Segunda-feira, 13.05.19

fake news

 


tags:

publicado por porabrantes às 10:47 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 21.12.18

.

 
As lições do Barão Vermelho.

As lições do Barão Vermelho.

O Cavaleiro Andante tropeçou nesta foto de arquivo de O MIRANTE e fez-se finalmente luz sobre a polémica escolha do jovem socialista João Galamba (à esquerda) para secretário de Estado da Energia. Afinal o homem deve saber a rodos do sector, como o comprova a imagem de 2010 onde o então deputado Galamba aparece, com ar de bom aluno, a absorver os ensinamentos do controverso empresário Alexandre Alves - também conhecido por “Barão Vermelho” e por ter deixado a Câmara de Abrantes a arder com um milhão de euros, no âmbito do gorado projecto da RPP Solar...

 

devida vénia ao Cavaleiro Andante do Mirante



publicado por porabrantes às 13:44 | link do post | comentar

48383762_2097695733601967_9142288182497247232_n

gamado a um amigo no face.

Só o encarregado de pequenos e médios projectos não está de amarelo.

A Sanfona foi nomeada recentemente para um tacho.

Rogamos ao pessoal do CRIA que ofereça um colete amarelo ao ex-cacique.

Porra, os amarelos são um perigo público.

mn 


tags:

publicado por porabrantes às 13:21 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.11.18

rpp marques

 


tags:

publicado por porabrantes às 16:45 | link do post | comentar

rpp jornal de negócios

Jornal de Negócios

A acção foi metida em   09/10/2015    

 

 

Tribunal: Comarca de Lisboa - Lisboa
Ato: Anúncio-Exon Passivo Desp Inicial/Fiduc-PCitius
Referência: 381552345
Processo: 27600/15.1T8LSB, Juízo de Comércio de Lisboa - Juiz 2
Espécie:  Insolvência pessoa singular (Requerida)
Data: 20/11/2018
Data da propositura da ação: 09/10/2015

Insolvente: João Jose Alexandre Alves
        NIF/NIPC: 118918958
Requerente: Uniconcreto - Betão Pronto, S. A.
        NIF/NIPC: 500999821
Administrador Insolvência: Luís Miguel Duque Carreira
        NIF/NIPC: 121152251
Administrador Insolvência: Luís Miguel Duque Carreira
        NIF/NIPC: 121152251
Credor: Arrow Global Limited
        NIF/NIPC: 980387698
Credor: Banco Popular de Portugal, S. A.

 

 Ou seja já era pedida a falência pessoal do homem que contratou o Carvalho em 2015

E os bens do Alves estavam arrestados desde 2011

por dívidas ao fisco.

E a cacique ainda admitia por essa data (2015) que a empresa se podia recuperar

Devemos gastar mais tinta com isto????

A cacique dizia no link citado que  ''A presidente da Câmara de Abrantes diz não ter conhecimento de qualquer plano especial de revitalização (PER) envolvendo a empresa RPP Solar (...)

Não saberá a cacique consultar a Net?

racius

racius.

mn

 

                            


tags: ,

publicado por porabrantes às 16:24 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.11.18

 

vergonha dos caciques

Pela pena de  Rui Neves, o Jornal de Negócios disseca a venda em leilão da velha herdade dos  Burguetes, o Casal Curtido ao Alexandre Alves e a insolvência pessoal do ''empresário'' trazido para Abrantes pela mão do  Sr.Carvalho, como dizia sarcástico, um fidalgo de boa estirpe, chamado Manuel Alegre.

Com a cumplicidade de todos os grupos políticos um negócio inacreditável, a quem o Basílio Horta deu um Pin, com o aval socrático, fez perder honra e dinheiro ao concelho.

A cacique que, com sanha plebeia, persegue agora a Iniciativas de Abrantes,  nos intervalos do excursionismo autárquico, deu a sua miserável cumplicidade a esta treta aldrabónica, chegando a mandar dizer que tinha uma garantia de muitos milhões que a obra ia arrancar.

O Alves diz que está pessoalmente falido, mas a matriz da RPP era uma off-shore num paraíso fiscal (ver no blogue).

Quem nos garante que é verdade?

Confiamos em tropa desta?

Não confiamos!

Quem começou a fazer fortuna com os latrocínios do PREC, com a benção do PC, não merece nenhuma confiança.

E vamos acabar, antes que isto se torne demasiado agressivo.

ma



publicado por porabrantes às 13:42 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.10.18

rpp seguro

(....)

 

rpp seguro 2

rpp seguro 3

Em junho de 2010 o tipo convidava  Nelson Carvalho para Director de pequenos projectos

 

 

para ver o descaramento do grande amigaçalho do PS abrantino ler a carta na íntegra

 

e também é curioso que o terreno do Casal Curtido tenha sido vendido e que estes credores tenham ficado a arder.....

 

 

Rpp Solar, SA 581,03 € Processo: 19555/16.1T8SNT
Tribunal:
Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste
Un. Org.: Juízo de Execução de Sintra - Juiz 1
Agente Execução: CLÁUDIA RODRIGUES
21-04-2017
21-04-2017
Inexistência de bens
Rpp Solar, S.A. 53 162,29 € Processo: 1117/11.1TBABT
Tribunal:
Tribunal Judicial de Abrantes ( Extinto )
Un. Org.: 3º Juízo
Agente Execução: JOÃO J. OLIVEIRA COELHO
29-04-2014
30-04-2014
Inexistência de bens


publicado por porabrantes às 09:04 | link do post | comentar

Domingo, 30.09.18

rpp falido

rpp falido 2

 

Insolvente: Rpp Solar - Energias Solares S. A.
        NIF/NIPC: 509024530
Requerente: Uniconcreto - Betão Pronto, S. A:
        NIF/NIPC: 500999821
Administrador Insolvência: António Machado Magalhães
        NIF/NIPC: 155323156
Credor: Ancin Clima, S A
Credor: Autoridade Tributária e Aduaneira
        NIF/NIPC: 770004598
Credor: Business Outlook
Credor: Deloitte Associados, Sroc, S.A.
        NIF/NIPC: 501776311
Credor: Endesa Energia S.A. - Sucursal Portugal
        NIF/NIPC: 980245974
Credor: F.M.I.R. Materiais P/isolamentos e Rev., Lda
        NIF/NIPC: 503059420
Credor: Fernando Rui Correia Ribeiro Sousa
        NIF/NIPC: 181669820
Credor: Grenke Renting, S.A.
        NIF/NIPC: 508259509
Credor: Imet, S.P.A
Credor: Imparconstruçoes Empreendimentos, Lda
        NIF/NIPC: 507438094
Credor: Instituto da Segurança Social - I P
        NIF/NIPC: 505305500
Credor: Massa Insolvente - Precore - Préfabricação, Construção e Reparação, Sa
        NIF/NIPC: 502157623
Credor: Paulo Jorge Ribeiro Gonçalves
        NIF/NIPC: 191754927
Credor: Petroibérica - Soc. de Petróleos Ibero Latinos, Sa
Credor: Siemens, S.A.
        NIF/NIPC: 500247480
Credor: Weidmuller, S A               

 

cacique india 18

a cacique e os serviços da CMA com  todas as manobras judiciais não conseguiram ver reconhecido pelo juiz  um só cêntimo de dívida da RPP......

 

não receberá a CMA .........nada.....!!!!!!

 

e ainda foram gastar mais dinheiro nos tribunais....

                                                             


tags:

publicado por porabrantes às 20:25 | link do post | comentar

Sábado, 01.09.18

A cacique informou em Fevereiro a AM que havia um processo de arresto dos bens da empresa, onde o Carvalho do CRIA andou a fazer pequenos projectos.

Será esta coisa?

rpp solar prc

 

O Tribunal responde à cacique

 

cacique

Mandou fazer um leilão judicial do Casal Curtido

Quando às palavras da mulher leva-as o vento e engoliu-as a oposição. .

A CMA não verá um tostão da RPP.

A irresponsabildade desta tropa é épica.

mn



publicado por porabrantes às 22:28 | link do post | comentar

 

Vai à praça, em leilão judicial, o terreno e as instalações fabris da RPP no Casal Curtido.

RPP 9

O preço do imóvel é de 2.397.214,00 €

O terreno tem 82 hectares e o pavilhão inacabado 20.000 m2

 

O Casal Curtido foi comprado por 1 milhão de euros pela autarquia, com aprovação unânime da A.Municipal, onde os disciplinados deputados votaram a compra, , seguindo as ordens do pastor Carvalho. No mesmo dia da compra foi vendido por 100.000 € à RPP....cuja  matriz tinha sede no Panamá.

 

A seguir o Carvalho foi contratado para trabalhar lá

rpp flute

O único que tentou apurar as responsabilidades da RPP foi o dr. Santana-Maia Leonardo.

Desde o início a cacique apoiou o projecto megalómano, que foi uma burla aos abrantinos.

RPP barca - copia

A cacique chegou a assegurar que havia uma garantia de 500 milhões de euros para prosseguir a obra.

A garantia não existia  !!!!

Uma Assembleia Municipal cúmplice foi incapaz de lhe exigir responsabilidades.

Recentemente a cacique assegurou que os interesses da autarquia estavam assegurados e que havia uma sentença a favor da CMA.

Está-se mesmo a haver, vai ser vendido o terreno em hasta pública, os credores receberão umas centenas de milhares de euros (cenário optimista) e a CMA umas migalhas.

Nas últimas reuniões do executivo ninguém analisou esta questão, vital para os interesses do município.

 

mn

 



publicado por porabrantes às 09:20 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Fake news da senhora asse...

As lições do Barão Vermel...

O perigo amarelo em Abran...

A oposição de direita mai...

A falência do Barão e a c...

Falido empresário modelo ...

O convite de António José...

Os credores da banhada ca...

Tribunais respondem ao ca...

Casal Curtido vendido em ...

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

baptista pereira

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds