Quarta-feira, 18.03.20

pancada rossio.png

Desta, safou-se o Tenente Morrow apesar de ter partido a cara ao tenente Moore, mas em 24 de Dezembro de 1812, na frente de guerra, não se coibiu de gritar ao tenente-coronel Lindsay, comandante do 39º Regimento e seu superior:

''Faça o seu dever e  não se esconda atrás duma rocha''! 

Novo Conselho de Guerra, tinha-se safo do anterior e foi expulso do Exército, por chamar cobarde ao seu comandante do Exército Britânico, por sentença da corte marcial em 23 de Janeiro de 1813.

ma 



publicado por porabrantes às 17:03 | link do post | comentar

Em 1874, o ''Journal of Social Science'' observava que os estudos feitos por Jonh Hennen, no Hospital Militar britànico do Rocio de Abrantes mostravam que a mortalidade por doenças infecto-contagiosas era ''só'' de 37%, frente a uma de 60% dos doentes instalados em edifícios fechados.

Os exemplos da Guerra de Secessão americana e da Guerra da Crimeia confirmavam as observações de Hennen.

Já em 1864, um relatório da Câmara dos Comuns dizia '' the production of tuberculosis, hydroemia, &c, following wounds was trifling. There was no death among any of the wounded treated in tents. This experience reminds us of Hennen's statement of the good effects of tents at Abrantes in 1812.''.

ma

biografia do médico

 



publicado por porabrantes às 15:58 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.03.20

''(...) O hospital estava situado na margem alentejana ou sul do Tejo, num terreno plano, povoado de oliveiras, às vezes inundado pelo rio. Nas suas vizinhanças estava o depósito do comissariado, onde vastas quantidades de vacas eram abatidas diariamente, e onde devido à grande quantidade de carros, mulas e bois, o solo estava cheio de alimentos e lixo, misturado com restos de biscoito, estrume, debaixo dum sol ardente que queimava tudo.

Na margem norte, na colina onde se levantava a cidade de Abrantes, formavam-se ventos, que assobiavam sobre o hospital. A falta de ar fresco era mais notória de manhã, quando os habitantes do Rocio, assim se chamava a pequena aldeia se viam envolvidos num denso nevoeiro, que se observava a partir da cidade alta, cobrindo languidamente a planície.

Os doentes estavam na sua maior parte alojados em tendas de campanha,provisoriamente, já que as instalações se destinavam a concentrá-los, antes de serem evacuados por via fluvial para Lisboa e Santarém. Os doentes foram atacados por sezões e disenteria, que já traziam ou contraiam no campo. (...)''

Jonh Hennen, Inspector dos Hospitais Militares

O autor um especialista em varíola, siflís e gangrena, autor de algum manual célebre, descreve depois as diligências para higienizar o acampamento e as medidas tomadas para salvar os soldados de Wellington.

O hospital terá sido montado em 1810.

ma

 

PRINCIPLE S MILITARY SURGERY; COMPRISING, OBSERVATIONS ON THE ARRANGEMENT, POLICE, AND PRACTICE OF HOSPITALS, AND ON THE HISTORY, TREATMENT, AND ANOMALIES VARIOLA AND SYPHILIS. ILLUSTRATED WITH CASKS AND DISSECTIONS.BY JOHN HENENN, M.D. F.R.S.E.

Nova Iorque, 1830 (edição ianque)



publicado por porabrantes às 16:48 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.02.20

 

''(...)No logar da Azinhaga occorreram mais 4 casos, sendo um fatal.

Tomaram-se as possiveis providencias para embaraçar o progresso da epidemia e para o tratamento dos attacados; dividiu-se a villa em cinco circulos sanitarios, e foram designados facultativos para soccorrer os cholericos; estabeleceram-se enfermarias especiaes; as commissões de soccorros auxiliaram este serviço com muito zêlo e diligencia, e finalmente todas as auctoridades se desvelaram em tão angustiosa crise no desempenho dos seus deveres.

Occorreram, alem dos que ficam referidos, mais 2 casos na villa de Abrantes em 20 de outubro, ambos fataes, em pessoas vindas provavelmente de pontos inficionados no visinho districto de Portalegre, onde grassava a epidemia, e, como já foi notado neste relatorio, em constantes e frequentes relações commerciaes com o

Rocio de Abrantes por almocreves procedentes do Alto Alemtejo com cargas de cereaes. E ainda mais 6 casos na Gollegã, no dia 25 do mesmo mez de outubro, sendo 5 fataes, em individuos do campo que vieram tratar-se á villa.

Tendo finalmente desapparecido a cholera durante o inverno voltou depois, e não limitou os seus estragos ás 7 povoações constantes do mappa junto, mas acommetteu outra vez o districto mais extensamente e com maior gravidade, como se verá na 2° parte do relato (...)''

RELATORIO  da  EPIDEMIA DE COLERA-MORBUS

 

ANNOS DE 1855, E 1856

 



publicado por porabrantes às 21:51 | link do post | comentar

Sexta-feira, 15.11.19

Em 1885 é inaugurado o serviço telefónico no concelho, com a abertura duma estação telefónica na estação do Rossio de Abrantes.

telefone 1885

mn

 

 



publicado por porabrantes às 20:02 | link do post | comentar

Domingo, 21.10.18

 



publicado por porabrantes às 15:32 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.05.18

casa general godinho

Em segundo plano o palacete que depois foi residência do General Marques Godinho e da D.Palmira Pimenta Godinho.

À data da foto achamos que a casa era pertença da família Oliveira e Silva, grandes proprietários rurais.

palacete caldeira 1910

mn



publicado por porabrantes às 21:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.05.18

radio gonçalves 1

radio gonçalves 1929

Suponho que o J.Gonçalves era o sr. Josué Gonçalves aqui retratado

 

Publica-se isto com a devida vénia ao site Ham Gallery QSM Museum

 

Os documentos são referentes a actividades de rádio-amador.

 

Não sei se a rádio da União Nacional do Josué chegou a funcionar.

 

mn



publicado por porabrantes às 19:11 | link do post | comentar

Domingo, 29.04.18

methodistas

santos carvalho

 

 Pastor Eduardo Moreira, 1932, Revista de História, nº 6

 

Já se falou aqui de Santos Carvalho

 

pasator santos carvalho

 

George Robison era um importante industrial corticeiro de Portalegre....

 

O Eduardo Moreira terminou Cónego, foi militante do PRP e grau 33º da Maçonaria do Venerável ''Antigo e Aceite Rito Escocês''.

 

Cónego mas da Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica

 

Quarenta e oito depois da morte de D.Manuel II assegurou que nunca houve tanta liberdade em Portugal para os protestantes como no reinado do último Bragança....

 

 

ma



publicado por porabrantes às 17:46 | link do post | comentar

Sábado, 31.03.18

protesto padre rossio.png

O Rev. Padre Ricardo Andrade Largo protesta por violarem as Leis da Igreja e porque protestar é um direito de todo o cidadão, como diz o sacerdote, contra o arrolamento e saque dos bens da Paróquia de que era titular, que a República jacobina mandara fazer, enviando como delegado o Justo da Paixão, afamado proprietário local

Omito o que diziam as gazetas sobre a origem do Justo.

20334151_wjye9.jpg

Lamentamos não ter a foto do Padre Ricardo Largo, homem valente que resistiu ao roubo, obedecendo ao seu Bispo e à sua consciência de homem livre.

Houve colegas que se venderam, sendo famoso o Padre das Mouriscas.

Quanto ao Justo agiu como um facínora, não respeitando a primeira das liberdades, a de consciência.

Talvez um dia encontremos a foto do resistente.

Só uma curiosidade o espólio de ouro da Igreja do Rocio......era muito superior ao da Paróquia de S.Vicente, que incluía essa Igreja, Santa Maria do Castelo, S.Pedro as capelas de S.Pedro, Necessidades, S.Lourenço   etc.

mn



publicado por porabrantes às 16:11 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O terrível tenente Morrow...

Jonh Hennen e as tendas d...

O Hospital militar do Ros...

A epidemia de cólera em 1...

Inauguração do serviço te...

Fundições do Rocio de Abr...

Palacetes do Rocio de Abr...

Radio Rocio (1928-29)

Igreja Evangélica Indepen...

Padre do Rocio de Abrante...

arquivos

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds