Terça-feira, 28.08.18

 

''Presente a munícipe Périca da Silva Domingos, residente em São Macário, da freguesia de São Miguel do Rio Torto, solicitando que a Câmara lhe conceda uma casa, dadas as más condições de habitabilidade em que se encontra, pois está a morar numa barraca de madeira.

 

O Vice-Presidente da Câmara esclareceu-a de que a Câmara Municipal está a tratar do assunto da construção de casas de habitação social, pelo que, logo que as mesmas estejam disponíveis, o seu caso será equacionado.''

 

Era 15-1-2001

 

Era Vice o eng Couceiro.......

 

A maioria PS estava a estudar o assunto

 

Não fizeram as casas e deram uma informação falsa

 

Obrigaram a Pericas a continuar a viver numa barraca, num bairro onde a insegurança e a marginalidade e o tráfico de drogas era quotidiano....

 

A coisa só se resolveu depois dos tribunais obrigarem esta gente a terminar com o bairro de barracas

 

Rogamos à Celeste Simão, que explique isto.....

 

Entretanto delapidarem mais de 800.000 a pagar ao Carrilho um projecto da uma torre que nunca será construída

carrilho 2016

A Dona Pericas foi obviamente enganada por falsas promessas

 

mn 

 

 

 



publicado por porabrantes às 14:06 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.06.18

Achamos que temos o direito de saber a quem é que a CMA comprou as casas para alojar os ciganos do bairro de S.Macário.

Tendo em conta o envolvimento de certos habitantes daquele bairro em actividades ilegais,também seria curial divulgar os nomes dos beneficiários das liberalidades dos autarcas.

Bem aí vai a lista dos felizes vendedores

escrituras

São as 2 primeiras escrituras mencionadas.

 

Também seria importante saber se foram consultados outros vendedores......

 

mn  

 

a seguir o negócio da família Simão no Aquapólis



publicado por porabrantes às 16:55 | link do post | comentar

Domingo, 19.11.17
14 de diciembre de 2012 a las 11:55 ·
Me gusta
·
11

Administrar

Augusto Rosa Martins
Augusto Rosa Martins Eu creio que estão há mais anos, porque um dos filhos da Maria Cigana e do Ambrósio que creio se chamava Helder, andou na escola primária com meu filho Filipe, portanto eles foram para lá por volta de 1978/9, por obra e graça de um senhor que se chama Valdemar Bicho, este Sr. mandava mais que o Eng Bioucas. ele conseguiu dividir a população de Arreciadas com as suas artimanhas.
 
22 de enero de 2013 a la 1:43 ·
 
Comentário do Sr. Martins na página da Tubucci
 
Assim a Vereadora Celeste fica elucidada
 
mn


publicado por porabrantes às 18:15 | link do post | comentar

Sábado, 18.11.17

Diz a Vereadora Celeste dos pobrezinhos, que há umas sentenças para sair, que implicarão que 2 ou 3 barracas ciganas  de São Macário, essa nódoa negra do urbanismo abrantino,que o PS deixou criar e alastrar, com a cumplicidade da Celeste, que irão ao chão.

Aleluia!

Diz a Celeste, com a sua beatitude habitual, que compraram casas para os desalojados.

Afirma a Celeste, que há uma longa lista de espera para habitação social nesta terra.

Tem o descaramento de dizer que não há, neste concelho, Regulamento para atribuição de habitação social.

 

E o PS governa desde Abril, fora aquele interlúdio alaranjado do Lopes.

Como não há regulamento a Celeste e os amigos ( e surpreendentemente os Vereadores da Oposição) vão dar casinhas aos desalojados por sentença  judicial, , passando por cima da lista de espera.

E porque  desalojam os das barracas?

Porque se construiram casas em terra alheia ,para  gente se instalar num território sem Lei nem Ordem: São Macário, principal centro do crime abrantino.

Digo eu (e não só, também dizia a cacique) que não se deve dar prioridade a cidadãos, só porque pertencem a certa etnia. .

 

19071449_0niFk

Dizia a cacique, era 2015, que não se podia dar prioridade a pessoas ''apenas porque se trata de etnia cigana''.

Agora vão dar 3 ou 4 casas a pessoas, saltando a lista de espera, ''apenas porque se trata da etnia cigana''.

Esta gente toureia a Lei e contraria as suas próprias declarações feitas em acta municipal.

Esta gente deixou criar um cancro em São Macário e nunca fez as demolições que prometeu:

REUNIÃO DA CÂMARA DE 18/3/13 (I)

 

S. MACÁRIO - LICENCIAMENTO DE OBRAS

Pedido de esclarecimento dos vereadores eleitos pelo PSD

Em 18 de Outubro de 2010, trouxemos à reunião de câmara um pedido de esclarecimento sobre o muro em alvenaria construído, no limite da faixa de rodagem, na estrada que liga Arrifana a Arreciadas,  e que constituía um manifesto perigo para a segurança, quer de veículos, quer de peões.

Segundo informação, na altura, da senhora presidente da câmara, o muro não tinha sido licenciado e já tinha ordem de demolição.

Acontece que, quatro anos passados sobre a sua construção, o muro não só lá se mantém no mesmo sítio como as construções, em redor do muro, continuam em franco crescimento como documenta a foto que nos foi enviada por um munícipe.

E segundo o munícipe, as obras são recentes, em madeira, chapa e alvenaria, foram feitas perante a passividade dos fiscais da câmara e não consta que tivessem sido licenciadas.

Já outros munícipes nos tinham manifestado anteriormente a sua insatisfação pelo facto de a câmara demonstrar uma dualidade de critérios no tratamento dos munícipes, permitindo a uns construir o que lhes apetece e nas próprias barbas dos fiscais da câmara e obrigando outros a demolir pequenas ampliações nas suas habitações e levantando-lhes autos de contra-ordenação.

Ora, num Estado de Direito não cabe à Câmara seleccionar os munícipes a quem se aplica ou não se aplica a lei, mas aplicá-la, porque o que caracteriza precisamente o Estado de Direito é o facto de a lei ser igual para todos: "ninguém está acima da lei e do Direito".

Acresce que esta situação ainda se torna mais grave porque, segundo os munícipes, a Câmara não age, neste caso, por medo, o que, para além de ser inadmissível, porque quem tem medo não pode exercer certas profissões, nem candidatar-se a cargos executivos, contribui para aumentar o clima de insegurança no concelho.

Como ensina Camões n' Os Lusíadas, «o fraco rei faz fraca a forte gente.»

Sendo certo que a integração social de qualquer pessoa, família ou comunidade passa necessariamente pela exigência do cumprimento da lei até porque fingir que não se vê ou assobiar para o lado apenas serve para amplificar o problema, sem o resolver.

Sem esquecer que, se estivermos perante uma situação de emergência social, a resposta da Câmara não pode passar, obviamente, por deixar cada um construir onde e como quer e lhe apetece.

Pelo exposto, gostaríamos de saber:

(a) qual o fundamento para que o muro não tenha ainda sido demolido, tendo em conta que põe em risco a segurança de peões e veículos;

(b) qual o fundamento para que se tenha consentido na edificação das construções em redor do muro ou, caso se trate de construções clandestinas, por que razão não se agiu para impedir a sua construção ou não foram as mesmas já mandadas demolir.''

 

mn

devida vénia ao Amar-Abrantes, agora Coluna Vertival, do dr.Santana-Maia Leonardo



publicado por porabrantes às 13:00 | link do post | comentar

Sábado, 23.09.17
 
 
FAZER A Diferença em S. Miguel Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo
· 12 horas ·

Dia 4 de campanha
Arreciadas:
- Intervenção de mediadora interrompida pela Câmara, voltam problemas de etnia, não pode acontecer isto no Séc. XXI, é mais viável erguer monumentos, do que pagar a alguém que atenuava e resolvia conflitos, situação embaraçosa para um idoso que está ameaçado.
- "Vocês precisam de estar lá representados, vamos dar força a vocês". Foi bom ouvir estas palavras.
- " 4 anos de estagnação, aquele que lá está não fez nada por nós", desta vez vou dar for...ça ao B.E.
- "Vocês precisam de estar lá representados, vamos dar força a vocês". Foi bom ouvir estas palavras.
- "Vamos destronar a "monarquia" que existe no concelho"

São Macário:
- "Nós somos poucos, mas o voto será vosso".
- "Pequena localidade com poucas casas, mas todas habitadas, e ninguém vem aqui dar uma palavra, a entrada está uma miséria, chamamos o presidente de junta e ele nem quis saber de nós". Com o B.E. todos serão ouvidos e todos os assuntos serão um problema para resolução.

Vale Cortiças:
- Situação a ser denunciada em instâncias superiores, Reuniões com Câmara, M. Ambiente e está tudo por resolver. Atentado ambiental com a conivência da C.M.Abrantes, licenças atribuídas, sem resolver o problema dos habitantes.

Mais uma vez apelamos para que o feedback recebido se torne real, é necessário que no próximo dia 1 de Outubro, não deixem para os outros a resolução dos problemas. E para que a nossa intervenção seja real, o voto certo será pôr a Cruz no B.E., Bloco de Esquerda.

Amanhã inicio de arruadas: 09:30'' Centro Histórico da cidade de Abrantes, junte-se a nós e dê força ao nosso projeto de melhoria da qualidade de vida, com transparência, dignidade e responsabilidade.

Nice Job: Paulo Delfino Cruz, Mário Lopes, José Madeira Rodrigues, Maria Alice Alves, Sandra Bernardino.

 

devida vénia

 
 
FAZER A Diferença em S. Miguel Rio Torto e Rossio ao Sul do Te

 



publicado por porabrantes às 13:21 | link do post | comentar

Terça-feira, 30.08.16

''Eis uma lixeira no caminho da barragem do Salvadorinhos. Esta barragem situa-se à direita, depois de São Macário, Arrifana, à direita depois de passar a primeira ponte que é conhecida como ponte das Areias. Partilhem''

Armindo Silveira no facebook

 

Já partilhámos

 

salvadorinho 1.jpg

salvadorinho 2.jpg

salvadorinho 3.jpg

salvadorinho 4.jpg

Fotos do Sr.Luís Cruz

 

Se a D.Maria do Céu se tivesse dedicado a percorrer as estradas rurais de Abrantes, em vez de andar a fazer turismo autárquico nas picadas de Timor, encontrava isto.

À direita de S.Macário, tinha de ser.

Se os fiscais da CMA actuassem na zona de S.Macário, não havia isto.

Porca miséria

A forma de gerir o território rural desta autarquia e das Juntas é esta. O absentismo autárquico.

 

mn

devida vénia aos 2 cidadãos citados



publicado por porabrantes às 09:14 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.05.16

A benemérita GNR visitou São Macário, bucólico aglomerado rural, entre as Arreciadas e a Arrifana, num acto inserido na Integração Cigana.

Foram detidas 8 pessoas e apreendido um montão de produtos pá pedrada, meu, fixe mesmo.

Os detidos serão ouvidos hoje no Largo 1º de Maio pela autoridade judicial.

Prevê-se grande ajuntamento tribal e policial no dito Largo.

Aconselham-se os cidadãos (e cidadãs, isto é prosa inclusiva) a não passarem por lá.

Não devido à presença das turbas nómadas.

Mas porque das últimas vezes que o Largo esteve tão animado, uns guardas prisionais disparam e um cidadão pegacho levou um tiro.

tribo.png

foto Correio da Manhã

caniço.png

Entretanto no Tribunal de Santarém, o ex-dirigente do Benfica, José Caniço está a ser julgado por tráfico de droga de má qualidade. Diz o Correio, donde se tirou a foto.

Estamos certos que a droga dos ciganos abrantinos era de excelente qualidade, facto que nos foi confirmado por um drogado  que se recusa a internar-se no Projecto Cónego porque não pactua com bandalheiras 

 

a redacção 



publicado por porabrantes às 09:37 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.08.15

Depois dos incidentes protagonizados numa festa popular por ''ciganos'' o executivo de Tomar, onde é subchefe o Rui Serrano (às ordens do chefe do gabinete da Senhora Dona Anabela Freitas), quer, tipo Rambo, ''meter os ciganos na ordem''.

templário.png

templário 2.png

Não resistimos a evocar uma célebre cena em que o Rui Serrano meteu uma cigana na ordem, a estimada ex-residente no País Vasco, D.Leopoldina Perrulas Ambrósio.

 

Para o Serrano ''meter na ordem os ciganos'', significava 

pactuar com a construção de abarracamentos ilegais.


Já me esquecia o Serrano nunca nos informou se a estimada

e salerosa D.Leopoldina Perrulas Ambrósio era parente do

licenciado Carrilho da Graça.....

ma



publicado por porabrantes às 10:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.05.15

 

 

convite.jpg

 

Parece-nos discriminatório este programa. E as minorias????

 

Que tal uma parada em São Macário????

 

Que tal contratar um grupo de flamenco cigano?????

 

E virá cá o operacional Celso Marques?

celso marques.jpg

 Mirante

 

 ma  

 

e a juventude que assinou este abaixo-assinado vai manifestar-se contra PSP???? 



publicado por porabrantes às 20:21 | link do post | comentar

Sábado, 02.08.14

Informação da Divisão de Obras Particulares e Serviços Urbanos – datada de 1 de Julho de 2003, informando relativamente à ocupação ilegal de edificação, pertença da Câmara Municipal, por indivíduos de etnia cigana, nos terrenos do antigo Mercado Semanal Retalhista,

junto do Centro Coordenador de Transportes.

Mais informa que a referida edificação se encontra em péssimo estado de conservação,nomeadamente a nível estrutural e sem quaisquer condições de salubridade.

Deliberação: Por unanimidade, mandar proceder à demolição da edificação ocupada.

Aos respectivos serviços para procederem em conformidade.

 

acta de 2003 CMA

 

Ficamos a saber que a Câmara do Nelson Carvalho quando usava o camartelo, definia a ''etnia'' do cidadão afectado.

 

 

Só no caso de ser cigano.

 

 

Porque as outras demolições coercivas feitas por esta gente não definiam a ''etnia'' dos outros cidadãos afectados.

 

Entretanto gerou-se um enorme abarracamento cigano em São Macário, à simples vista ''as barracas não têm qualquer condição de salubridade''

 

E são um foco de insegurança

 

Mas está em terreno privado, porque lendo a prosa de 2003, se pressupõe que estava a ''edificação''    em terreno municipal, porque caso contrário tinham de notificar o dono.

 

Porque é que o proprietário do terreno de São Macário não se queixa?

 

Porque é  a CMA e os senhores fiscais não actuam mais a Junta?

 

Mudou alguma coisa na política PS de 2003 até agora?

 

Não.

 

Convém pensar que actuaram em 2003 porque era perto do centro da cidade, terreno municipal, e não queriam ciganos no centro.

 

Mas em São Macário já podem estar e os das Arreciadas e da Arrifana que se lixem...

 

Ou seja são abrantinos de segunda...  

 

 

ma

__



publicado por porabrantes às 19:16 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Como enganar ciganos

Os felizes vendedores

Quando começou São Macári...

Apenas porque se trata da...

A campanha do Bloco no Ro...

Porca miséria prás bandas...

Não se deve circular no L...

Rui Serrano vai meter cig...

Dia da PSP: queremos para...

abrantinos de segunda... ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pico

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

república

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


27
28
29

30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds