Sábado, 18.05.19

O primeiro a nomear Comendador o analfabeto madeirense, foi o Doutor Eanes ( Universidade de Navarra) da Opus Dei.

O Senhor também é General de 4 estrelas, apesar de só ter chegado a Tenente-Coronel.

Terá sido General por esmagar o comunismo internacional a 25 de Novembro e não contestamos as estrelas.

O mérito a fazer um ''coup de état'' dá direito a ser General.

Assim os Generais Tapioca e Alcazar que ilustram as aventuras do Tintim.

tapioca

Ter feito o analfabeto Comendador........merece uma promoção a Marechal.

E a Opus Dei ainda pode canonizar o Senhor Doutor Eanes.

E omitem-se os comentários assassinos do Prof. Rebelo de Sousa, na TVI, sobre a qualidade da tese.

ma

   



publicado por porabrantes às 18:53 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.11.17

O Rui Ramos faz no Observador um ensaio sobre a figura do caudilho de Alcains, Ramalho Eanes.

Eanes teve um papel essencial em disciplinar as Forças Armadas, acabando com os bandos armados que ameaçavam lançar Portugal numa guerra civil. Depois passou a ser um político medíocre e terminou como chefe duma facção partidária de triste memória.

Diz o Rui Ramos '' (...) Relatório da Comissão de Averiguação de Violências sobre Presos Sujeitos às Autoridades Militares. O prefácio, da responsabilidade da Presidência da República, é a mais violenta condenação oficial do PREC de 1975 e do seu “Estado de não-direito”. (....)

 

Fomos ver o que dizia o Relatório. Escolhemos o mês de Novembro de 1975 e o que se passou no Quartel da PM, onde de facto mandava o ''heróico ''Major Tomé.

 

relatório pm

 

 

Eanes dizia no prólogo que muitos destes factos ''tipificam seguramente infracções criminais e os seus agentes por elas deverão responder''  .

 

Era um PR a prometer Justiça aos portugueses!

 

Não houve julgamentos! O Tomé terminou deputado da UDP!

 

Os torturados não obtiveram Justiça!

 

Ou seja, o Eanes não conseguiu garantir que fosse feita Justiça!

 

E não atirem culpas para os Tribunais, o homem era Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas e tratava-se de Justiça militar.

ma



publicado por porabrantes às 09:55 | link do post | comentar

Sábado, 16.01.16

eanes.jpg

''ÓDIO POR RAMALHO EANES Nem Cavaco Silva conseguiu causar-lhe tão má impressão. "Quando não gosto, não gosto. E portanto eu disse de repente [virado para o espelho enquanto fazia a barba]: ‘O que é que eu estou a fazer? Como é que vou apoiar este cabrão?' Vomitei o Eanes?" [...]'

 

Mário Soares citado por Joaquim Vieira (2013)

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/domingo/detalhe/mimado-mulherengo-e-socialista.html

 

ma



publicado por porabrantes às 22:49 | link do post | comentar

Sábado, 12.12.15

botto.jpg

Sabiam que o General Eanes, enquanto Presidente, recusou vir inaugurar o monumento de António Botto, apesar de convidado pela Associação Cultural para a Defesa do Património e do Progresso da Freguesia da Concavada, Concelho de Abrantes?

 

eanes.jpg

 

Não nos digam que o valoroso Eanes não inaugurou o monumento porque Botto era homoxessual.....

 

Se foi assim o tipo era mais reaccionário que a pia fidalga

 

sn



publicado por porabrantes às 18:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.11.15

Tinha prometido publicar aqui a versão do dr.Ferro Rodrigues, na ''Sábado'', sobre o que se passou em Abrantes, durante as suas aventuras no PREC.

 

ferro rodrigues 25-n 19-25 novembro 2015.jpg

 

ferro rodrigues 2 25-n 19-25 novembro 2015.jpg

Já está publicada

 

Comentários:

Durante anos o dr. Ferro Rodrigues omitiu aparentemente esta passagem pelo extinto Regimento de Infantaria de Abrantes. O assunto foi abordado no Relatório do 25 de Novembro e em algum artigo disperso pela Imprensa Regional. Falta-me publicar um recorte que evoca essa presença, saído no ''Ribatejo''.

A coisa chegou a tanto que a jornalista Judite França, da TVI, 

judite frança.png

descreveu assim o testemunho de Joaquim Aguiar, prestigiado politicólogo e académico, ex-assessor de Eanes, enquanto Presidente, num julgamento :

judite frança aguiar.png

Por acaso o julgamento era daquela miserável história da Casa Pia em 2008.

Diz o dr.Ferro Rodrigues que o relatório do 25-N

ferro recorte.png

era muito mau......e que não tinha ponta por onde se lhe pegasse....

Ora não é isso que dizem as actas do Conselho da Revolução, onde inclusivamente Eanes tentou que o documento fosse publicado sem nomes, para não penalizar ninguém. A posição de Eanes (que já tinha visto o nome do cunhado, Neto Portugal ser penalizado no relatório do 11 de Março, ao lado de alguns abrantinos) não venceu no CR como as actas o demonstram. 

Ora que diga o Ferro Rodrigues que o relatório é mau, é contrariado pela Acta do Conselho da Revolução, onde fala o General Costa Gomes (então PR) e o General Eanes (então CEMFA)

acta do cr  2.png

O dr. Ferro Rodrigues argumenta que não sabe quem foi o responsável pelo Relatório do 25 de Novembro.

O homem anda desmemoriado.

O relatório foi da responsabilidade de Marques Júnior, militar de Abril, depois deputado do PRD e do .......PS!!!!!

marques júnior joao henriques.jpg

foto João Henriques/Público

 

Pode haver lapsos no relatório, mas Ramalho Eanes e Costa Gomes não mandavam prender Otelo, com base nele, se o relatório não fosse sério.

Sobre o tenente-coronel Pulguinhas, volto a dizer que o homem parece que assinou o documento dos Nove.

Escrever a história ao contrário é impossível, foi o que explicou Vasco Lourenço ao Tomé, nesta edição da Sábado.

Falta-me contar a intervenção do Zé Bioucas no desarmamento dos golpistas cá no concelho, mas fica para depois. Também tenho amigos à espera no Tonho Paulos.

Porra, e agora que arranjei as Actas do Conselho da Revolução tenho leitura para meses.

 

ma

Acta do Conselho da Revolução de 19 de Janeiro de 1976   

  

 



publicado por porabrantes às 17:24 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.11.15

O jornal oficioso da Diocese presta reverência a Ramalho Eanes no facebook

recordando números históricos

reconquista.jpg

Mas não recorda as palavras históricas do Primaz de Braga aconselhando o voto nele

 

''Ramalho Eanes é um homem duma só mulher''......

 

Como sabemos que o Senhor General é homem da Igreja, doutorado pela Universidade da Opus Dei, em Pamplona, oferecemos ao Senhor Bispo a imagem pia de Frei Ramalho de Alcains

freir amalho

Para a canonização de Frei Ramalho juntam-se alguns factos objectivos

 

a)

''  (...) Apenas havia um senão: não participara no 25 de Abril. Recordo-me muito bem de que eu próprio levantei a objecção e de que foi Otelo Saraiva de Carvalho quem avalisou o major Eanes. Ora como Otelo era, digamos, o porta-voz do 25 de Abril, dei por encerrada a questão. A incompatibilidade de se nomear um oficial que não tinha participado objectivamente na revolta militar desapareceu em face do aval de Otelo... (...)

 

b) (...)  facto de ter sido o seu cunhado César Neto de Portugal quem bombardeou o Ralis pode justificar, no entanto, muitas das hesitações que ensombraram a sua actuação. Eanes tomou conhecimento do bombardeamento do Ralis por Neto de Portugal que imprevidentemente lho revelou? Ou soube-o por intermédio de quem encenara todo o espectáculo e armadilhara o golpe spinolista?(...)

 

c)(...) 6.13.2 - Posso aqui informar que o "pioneiro" das "comissões de soldados" na gestão dos quartéis foi Ramalho Eanes quando, ainda capitão em Macau, as promoveu com a ajuda de Arnaldo Matos, então miliciano na Guarnição Militar de Macau e, depois do 25 de Abril, Secretário-Geral do MRPP.(...)

 

d) (...)  Entretanto houve uma reunião militar em Belém, a que estiveram presentes o major Ramalho Eanes (que sempre estivera ligado a Costa Gomes desde o caso da RTP no 11 de Março) e Jaime Neves, o comandante dos Comandos. Não fui convidado directamente para essa reunião, mas à qual, evidentemente, podia ter assistido. Porém a minha posição de primeiro-ministro e simultaneamente Conselheiro da Revolução teriam dificultado a designação da cadeia de comando, pelo que resolvi não comparecer, deixando ao Presidente da República o encargo de estabelecer a cadeia hierárquica e definir as missões militares a executar.(...)

 

(...)6.8 - Soube posteriormente que Vasco Lourenço não quis assumir a chefia hierárquica. Porquê? Nunca percebi. Como nunca soube porque essa chefia foi transferida para o major Ramalho Eanes, que não passava de um oficial subalterno da sala de operações, chefiando o posto da Amadora. Pelo menos aparentemente era assim. E isto é tão inexplicável como a sua escolha para Presidente da República. A menos que em toda esta maquiavélica estratégia que domina a vida portuguesa e que perturba os espíritos mais lúcidos, a lógica seja uma componente para desprezar sistematicamente, por desnecessária. O homem a promover ou a abater, o ponto de ruptura ou de consolidação, estão escolhidos prévia e secretamente, razão porque acontecem as coisas mais extraordinárias só possíveis num hipotético país surrealista. Mas a verdade é que acontecem e é forçoso, imperativo, arrumar o puzzle da política portuguesa... enquanto houver tempo.

7.6.9 - Há que salientar, no entanto e mais uma vez, a misteriosa ascensão de Eanes e cronometrar os acontecimentos.

7.6.9.1 - Costa Gomes só adere ao Grupo dos Nove depois de ter consultado uma alta personalidade do Partido Comunista.

7.6.9.2 - Depois disso estabelece uma cadeia de comando onde o quarto lugar pertence a Ramalho Eanes.

7.6.9.3 - A seguir, contra todas as regras, e aparentemente sem o terem consultado, altera-se a ordem da cadeia de comando - e aparece a chefiar as operações Ramalho Eanes.(...)

 

 

(..) .6 - É surpreendente mas foi assim. Quem era, de facto, Ramalho Eanes para enviar um ultimato a Sá Carneiro ?(...)

 

10.9 - Finalmente em recente entrevista ao "Diário de Notícias", publicada em 5 de Maio, Ramalho Eanes afirmou: "Se uma dissolução da Assembleia da República justificada pelo Presidente da República em função de dificuldades políticas for seguida de eleições que reproduzam o mesmo quadro parlamentar ou outro idêntico, constituirá uma demonstração de que os eleitores não estarão de acordo com a dissolução". Meditando sobre este texto, conclui-se tratar-se de uma dialética inteligentemente defensora da "maioria da esquerda" no Parlamento. Com efeito, se após eleições o quadro parlamentar se mantivesse, isso não significaria que os eleitores não estavam de acordo com a dissolução, mas sim que os eleitores reconfirmavam a maioria de esquerda, o que representaria uma grande vitória para o Partido Comunista. Então porque não se fazem eleições? Porque esta "maioria de esquerda" já existe, e a outra, após eleições, seria uma incógnita... "Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar", reza a sabedoria popular.(..)

 

Assina

O Advogado do Diabo

Almirante Pinheiro de Azevedo

Da Junta de Salvação Nacional

Do Conselho da Revolução

Primeiro-Ministro de Portugal no VI Governo Provisório

Presidente do Movimento da Reconquista de Olivença

a redacção  

 

 

  



publicado por porabrantes às 19:03 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.11.15

franco.png

franco gerald ford.jpg

Gaxália-Gutemberg

 

in

carlucci.jpg

ou seja o velho caudilho profetizava a chegada dum caudilho luso

ramalho+eanes.jpg

mn



publicado por porabrantes às 19:41 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.11.15

eanes bioucas.jpg

 noticias de abrantes, junho de 1982

  ou de como Alcains não produz Bonapartes

 

ma 



publicado por porabrantes às 12:26 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.03.15

 

Na sequência de múltiplas visitas de Estado ao Tramagal, da qual destacamos a do seu antecessor o Venerando Almirante Américo Thomaz, sempre acompanhado da sua Esposa, a Srª.Dona Gertrudes de Thomaz, o actual sucessor de Thomaz visitou os eucaliptos no Tramagal

 

cavaco eucaliptal.jpg

Foto da Presidência 

tomás 1918.jpg

1918, Américo Thomáz fez uma visita particular ao Tramagal

 

 

 

 

1963 ou 64 o Venerando Presidente inaugurou uma fábrica que era cópia da filial marroquina da Berliet 

 

desta vez o Presidente, também veio acompanhado pela sua esposa Srª Drª D.Maria Cavaco e Silva e teve mais sorte que Eanes e a esposa, não apanhou com coisas destas.....

 

eanes tramagal.png

 ou destas

 

eanes tramagal 2.jpg

mas ao Sr.Presidente devia ser recordado o papel nefasto dos governos neo-capitalistas do cavaquismo na liquidação do tecido industrial tramagalense.

Aqui fica a recordação dum tempo em que havia mais indústria no Tramagal que agora, onde parece o que mais ordena é o nefasto eucaliptal.

 

MA

documentos do arquivo da Presidência da República, como é que o Gaspar dissertou sobre a indústria do Tramagal sem ler isto??????

ou o processo das Fundições do Rossio contra a MDF?????

ou o processo de partilhas do Comendador Eduardo Duarte Ferreira?????

a visita particular do Almirante, em 1918, foi-me contada pelo sr. eng. Octávio   



publicado por porabrantes às 18:57 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.01.15

CID.jpg

 bem o indígena só mandou apreender dois livros de caricaturas de Augusto Cid e prometeu partir-lhe a cara, quando deixasse de ser Presidente, já lá vão uns anitos largos...

 

O Augusto CID está à espera que o talibã de Alcains ganhe coragem....

ma



publicado por porabrantes às 22:58 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Marechal Eanes

Tortura em Novembro de 19...

Outro messias

Eanes e o poeta gay

Ferro Rodrigues e o 25 de...

Diocese presta homenagem ...

Franco profetiza a chegad...

A tentação eanista

Senhor Presidente Cavaco ...

Era muçulmano Ramalho Ean...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds