Quinta-feira, 11.04.19

''Ao tomar conhecimento das declarações hoje proferidas pelo Sr. Deputado do PSD, Duarte Marques, na Assembleia da República, atribuindo-me uma afirmação de “demarcação” da reforma da Proteção Civil em curso, numa intervenção que proferi hoje num Seminário realizado em Abrantes, cumpre-me esclarecer o seguinte:

-Não corresponde à verdade que tenha proferido qualquer afirmação que resulte numa demarcação da estratégia do Governo para a Proteção Civil, nomeadamente da aplicação da nova Orgânica da ANEPC;
-No meu discurso, que anexo, afirmo, pelo contrário, que «com a recente aprovação da nova orgânica da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, temos a oportunidade e a responsabilidade de revigorar o nosso sistema de proteção civil, dotando-o dos meios humanos, tecnológicos e infraestruturais necessários, bem como de uma estrutura organizacional ágil e inteligente, capaz de integrar e potenciar a diversidade dos agentes de proteção civil e de assegurar o pleno exercício da ação de comando e direção, mas sem deixar de promover a responsabilidade de tomada de decisão e intervenção oportuna dos escalões locais e intermédios»;
-Sobre esta matéria, e tal como já referi noutras ocasiões, a decisão de rever o diploma orgânico é, como não poderia deixar de ser, eminentemente política, competindo-me a missão de garantir o seu cumprimento. Daí não resulta, nem pode resultar a leitura feita pelo Sr. Deputado Duarte Marques.
 

O Presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil
Tenente-General Carlos Mourato Nunes''

 

retirado do colega Litoral Centro

 

mn 



publicado por porabrantes às 15:21 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.09.18

Já passou o prazo regulamentar para a CMA responder a isto.

 

cpp

 Não responder no prazo legal indicia desprezo pelo Parlamento, falta de educação, falta de chá,desleixo, falta de preocupação pela protecção civil (já evidenciada nos incêndios de 2017),  etc.

 

Em contrapartida segundo uma resposta do Valamatos * estão muito preocupados pelos direitos LGBT, certamente na linha da proposta in illo tempore do Bruno Tomás de fomentar o turismo gay cá no burgo....

 

ma 

 

* questões delegadas pela cacique no Vereador citado 



publicado por porabrantes às 15:49 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.08.17

Novos salários na protecção civil abrantina- foi contratada uma técnica-2.600 euros mês

 

mensal.png

 

Foi contratado um técnico 1.500 euros mês.

 

Segundo o Mirante  a técnica será coordenadora da protecção civil. 

 

Os contratos foram celebrados por ajuste directo, ou seja sem concurso público e os contratados são tecnicamente meros assessores.

Em Março de 2017, a CM do Porto abriu concurso para técnico superior com este perfil :

 

''Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico Superior, para a Direção Municipal de Proteção Civil, Ambiente e Serviços Urbanos, área funcional Prevenção de Riscos e Intervenção, conforme caracterização do mapa de pessoal aprovado: "Desenvolve funções consultivas, de estudo, planeamento, programação, avaliação e aplicação de métodos e processos de natureza técnica e ou científica, que fundamentam e preparam a decisão. Elabora programas e projetos conducentes à definição e concretização das políticas do município na área de proteção civil, nomeadamente, prevenção de riscos e proteção dos cidadãos em situação de catástrofe, criação de um plano de intervenção social em situação de crise e catástrofe."''

 

O salário proposto era de 1.201,48(euro) (mil duzentos e um euros e quarenta e oito cêntimos) .

 

Outros contratos de ''protecção civil''

 

Aquisição de serviços
Tipo de procedimento Ajuste directo
Descrição Contrato de Aquisição de Serviços para a realização, análise e parecer sobre planos de intervenção, no âmbito da protecção civil
Fundamentação Artigo 20.º, n.º 1, alínea a) do Código dos Contratos Públicos
Fundamentação da necessidade de recurso ao ajuste direto (se aplicável) Não aplicável
Entidade adjudicante - Nome, NIF Município de Abrantes (502661038)
Entidade adjudicatária - Nome, NIF Antonio Manuel Henriques de Jesus (145291707)
Objeto do Contrato Aquisição de Serviços para a realização, análise e parecer sobre planos de intervenção, no âmbito da protecção civil
Procedimento Centralizado -
CPV 90721800-5, Serviços de protecção contra riscos ou perigos naturais
Data de celebração do contrato 11-08-2011
Preço contratual 11.741,59 €
Prazo de execução 90 dias

:

 

Estamos a deliberar se vamos pedir cópia dos pareceres realizados pelo Jesus!

 

Finalmente (por agora)  que já estamos cansados de procurar no Base.

mn

 

 



publicado por porabrantes às 12:15 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quinta-feira, 27.07.17

caos.png

ler aqui no Observador

 

Mais um exemplo do completo desnorte que aparentemente caracteriza a Protecção Civil liderada pelo amigo político da Constança Urbano de Sousa.

 

Veja-se ainda o JN de hoje.

 

mn



publicado por porabrantes às 12:17 | link do post | comentar

Sábado, 31.01.15

mp.png

 

Já o tinha avisado o Pato. Agora a novidade é que a CMA, em cumprimento do art .9 da veneranda Constituição de 76,  promove activamente as fêmeas, para combater a bárbara discriminação marialva e machista

Já nesse cumprimento do mandato constitucional a CMA nomeou chefe do MIAA a drª Isilda (actualmente a explicar o modo de produção pecuário aos alunos da M.Fernandes) e não o esposo dela.

Agora assim podia nomear , depois do ''rigoroso'' concurso público, uma chefa da protecção civil para castigo desses machistas que não lavam a loiça (caso meu e dum ex-vereador social-democrata), mijam de pé (um tribunal alemão decretou outro dia que é direito varonil mijar erecto e que um inquilino não podia ser despejado por urinar dessa forma e não sentado), usam bigode (hoje em dia costume quase restrito aos mais varões de todos, os ciganos), e dizem palavrões quando a maria traz a sopa atrasada dois minutos, foda-se.

Escolha-se pois uma chefa em nome do imperativo constitucional

machista 2.jpg

 machista em acção

ma

     

 



publicado por porabrantes às 13:52 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.04.14

 Pato Bravo   disse sobre Um despacho de 2012....publicado em 2014  na Quarta-feira, 23 de Abril de 2014 às 22:20:

     

Já tínhamos conhecimento  do referido, no entanto importa reter o seguinte, tal despacho foi publicado agora pois o legitimo vencedor do concurso publico para Comandante seria o tão conhecido Joaquim Chambel, como recusou sabendo dos altos cargos que iria ocupar na ANPC, seguiria o anterior comandante João Pombo, era esse o nome que mais se falava com capacidade para assumir este cargo, como foi obrigado a recusar, (...)  interessava manter esse senhor como comandante pois ao sair variadíssimas coisas seria posta em causa, nomeadamente os imbróglios financeiros de constância e abrantes,  (..)  e até mesmo a criação da Associação Bombeiral de Apoio aos amigos Socialistas, etc. Agora questionem esse senhor como (..). Vamos também aguardar  pelo desenrolar do processo que irá ser colocado por um dos Bombeiros Municipais e que se encontra na mesa de um Advogado conhecido da "praça" publica Abrantina  contra a chefia superior dessa Câmara Municipal, podemos afirmar que na Vereação e nos Recursos Humanos, vão rolar cabeças

 

 

Publico este comentário dos amigos do blogue Pato Bravo, que resumi devido à sua extensão e porque o post vai sair grande, porque quero publicar aqui uns documentos:

 

 

1-Em 2010 o IGAL apanha a CMA metida em irregularidades graves designadamente ''

''(...)De seguida, a Presidente da Câmara fez alusão a inspecção ordinária realizada em 2010 por parte do IGAL — Inspecção Geral das Autarquias Locais, na sequencia de denúncias, cujo assunto principal foi os Bombeiros Municipais de Abrantes, designadamente, a nomeação do Comandante dos Bombeiros e o pagamento de 2.00€/hora em regime de incentivo ao trabalho de voluntariado'' acta da CMA de 2012-03-05, (...) palavras da cacique

 

2-Em 22--9-2011

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3- A 3-10-2011- Os vereadores do PSD pedem a '' a) anulação de todos os concursos em aberto e, muito em especial, dos cargos dirigentes;

 

     (b) cessação de todos os cargos dirigentes que existem neste momento;

 

 

http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/2011/10/?page=4

 

 

entre eles o de '' Comandante Operacional Municipal de Protecção Civil''
 

 

4- Em 11-10-2011

 

 

 

 

 

Isto é  o Sr.Joaquim Chambel ganha o concurso

 

 Rádio Hertz

 

Em segundo fica o Sr.João Pombo

 

http://bombeirosparasempre.blogspot.com.es/2011/12/comandante-joao-pombo-demite-se.html

 

Em 3º o Sr. António Jesus etc......

 

Jornal da Esta

 

Tudo isto levaria a que se nomeasse o vencedor, em caso de recusa deste o segundo e assim sucessivamente....

 

  

 4- Porém a 9-1-2012

 

''

(...)A Presidente da Câmara apresentou para aprovação, o seu despacho datado de 6 de janeiro de 2012, do seguinte teor:

Considerando que se torna necessário proceder a nomeação de comandante dos bombeiros municipais de Abrantes, considerando que o quadro de comando não esta estruturado sob o regime do DL 106/2002 de 13/4, mas de bombeiros mistos na  dependência do Município ao abrigo do artigo 32° n° 8 do DL 241/2007 de 21/6, e considerando o regime não substituído quanto aos bombeiros mistos na dependência do Município previsto no artigo 190 do DL 295/2000 de 17/11, na redacção do DL 209/2001 de 28/7, nomeio, como comandante dos Bombeiros, Antonio Manuel Henriques de

Jesus, dotado das competências necessárias para o efeito, cidadão que também reúne os requisitos para nomeação, e como tal o nomeio, no cargo de comandante operacional municipal de protecção civil, conforme o desfecho do procedimento concursal aberto, de acordo com a tramitação aplicável da Lei 2/2004 de 15/1, por despacho de 16 de Junho de 2011.

A nomeação para o cargo de comandante operacional municipal por inerência está sujeita ao regime do artigo 13° da Lei n° 65/2007 de 12/11 e dos artigos 42° e 49-A do DL 49/2003 de 25/3, sendo exercida pelo período de 3 anos.”

Reconhecendo a urgência de deliberação imediata sobre este assunto, foi dado cumprimento ao disposto no Artigo 83° da Lei n° 169/99, de 18 de setembro, na redacção dada pela Lei n° 5-A/2002, de 11 de janeiro.

Deliberação Aprovada em Minuta: Por unanimidade, aprovado o referido despacho.'' (...)

 

 

09- de Janeiro de 2012

 

 

Deixando a prosa burocrática, em  2012 nomeia-se chefe dos bombeiros e em simultâneo e comandante operacional municipal de protecção civil o Sr.Jesus que ficara em 3 º lugar no concurso.

 

Para que foi então a papelada vã do concurso?????

 

 

Porém há mais, o Sr.Pombo tinha um contrato com a CMA via ajuste directo para a protecção civil que esteve vigente até quase finais de 2011

 

 

Sob a chefia bombeiral do Sr. Jesus, que teve 19,33 em AC, Avaliação Curricular, deram-se rocambolescos casos     a que se fez referência aqui, morreu Paulina Pereira e houve transferências autárquicas aparentemente ilegais de dinheiro para os Humanitários de Constância e manif popular e de massas em defesa dos bombeiros abrantinos, face a esta trajectória o homem na próxima AC, Avaliação Curricular, terá 20!!!!!

 

 

 

 

É notório que o Sr. Jesus trabalhou na privada desde a criação dos Bombeiros Voluntários daquela Associação, à qual  preside à Assembleia Geral,  Humberto Lopes, (o Presidente da ADIMOS, que recebeu um subsídio milionário da CMA), e o despacho de 2014 que confirma o de 2012, diz que ele é '' comandante operacional municipal de protecção civil''.

 

Acumulou funções na privada e no sector público, desde que nasceram os Voluntários????

 

Quanto é que ganhou????

 

Onde é que se pode ver o contrato??????

 

Atendendo a que perguntar não ofende e que a democracia é a casa da transparência, aqui deixo a pergunta.

 

Com cumprimentos ao blogue Pato Bravo

 

M.A. 

 

Deviam aprender  não pode haver disposições retroactivas



publicado por porabrantes às 12:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.04.14

O Diário da República de ontem traz um despacho municipal sobre protecção civil. Coisa que leva a perguntar porque é que um despacho de 2012 é publicado a 21 de Abril de 2014. Porquê??????

 

 

 

Sobre a situação do alvo do despacho, que parece ser o actual chefe dos bombeiros voluntários, a Oposição podia perguntar alguma coisa interessante.

 

 

E pelo menos tinha o dever de indagar porque é que se publicam coisas de 2012, num Diário de 2014!

 

 

 

Deixo ao nosso colega Pato Bravo a nova!

 

Pode ser que volte ao ataque.

 

 

MA

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 16:38 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.01.13

A namorada do Hollande, o ''cruzado'' que está a flagelar os muçulmanos com metralha da cristianíssima França (Deus lhe pague!!!) mandou uma vez um twitada que lixou a ex-companheira do cruzado, Mademoiselle Royal, a menina Segolene.

 

 

Vou seguir-lhe o exemplo:  

 

'' Que disse a  inspecção do IGAL sobre a nomeação à maneira do comandante dos bombeiros? Como é que foi o ''concurso'' para ''legalizar'' a coisa??????''

 

 

Porreiro filha, Suzy disse o Miguel.

 

 

De maneira, que faço outro:

 

''Como é que se escolhe o senhor  da Protecção Civil? Por ajuste directo, elementar caro Watson.  O concurso público podia desajustar as coisas''......

 

Preço:18 000,00 €

N.º Procedimento:642550

Data Contrato:19/12/2012

Data Publicação:19/12/2012

Tipo Contrato:Ajuste directo

 

Contrato de aquisição de serviços de perito especializado na área da proteção civil
Aquisição de serviços de perito especializado na área da proteção civil, para apoio direto à Presidente da Câmara Municipal, em articulação com o Comandante Operacional Municipal

Adjudicante(s)

502661038 - Câmara Municipal de Abrantes

Contratado(s)

118171186 - Joao Manuel Rodrigues Pombo

 

 

 

 

Pois,  pois, diria o Jota Pimenta que é amigo do Senhor Pico.....

 

 

 

Suzy de Noronha



publicado por porabrantes às 17:22 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Comunicado do Tenente-Gen...

O desleixo na protecção c...

Grandes salários na prote...

O caos na protecção civil...

comandante da protecção c...

O rocambolesco caso do de...

Um despacho de 2012....pu...

a moda do twiter

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds