Domingo, 03.02.19

O abade cistersiense de Montserrat, a abadia onde se reúnem para meditar os separatistas catalães, envolvido na protecção a frades pedófilos.

A outra abadia cisterciense é o Vale de los Caídos....

Dirigida por um ex-falangista, entre um ex-fascista e um miserável protector de pedófilos, qual escolhemos?

O que gritava : Arriba España ou o que berrava ''Visca Catalunya'', enquanto a fradalhada abusava de crianças?

Preferimos beber um copo com o falangista.....

Que não deixa desenterrar o Caudillo...

ma  



publicado por porabrantes às 21:06 | link do post | comentar

Sábado, 25.08.18

abuso

 

O Padre da Golegã continua a consagrar hóstias, dizer missas, absolver fiéis e a praticar outros actos de culto, em nome da Diocese de Santarém, do Papa Bergoglio e de Nosso Senhor Jesus Cristo

 

Que disse '' Mas quem escandalize a uma dessas crianças, mais vale que lhe atem ao pescoço uma dessas mós que são movidas pelos burros e o afundem no mais profundo do mar''.   (Mt, 18,6 ss).

 

Era Cristo, o Messias de Nazaré, um fundamentalista ou um justiceiro incapaz de compreender as aventuras do Rev Padre Santos, o amador de escuteiras impúberes?

 

Ou como, caridoso, diz o Público a Igreja é pouco dura com canalhas?

 

Entre a pena da morte pedida pelo Nazareno, e a misericórdia excessiva da Igreja lusitana vai um abismo....

 

Quanto às explicações dos Bispos ao ''Público'' são apenas desculpas de mau pagador....

 

ma   

 

ps- Temos de continuar a corrigir o ''Público''. Não se diz ''colarinho clerical'', diz-se cabeção.

Esta do colarinho clerical, faz lembrar uma de ontem, onde um grupo de feministas loucas propôs substituir ''vagina'' por ''buraco dianteiro''.

   



publicado por porabrantes às 08:50 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.04.15

É um bom título para abrir. Estava a exitar entre este e ''Papa não quer Embaixadores gays no Vaticano'', deve ser porque já tem o um número excessivo de Monsenhores gays a perseguir meninos de coro. Beata hipocrisia argentina. Conta o Correio da Manhã:

 

 

Por I.J.

 
Um jovem de 19 anos, residente no Entroncamento, foi detido ontem pela Polícia Judiciária de Leiria por ter abusado sexualmente de uma menina de 13 anos, residente em Abrantes, que conhecera durante o mês de fevereiro, através das redes sociais, e com quem mantinha um relacionamento amoroso.

Esta semana, o jovem foi buscar a vítima a casa, de madrugada, aproveitando o facto de os pais estarem a dormir, e levou-a para sua casa, onde foi detido. Os pais da menina, ao darem pela sua falta, alertaram as autoridades. A menina, que dizia estar apaixonada pelo jovem, foi sujeita a exames médico-legais e entregue aos pais.
 
Com a devida vénia
ns 


publicado por porabrantes às 09:27 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.03.15

a menores. A Diocese de Santarém continua a averiguar lentamente o que a lenta Justiça da República já decidiu em primeira instância. O tipo continua a celebrar missa. A defesa tinha pedido a absolvição com argumentos vãos, o Tribunal aplicou-lhe branda sentença.

 

p. santos 2.png

http://www.cne-escutismo.pt/Portals/0/docs/osn/osn553.pdf 

Haverá recurso.

Pergunta-se ao Bispo de Santarém e se for caso disso ao Núncio, precisamos de continuar a tratar o abusador de escuteiras quase impúberes por Reverendo?

Ou devemos perguntar ao Núncio porque é que a Justiça diocesana de Santarém trabalha a passo de caracol????

 

mn 



publicado por porabrantes às 16:05 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.09.14

Jósef Wesolowski, en una imagen de archivo

 

Jozef Wesolowski  é acusado por pedofilia.

 

Para que aprendam os Bispos da Terra de Santa Maria

 

Amén

 

a redacção 



publicado por porabrantes às 00:32 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.07.14

C.Manhã

 

 

O Rev.Padre Luís Mendes depois de apanhar 10 anos por pedófilo continua em prisão domiciliária. A justiça laica é lenta, mas condenou o santo homem. A pena foi confirmada pela Relação de Coimbra. Devem seguir-se os passos processuais habituais. Ou seja recurso e mais recurso.

A justiça da Igreja portuguesa nem sequer o suspendeu ''a divinis'' e ainda há poucos anos a Hierarquia garantia que não tinha conhecimento de casos destes em terra de Santa Maria, apesar dum caso de pedofilia e assassinato dum menor, na Madeira, por um padre brasileiro, intímo do Bispo local, que se pôs em fuga pró Brasil.

O celerado continua a cantar missa no Rio.

As conclusões são óbvias, não aprenderam nada da lição magistral de Bento XVI, nem do rigor que pede para estes casos o Papa Francisco.

 

 

 

Havia mais coisas para dizer?

 

Houve um tal Lucas, fundamentalista cristão, que atribuiu a um galileu o conselho de colocar uma mó ao pescoço, de  quem abusar de criancinhas, e que os atirassem ao mar.

 

Uma justiça dum país laico, onde a pena de morte foi abolida em parte graças ao maçon D.Luís I, não pratica o feroz fundamentalismo hebraico.

 

Um Bragança maçon não é um galileu filho dum carpinteiro, o Bragança maçon era neto dum Imperador que de espada na mão libertou este país de inquisidores e de frades.

 

Mas a justiça dum país laico devia exigir a responsabilidade cível da Diocese da Guarda. Devia a Diocese responder por todos os prejuízos físicos e morais dos miúdos e pela incúria dos sucessivos Bispos que alegadamente protegeram o Mendes.

 

E que não ouviram as queixas das vítimas.

 

Noutra República já faliram dioceses devido a terem de pagar indemnizações. É o caso dos USA.

 

Fico à espera que a República Portuguesa faça justiça.

 

Naturalmente o Mendes tem direito à presunção de inocência, mas eu também tenho direito a acreditar que os juízes da Relação de Coimbra fizeram justiça ao condená-lo. E a achar que as medidas de coacção deviam ditar o seu ingresso imediato numa penitenciária.  

 

MA    

 

  



publicado por porabrantes às 11:47 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.05.10

Jota Pico desmente ter introduzido um comentário a auto elogiar-se enquanto porta-voz apostólico do Pinhal (por delegação ecuménica do Vigário) no blogue do Nuno Gil.

 

O Nuno com toda a sensatez criticava os gastos supérfluos  a cargo  do contribuinte com a visita do Papa.

 

Nós também somos dessa opinião, sustentando apesar da maioria católica da petição, que devia ser a Igreja Católica a pagar esses gastos.

 

Nem nos serve a desculpa de que Ratzinguer é Chefe de Estado, a visita pastoral é uma coisa religiosa e deve ser paga pelos católicos.

 

Como a Igreja deve pagar impostos e não fazer concorrência desleal a empresários privados, como o faz em Fátima onde  há centenas de quartos para alugar a turistas que não pagam impostos por estarem debaixo da alçada de instituições católicas.

 

O Papa é um Chefe de Estado (dum Estado recriado por um político ateu chamado Mussolini, a quem tiveram o descaramento de negar enterro religioso, depois de o terem incensado como baluarte da civilização cristã) e devia ser tratado com a consideração e o respeito que merece essa condição.

 

O Papa é o Chefe da Igreja com mais fiéis em Portugal, cuja história se mistura nas coisas boas e más com a nossa, tendo produzido Santos e criminosos como o poder político, e devia também ser tratado com o respeito ao dignitário em que muitos portugueses reconhecem o Vigário de Cristo.

 

O Papa é um intelectual respeitado e um homem que tenta moralizar uma Instituição corroída até às mais altas instâncias  pelo pecado nefando da pedofilia.

 

Ratzinguer é o homem que desautorizou a tropa eclesiástica que diz que o caso da pedofilia é uma perseguição à Igreja e que ocultou e protegeu os criminosos que abusaram de milhares de crianças inocentes.

 

 

Este sinistro personagem Marcos Maciel, Fundador da organização eclesiástica mais poderosa da actualidade, ao pé da qual a Obra é um grupo de bolchevistas foi um corrupto, um ladrão, um pedófilo, bígamo ou trígamo e os altos interesses da Cúria Romana protegeram o criminoso, foram subornados para atrasar as queixas e por pouco o homem não era beatificado em vida.

 

João Paulo II apontou-o como um modelo para a juventude.

 

Foi Ratzinguer que, sem piedade, o mandou afastar de celebrar a Palavra e de qualquer responsabilidade eclesial.

 

Dizia Paulo VI que havia fumos de Satanás dentro da Igreja, aqueles que acreditam no Demo, se querem encontrar  um agente do Demónio, aqui o têm, o pederasta Padre Marcial Maciel.

 

Por isso, Ratzinguer merece respeito.

 

Ainda  duas notas:

 

Num momento de grave crise económica a Igreja devia ter encenado uma visita mais barata, mais espiritual  e menos ostentosa.

 

Muitos dos políticos e dos ''intelectuais'' (tipo Carrilho da Graça) que aproveitaram a  vinda do Papa para saírem nos media, serem vistos nas páginas sociais fazendo a corte ao Pontífice deviam ter vergonha. Como aliás alguns eclesiásticos. Um Governo que tentou tirar os capelães dos hospitais em nome do laicismo barato propagado pelos fundamentalismos maçónicos do ''Grão-Mestre'' António Reis (um homem que todos os dias conspurca a memória de tolerância daquele que foi o dr. Raul Rego, que fez do Palácio Maçónico uma casa de diálogo e não a sede duma seita,) negando aos doentes terminais o consolo espiritual dum sacerdote, devia abster-se de estar presente nas cerimónias papais.

Mais quando Carrilho da Graça apelou à legalização do casamento homossexual  estava a pôr-se contra a doutrina católica e a mensagem do Papa. Que  fazia ele na Conferência de Ratzinguer no CCB?

 

 

Tentar vender um novo modelo de Igreja com altares para casar gays?

 

Já registou a patente?

 

E finalmente o Governo e o Presidente recusaram-se recentemente a receber um Chefe de Estado e um Líder Religioso, o Buda vivo, Sua Santidade, o Dalai-Lama, homem a cujo prestígio se verga a Humanidade.

 

Só há uma palavra para definir tal comportamento: cobardia.

 

E sermos governados por cobardes não é agradável.

 

Miguel Abrantes

 

Nota: Passamos a criar um link para o blogue do Nuno. O Pico, porta-voz apostólico no Pinhal está ilibado. O Cachoeira é que não. Todas as semelhanças entre os dois são pura coincidência.



publicado por porabrantes às 12:06 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.04.10

Fintei o Marcello e aqui estou a desancar a Santa Madre Igreja, ámen.

 

A Agência Eclesia resolveu promover o Carrilho, portanto o Carrilhismo fazendo a apologia da Igreja de Santo António.

 

Estão no seu direito, como está o Sr. Cónego de fazer a apologia do Albano na Nova Aliança a quem encomendou uma Igreja que não passou do papel.

 

Já agora qual era o orago da nova Igreja?

 

São Anacleto? São Judas Tadeu? Santa Eufémia?

 

O que eu acho é que escusavam de vir  citar os Evangelhos para justificar os méritos do Carrilho!!!

 

Transcreve-se a coisa:

 

É neste fundo natural enquadrado da igreja que a arquitectura se une de modo mais explícito com a simbólica cristã, ao revelar que o edifício, como a Igreja, assenta sobre rocha (Mt 16, 18).

O mesmo gesto é, ainda, escultura e imagem do ensinamento de Jesus sobre os verdadeiros discípulos, recordando a comunidade da importância de viver e agir em coerência de palavras escutadas e acções praticadas - “Todo aquele que escuta estas minhas palavras e as põe em prática é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, engrossaram os rios, sopraram os ventos contra aquela casa; mas não caiu, porque estava fundada sobre a rocha” (Mt 7, 24-25).

 

Jesus Cristo a gabar o Carrilho e justificar os esboços que o Sr. Arquitecto traçou no atelier, quem sabe se depois de rezar uma avé-maria.

 

 

Como leu a alusão aos calhaus de Jesus projectou aquilo que figura acima. Temos um bocadinho a ideia de que da Bíblia se pode sacar tudo, para justificar o maior disparate.

 

Vejam isto: "Deixai vir até Mim as crianças. Todo aquele que fizer mal às crianças, é a Mim que o faz. Aquele que fizer mal às crianças, deve ser atada a mó de um moinho ao pescoço e atirado às profundezas do mar, para que aí morra"

 

Disse Jesus.

 

Podemos encomendar uma rampa de lançamento para atirar os pedófilos, com uma mó ao pescoço, de cima do Cabo Espichel ao Sr.Arquitecto que naturalmente a fará evanescente, como dizia o Baptista Pereira, e airosa e cumprir a vontade de Jesus?

 

Aceita a Igreja a pena de morte?

 

Sim Senhor

 

Eis o que diz o Catecismo Católico em vigor:

M.48.14 Pena de morte

§2267 O ensino tradicional da Igreja não exclui, depois de com provadas cabalmente a identidade e a responsabilidade de culpado, o recurso à pena de morte, se essa for a única via praticável para defender eficazmente a vida humana contra o agressor injusto.

Se os meios incruentos bastarem para defender as vidas humanas contra o agressor e para proteger a ordem pública e a segurança das pessoas, a autoridade se limitará a esses meios, porque correspondem melhor às condições concretas do bem comum e estão mais conformes à dignidade da pessoa humana.

 

 

Ficamos à espera da encomenda litúrgica ao Carrilho da rampa de lançamento de pedófilos. Já aqui deixamos os textos para o homem se inspirar.

 

Que uma pombinha branca o ilumine......

 

 

Ou a Moral da História: Os Evangelhos deviam ser usados com mais respeito e não utilizados para fazer publicidade ao Carrilho. Porque também os podemos usar para linchar os pedófilos.....

 

 

AH.....de quem a Santa Sé acaba de recordar que são na sua maioria gays.....

 

Na maioria, porque o Reverendo Padre que fundou os Legionários dava para os 2 lados...

 

Era o chamado pedófilo polivalente.....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 20:29 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.04.10

Que 2 ou 3 neo-fascistas se dediquem a seguir os desvarios dum Presbítero Senil é obra!!!!

 

Mas o Presbítero depois de violar as leis da República e da Igreja e de se aliar ao Carrilho da Graça para defender o casamento gay, pode vir ainda a  ter ideias muito mais originais como fazer uma limpeza étnica contra os ciganos ou  a apologia do Galvão de Melo, que era o Presidente da Associação de Amizade Portugal-Indonésia. E se bem nos lembramos também foi Presidente da Associação de Amizade Portugal-Iraque, quando governava o democrata Sadam Hussein.....

 

Do iluminado Presbítero metido a político esperávamos tudo, menos:

 

Que o Presbítero depois de ter no meio duma Procissão  visto isto:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuasse com visões:

 

Descobriu um urso no meio do Pinhal e lançou um sermão contra os ecologistas que defendem os ursos.

 

Em vez de gritar: Vade Retro Satanás!!!

 

Ou de exorcizar João Pico para que não tente inundar o concelho, berrou:

 

Vade retro urso!!!!

 

Esquecendo-se que os ursos estão extintos em Portugal desde o século XVI ou XVII.....

 

 

Mas de qualquer forma, os ursos podem ser catequizados como vamos provar:

 

 

Ou ainda,

 

 

Se o Presbítero tivesse este ursinho não tinha dito ao Pico: É pá não chores, que um homem nunca chora mesmo que só tenha 50 votos no Souto.....

 

 

E se tivesse depois da Procissão distribuído isto aos miúdos do Souto teria ganho mais 10 votos. Em contrapartida distribuiu papéis com a cara deste Senhor:

 

E perdeu 300 votos......

 

Mas dizem-nos que o presbítero irá a Fátima ver o Papa e tentar excomungar quem venda brinquedos destes:

 

Porque podem ser usados por padres pedófilos para angariar criancinhas!!!!

 

Porque no fim de contas, o Presbítero é um defensor da moral e dos bons costumes, como o Vereador Valamatos.

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 00:15 | link do post | comentar

Terça-feira, 30.03.10

"Sócrates fizesse como o sr. Jardim, que calunia, insulta e enxovalha diariamente os jornalistas com epítetos de corruptos, traidores, comunas, súcias, fascistas, tolos, incapazes, incultos, vingativos, desonestos, gente reles, mentes recalcadas, bastardos, exóticos, incumpridores de estatutos editoriais, ralé que não toma banho? E as jornalistas de vendidas, descompensadas, sovaqueiras". Diz o Sr. Calisto ao Público de ontem.

 

E acrescenta'' tratou por "bastardos, para não chamar filhos da puta", os profissionais da informação. -acrescenta o Director do Diário de Notícias do Funchal

 

Se o leitor consultar o blogue do Pinhal, sob a direcção eclesiástica do Reverendo populista,  encontrará coincidências na linguagem usada.

 

Excepto o ''filho da puta'' porque parece que o Reverendo é contra as meninas......

 

Antigamente Jardim também actuava com orientação eclesiástica, primeiro sobre a orientação evangélica do ex-padre progressista e depois Bispo reaccionário D.Francisco Santana e depois com a bênção do mais incrível Bispo que houve em Portugal, D. Teodoro de Faria que chegou a comparar o homicida pedófilo Padre Frederico com Jesus Cristo.

 


 

 

Já agora o criminoso com sotaina encontra-se a monte no Brasil. Dirá ainda missa?

 

Foi suspenso ''a divinis'' pela Conferência Episcopal Brasileira?

 

Ou confessa criancinhas e dá catequese?

 

E o Exmo. Sr. Luiz Oeesterbeck e o Ex.mo. Sr. Saldanha da Rocha não pediram à doce Lurian, que o papá Lula entregasse a besta às autoridades lusas?

 

E o Exmo Sr. Eng. Sócrates e o Exmo Sr. Prof. Cavaco ( e outros responsáveis que lhes antecederam nos cargos) porque não condicionaram as relações com o Brasil à punição do miserável?

 

E o Senhor Cardeal Patriarca e o resto dos Bispos, que agora andam a bater com a mão no peito, certamente porque é Quaresma, e porque estão certamente assarapantados com as declarações  pontifícias sobre a pedofilia, porque não pediram ao Vaticano a excomunhão do miserável?

 

Para terminar as coisas mudaram na Madeira, o actual Bispo D.António Carrilho é menos permissivo em relação à orientação clerical de apoio a Jardim.

 

Mas, continua a ser a Diocese do Funchal, aquela em que há mais casos de padres acusados de pedofilia. E um tal Marcos Gonçalves, porta-voz da Diocese, não informou se os 2 padres suspeitos estão suspensos.

 


Deve estar a aguardar a visita papal.( ler mais aqui)

 

Miguel Abrantes

 

* Naturalmente esclarece-se que nesta Diocese não há padres pedófilos. Esses só existem na Irlanda, Alemanha, Espanha, Brasil, E.U.A. e na Madeira. O que temos na Diocese são alguns padres que gostariam de ser de profissão caçadores de heranças e caciques políticos. São uma minoria mas envergonham a classe.



publicado por porabrantes às 14:02 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Abade separatista protege...

Quando Cristo mandava mat...

Pedófilo informático caça...

Reverendo Ex-Padre da Gol...

Papa mete Arcebispo nos c...

As aventuras do Rev.Padre...

A visita papal

Carrilho terá sido ilumin...

Ex-Padre do Souto descobr...

Vocabulário madeirense e ...

arquivos

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds