinho de Moura e o cónego Joaquim de Freitas e o Rev. Padre Luís Ribeiro Catarino.

Foi o pior dia da vida do cónego Freitas. À viva força queria que o De Deum fosse em S.Vicente e que o P.Catarino não estivesse presente.

Mas o Condestável tinha ouvido missa em S.João, antes de partir a matar castelhanos para Aljubarrota.

Estava em Fernão Lopes.

O Cónego resmungava esse Lopes deve ser comunista ou amigo do João Soares Mendes.

 

tomás abrantes nuno alv

O povo de Abrantes saúda apoteóticamente o ''Venerando'' Chefe de Estado. Nem Marcelo Rebelo de Sousa conseguia uma recepção destas.

saída de s.joão

mn

 

 



publicado por porabrantes às 09:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.07.18

freitas

carta cónego freitas

Abrantes, 14-6-1951

 

Meu caro Amigo,

Obrigadíssimo pela sua carta e tudo o que ela quer dizer. Apesar de tanto na carta de agradecimento como em todas as outras escritas a agradecer os parabéns dos Superiores: Monsenhor Conégo Moura (?), Mons. Félix, etc e dos Colegas, ter sempre frisado que considerava a distinção concedida extensiva ao laborioso clero do Arciprestado de que eu sou fortuito chefe de equipa e portanto portador do troféu, isso não foi nem podia ser com o fim do óbulo do Arciprestado assim honrado, houvesse de ser chamado a suportar os encargos das vestes. No entanto a sua ideia é cheia de beleza e a concretizar-se seria uma expressão de unidade e teria um significado sacerdotal admirável e as vestes encomendadas seriam uma presença moral de todo o Arciprestado, em dias de festa e actos oficiais. Mas por causa dessa vez que se calou e na primeira homenagem de Bodas Sacerdotais empreendidas a favor do sacerdócio, que devia ser exaltado na pessoa do que primeiro fez essa celebração, foi falar dizendo do próprio homenageado (!) que massacrou durante uma boa meia hora dizendo-lhe da sua discordância de tais coisas, a ponto do homenageado explodir, perante mim num desabafo de choro, que nunca mais me esquecerá, é que eu manifestei a minha relutância em receber homenagens deste género mas nem por isso deixei de promover em anos seguidos, fugindo com o corpo dos gestos não humanos do bípede (por favor da natureza). Isto é único!

No entanto, para que se não atraiçoe o seu pensamento nem o de muitos e se não perca o significado nem se julgue que a minha recusa é motivada pela soberba e abominável desprezo e antipatia contra os colegas independentemente do que estes façam ou promovam, aceito se assim o entender de murça que V.Exa Reverendíssima poderá encomendar ao Cónego Manuel Filipe ou outrem, pois vários têm de vir para os titulares de Portalegre e até serão mais baratos assim.

Há um grupo de rapazes amigos (serão do Benfica) que me oferecem a facha e senhoras que me oferecem o Roquete. Não tenciono pensar no caso.O resto dir-lhe-ei oralmente.

Um abraço amigo

P.Freitas

 

transcrição MP

O destinatário pediu reserva de identificação e autorizou a publicação, após a sua morte, como documento para a História da Cidade.

O Cónego foi muitos anos Arciprestre de Abrantes até cerca de 1974, director da ''Nova Aliança'' e ainda outro dia foi elogiado pelo Graça.

O visado pelos insultos era o Padre Luís Ribeiro Catarino, um santo e pároco de S.João, até cerca de 1978.

padre catarino machado

mn



publicado por porabrantes às 21:41 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.12.15

freitas conceiçao santos.png

 Dedicado à pia fidalga de Évora, por Salazar ter confinado, em terras alentejanas, o talibã que morreu em odor de santidade, não fosse ele tapar o decote de S.Graciosa Majestade.

elizabet II.jpg

Foi Freitas afastado da Ponte de Sôr por Dom Domingos Frutuoso......

D.Domingos Frutuoso.jpg

homem íntegro e duro, que valia muito mais que o beato arcebispo e que aliás também lhe chegou a disputar o pontificado de Lisboa.

Sim, porque razão?

Houve razões ponderosas que o levaram a ser corrido de lá, como há razões mais que poderosas para enviar o Graça seringar a outra parte.

Abram os arquivos diocesanos e veremos porque razão foi saneado o Freitas, um tipo vaidoso e insuportável, que levou Agostinho de Moura a proibir o baile de La Salle e a insultar o Direito da Igreja e um homem bom, que valia muito mais que ele, e que se chamava Irmão Luciano Paciente.

Não costumo perdoar a quem viola o Direito , nem a quem prevarica, nem quem tem do homem uma visão mesquinha e redutora.

Quantos colégios católicos,ergueu com sabedoria e infinita grandeza, o meu amigo Rev.Irmão Luciano Paciente.

Só Abrantes?

Estão a brincar comigo.

Uma enciclopédia honesta recorda um homem que viveu a guerra, a perseguição e que nunca odiou  ninguém. Um Mestre, um clerc, um homem de cultura

 e de profundo humanismo. Tudo foi, excepto um beato. 

Adrián Fernández Rodríguez ‘Hermano Luciano Paciente’.
 


Religioso. (Celada Marlantes, 1901–Bujedo, Burgos, 1994). Ingresó en el noviciado menor de los Hermanos de La Salle de Bujedo en 1913 e hizo la profesión perpetua en 1926. Su ministerio docente comenzó en Llanes (Asturias), donde estuvo cuatro años (1920-24). Pasó a Santander al Círculo Católico de Obreros (1924-25) y al Colegio de Nuestra Señora de Lourdes, de Valladolid (1925-26). En 1929 fue subdirector del noviciado menor de Bujedo. Destinado a Colunga (Asturias), se convirtió en director del colegio de la Inmaculada y San Luis (1933-36) y del colegio de los Ángeles, de San Sebastián (1936-39). A continuación sus superiores le enviaron a Roma para realizar el segundo noviciado (1939-40). En 1940 regresó a Santander como director del Colegio de La Salle. Después le encargaron la promoción de la obra lasaliana en Portugal. Asumió la Dirección del Colegio de Huérfanos de San Cayetano de Braga (Portugal) (1946-52) y la del Colegio Noviciado Menor de Barcelos (1952-54). Visitador auxiliar del distrito de Portugal (1954-61), dirigió varios colegios hasta 1965. Ese año se ocupó de la dirección del Aspirantado de Barcelos y dos años después comenzó la construcción del colegio de Porto, del cual fue director y administrador hasta 1970. Cuatro años más en Abrantes y once años más en Barcelos (1975-86) culminaron con su trabajo de edificación, dirección y consolidación de la obra lasaliana en Portugal. En 1990 el colegio de Santander le nombró Lasaliano del año. (Fuente: Gran Enciclopedia de Cantabria)

    

Luciano não quereria que fizesse isto, mas farei. Afinal o Luciano foi o braço-direito do meu  Avô.

Nenhuma enciclopédia recorda o Freitas e as maldades que fez a Luís Ribeiro Catarino, por mera e sórdida inveja a um homem que era melhor que ele.

p.catarino arq. consancia.jpg

Mais culto, melhor pessoa, mais sábio, mais erudito, mais caridoso, se eu tivera de elogiar um só homem, seria este.

Nada encontrarão contra ele no Arquivo de Portalegre a não ser denúncias de abrilistas da vigésima sexta hora, sequiosos de  poder.

Poder para transformar a Igreja de Abrantes no que é .

Tenho o mau costume de ajustar contas e de fazer justiça.

 

Luís Ribeiro Catarino ou Luciano Paciente  diriam que não o é este  o caminho.

Hermano Luciano.jpg

 Não deve haver  medo  de falar. Mas deve haver memória e honra para quem honrou o hábito que vestia.

ma

 



publicado por porabrantes às 01:27 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Padre Catarino com o cabe...

Padre Luis Ribeiro Catari...

O pior dia da vida do Cón...

Homenagem ao Cónego Freit...

O casto Cónego de São Vic...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds