Sexta-feira, 18.03.16

abade.jpg

 Recebido dum leitor:

''O mau do beija-mão do Marcelo ao Papa não é ter-lhe beijado a mão, o que é normal num católico (eu também o faria), é ter usado uma técnica inadequada.
Beijou a mão como se o estivesse a fazer a uma senhora. Não deveria ter levantado tanto a mão do Papa. Deveria acompanhar o beija-mão de uma reverência, dobrando-se, ou mesmo acompanhando de uma genuflexão.''
 
João Silva
 
Fica a anotação
ma


publicado por porabrantes às 13:40 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.11.15

prémio vallejo.jpg

Residência particular de Monsenhor Angel Vallejo, da Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz, da prestigiosa Obra fundada por São José Maria Escriva, que não era de Balaguer (gamou o nome), Marquês de Peralta (uns amigos dele gamaram o título a uma família da América Central) no País Vizinho.

Antes de partir para Roma, acompanhado pela sua Santa Mãe, Dona Gregória,

o  bondoso sacerdote investiu os fundos da Diocese de Astorga em lixo e inscreveu em circunstâncias mais que polémicas um montão de imóveis em nome da diocese.

Nada que eu não tenha visto em Abrantes.

O Angel Vallejo também gostava de cubos (à Carrilho da Graça) como se vê pela sua mansão particular. que se esqueceu de inscrever nas Finanças, para poupar nos impostos.

O Pároco de Abrantes, José da Graça, também gostava de cubos, foi administrador duma Fundação, que alegadamente indicou o cubista Carrilho da Graça para essa sonora merda

placa conego.jpg

 cubista que o povo impediu de ser construído em S.Domingos.

Monsenhor Vallejo Balda ou à balda foi Professor de Teologia no Seminário de Bragança diz a Santa Sé, 

balda.png

O Mensageiro de Bragança, onde escreve o distinto dr. Armando Fernandes, que é propriedade da Diocese de Bragança não diz nada, na capa, :

 

mensageiro de bragança.jpg

 O Mensageiro saiu a 5, a notícia é do dia 2, e em Bragança andam à castanha.

 Ao menos podiam pedir orações para consolar a D.Gregória.

 

m.n,



publicado por porabrantes às 00:09 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 07.11.15

palacio falcao pastagem 2.jpg

fotos dum dos maiores abrantinos, Artur Falcão

 

que comprem os caciques ovelhas ou cabras

300px-GirgentanaZiegen_04.jpg

e que pastem no prado da Raimundo Soares

 

palacio falcão pastagem 3.jpg

onde viçosa cresce a erva do desleixo municipal

 

a redacção

 

quanto ao Cónego que escute a homilia papal:

 

Não aos carreiristas apegados ao dinheiro na Igreja

No Evangelho, continuou o Papa, o Senhor nos mostra a imagem de outro servo, “que em vez de servir os outros se serve dos outros”. E, sublinhou, “lemos o que fez este servo, como quanta astúcia se moveu, para permanecer no seu lugar”.

“Também na Igreja, há aqueles que em vez de servir, de pensar nos outros, de estabelecer as bases, se servem da Igreja: os carreiristas, os apegados ao dinheiro. E quantos sacerdotes, bispos vimos assim. É triste dizer isso, não? A radicalidade do Evangelho, do chamado de Jesus Cristo: servir, estar a serviço de, não parar, ir ainda mais longe, esquecendo-se de si mesmo. E o conforto do status: eu atingi um status e vivo confortavelmente sem honestidade, como os fariseus de que fala Jesus, que passeavam pelas praças, para serem vistos pelas pessoas”.

Igreja que não serve, torna-se Igreja mercantil

 

Bergoglio, neto dum maçon, inimigo dos peronistas, Bispo de Roma

a 6-11-2011



publicado por porabrantes às 14:10 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.11.15

Pope-Francis_SE1-413x550.jpg

no Spectator

Features

Pope vs church - the anatomy of a Catholic civil war

His scattershot reforms and wild statements make him look out of control to ordinary conservative Catholics

Damian Thompson

Last Sunday, the Italian newspaper La Repubblica carried an article by Eugenio Scalfari, one of the country’s most celebrated journalists, in which he claimed that Pope Francis had just told him that ‘at the end of faster or slower paths, all the divorced who ask [to receive Holy Communion] will be admitted’.

Catholic opinion was stunned. The Pope had just presided over a three-week synod of bishops at the Vatican that was sharply divided over whether to allow divorced and remarried Catholics to receive the sacrament. In the end, it voted to say nothing much.

On Monday, the Pope’s spokesman, Father Federico Lombardi, said Scalfari’s report was ‘in no way reliable’ and ‘cannot be considered the Pope’s thinking’.

Fair enough, you may think. Scalfari is 91 years old. Also, he doesn’t take notes during his interviews or use a tape recorder. Of course he’s not ‘reliable’.

But that didn’t satisfy the media. They pointed out that the Pope knew exactly what he was letting himself in for. This is the fourth time he has chosen to give an interview to a man who relies on his nonagenarian memory. In their last encounter, Scalfari quoted the Pope as saying that two per cent of Catholic priests were paedophiles, including bishops and cardinals. Poor Lombardi had to clean up after that one, too. Last time round, Catholics gave Francis the benefit of the doubt. This time many of them are saying: never mind Scalfari, how can you trust what the Pope says?

We’re two and a half years into this pontificate. But it’s only in the past month that ordinary conservative Catholics, as opposed to hardline traditionalists, have started saying that Pope Francis is out of control. (...)

 

leia aqui todo o artigo



publicado por porabrantes às 08:34 | link do post | comentar

Domingo, 13.09.15

(...)Depois do Angelus

Queridos irmãos e irmãs,

Hoje, na África do Sul, foi proclamado Beato Samuel Bento Daswa, pai de família, morto em 1990 – só 25 anos atrás – e morto por causa da sua fidelidade ao Evangelho. Na sua vida demonstrou sempre grande coerência, assumindo corajosamente atitudes cristãs e rejeitando atitudes mundanas e pagãs. Que o seu testemunho ajude especialmente as famílias a difundir a verdade e a caridade de Cristo. E o seu testemunho se junta ao testemunho de tantos irmãos e irmãs nossas, jovens, anciãos, moças, crianças, perseguidos, expulsos, mortos por professar Jesus Cristo. Todos estes mártires, Samuel Benedict Daswa e todos eles, agradecemos pelo seu testemunho e pedimos a eles que intercedam por nós.

Saúdo com afeto todos vós, romanos e peregrinos de diferentes países: famílias, grupos paroquiais, associações. Saúdo os fiéis da diocese de Friburgo, a associação "L’Albero di Zaccheo” de Aosta, os fiéis de Corte Franca e Orzinuovi, A Ação Católica jovens de Alpago e o grupo de motociclistas de Ravenna.

Saúdo os professores temporários que vieram de Sardenha, e espero que os problemas do mundo do trabalho sejam abordados tendo em conta a família e suas necessidades.

Desejo a todos um bom domingo. E por favor, não se esqueçam de orar por mim! Bom almoço e até mais! (...)''

 

Bergoglio

 

bergoglio.jpg

 

cura-moto-silvestro005_22062014_0898_sociedad_jpg_

 

Associação de motards de Ravena, com certificação papal

 

ma 



publicado por porabrantes às 18:26 | link do post | comentar

Sexta-feira, 05.06.15

(...)

 

Para começar o “intelectual”, como autoridade moral e consciência do público letrado, desapareceu. O último, Eduardo Lourenço, serve intermitentemente de ornamentação a várias cerimónias sem sentido: e, fora isso, já não abre a boca. O que resta – sob o nome de economistas, politólogos, psicólogos, sociólogos, “críticos” disto e daquilo e de coisa nenhuma – é uma vozearia de acaso a que ninguém liga. O colapso do “socialismo real” arrastou como seria de prever as suas variações, incluindo o “socialismo”, que só em relação a ele se definiam. Até a linguagem da “esquerda”, falada ou escrita, deixou de aparecer, excepto por hábito e por erro. O que sobrou não passa de um lamento pela pobreza e pelo desemprego, que, demonstrando bons sentimentos, não leva a nada e, principalmente, a um plano de acção.

A devoção pelo papa Francisco, que se tornou hoje numa das grandes personagens do “progresso”, é o perfeito atestado da dependência cultural do que dantes se chamava a “esquerda”: para lá de um certo ponto a caridade e a solidariedade começam a não se distinguir. Em 1970 ou mesmo em 80, nenhum “marxista” de nenhuma espécie aceitaria esta amálgama (...)

Vasco Pulido Valente , no Público com a devida vénia



publicado por porabrantes às 20:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25.05.15

papa.jpg

Sua Santidade diz que não vê TV desde 1990 porque fez uma promessa à Virgem do Carmelo e aclara que só lê durante 10 minutos diários o jornal romano La Republica (cujo título é homenagem ao vespertino de Lisboa, ocupado pelos gonçalvistas no PREC).

O papa lembra-me o Cavaco que dizia que não tinha tempo para ler jornais.

A foto é do IL Giornale que é do Berlusconi.

Moral da História : Sua Santidade anda mal informado ao contrário de Ratzinguer que lia muitos jornais e via TV, a não ser que a espionagem jesuítica (que é excelente) o mantenha informado.

Sugerimos que o Cónego faça uma promessa à Senhora de Fátima de não ler este blogue.

a redacção

a propósito a Drª Ana Soares Mendes ganhou as eleições polacas, onde um eurocéptico, anti-gay e anti-aborto foi eleito Presidente     



publicado por porabrantes às 15:13 | link do post | comentar

Domingo, 10.05.15

O  filho dum rico plantador de cana de açúcar e actual boss da Revolução Cubana, Camarada Raúl Castro, visitou Roma onde foi acolhido por um jesuíta. O boss tinha estudado em colégios jesuítas como grande parte da oligarquia cubana, hoje em residente em Miami, para onde Rádio Havana emite chamando-lhes ''gusanos''.

O Raúl disse ao Papa que gostava muito dele e se o homem continuasse a dizer as banalidades de base habituais, que iria começar a rezar e quem sabe começar a ir à missa.

O Il Manifesto, o histórico jornal da extrema-esquerda romana, herdeiro do anti-clericalismo de Garibaldi e de Rossana Rossanda  viu assim o encontro entre os dois sul-americanos.

 

dia do senhor.png

 ma



publicado por porabrantes às 21:41 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.01.15

católicos.jpg

 sendo Sua Santidade inspirado pelo Divino Espírito Santo passa a ser proibido isto 

 

cunicultura.png

 aguardamos as providências pastorais da Autoridade Eclesiástica com o maior interesse.

a redacção



publicado por porabrantes às 16:06 | link do post | comentar

Domingo, 11.01.15

papa Bento IV.jpg

 

(.....)Tudo isto me voltou à mente, quando recentemente li a parte – publicada pelo professor Theodore Khoury (Münster) – do diálogo que o douto imperador bizantino Manuel II Paleólogo teve com um persa erudito sobre cristianismo e islão e sobre a verdade de ambos, talvez durante os acampamentos de inverno no ano de 1391 em Ankara.[1] Presumivelmente terá sido o próprio imperador que depois, durante o assédio de Constantinopla entre 1394 e 1402, escreveu este diálogo; deste modo se explicaria por que aparecem os seus raciocínios referidos de forma muito mais pormenorizada que os do seu interlocutor persa.[2] O diálogo cobre todo o âmbito das estruturas da fé contidas na Bíblia e no Alcorão, detendo-se principalmente sobre a imagem de Deus e do homem mas também – e repetidamente, como era de esperar – sobre a relação entre as três «Leis» ou três «ordens de vida», como então se designava o Antigo Testamento, o Novo Testamento e o Alcorão. Por agora, nesta lição, não pretendo falar disso; primeiro gostava de acenar brevemente a um assunto – aliás bastante marginal na estrutura de todo o diálogo – que me fascinou no contexto do tema «fé e razão» e vai servir como ponto de partida para as minhas reflexões sobre este tema.

No sétimo colóquio (διάλεξις – controvérsia) publicado pelo Prof. Khoury, o imperador aborda o tema da jihād, da guerra santa. O imperador sabia seguramente que, na sura 2, 256, lê-se: «Nenhuma coacção nas coisas de fé». Esta é provavelmente uma das suras do período inicial – segundo uma parte dos peritos – quando o próprio Maomé se encontrava ainda sem poder e ameaçado. Naturalmente, sobre a guerra santa, o imperador conhecia também as disposições que se foram desenvolvendo posteriormente e se fixaram no Alcorão. Sem se deter em pormenores como a diferença de tratamento entre os que possuem o «Livro» e os «incrédulos», ele, de modo surpreendentemente brusco – tão brusco que para nós é inaceitável –, dirige-se ao seu interlocutor simplesmente com a pergunta central sobre a relação entre religião e violência em geral, dizendo: «Mostra-me também o que trouxe de novo Maomé, e encontrarás apenas coisas más e desumanas tais como a sua norma de propagar, através da espada, a fé que pregava».[3] O imperador, depois de se ter pronunciado de modo tão ríspido, passa a explicar minuciosamente os motivos pelos quais não é razoável a difusão da fé mediante a violência. Esta está em contraste com a natureza de Deus e a natureza da alma. Diz ele: «Deus não se compraz com o sangue; não agir segundo a razão – «σὺν λόγω» – é contrário à natureza de Deus. A fé é fruto da alma, não do corpo. Por conseguinte, quem desejar conduzir alguém à fé tem necessidade da capacidade de falar bem e de raciocinar correctamente, e não da violência nem da ameaça... Para convencer uma alma racional não é necessário dispor do próprio braço, nem de instrumentos para ferir ou de qualquer outro meio com que se possa ameaçar de morte uma pessoa...».[4]

 

Bento XVI actuando enquanto Académico na Universidade de Ratisbona. Texto Oficial da Santa Sé.

papa bento 3.jpg

 

E não vou procurar as declarações do actual Papa quando diz que é legítima a resistência (violenta) contra a ofensiva do fundamentalismo islâmico.

 

 Pode-se dialogar com o Islão? Pode, eles até rezam à Virgem de Fátima, conta o peticionário Frei Fernando Ventura

 

Aliás um amiga minha islâmica fundamentalista, a Fátima, que é Professora de Hebraico medieval, achava que a Fátima da Cova da Iria, era filha do Maomé.

Gloriosa confusão islâmica.

Teve de ser outra Professora da Sorbonne, católica e catedrática de grego, a explicar-lhe que a Fátima de Vila Nova de Ourém era a mesma senhora que apareceu em Lourdes, dizendo a Bernardette:  Je suis Notre Dame.

Bem, a Fátima também me explicou que era descendente directa de D.Pedro de Granada, filho do Sultão Boabdil, último rei de Granada.

Face a esta conversa, o Abraão, que era judeu e israelita (também se pode ser árabe e israelita) flipava.

mn  



publicado por porabrantes às 20:48 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O beija-mão

Papa prende professor do ...

A pastagem dos caciques e...

O Papa versus a Igreja- a...

Dia do Senhor (2): Argent...

Já não há marxistas

O papa é cavaquista

Dia do Senhor: a conversã...

Novas regras de reproduçã...

Je suis Bento XVI

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds