Domingo, 19.05.19

À memória do Eduardo Campos

19644430_M2sqs

De parte do espólio do anti-fascista Mário Semedo.....

luar 7

entre muitas coisas divertidas

lar 77

o documento é datado de 6 de Dezembro de 1974 e por esta época a LUAR boicotou um comício da Direita Laranja no Teatro S.Pedro, tentando depois um assalto à sede do partido do Anacleto, no Largo de S.António.

Animava o comício Marcelo Rebelo de Sousa e conta-me um JSD, agora sexagenário, que quem começou a boardoada foram os seguranças (vulgo gorilas) do Marcelo, que começaram a distribuir uns encontrões aos da LUAR ...quando estes começaram a chamar fascistas ao Anacleto e ao Marcelo

ana barca

(Barca)

Mas quem mandava no PPD era

costa e simas

um velho anti-fascista, o saudoso Dr.Joaquim Costa e Simas, que vinha da campanha do Delgado e do Arlindo Vicente em 1958.

ma 

 

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 15:48 | link do post | comentar

Sábado, 21.07.18

estrelas laranjas

Ficamos a saber que  António Calvário, cujo filme ''Sarilho de Fraldas'', com a Madalena Iglesias, encheu o S.Pedro era do PPD.

Como o Gaby Cardoso e a fina flor do ''nacional-cançonetismo''.

Já sabemos porque o Anacleto perdeu as eleições contra o Zé Bioucas, foi porque nunca trouxe o António Calvário e o Gaby Cardoso cantar nas aldeias do pinhal onde se acumulava o voto laranja.

mn

 

outra vez devida vénia ao Ephemera


tags:

publicado por porabrantes às 18:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26.05.17

A tomarense Fernanda Leitão foi uma furibunda anti-gonçalvista no ano 1975, mas em 1974 dedicou-se a investigar o que era LUAR.

Escreveu um livro a meias com Carlos Pina ''O que é a LUAR? (também escreveu outro a meias com o mesmo autor ''O que é o MRPP?''.

Havendo falta de militantes da LUAR e estando esta dividida entre a orientação democrática e pró soarista do Hermínio Palma Inácio e a golpista do Camilo Mortágua, a coisa era difícil.

De forma que a Fernanda veio a Abrantes perguntar e não conseguiu saber, mas conseguiu que os da LUAR abrantina (tudo malta fixe, daqui a bocado vou ao Tonho Paulos tomar umas minis com uns deles ) lhe dissessem o que era o PPD de Abrantes:

ppd luar.png

assembleia-de-abrantes-2-1.jpg

De maneira que segundo a teoria revolucionária: ''o PPD era composto por sócios da Assembleia, ''parasitários'' (que não trabalhavam), que se davam com ''fascistas'', e paleio semelhante.''

Acontece que consultados os ficheiros o único sócio da Assembleia que alaranjou foi o saudoso Dr.Simas.

Era também sócio o dr.Correia Semedo, Presidente da Câmara que bebia uns drinks com o chefe da ANP, grande amigo dele, o dr.Chambel....

Dizem que foi depois de ler este livro que o beatíssimo Barata Gil se radicalizou e foi com uns camaradas ocupar a Assembleia.

carlos-barata-gil.jpg

 

ocupaçao assembleia.jpg

 

  mn

 

 



publicado por porabrantes às 16:48 | link do post | comentar

Domingo, 09.10.16

jsd-uec.png

Ora fica-se a saber que 3 fundadores da JSD abrantina, que continuam tão jovens como então, mas com mais cabelos brancos, ou seja o eng. João Andrade Tavares (agora alto quadro da Renova), o eng. José Carreiras (professor no IPT) e o dr. Tó Zé Banhudo (médico em Castelo Branco) tinham ido ao colégio de Fátima politizar as meninas.

Também se fica a saber que um jovem comunista da UEC, ou seja o dr.José Amaral ,tinha ido politizar o campesinato pobre da Bemposta e 150 ''camponeses'' assistiram à sessão.

Há uma discussão polémica acerca do Hospital da Santa Casa entre o dr. Jorge Fernandes, director e o sr. Felizardo Guerra, que foi depois grande dinamizador da candidatura de D.António Castel-Branco à CMA pelo CDS-PP.

ps 1975.png

Além disso o Major Morgado era delegado do MFA (as coisas mudariam depois do 11 de Março) e o dr. Consciência e o dr. Bandos esclareciam em nome do socialismo democrático o povo do Pinhal (a notícia não esclarece se entre o ''povo'' estava o Pico a tentar boicotar a sessão), acolitados pelo Manuel Dias e pelo jovem Costa, que era o Lacão e que abandonaria em breve o PS, porque achava que aquilo estava muito à direita

cons.jpg

 

E o Manuel Dias obedecia então às ordens do chefe que era o ilustre Advogado. Coisa de que se esqueceu com os anos. Haveria mais que comentar, mas vamos ilustrar isto com uma foto do Malaquias Abalada

72ant-abalada.jpg

Foto Avante

 

 ma

Jornal de Abrantes 11-1-1975

 



publicado por porabrantes às 22:42 | link do post | comentar

Domingo, 08.09.13

O sucesso duma Escola mede-se pelo número de alunos que nela querem ser colocados na 1ª Fase do concurso.

 

 

Uma Escola com um número importante de vagas por cobrir é uma Escola de insucesso e pouco prestigiada face à opinião pública e à procura estudantil.

 

 

O IPT está cheio de vagas.

 

 

 

3241 Instituto Politécnico de Tomar - Escola Superior de Gestão de Tomar Vagas
9638 Auditoria e Fiscalidade 25
9152 Gestão de Empresas 38
9640 Gestão de Recursos Humanos e Comportamento Organizacional 27
9641 Gestão Turística e Cultural 17
3242 Instituto Politécnico de Tomar - Escola Superior de Tecnologia de Tomar Vagas
9643 Artes Plásticas - Pintura e Intermédia 27
9380 Conservação e Restauro 4
9644 Design e Tecnologia das Artes Gráficas 34
9089 Engenharia Civil 33
9112 Engenharia Electrotécnica e de Computadores 34
9119 Engenharia Informática 43
9184 Engenharia Química e Bioquímica 23
9645 Fotografia

 

3243 Instituto Politécnico de Tomar - Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Vagas
9054 Comunicação Social 18
9123 Engenharia Mecânica 23
9250 Tecnologias de Informação e Comunicação 28
9932 Vídeo e Cinema Documental 24

 

 

Fonte :Diário da República

 

Certamente que quando um Município gastou cerca de 800.000  num velho edifício ,que valeria quanto muito 300.000€, para alojar este enorme número de vagas, revela-se que os edis têm uma ampla e vasta visão de futuro.

 

  

 

 

E que apostaram no cavalo certo.

 

Destaco o número  de vagas nos cursos da área de comunicação social  pelo que apresentamos os nossos cumprimentos a esse florão do jornalismo independente e ornamento da sociedade civil, a ex-deputada municipal PS valhasquense

 

 

Como a Hália foi parlamentar valhasquense e pôde contracenar no parlamento sardoalense com esse tribuno de élite chamado Anacleto Baptista, sabe o que é um aparte e nós fazemos aqui um:

 

 

Disse a eloquente ex-deputada apresentando a recandidata abrantina :

 

 

'' Não é fácil apoiar tantos munícipes e tantas famílias em situação carenciada quando os orçamentos não previam esta crise e quando o dinheiro disponível para gerir diminuiu em vez de aumentar”.

http://mariadoceualbuquerque2013.blogspot.com.es/2013/07/halia-costa-santos-professora.html

 

E porque é que diminuiu o dinheiro????

 

Casa Milho                                                                      800.000 Euros

Subsídios comunicação Social (incluindo folha da Hália) 100.000 €

Oliveiras Centenárias                                                       60.000 €

 etc.....                                          

 

 

 

só aqui vão.....

 

 

 

960.000 € ......      

 

 

Finalmente resta acrescentar que a querida Hália suspendeu a sua condição de directora da folha dos subsídios enquanto durar a campanha para demonstrar a sua independência.

 

 

É uma atitude ética e saudável que será antologiada nos manuais de jornalismo como precursora.

 

Mas anotarei que Francisco Pinto Balsemão enquanto Director de Expresso e militante do PPD nunca teve de se suspender da direcção para demonstrar que o seu jornal era independente numa campanha eleitoral.

 

Será certamente porque era um excêntrico e não porque a independência dum Jornal se demonstra com factos e não com auto-suspensões.

MA

    

 



publicado por porabrantes às 12:11 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O carácter burguês do PPD...

António Calvário, o maior...

A radicalização do Barata...

Os jovens no PREC abranti...

IPT cheio de vagas

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds