Quarta-feira, 27.07.16

Processo canónico relativo ao P. Joaquim Rodrigues Ventura

 Decreto sobre a Causa Contenciosa entre o Colégio de São Miguel e o Padre Joaquim Rodrigues Ventura

 

D. António Augusto dos Santos Marto,

Bispo de Leiria-Fátima,

faz saber quanto segue:

1. O Colégio de São Miguel, pessoa coletiva religiosa da Diocese de Leiria-Fátima, com sede em Fátima, apresentou queixa ao Bispo diocesano contra o seu antigo diretor, o padre Joaquim Rodrigues Ventura, acusando-o de atos de administração ilegal e danosa.

Em reunião com o atual diretor e o Bispo, confrontado com os documentos que sustentavam a acusação, o padre Joaquim Rodrigues Ventura reconheceu os atos mas sem manifestar arrependimento nem disponibilidade efetiva para reparar os danos causados. Nessa ocasião e posteriormente por escrito, o Bispo exortou o antigo diretor a reconhecer e reparar os erros cometidos, sem que este o tenha atendido.

Após estas tentativas sem sucesso, querendo preservar e promover a reta administração dos bens eclesiásticos e exercer a justiça, segundo as normas canónicas, o Bispo constituiu um tribunal, ad casum, para julgar a causa contenciosa entre o  Colégio de São Miguel (Parte Autora)  e o padre Joaquim Rodrigues Ventura (Parte Demandada).

2. Tendo analisado os documentos da acusação e ouvido o Demandado e várias testemunhas de uma e outra parte, o Colégio dos Juízes apresentou ao Bispo o relatório da sua investigação e as conclusões da mesma.

Ponderando todas as provas e argumentos, o Colégio dos Juízes chegou à certeza moral (cân. 1608) de que o Demandado, padre Joaquim Rodrigues Ventura, enquanto diretor do Colégio de São Miguel:

- Cometeu delitos de: a) abuso de poder no cargo (cân. 1389 §§ 1-2); b) alienação de bens eclesiásticos sem as devidas solenidades canónicas (câns. 1291-1293; 1295-1298); c) prática de atos de administração inválidos (cân. 1281); d) violação dos deveres de boa administração (cân. 1284 § 2 nn. 3, 4 e 6); e) prática de doação ilícita (cân. 1285);

- Cometeu a violação externa de leis e preceitos canónicos, gravemente imputável por dolo (cân. 1321 § 1).

O mesmo Colégio considera que devem ser tidas como atenuantes:

- A idade do Demandado;

- A ausência de adequada vigilância da autoridade diocesana competente ao longo dos anos.

3. Sabendo que o Código de Direito Canónico determina que as penas contra os delitos provados devem ser justas (cf. cân. 1384), e que o Demandado deve ser punido segundo a gravidade dos atos (cf. cân. 1389 §§ 1-2);

Não existindo legislação diocesana particular para os delitos em causa;

A instauração deste processo penal meramente administrativo, com todas as formalidades jurídicas necessárias, constituiu o último recurso do Bispo diocesano para apuramento da verdade e dirimir a controvérsia que opõe o Colégio de São Miguel ao padre Joaquim Rodrigues Ventura.

Apesar das manifestações de vontade de cooperação e de reconhecimento dos erros por parte do Demandado, tais palavras não se traduziram em atos livres de reparação de danos e da verdade objetiva, pelo que não aceitamos a convolação dos autos em procedimento administrativo, como foi requerido pela sua advogada.

Quanto às nulidades e irregularidades invocadas pela dita advogada, as mesmas carecem de fundamento, bem como é mero expediente dilatório a apresentação de testemunhas nesta fase do processo.

No que se refere à administração de bens, o Demandado não mostrou sinais de conversão ou acatamento da lei canónica pois mantém a administração interdita aos clérigos nos termos dos cân. 285 (cân. 1042, 2º).

4. Além das atenuantes referidas pelo Colégio dos Juízes e a graça do Ano da Misericórdia, temos ainda em conta que o Demandado prestou também bons serviços ao Colégio de São Miguel e chegou a acordo com ele, no foro civil, restituindo o que lhe foi exigido para reparar os danos patrimoniais.

Assim, tendo ponderado tudo e ouvido o Vigário Geral, o Vigário judicial ad casum e o Promotor de Justiça, dado que o Demandado é clérigo mas, por motivos de idade, se encontra liberto de ofícios eclesiásticos,

         Havemos por bem determinar que:

1º O Demandado é proibido de todos os atos de poder de governo e de administração de bens eclesiásticos por um período de três anos.

2º O Demandado é também suspenso de todos os atos do poder de Ordem, não podendo presidir, celebrar ou concelebrar sacramentos ou sacramentais, em locais públicos, em Institutos de Vida Consagrada e em locais privados com participação de grupos de fiéis, por um período de 12 meses a contar da data da notificação deste Decreto.

3º É-lhe concedida a exceção para a celebração de sacramentos ou sacramentais de familiares diretos até ao 4º grau em linha colateral.

Caso se insista na apelação para o tribunal metropolitano, nós próprios reservamos o direito de recorrer à Congregação do Clero em ordem a obter o seu parecer sobre este processo e a respetiva  sanção que foi aplicada.

Na esperança de reparar o escândalo provocado, nomeadamente perante o clero diocesano e os fiéis, e para o bem e serviço da Igreja, decretamos estas penas.

Leiria, 22 de julho de 2016.

 

† António Augusto dos Santos Marto,

Bispo de Leiria-Fátima 

 

 

O Chanceler

P. Nuno Gil

Refª:CE2016A-022

 

devida vénia à Diocese de Leiria-Fátima

padre ventura bispo.jpg

O Ventura saudando o bispo D.António Marto, que o proibiu de dizer missa em público

 

Apelará o Ventura a Roma?

 

Aguardo as aventuras romanas do condenado.

 

Suponho que as aventuras de certo pulha abrantino terminarão de forma não canónica. Ou seja com cadeia certamente com pena suspensa e a sociedade incivil coitadinha muito chorosa.

 

Honra a Dom António Marto por fazer Justiça!

 

a redacção

 

fotos AUREN BLOG com a devida vénia 



publicado por porabrantes às 12:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.05.16

burla fátima.png

O Rev.Padre  Joaquim Ventura   faz uma gloriosa manchete, que provoca hossanas entre os peregrinos que vão já a caminho de Fátima! Oh Aleluia!

burla fátima 2.png

 
 
Não sabemos se a Miss 2015 é petista ou tucana, mas o seu  bumbum realça as intrínsecas qualidades morais da mulher brasuca, que tem na Dilma o seu maior expoente. A Dilma também tem problemas na bunda.....

DILMA CHUTE NA BUNDA.jpg

 

Sobre a escandaleira em Fátima e o que diz o Bispo, leia aqui a piedosa e caritativa mensagem de S..Excelência Reverendíssima, o Pastor leiriense
 

 ma



publicado por porabrantes às 09:44 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Honra a Dom António Marto...

Aquilo que tratamos, é ma...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds